Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Entre para seguir isso  
Rafael_Salvador

É mais difícil montar o 1º roteiro ou a partir do 5º, 6º...?

Posts Recomendados

Comecei a montar o roteiro de 2020 e me dei conta de um lance interessante!

Geralmente quando montamos os 2 primeiros roteiros pela Europa incluímos as capitais mais famosas de forma meio que desordenada... dificilmente alguém monta os dois primeiros roteiros por regiões geograficamente delimitadas. Depois de algumas viagens, fica extramente difícil encaixar um roteiro por regiões, sem repetir muitas cidades que já conhece e sem aqueles deslocamentos longos... to sofrendo isso na pele. 

Os lugares que quero conhecer estão espalhados pela Europa e vizinhos a lugares que já fui e não quero voltar. Alguém vive essa experiencia?

Fica a dica aos que estão começando: Desde as primeiras viagens procure regionalizar seus roteiros... No futuro as coisas ficam mais fáceis!!

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post

Realmente, nas primeiras viagens fica mais fácil regionalizar os roteiros, mas depois de algumas viagens, já fica meio complicado de regionalizar sem ficar repetindo muitas cidades, então atualmente eu já não faço tanta questão de regionalizar os roteiros, só me preocupo em ver se tem voo direto e barato entre os locais que gostaria de visitar.

Quando não consigo mais regionalizar a viagem sem ficar repetindo muitas cidades, eu escolho um ou dois locais que eu tenho interesse em visitar, mesmo que não fiquem próximos, e depois parto para ver dá para encaixar isto sem gastar dinheiro demais com as passagens ou perder muito tempo com deslocamentos.

Depois de escolhidos os pontos principais do roteiro que eu gostaria de visitar, eu começo a pesquisar um ponto entrada e saída, de onde seja fácil e barato chegar nestes locais de interesse.

Por exemplo, quando eu queria visitar a Polônia, eu já tinha visitado quase todas as grandes cidades da Europa Ocidental, mas durante as pesquisas de passagens percebi que havia voos diretos entre Madrid e Polônia super baratos, então acabei escolhendo Madrid como ponto de entrada, pois era barato sair do Brasil para Madrid, e depois era fácil e barato ir até a Polônia a partir de Madrid.

Como ainda tinha alguns dias "sobrando", fiquei fuçando no Skyscanner e acabei descobrindo que tinha passagens baratas de Wroclaw para Dublin, e de Dublin para Madrid, como Dublin era um local que eu ainda não tinha visitado, Dublin acabou entrando no roteiro junto com a Polônia e Madrid.

Ai a viagem acabou ficando Brasil - Madrid - Varsóvia - Cracóvia - Wroclaw - Dublin / Belsfast/Dublin - Madrid - Brasil

Numa outra viagem que eu fiz, fiz Brasil - Londres - Edimburgh/Glasgow/Inverness/Edimburg - New York - Brasil, pois fuçando nos sites de busca de passagens, descobri que era mais barato comprar um voo multi-cidade chegando em Londres e voltando de New York e um voo avulso entre Edimburgh e New York do que ida e volta do Brasil para Europa ou EUA.

O que acabou unindo o útil ao agradável, pois eu não conhecia ainda Escócia e nem New York, só repetiu Londres...

Mas quando possível, eu ainda tento regionalizar as viagens, focando numa região específica, mas isto vai ficando cada vez mais difícil depois de algumas viagens...

  • Gostei! 2

Compartilhar este post


Link para o post

Ainda não tive este problema exatamente, rs... mas pq eu sempre fui a louca dos mapas, então sempre planejei minhas viagens em cima de mapas. Tb pq gosto de viajar devagar, nunca coloquei muita coisa numa viagem só e por fim pq não sou a pessoa mais fissurada na Europa, minhas viagens estão espalhadas da Bolívia ao Japão, rs...

Uma dificuldade que sempre tive é dimensionar corretamente o tempo, peco pelo excesso de tempo as vezes. Fiquei tempo demais em Madri por exemplo... em Osaka... mas enfim, vivendo e aprendendo.

Agora, sobre as dificuldades de roteiros atuais em relação aos anteriores, é que sou bem mais confiante e corajosa agora, então os roteiros, e principalmente os destinos, ficam cada vez mais complexos! hahahaha

 

Compartilhar este post


Link para o post

Desde a minha primeira viagem, sempre escolhi roteiros por região, então não tenho esse "problema". E, como gosto de planejar viagens futuras, tenho uma pasta de planilhas de roteiros, e sempre separo por região. Como cada uma varia o tempo de turismo, consigo escolher quando terei férias curtas ou longas e já escolher meu roteiro pré-pronto.

