Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Rio Grande do Norte - Pipa e Natal - Novembro/10


Visitante

Posts Recomendados

Relato de viagem ao Rio Grande do Norte. Pipa+Natal com o namorado

 

Dia - 1

A viagem estava marcada para o dia 19/11 as 7:10hs da manhã e a volta para o dia 25/11 as 6:00hs da matina, 6 dias incriveis deslumbrando paisagens que jamais vou esquecer. O vôo partiu no horário e chegamos no horário previsto, a não ser pelo fato que em Natal não estava em horário de verão, e adaptar a isso não foi tão dificil mas, diferente. Chegamos as 10:25hs, ops, 09:25hs rss. Foi desembarcar e começou o transtorno, o pacote foi vendido pela Tam Viagens junto com a promoção Surpreenda Mastercard, onde você paga 1 e viajam 2 (eis por que a decisão de viajar assim do nada rs)Chegando no desembarque, nada do receptivo da Tam e lá vamos eu e o namorado tentar saber o que houve. Ficamos muito P**** da vida mas, como eu já tinha intenção de alugar um carro para visitar alguns locais, e não estava afim de pagar R$ 120,00 pilas apenas para me jogar no hotel, decidi no Aeroporto mesmo alugar um carro e de lá já fazer a rota do Sol, por que o nosso hotel ficava em Tibau do Sul (pensa um lugar longe rs) então, era mais vantagem alugar o carro e aproveitar o caminho e não perder o dia. Aluguel do carro fechado, pegamos o carro exatamente 11:45hs e ficou acordado que entregariamos o carro no Domingo as 16:00hs e ainda assim pagando só as duas diárias.

Como eu já havia anotado várias dicas aqui do site, suguei a agente da Tam que estava toda solicita devido a mancada deles de terem informado que havia transfer e não tinha (tenho emails e estamos brigando para um reembolso, estou no meu direito)e ela fez um roteirinho de todos os locais que eu queria visitar. Então, as 12:00hs saimos em direção a Rota do Sol.

Passamos no Shopping do Artesanato, olhamos aqui e ali e preferimos fazer comprinhas depois que a gente visse mais da cidade, afinal, estavamos empolgados para conhecer tudo que pudessemos e sentir o lugar. A primeira praia foi de Ponta Negra e tiramos fotos no Morro do Careca, é muita gente vendendo passeios mas, não curto muito marcar passeios antecipadamente e só ficamos nas fotos e continuamos com a Rota do Sol. Em seguida, paramos para algumas fotos na Barreira do Inferno para avistar os Foguetes, coisa rápida. Logo, estavamos em Pirangi e visitamos o maior Cajueiro do mundo, pagamos R$ 3,00 pila cada um e valeu a pena. Ambiente agradavel e um clima mais ameno abaixo de todos aqueles galhos, por que o Calor viu, ai ai... No mirante você consegue visualizar toda a copa do Cajueiro, um quarteirão com tanto verde, bacana mesmo!

Próxima parada, praia de Búzios para refrescar e curtir a praia (vazia) que lugar lindo, a praia incrivel e era só o aperitivo de toda beleza que nós ainda iriamos ver nos dias que iriam se seguir.Refrescados era a hora de seguir, mesmo por que ainda precisavamos fazer o Chek in no Hotel e não sabiamos ainda se iria demorar ou não. E eu estava ansiosa para ver o mirante dos Golfinhos e ver se conseguia ver as criaturas.

 

Paramos no mirante e nada de Golfinhos mas, a vista por si só já encanta os olhos. Alguns minutos curtindo o lugar e partimos. O namorado já receoso por não achar posto de gasolina, eu não deixei ele parar para abastecer perto da Praia do Cotovelo e o carro já acendeu a luz de Gasolina reserva, pensei, se o carro parar eu vou ouvir até o final da viagem. Porém, como sou uma guria de sorte, passando Nisia Floresta eis que surge um posto huhu, ouvidos salvos rs.

Enfim, chegamos no Portal de Tibau do Sul com 93km percorridos (eu acho, não lembro agora) e seguimos direto para o Hotel Marinas onde ficamos hospedados. Lugar incrivel, atendimento ótimo, e Chalé confortável, tinha tudo a mão e a vista era de frente para o Mar. Chegamos a tempo de comer um crepe e ver o Por do Sol da Creperia, realmente, como todos comentam aqui é algo que não pode faltar. A noite, fechamos com uma comidinha boa e caimos na piscina e ficamos um bom tempo planejando como seria o dia seguinte, tinhamos que aproveitar o carro o maximo possivel para conhecer o Litoral Sul.

