Ir para conteúdo

Viajando sozinho pela primeira vez! Italía, Croácia e Grécia


Posts Recomendados

  • Membros
15 horas atrás, lobo_solitário disse:

@Yunes parabens pelo relato.. acompanhando o restante.

Obrigado por acompanhar!

9 horas atrás, RodrigoDigão disse:

@Yunes 

Parabéns pelo relato, cheio de detalhes e bem organizado! Acompanhando...

Rodrigo, obrigado pelo elogio e por acompanhar o relato. Vi que você vai pra Croácia, espero chegar em breve em Split, Hvar e Dubrovnik, o país é incrível!

1 hora atrás, D FABIANO disse:

Você disse que havia arroz no café,é como outras pessoas aqui,que no almoço e janta foi massa.Não existe arroz nesta hora,para nós a certa?

Não tive curiosidade de perguntar se havia arroz no almoço/jantar, mas pelos poucos cardápios que vi não tinha 😂

  • Gostei! 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
14 horas atrás, Yunes disse:

Rodrigo, obrigado pelo elogio e por acompanhar o relato. Vi que você vai pra Croácia, espero chegar em breve em Split, Hvar e Dubrovnik, o país é incrível!

Cara, estou com passagem comprada para agosto, porém ainda não sabemos como vai ser, por conta do corona. Só tenho a ida e volta pela TAP. Já era para estar reservando outras coisas, mas por enquanto, aguardando...

  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
9 horas atrás, D FABIANO disse:

O resto do Vaticano pode se tirar fotos? É verdade que lá tem vestuário específico,como a sagrada família de Barcelona? 

O restante do Museu era possível fotografar. Quando ao vestuário, não sei dizer rs. 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