Por exemplo, tenho roteiro Sul da América do Sul para 3 semanas (Patagônia, Uruguai e Chile), um do Japão de 2 semanas, um de Svalbard para 1 semana, Escócia para 1 semana, etc. Assim já tenho anotado o custo médio da viagem e tempo, então consigo escolher roteiros mais baratos ou mais caros e por tempo.

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post

15 minutos atrás, Davi Leichsenring disse:

Desde a minha primeira viagem, sempre escolhi roteiros por região, então não tenho esse "problema". E, como gosto de planejar viagens futuras, tenho uma pasta de planilhas de roteiros, e sempre separo por região. Como cada uma varia o tempo de turismo, consigo escolher quando terei férias curtas ou longas e já escolher meu roteiro pré-pronto.

Por exemplo, tenho roteiro Sul da América do Sul para 3 semanas (Patagônia, Uruguai e Chile), um do Japão de 2 semanas, um de Svalbard para 1 semana, Escócia para 1 semana, etc. Assim já tenho anotado o custo médio da viagem e tempo, então consigo escolher roteiros mais baratos ou mais caros e por tempo.

hahahauaha, tb tenho isso... uma pastinha de pré-roteiros e pré-orçamentos! Bom saber que mais gente tb faz isso, rs!

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post

Como gosto de viajar aonde falo a língua e Sou hispanohablante,falta o Norte da Espanha que ia ou vou nesse meio de ano e a América Central, que só conheço e recomendo a Cidade do Panamá.

Compartilhar este post


Link para o post

Estou caminhando para a 3ª ida a Europa e apesar de não ser muito, já começo a encontrar dificuldades em "desviar" das cidades grandes que já conheço, exemplo: Lisboa, Barcelona, Paris, Amsterdam, Berlin, Roma.

Este ano, se o corona permitir, passo por mais uma rota, Porto. Ou seja, dificilmente voltarei para a Europa sem passar por uma capital famosa que já tenha conhecido. 

Desta minha lista de chegada ou saída da Europa, faltam quais cidades em que chegam voos baratos do Brasil? Madrid, Milão, Frankfurt, Munique...? 

Porém a maioria das cidades eu passaria tranquilamente uns 3/4 dias novamente, mas nossa prioridade, ou pelo menos a minha, é conhecer mais locais... 

Compartilhar este post


Link para o post

Não sofro muito dessa dificuldade pois tento fazer o roteiro por região. Em relação à Europa, por exemplo, tenho uma visão diferente do que seria aproveitá-la o máximo possível. Em vez de focar em um monte de cidade de um monte de país em cada viagem, preferi aproveitar o máximo que o país que eu fui tinha para oferecer com o tempo que eu tinha disponível. Assim, na minha primeira ida fiquei só na Espanha e Portugal, na segunda ida somente na Itália e na terceira ida somente na França. E mesmo se um dia eu voltar nesses países, há roteiros para fazer de modo que eu não precise repetir cidades, a não as com aeroportos para a chegada e saída do país.

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post

Na minha primeira viagem, qnd a grana era bem mais curta mas o Dolar 3 reais, eu e minha esposa decidimos realizar o sonho de criança e ir a Disney. Não teve mistério... Entramos por Miami, ficamos uns dias lá e o resto foi parque...

Na segunda viagem, decidimos conhecer as nossas cidades "sonhos". Fomos a Paris, Veneza e Roma. Não regionalizamos pois não tínhamos perspectiva de voltarmos a Europa. Gostamos tanto dessas viagens que mudamos nosso estilo de vida...  Desde então, estamos viajando "por região". Tentamos esgotar ao máximo o que há de interessante próximo a cidade de embarque. O problema é a limitação de dias (20 dias de férias).

 

Costumo dizer que agora estamos "procurando um lugar para morrer"... a ideia é que, enquanto ainda trabalhamos, conhecer o máximo de cidades possível para morar quando nos aposentarmos... Claro que isto um plano para daqui a 20 / 25 anos... até lá temos muita coisa para conhecer ainda...

 

Compartilhar este post


Link para o post

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Entre para seguir isso  



×
×
  • Criar Novo...