 

Dia - 2

 

Foi o dia que mais curti, as praias maravilhosas que vi não têm como descrever. Visitamos o Chapadão e a todo lado era puro encantamento. Seguimos da Prais Ponta do Madeiro e caminhamos por todas as praias do Litoral Sul até Pipa. Parando aqui e ali para um mergulho e pulando para os lados para não pisar nos Siris rss. Na volta, a maré já estava mais alta e é nitido perceber como o Mar vem chegando, bom mesmo saber como é a tabua das marés. Parei na Praia dos Golfinhos fiquei um tempo e nada de Golfinhos, ainda bem que já vi de perto e não voltei com esse desejo do RN. A tarde, partimos para Sibaúma em direção a Barra do Cunhaú com intenção de alugar o Buggy e visitar Sagi e a Lagoa da Coca-Cola. Viagem perdida, não haviam mais buggys naquele horário mas, valeu muito a pena conhecer as praias daquele lado. Voltamos e visitamos o Santuário Ecologico e avistamos muitas Tartarugas Verdes no Mirante das Tartarugas, trilhas rápidas e gostosas de se fazer. Chegamos cansados e famintos, depois de ficarmos estufados de comer o melhor foi ficar na rede e relaxar. No quintal, no decorrer da noite avistamos dois Timbús ::carai:: que passearam em frente ao Chalé despreocupadamente e em cima do telhado do vizinho.

 

Dia - 3

 

Dia de entregar o carro mas, antes iriamos conhecer o Litoral Norte e passear por Genipabu. Fechamos um passeio de Buggy pelas Dunas com 1:30hs de duração e curtimos muito. Infelizmente, o Rafael perdeu a Cam dele e o clima ficou meio triste mas, bola pra frente e nada de deixar esse incidente estragar a viagem, ainda havia muito a aproveitar. Conhecemos Redinha, Santa Rita e a Lagoa de Genipabu. Após, partimos para conhecer a cidade e aquela muvuca de gente nas praias, todas são lindas claro mas, as do Litoral Sul, na minha opinião são as mais belas que já vi, e acima de tudo, mais isoladas ;)

Passamos pela Ponte Newton Navarro, tiramos fotos do Forte e seguimos para conhecer a Fortaleza. Passear com o guia foi divertido e o lugar por fora parece muito maior mas, lá dentro você descobre por que é menor do que parece, para saber, vá visitar!! ;)

Visitamos o Dique também e foi bacana, depois relaxamos na Praia do Forte que tem uma piscina natural devido as rochas que cercam a praia e a água estava bem morninha. Quando percebemos já era 15:25hs e a gente precisava achar o caminho para o Aeroporto. Nos perdemos um bocadinho mas, chegamos no Aeroporto as 15:54hs. Sem carro, era descobrir como chegar do outro lado com condução simples. Não foi dificil mas, demora um tanto viu. Fizemos uma parada e comemos Tapioca, no RN eles misturam Coco com Queijo, achei estranho mas, não de todo ruim, apenas, diferente. A noite, curtimos mais a piscina. Preparei uma armadilha para o Timbú, queria tirar umas fotos, coloquei casca de Manga em frente ao chalé com um caminho para ele seguir. Acabamos dormindo e não deu certo, no dia seguinte, acordamos e só havia alguns tequinhos de casca, ao menos, ele comeu e parece que gostou.

 

Dia – 4

 

Conhecemos a cidade de Tibau do Sul (pequena mas, acolhedora) os nativos do local super solicitos e gringos para todo o lado. Há apenas uma agência bancária, digo, um caixa eletrônico que não tem dinheiro rss... Essa foi a menos agência que eu já vi, apenas um caixa eletrônico, uma salinha com uma mesa, telefone e Pc... Filas?? Acho que nunca acontece rs.

Tibau é uma ótima cidade, embora precária em certos aspectos por se tratar de uma cidade turistica, é linda e acolhedora, adorei muito e não sai do meu pensamento que foi a melhor escolha para passar as noites, pois procuravamos sossego.

No final da tarde, era hora de fazer o passeio de Caiaque pela Lagoa Guarairas que nem é Lagoa mais, a praia invadiu mas, o nome continua. Acho que foi o melhor horário, passeamos por mais de 2 horas e avistamos o Por do sol da lagoa, próximo ao Mangue. Foi um passeio sensacional, simples e que todo mundo pode fazer, e que vale muito a pena de verdade!