  • Conteúdo Similar

    • Por EletricFeel
      Oi, gente. Tudo bem?
      Nunca viajei por conta própria então tô arrancando minha cabeça de tanto coçar, cheia de dúvidas kkk
      Eu planejo ficar 24 dias na Grécia, entre jun/jul de 2022 (claro que isso é só se a pandemia estiver controlada)
      Meu desejo é ficar alguns dias em Atenas, Tessalônica, Milos, Santorini e nos meus últimos 4 dias, passar em Istambul.
      Quero muito conhecer Delfos também e queria passar pela ilha de Delos (existe alguma forma de ir sem ser saindo de Mykonos?)
      Em Tessalônica eu não terei gasto com hospedagem nem transporte, pois vou ficar na casa de alguns parentes (e acredito que ficarei 1 semana em média com eles, pois eles planejam fazer alguns passeios comigo)
      Eu não ligaria de cozinhar minha própria comida nos hostels, mas quero experimentar a comida local em alguns restaurantes bem típicos (típico mesmo, onde os locais costumam comer)
      Eu não tenho um roteiro muito certo, mas Atenas, Tessalônica, Milos, Santorini, Istambul e Delfos e Delos precisam estar nele
      O problema é que vou ter apenas 12 mil reais, vocês acham que dá? Que roteiros vocês me sugerem? Dicas pra economizar, etc?
      PFVR gente, eu me sinto muito perdida kkk 
    • Por Jonatas Rossi
      Fala pessoal, gostaria de compartilhar com vocês viajantes minha experiencia e aventura que tive em 25 dias pela Grécia afim de ajudar outras pessoas com meu roteiro também. Bom comecei então a aventura por Atenas, não fiquei muitos dias pois o foco da minha viagem era mais as praias paradisiacas gregas, então fiquei apenas 1 dia inteiro para fazer o Acropolis e também rodar ali pelo centro. Fui na parte da manhã apesar de muitas pessoas dizerem que enfrentam filas foi bem tranquilo. Foi um dos melhores sorvetes que tomei em Atenas e também um dos melhores Gyrus(uma comida tipica) que comi na grecia. Em seguida minha aventura continuou pelas ilhas Jônicas, peguei um voo para Kefalonia. Bom Kefalonia foi a ilha que mais gostei e a ilha com mais praias lindas que ja visitei, além de ser uma ilha barata, pois não tem muito turismo, aluguei um carro para poder explorar bem a ilha, me virei tranquilamente com o gps do google, uma coisa que achei interessante que foi muito tranquilo alugar carro, não precisei deixar calção e a diaria foi muito barato 30 euros o dia. Fiz três bases uma na capital em Argostoli, outra la em cima em fiskardo que é uma cidadezinha muito linda, gostei bastante e a ultima no extremo sul perto do porto de Pessada. Fiz em um dia um lado da ilha subindo até fiskardo, passei por varias praias lindas como "Fteri Beach" e a mais linda "Myrtos Beach" até chegar em Fiskardo já a noite, no dia seguinte voltei para "Myrtos" pois no dia anterios cheguei no final da tarde e não peguei aquela cor sensacional do mar, pois conta muito a posição do sol, o ideal é na parte da manha dai o mar está perfeito e fiquei nas praias ali pela parte de cima, detalhe que existem muitas praias, todas lindas, algumas você não ve nem no gps, como estava de carro conseguia ir curtindo um pouco em cada. No terceiro dia eu fui descendo kefalonia pela parte da direita e passei pela caverna das ninfas "Melissani Cave" que segundo a lenda vivia Melissanthi, ninfa que acabou com a própria vida e caiu no lago após a decepção do amor não correspondido pelo Deus Pan, lugar sensacional, desci até a parte sul então onde iria passar a noite, pois no dia seguinte pegaria o ferry para Zakinthos, detalhe que peguei o carro no aeroporto e combinei com o cara que iria entregar la no porto de Pessada, quando cheguei de manhã no porto mandei mensagem o dono do carro pediu para eu tirar umas fotos do carro e deixar a chave no pneu, fiquei pasmo com a confiança do pessoal. Bom em Zakinthos fiquei 2 dias inteiros, fiquei hospedado na cidade de Laganas, que é uma area bem badalada de Zakinthos, porém como eu estava no inicio de outubro o turismo já não estava muito badalado, mas gostei bastante do lugar. Fui um dia na cidade de Zakinthos o centro é muito mais animado, mas não rodei muito, só passei de carro. Bom em Zakintos aluguei um carro