Ir para conteúdo

Viajar para Argentina


Posts Recomendados

  • Membros
1 hora atrás, poiuy disse:

Comece resolvendo as questões burocráticas:

Para viajar a Argentina é recomendável você ter um RG em bom estado e de preferência emitido a menos de 10 anos. 

Recomendo especial atenção a esta parte, principalmente em relação as crianças, pois muitas vezes elas tem RG feito quando começaram o ensino primário, e isto pode causar alguns problemas no embarque internacional, neste caso é bom você correr atras de RG novo o quanto antes, por causa do recesso de final de ano.

Também não ficou muito claro se o pai das crianças estará viajando junto, mas menores de idade só podem sair do país se estiverem acompanhados por ambos os pais durante a viagem, se um dos pais não for viajar junto, você precisa apresentar uma declaração reconhecida em cartório com a parte que não vai viajar junto autorizando a viagem.

E novamente, caso vá precisar disto, corra atras disto logo que tiver comprado as passagens, para evitar que o recesso dos órgãos públicos lhe cause problemas as vésperas da viagem.

 

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
1 hora atrás, poiuy disse:

Comece resolvendo as questões burocráticas:

Para viajar a Argentina é recomendável você ter um RG em bom estado e de preferência emitido a menos de 10 anos. 

Recomendo especial atenção a esta parte, principalmente em relação as crianças, pois muitas vezes elas tem RG feito quando começaram o ensino primário, e isto pode causar alguns problemas no embarque internacional, neste caso é bom você correr atras de RG novo o quanto antes, por causa do recesso de final de ano.

Também não ficou muito claro se o pai das crianças estará viajando junto, mas menores de idade só podem sair do país se estiverem acompanhados por ambos os pais durante a viagem, se um dos pais não for viajar junto, você precisa apresentar uma declaração reconhecida em cartório com a parte que não vai viajar junto autorizando a viagem.

E novamente, caso vá precisar disto, corra atras disto logo que tiver comprado as passagens, para evitar que o recesso dos órgãos públicos lhe cause problemas as vésperas da viagem.

 

Meu jovem Poiuy, muito obriga pelo alerta! Não tinha nem pensado em pegar um declaração do pai. Nossa Senhora, que alívio você ter me orientado. Vou seguir direitinho todas as suas recomendações. Vocês são muito gentis, não sei o que faria sem vocês. Muito obrigada mesmo. Abraços.

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
6 horas atrás, poiuy disse:

Olá, seja bem vinda.

Para podermos lhe ajudar melhor, você precisa fornecer mais detalhes a respeito da viagem de vocês.

Por exemplo, quantos dias vocês vocês pretendem ficar na Argentina? Como vão para lá? De avião?  De carro? Saindo de qual cidade no Brasil? Já tem alguma passagem comprada? Já tem datas definidas?  Pretendem visitar o que por lá? Só Buenos Aires? Ou gostariam de visitar algo no interior da Argentina? Gostam de atividades ao ar livre e na natureza ou preferem algo mais urbano? Etc, etc...

Sem estas respostas fica complicado lhe ajudar, por que os seus questionamentos são muito genéricos.

Mas em todo caso, eu recomendo que você comece lendo alguns relatos e roteiros de viagem, para ter uma ideia do que o pessoal costuma fazer e visitar por lá, assim você mesma poderá ir escolhendo os passeios e atividades que mais agradam a você e seus filhos.

então sugestão de leitura: https://www.google.com.br/search?&q=roteiro+10+dias+argentina

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Com 15 dias disponíveis, eu começaria por Buenos Aires e ficaria uns 3 ou 4 dias. Depois eu pegaria um avião para El Calafate (as aerolíneas argentinas, que faz o roteiro, já está anunciando descontos para a black friday, e ficaria uns 3 a 4 dias (mas os passeios em el calafate são mais caros, então vc tem que levar isso em conta). Em compensação, vc pode pegar um ônibus para El Chalten,  a 3 horas de distância, onde vc pode fazer vários trekkings de graça, sem guia ou agência. E tem muitos passeios por lá. El Chalten é a capital argentina do trekking. Todas as trilhas são bem demarcadas e seguras e vc pode acampar também, se quiser. Dá para fazer vc e as crianças sem problemas. Eu fiz várias com minha esposa em 2018, só nós 2. Eu tentaria arrumar uma hospedagem através do airbnb, num apartamento que tenha cozinha, pois aí vc economiza uma boa grana nas refeições (foi o que fiz em 2018, quando fiquei uma semana em el chalten). Sem falar que a comida nestes locais é cara e um pouco diferente da brasileira (baseia-se principalmente em batata, cenoura e carne, sem arroz com feijão). Tem um hostel em el chalten chamado el rancho que tem quartos privados ou compartilhados, com cozinha coletiva. É uma boa para ficar. Mas, se não quiser ou não conseguir, e quiser comer no local, eles tem um restaurante que serve comida boa, farta e com preço bem razoável. Um prato dá para 2 pessoas e sobra. Se vc for por este caminho de cozinhar, é interessante, quando estiver em el calafate, fazer umas compras para levar para el chalten de produtos como leite, macarrão, risoto ou mesmo frutas, pois é mais barato em el calafate e tem mais variedades. 

  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 3 semanas depois...
  • Membros
Em 28/11/2019 em 09:02, schitini disse:

Com 15 dias disponíveis, eu começaria por Buenos Aires e ficaria uns 3 ou 4 dias. Depois eu pegaria um avião para El Calafate (as aerolíneas argentinas, que faz o roteiro, já está anunciando descontos para a black friday, e ficaria uns 3 a 4 dias (mas os passeios em el calafate são mais caros, então vc tem que levar isso em conta). Em compensação, vc pode pegar um ônibus para El Chalten,  a 3 horas de distância, onde vc pode fazer vários trekkings de graça, sem guia ou agência. E tem muitos passeios por lá. El Chalten é a capital argentina do trekking. Todas as trilhas são bem demarcadas e seguras e vc pode acampar também, se quiser. Dá para fazer vc e as crianças sem problemas. Eu fiz várias com minha esposa em 2018, só nós 2. Eu tentaria arrumar uma hospedagem através do airbnb, num apartamento que tenha cozinha, pois aí vc economiza uma boa grana nas refeições (foi o que fiz em 2018, quando fiquei uma semana em el chalten). Sem falar que a comida nestes locais é cara e um pouco diferente da brasileira (baseia-se principalmente em batata, cenoura e carne, sem arroz com feijão). Tem um hostel em el chalten chamado el rancho que tem quartos privados ou compartilhados, com cozinha coletiva. É uma boa para ficar. Mas, se não quiser ou não conseguir, e quiser comer no local, eles tem um restaurante que serve comida boa, farta e com preço bem razoável. Um prato dá para 2 pessoas e sobra. Se vc for por este caminho de cozinhar, é interessante, quando estiver em el calafate, fazer umas compras para levar para el chalten de produtos como leite, macarrão, risoto ou mesmo frutas, pois é mais barato em el calafate e tem mais variedades. 

Muito obrigada meu jovem amigo. Gostaria de obter algumas orientações sobre onde é melhor trocar moedas, aqui no Brasil ou em Buenos Aires. Já estamos com as malas quase prontas. Obrigada, abraços.

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...