 

Dia – 5

Já batia aquela tristeza por ter que voltar para SP, deixar a calmaria para voltar a correria e caos. Enfim né, fazer o que. Acordamos cedo e pegamos a balsa em Tibau e seguimos para Malembá, passeamos e por todo percurso, viamos apenas um grupo praticando Kite surf já em Barreta e vez ou outra, os buggys chegando de Natal para pegar a balsa. A praia é muito deserta, sem quiosques e Mar a perder de vista. Esse lugar é um paraiso!!! Queria ficar mais, porém, sem sombra estava complicado ficar embaixo do Sol quente, então decidimos voltar e curtir a praia de Tibau que ainda não haviamos aproveitado, e o fizemos nas sombras, relaxamos muito!

 

Dia – 6

 

Último dia de folga e decidimos aproveitar o Hotel pela parte da manhã, pois o Sol estava muito forte e já estavamos ficando ardidos mesmo usando protetor 30 a cada 2 horas. Piscina a manhã toda e bebidas a beira da piscina, hummm... No começo da tarde, partimos para uma caminhada pela praia de Tibau e seguimos sentido as praias do Litoral Sul que visitamos no dia 2... Passamos pela Praia de Tibau do Sul; Praia do Giz e Cacimbinhas. Paramos perto de onde começamos a caminhada no dia 2 e curtimos o local, até eu receber uma picada de um Siri e ao olhar para o lado e ver tantos, resolvemos voltar para o hotel e ver o nosso último por do sol no RN. Na manhã seguinte, já haviamos fechado um valor de Táxi de Tibau até o Aeroporto por R$ 90,00 que achei justo pela distância percorrida e pelo horário, saimos 3:30hs e chegamos exatamente as 5:00hs.

 

Adorei o RN e a cidade de Tibau eu fiquei encantada, para quem quer sossego é ótima. E as dicas que retirei do site ajudaram horrores. Por isso, estou deixando o relato e espero que as informações possam ajudar!!

Link para o post
  • Membros
Relato de viagem ao Rio Grande do Norte. Pipa+Natal com o namorado

 

Dia - 1

A viagem estava marcada para o dia 19/11 as 7:10hs da manhã e a volta para o dia 25/11 as 6:00hs da matina, 6 dias incriveis deslumbrando paisagens que jamais vou esquecer. O vôo partiu no horário e chegamos no horário previsto, a não ser pelo fato que em Natal não estava em horário de verão, e adaptar a isso não foi tão dificil mas, diferente. Chegamos as 10:25hs, ops, 09:25hs rss. Foi desembarcar e começou o transtorno, o pacote foi vendido pela Tam Viagens junto com a promoção Surpreenda Mastercard, onde você paga 1 e viajam 2 (eis por que a decisão de viajar assim do nada rs)Chegando no desembarque, nada do receptivo da Tam e lá vamos eu e o namorado tentar saber o que houve. Ficamos muito P**** da vida mas, como eu já tinha intenção de alugar um carro para visitar alguns locais, e não estava afim de pagar R$ 120,00 pilas apenas para me jogar no hotel, decidi no Aeroporto mesmo alugar um carro e de lá já fazer a rota do Sol, por que o nosso hotel ficava em Tibau do Sul (pensa um lugar longe rs) então, era mais vantagem alugar o carro e aproveitar o caminho e não perder o dia. Aluguel do carro fechado, pegamos o carro exatamente 11:45hs e ficou acordado que entregariamos o carro no Domingo as 16:00hs e ainda assim pagando só as duas diárias.

Como eu já havia anotado várias dicas aqui do site, suguei a agente da Tam que estava toda solicita devido a mancada deles de terem informado que havia transfer e não tinha (tenho emails e estamos brigando para um reembolso, estou no meu direito)e ela fez um roteirinho de todos os locais que eu queria visitar. Então, as 12:00hs saimos em direção a Rota do Sol.