também, combinei de pegar o carro logo que chegasse no porto de Agios Nikolaos, também não precisei deixar calção, paguei a vista no cash e a diaria foi 40 euros, um pouco mais caro que Kefalonia, combinei que iria entregar o carro no aeroporto. Bom dali mesmo logo que peguei o carro eu ja aproveitei para pegar o passeio de barco que faz "Blue Caves" e também "Navagio Beach" tem alguns passeios de barco de alguns portos que ele não faz "Blue Caves" pois é caminho saindo de dali para Navagio, foi muito legal, mas confesso que navagio é muito mais bonito visto pelo View Point, confesso que me emocionei demais quando vi aquilo, que energia surreal daquele lugar, logo que voltei de barco, peguei o carro e fui para a view point. Outras praias que gostei bastante foi o "Porto Limnionas" que água surreal e também para uma praia "Xigia" que tem um cheiro forte de enxofre a água é medicinal. Bom de Zakinthos eu peguei um avião que fez conexão em Atenas e minha próxima parada era a ilha de Creta que tem 2 aeroportos mas minha chegada foi na cidade de Chania que é o lado praiano da ilha, destaque para "Lagoa de Balos" que foi um lugar que parecia escultura de quadro, gostei bastante também da cidade de Chania, lembra muito aquelas cidadezinhas da Italia, também aluguei um carro em Creta, peguei no aeroporto e combinei de entregar no porto de Heraklon, fui um dia para Heraklon para conhecer o palacio de Knosso que é onde surgio a lenda do labirinto Minotauro, como não tenho ingles fluente, não consegui um guia para ir contando as historias e lenda, que deve ser muito mais legal, para mim apesar de ter lido a história antes mas acabava que era so pedras e esculturas, mas gostei bastante também. Bom dormi em Heraklon e no dia seguinte sai para Santorini. Chegando em Santorini também optei por alugar um carro, fiquei hospedado em Oia, fiquei 2 dias inteiros em Santorini, é um lugar que é famoso pelo seu por do sol belissimo, mas as praias não gostei muito depois de ter passado por varias praias paradisiacas, pode ser que foi por isso, mas confesso que foi o lugar depois de Atenas que tomei o sorvete mais gostoso da Grecia em Thira, também fiz o passeio saindo de Thira para o vulcão que encontra- se ativo, você até ve saindo umas fumaças achei bem legal, visto que a ilha de Santorini foi dividida depois do vulcão ter entrado em erupção. O resto, visitei mais umas 2 praias de carro, esses 2 dias inteiro foram mais do que ideais. A próxima ilha que fiz do lado de Santorini foi a ilha de "Milos" essa sim foi a minha segunda ilha queridinha da Grécia, que lugar sensacional, cada praia também uma mais linda que a outra, nossa o ferry que foi para Milos ele corria mais que um carro de corrida nunca vi isso, foi com emoção, chegava saltava nas ondas do mar, fiquei hospedado na cidade de Adamas, fiquei 3 dias inteiros em Milos, como iria fazer o passeio de barco em 1 dos dias, optei por pegar 2 dias de aluguel de carro, e lá é uma porrada de praias também, fiz de carro "Paliochori", "Agia Kyriaki", "Fyriplaka" que curti demais, "Tsigrado", assisti o por do sol de Plaka e foi tão bom quanto o de Santorini, foi muito lindo. No dia seguinte fui para "Mandrakia", "Alogomantra", "Sarakiniko" (uma das praias mais bonita de Milos, curti muito), "Mytakias", no ultimo dia fiz o passeio de barco, que eu queria indicar vocês fazerem com o instagram.com/milosoneiro o passeio dele é diferenciado, ele está em numero 1 no trip, pois ele entra dentro das cavernas com a galera, tem paciencia, muito gente boa, passamos o dia todo em alto mar em Milos onde ele vai pra um dos lugares mais lindos que ja fui "Kleftiko". Bom tive um imprevisto, de Milos a ideia era ir para Mykonos de ferry, mas como estava quase no final de outubro, os ferrys diminuem muito e para minha infelicidade já não estava tendo ferry para Mykonos, tive que improvisar um para Santorini, saindo de madrugada, chegando em Santorini e esperando horas para poder ir para Mykonos, nosssa esse dia fiquei tão esgotado que dormi no chão do ferry e no banco do porto de santorini quando cheguei kkkkkk mas foi muito legal. Bom Mykonos é conhecido por seus famosos Beach Clubs e como cheguei no final de Outubro, todos já estavam sendo desmontados, consegui pegar um dia no Tropicana onde tinham alguns pingados de gente ainda fazendo uma farra, também aluguei carro, nossa la foi o lugar mais chato para alugar, o unico lugar que exigiu calção, fiquei com medo de deixar travado no cartão por alguns relatos que ja tinha lido, então deixei em dinheiro e quando entreguei o carro no aeroporto eles me devolveram, as praias também comparado as outras que visitei são bem mais tranquilas, então fica a dica quando quiser curtir Mykonos é somente no verão, ainda pretendo voltar para pegar uma farra la.... Alguns pratos tipicos muito bom da Grécia que eu gostei Mosaka (que é tipo uma lasanha de berinjela) e o famoso Gyrus que fez parte do meu almoço e janta todos os dias, eu viciei naquilo lá, além de economizar um bocado pois cada Gyrus custa em torno de 3,5 euros na média. Para quem gosta de doces é muito gostoso Baklava mas eu não faço muita questão. Todas as ilhas, principalmente essas menos conhecidas você precisa alugar um carro pois não existe transporte publico e você acaba ficando muito preso somente aos passeios basicos, em Santorini e Mykonos pessoal costuma alugar quadriciclo mas é uma loucura aquilo para estacionar, imagina aquilo em alta temporada, o transporte publico em Santorini também é horrivel não vi um onibus passar. Optei por fazer a viagem do dia 24/09/2019 a 22/10/2019 optei setembro e outubro pois é baixa temporada os preços estão mais abaixo e as águas ainda estão quentinhas do verão. Ainda aproveitei na volta e fiz 3 dias em Roma rs Essa foi minha primeira aventura mochilando, curti demais, gravei bastante stories para quem quiser dar uma olhada mais completo pelo meu instagram https://instagram.com/jonatasrossi e qualquer dúvida se quiserem uma ajuda estou por ai! Que tudo isso termine o mais rápido para podermos voltar a viajar amigos!                                      
    • Por camilandarilha
      Em 2019, realizei a maior viagem da minha vida e agora, finalmente decidi compartilhar um pouco dela aqui  espero que gostem!
      Capítulo 1: Preparação e França
      Em setembro de 2018, decidi largar a faculdade e juntar dinheiro para me jogar em uma aventura na Europa. Estava trabalhando em uma ONG de intercâmbio voluntário e fechei um pacote para passar 45 dias na Croácia por R$400 reais. Muito barato! Pelo menos tinha a hospedagem garantida. (Só vim saber exatamente onde ia dormir quando cheguei na Croácia, mas essa parte fica para outro momento)
       Tinha pouquíssimo tempo e pouquíssimo dinheiro (somente R$1000 guardados) pois planejava passar o ano novo em Paris (já que as passagens no inverno são mais baratas). Vendi praticamente TUDO o que eu tinha, roupas, livros, e vendia comida na rua (principalmente bolo vegano)! Contava a história de que estava indo realizar meu sonho de mochilar, e muitas pessoas me davam dinheiro sem nem pegar a fatia, para que eu vendesse para outra pessoa. Lembro-me de um dia em que ofereci o bolo para dois senhores em um restaurante chique: Um me deu uma nota de R$50 e outro, de R$20. Quase engasguei de surpresa hahaha 😅 depois de vender muito bolo, pastel e etc, consegui juntar R$2500, que somando com o que eu tinha guardado, foi o preço da passagem de ida e volta! Poderia ter pago bem mais barato se tivesse comprado com mais antecedência, então essa é a primeira dica: Se você for fazer na loucura que nem eu, presta atenção nas promoções e procure as datas mais baratas (usei o Skyscanner para isso) mas se você tem mais tempo, compre com antecedência, pois isso pode te fazer economizar uma boa grana! 
      Outra dica: se você vai vender na rua para juntar grana e viajar, não seja seletivo. Eu era um pouco mais tímida, e só oferecia para pessoas que não estavam em grandes grupos e ainda era seletiva, escolhia na rua para quem ia oferecer. OFEREÇA PRA GERAL! HAHA Sério!
      Fiz vaquinha, continuei vendendo e tive também uma ajuda dos meus pais. Acabei indo com cerca de 800/900 euros (ou seja, eu iria me virar com uma média de 100 euros por mês). Na época, isso seria mais ou menos R$4000. 