Passamos no Shopping do Artesanato, olhamos aqui e ali e preferimos fazer comprinhas depois que a gente visse mais da cidade, afinal, estavamos empolgados para conhecer tudo que pudessemos e sentir o lugar. A primeira praia foi de Ponta Negra e tiramos fotos no Morro do Careca, é muita gente vendendo passeios mas, não curto muito marcar passeios antecipadamente e só ficamos nas fotos e continuamos com a Rota do Sol. Em seguida, paramos para algumas fotos na Barreira do Inferno para avistar os Foguetes, coisa rápida. Logo, estavamos em Pirangi e visitamos o maior Cajueiro do mundo, pagamos R$ 3,00 pila cada um e valeu a pena. Ambiente agradavel e um clima mais ameno abaixo de todos aqueles galhos, por que o Calor viu, ai ai... No mirante você consegue visualizar toda a copa do Cajueiro, um quarteirão com tanto verde, bacana mesmo!

Próxima parada, praia de Búzios para refrescar e curtir a praia (vazia) que lugar lindo, a praia incrivel e era só o aperitivo de toda beleza que nós ainda iriamos ver nos dias que iriam se seguir.Refrescados era a hora de seguir, mesmo por que ainda precisavamos fazer o Chek in no Hotel e não sabiamos ainda se iria demorar ou não. E eu estava ansiosa para ver o mirante dos Golfinhos e ver se conseguia ver as criaturas.

 

Paramos no mirante e nada de Golfinhos mas, a vista por si só já encanta os olhos. Alguns minutos curtindo o lugar e partimos. O namorado já receoso por não achar posto de gasolina, eu não deixei ele parar para abastecer perto da Praia do Cotovelo e o carro já acendeu a luz de Gasolina reserva, pensei, se o carro parar eu vou ouvir até o final da viagem. Porém, como sou uma guria de sorte, passando Nisia Floresta eis que surge um posto huhu, ouvidos salvos rs.

Enfim, chegamos no Portal de Tibau do Sul com 93km percorridos (eu acho, não lembro agora) e seguimos direto para o Hotel Marinas onde ficamos hospedados. Lugar incrivel, atendimento ótimo, e Chalé confortável, tinha tudo a mão e a vista era de frente para o Mar. Chegamos a tempo de comer um crepe e ver o Por do Sol da Creperia, realmente, como todos comentam aqui é algo que não pode faltar. A noite, fechamos com uma comidinha boa e caimos na piscina e ficamos um bom tempo planejando como seria o dia seguinte, tinhamos que aproveitar o carro o maximo possivel para conhecer o Litoral Sul.

 

Dia - 2

 

Foi o dia que mais curti, as praias maravilhosas que vi não têm como descrever. Visitamos o Chapadão e a todo lado era puro encantamento. Seguimos da Prais Ponta do Madeiro e caminhamos por todas as praias do Litoral Sul até Pipa. Parando aqui e ali para um mergulho e pulando para os lados para não pisar nos Siris rss. Na volta, a maré já estava mais alta e é nitido perceber como o Mar vem chegando, bom mesmo saber como é a tabua das marés. Parei na Praia dos Golfinhos fiquei um tempo e nada de Golfinhos, ainda bem que já vi de perto e não voltei com esse desejo do RN. A tarde, partimos para Sibaúma em direção a Barra do Cunhaú com intenção de alugar o Buggy e visitar Sagi e a Lagoa da Coca-Cola. Viagem perdida, não haviam mais buggys naquele horário mas, valeu muito a pena conhecer as praias daquele lado. Voltamos e visitamos o Santuário Ecologico e avistamos muitas Tartarugas Verdes no Mirante das Tartarugas, trilhas rápidas e gostosas de se fazer. Chegamos cansados e famintos, depois de ficarmos estufados de comer o melhor foi ficar na rede e relaxar. No quintal, no decorrer da noite avistamos dois Timbús ::carai:: que passearam em frente ao Chalé despreocupadamente e em cima do telhado do vizinho.

 

Dia - 3

 

Dia de entregar o carro mas, antes iriamos conhecer o Litoral Norte e passear por Genipabu. Fechamos um passeio de Buggy pelas Dunas com 1:30hs de duração e curtimos muito. Infelizmente, o Rafael perdeu a Cam dele e o clima ficou meio triste mas, bola pra frente e nada de deixar esse incidente estragar a viagem, ainda havia muito a aproveitar. Conhecemos Redinha, Santa Rita e a Lagoa de Genipabu. Após, partimos para conhecer a cidade e aquela muvuca de gente nas praias, todas são lindas claro mas, as do Litoral Sul, na minha opinião são as mais belas que já vi, e acima de tudo, mais isoladas ;)

Passamos pela Ponte Newton Navarro, tiramos fotos do Forte e seguimos para conhecer a Fortaleza. Passear com o guia foi divertido e o lugar por fora parece muito maior mas, lá dentro você descobre por que é menor do que parece, para saber, vá visitar!! ;)