      Cheguei em Paris e nem podia acreditar que estava ali. Eu nunca nem havia saído do nordeste! Estava fazendo 7 graus, e eu estava com um agasalho de inverno. Porém quando eu digo inverno, é inverno nordestino, ou seja, não servia para quase nada  me lasquei de frio, então outra dica: Não seja mão-de-vaca como eu fui na hora de investir em roupa de inverno. Porquê meu pensamento foi "São menos de três meses de frio, eu vou sobreviver". NÃO PENSEM ASSIM, PELO AMOR DA BICICLETINHA! 
      Fiquei uma semana em Paris e dei um bate e volta em Versailles com uma amiga peruana que fiz através do Couchsurfing. Fui no museu do Louvre de graça (o Louvre é gratuito nos sábados à noite, na baixa temporada! Outro motivo de querer ir pra Paris no ano novo). Fui na Sacred Coeur, Notre Dame (não entrei porquê era pago) e bati bastante perna! Os franceses a quem pedi informação foram gentis e prestativos. O segredo é começar com "Bonjour/Bonsoir! Excusez-moi parlez-vous anglais?" (Bom dia/boa noite! Com licença, você fala inglês?)
      A ideia era pagar pelo transporte (e ainda paguei algumas vezes) mas os próprios parisienses me ensinaram como burlar o metrô 🤷‍♀️ quase não paguei transporte público nesse mochilão. Não estou dizendo que é certo, mas era a forma que eu tinha de economizar. Se você puder pagar, pague, pois se você for pego, paga uma multa de em média 100 euros! 
      Duas vezes pedi informação sobre como comprar um ticket de metrô pois estava toda enrolada, nas duas vezes, as pessoas tentaram me explicar, mas resolveram pagar pra mim. Gentileza que você não espera!
      Fiquei na casa de duas pessoas do Couchsurfing. Me senti muito desconfortável na casa do meu primeiro host, era um francês que morava sozinho e era uma pessoa inconveniente, mas no da segunda, foi ótimo ❤️ uma paquistanesa super gente fina, que morava com o namorado francês e tinha um gatinho, o Pablito. Eles foram ótimos! A paquistanesa falava seis idiomas, incluindo português (se eu não soubesse que ela era do Paquistão, diria que era paulista pelo sotaque!)
      Maas, na noite de ano novo, acabei dormindo no hostel onde a minha amiga do Peru estava se hospedando. O metrô estava fechado (eram 3h da manhã) e eu teria que esperar até às 7h. Tinha uma cama vazia no quarto que ela estava: Ela parou um pouco, pensou e disse baixinho: "Fica aí até às 7h, antes de checarem os quartos para limpeza"! Dei um cochilo, às 7h acordei e meti o pé. Passei pela recepção sem olhar para trás, mas a pessoa que estava na recepção nem disse nada. Provavelmente é difícil saber quem é hóspede ou não em uma época tão festiva. 
      Voltei para a casa do meu host com o c* na mão, pois quando cheguei na estação da zona que ele mora, eram 8h da manhã e ainda estava escuro - e não tinha ninguém na rua. Porém em um determinado momento passei por uma menina que estava andando e mexendo no celular tranquilamente e fiquei um pouco mais tranquila. A pessoa só faria isso em um lugar minimamente seguro, não é?  Mas ainda fiquei em alerta até chegar na casa do meu host. 
       
      Depois da França, peguei um voo para a Croácia (que estava incluso naqueles R$3500). Cheguei em Zagreb e peguei uma van até Rijeka, a cidade onde ficaria por 45 dias (acabei ficando 50 dias). 
       
       
       








      20190102_161214.mp4 20190103_132615.mp4

    • Por Rubéns Queiroz
      Hoje a dica è alimentação em uma das cidades mais caras da europa, A REALIDADE!!!
      Link a baixo:
      1kg DE FRANGO R$ 65,00 😨😨
       
      Espero que gostem do conteúdo, qualquer dúvida ou sugestões deixem nos comentários do video, até mais galera!! 
    • Por Silvana Almada
      Boa tarde viajantes,
      estarei em Roma em setembro (assim espero) por 5 dias e estou pensando em fazer um bate e volta até Florença. Sei que, pelo que li, a cidade pede muito mais
      que apenas 1 dia, mas infelizmente só posso dessa forma. Uma dúvida: alguém conhece  a Galleria degli Uffizi? É possível eu encaixar uma visita nesse 1 dia? Sou amante do Renascimento, queria muito conhecer mas não sei se será viável.
      Alguém pode me ajudar?
      Abraços
×
×
  • Criar Novo...