Visitamos o Dique também e foi bacana, depois relaxamos na Praia do Forte que tem uma piscina natural devido as rochas que cercam a praia e a água estava bem morninha. Quando percebemos já era 15:25hs e a gente precisava achar o caminho para o Aeroporto. Nos perdemos um bocadinho mas, chegamos no Aeroporto as 15:54hs. Sem carro, era descobrir como chegar do outro lado com condução simples. Não foi dificil mas, demora um tanto viu. Fizemos uma parada e comemos Tapioca, no RN eles misturam Coco com Queijo, achei estranho mas, não de todo ruim, apenas, diferente. A noite, curtimos mais a piscina. Preparei uma armadilha para o Timbú, queria tirar umas fotos, coloquei casca de Manga em frente ao chalé com um caminho para ele seguir. Acabamos dormindo e não deu certo, no dia seguinte, acordamos e só havia alguns tequinhos de casca, ao menos, ele comeu e parece que gostou.

 

Dia – 4

 

Conhecemos a cidade de Tibau do Sul (pequena mas, acolhedora) os nativos do local super solicitos e gringos para todo o lado. Há apenas uma agência bancária, digo, um caixa eletrônico que não tem dinheiro rss... Essa foi a menos agência que eu já vi, apenas um caixa eletrônico, uma salinha com uma mesa, telefone e Pc... Filas?? Acho que nunca acontece rs.

Tibau é uma ótima cidade, embora precária em certos aspectos por se tratar de uma cidade turistica, é linda e acolhedora, adorei muito e não sai do meu pensamento que foi a melhor escolha para passar as noites, pois procuravamos sossego.

No final da tarde, era hora de fazer o passeio de Caiaque pela Lagoa Guarairas que nem é Lagoa mais, a praia invadiu mas, o nome continua. Acho que foi o melhor horário, passeamos por mais de 2 horas e avistamos o Por do sol da lagoa, próximo ao Mangue. Foi um passeio sensacional, simples e que todo mundo pode fazer, e que vale muito a pena de verdade!

 

Dia – 5

Já batia aquela tristeza por ter que voltar para SP, deixar a calmaria para voltar a correria e caos. Enfim né, fazer o que. Acordamos cedo e pegamos a balsa em Tibau e seguimos para Malembá, passeamos e por todo percurso, viamos apenas um grupo praticando Kite surf já em Barreta e vez ou outra, os buggys chegando de Natal para pegar a balsa. A praia é muito deserta, sem quiosques e Mar a perder de vista. Esse lugar é um paraiso!!! Queria ficar mais, porém, sem sombra estava complicado ficar embaixo do Sol quente, então decidimos voltar e curtir a praia de Tibau que ainda não haviamos aproveitado, e o fizemos nas sombras, relaxamos muito!

 

Dia – 6

 

Último dia de folga e decidimos aproveitar o Hotel pela parte da manhã, pois o Sol estava muito forte e já estavamos ficando ardidos mesmo usando protetor 30 a cada 2 horas. Piscina a manhã toda e bebidas a beira da piscina, hummm... No começo da tarde, partimos para uma caminhada pela praia de Tibau e seguimos sentido as praias do Litoral Sul que visitamos no dia 2... Passamos pela Praia de Tibau do Sul; Praia do Giz e Cacimbinhas. Paramos perto de onde começamos a caminhada no dia 2 e curtimos o local, até eu receber uma picada de um Siri e ao olhar para o lado e ver tantos, resolvemos voltar para o hotel e ver o nosso último por do sol no RN. Na manhã seguinte, já haviamos fechado um valor de Táxi de Tibau até o Aeroporto por R$ 90,00 que achei justo pela distância percorrida e pelo horário, saimos 3:30hs e chegamos exatamente as 5:00hs.

 

Adorei o RN e a cidade de Tibau eu fiquei encantada, para quem quer sossego é ótima. E as dicas que retirei do site ajudaram horrores. Por isso, estou deixando o relato e espero que as informações possam ajudar!!

 

 

Luci, parabéns pelo relato, com certeza vai ajudar muito a galera que quer conhecer o RN, principalmente porque vc relata tudo do ponto de vista do visitante, que com certeza é bem melhor do que quem mora aqui.

Volte sempre quando quiser, pra conhecer mais o que o RN tem a oferecer, que diferente do que todo mundo imagina, não tem só praias.

Abraços

Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...