Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

  • Membros
Olá galera viajanteeeee. 🤩
Vim fazer falar um pouco sobre minha viagem em 02/2020 em Fortaleza e Jeri
 
Comprei minhas passagens para Fortaleza pela decolar em uma promoção 657,00 saindo de GRU (uma semana depois baixou para 400,00 kkkkkkkk DIFICIL 😐).
Fizemos as reservas pelo site Airbnb com cupom de desconto 🤩 (vou deixar o cupom no final do post) fechamos 4 dias em Jeri na Pousada Casa Flor do Mar e 4 dias em um Flat no hotel Tulip. Como boa viajante, fiz a reserva do flat no meu nome e da pousada no nome do meu namorado, ambos tinham descontos então saiu bem em conta pra nos (400,00 em cada lugar).
 
06/02 a 12/02 - SP x FOR
 
1º dia: Nosso voou saiu as 23:30 de SP com chegada as 03:00 em FOR.
Decidimos ir pra Jeri primeiro para curtir o fds lá e fortaleza depois, então fechamos com a agência Enseada Turismo  o transfer até Jeri.
Do aeroporto até o ponto de partida para Jeri no centro, pegamos um Uber, que deu R$ 19,50 e fomos direto ao ponto de encontro para saída a Jeri, que seria as 04:00.
Fechamos o transfer até Jeri com passeios do lado Leste incluso por R$150,00 cada (OBS: existe a empresa Fretcar que faz esse serviço de transfer, porém ele sai em horas fixas... se não me engano o primeiro sai as 07:00 e custa em torno de R$30/40 reais, mas pra otimizar tempo optamos pelo transfer, estava incluso ida e volta + alguns passeios do lado leste).
Depois de horas de ônibus (aproximadamente 5:00 com parada pra café da manhã) chegamos até um ponto de apoio onde pegamos as Jardineiras (4x4) pra começar os passeios.
O nosso estava incluso o Passeio pela Lagoa do Paraíso, Árvore da Preguiça, entrada free na famosa Alchimist Beach Club e Pedra Furada, como passeio adicional havia a Lagoa do Amâncio por R$30,00 (durante os passeios as malas ficam na própria jardineira).
Fechamos na nossa pousada por volta das 17:15 da tarde e saímos pra jantar.
 
OBS E DICAS:
*No café da manhã eles pararam em um local que o café é por peso (pão com frios + copo de leite com café saiu uns R$9,00/11,00)
Na hora do almoço estávamos no Alchimist Beach Club, não comemos lá pq achamos as coisas mtt caras (uma cerveja long neck lá custou R$17,00 KKKK).
Tomamos um café mais reforçado justamente para não consumir nada neste local por conta dos preços.
*A ida até a Pedra furada se resume em caminhada rs. Lá eles falam que o caminho é pesado, 40 minutos de caminhada com uma decida ruim... tudo isso pra vc fechar com os “juber” ou seja charretes, mas a caminhada é tranquila... fizemos em 30 minutos até a pedra.
*Na rua SAN FRANCISCO, na vila de Jeri vc encontra refeições a partir de 10,00. ISSO MESMO, nem em Campinas eu encontro estes preços kkkkk (eu não como frutos do mar então os PF’s da vida me fazem mtt feliz, ainda mais quando pago barato. Comi barato e MTT bem, obg).
*O que mais me incomodou na vila foi as moscas, puts isso me estressou pq toda vez que vc senta pra comer vem umas 20 em cima da mesa, da comida e tal. Então procure por restaurantes climatizados caso queira paz.
A noite tem varias barraquinhas pela rua que vende comida... porém este valor que paguei foi sempre em restaurantezinhos.
Aproveitamos que estávamos pelo centrinho anoite para andar e procurar pelo passeio do Lado Oeste, já havíamos cotado com várias empresas antes da viajem (a média de valor era R$350,00 no buggy privativo, R$175,00 buggy compartilhado, R$400,00 quadriciclo e R$75,00 a jardineira), mas optamos por fechar lá em busca de encontrar algo em conta e BINGOOOOO.
Encontramos o passeio de quadriciclo por 350,00 e o buggy 300,00.
 
2º dia: Acordamos e vimos o dia lindo, corremos e ligamos para agência de quadriciclo que iriamos fazer o passeio para fechar para aquele dia. Saímos para o passeio as 9:30, pegamos um guia tão legal que nos deixou super a vontade, passamos pelo mesmo local mais de uma vez para aproveitar quando estava vazio *-* o passeio durou cerca de 5/6 horas. (o guia vai na moro e vc vai pilotando o quadriciclo)
 
3º dia: tiramos o dia pra descansar.
Fomos até a praia de manhã (praia da vila) e a tarde ver o por do sol nas dunas
 
4º dia: Fomos até a praia da malhada que é mtt linda e aproveitamos pra ir no comercio a tarde, voltamos pra fortaleza as 16:00.
Da Vila de Jeri até o ponto de encontro fomos de 4x4 e levou cerca de 1:00. O ponto de encontro é a única parada que se faz até fortaleza, la ficamos 2:00 esperando todas as 4x4 chegarem para lotar o ônibus e irmos embora. Chegamos em nosso flat em fortaleza as 24:00
 
5º dia: Já havíamos fechado com o Felipe (fechei via whats na volta de jeri para o dia seguinte) o passeio pelas 3 praias (Morro Branco, Praia das Fontes e Canoa Quebrada) de buggy por R$ 110,00 cada (canoa quebrada fica 250 km de Meireles então o passeio foi mtt cansativo rs não achei que compensou mtt, a praia das fonte na minha opinião é uma enganação tremenda kkkkkkk pq são 3 bicas de água escrito que é fonte, fora que se vc não fechar o buggy vc tem que ir caminhando até as falésias e morro branco (que é bem longuinho) então praticamente eles te forçam a fechar o buggy pra conhecer).
 
6º dia: Compramos o passeio pelo peixe urbano por R$60,00 o casal com a Girafa tur.
O passeio saiu as 7:00 com chegada as 19:00. Chegando la eles vão te deixar em um restaurante carinho tbm, porém, na mesma rua do restaurante na frente dos buggeiros tem um restaurante, comida caseira mtt gostosa, prato para 2 pessoas por 35,00.
Descendo o restaurante já na praia, tem um quiosque a direita com preços excelentes! (Cerveja por 9,00 600ml).
A noite fomos jantar na Barraca da Boa na orla de Meireles, ceva por R$ 9,00 prato de picanha pra 2 por 60,00 (achamos o preço ótimo).
 
7º dia: Fomos para a Praia do futuro, pois queríamos conhecer o famoso Croco Beach, achei o local mtt cheio e os preços mtt salgados, então fomos pra barraca ao lado esquerdo Barraca Marulhos e fechamos um bangalô na areia com R$100,00 de consumação. Os preços de lá são excelentes e o serviço de primeira.
Eles deixam um cooler do seu lado com cerveja já pra vc ficar à vontade. RECOMENDO.
A tarde resolvemos andar pelo mercado central e depois ja fomos pro aeroporto.

CUPOM DE DESCONTO Cadastre-se com meu link e você vai ganhar até R$179 de desconto em sua primeira viagem. https://abnb.me/e/H1L0MFhG83?suuid=9cccd5d0-3bc8-4949-b7ad-25927809bf1e&slevel=0

Tel do Pedro (agente de fortaleza): 85 9665-9503
Tel do Quadriciclo de Jeri: Kart Cross Roades 88 9849-4619 Edvaldo
Tel da agencia  
Enseada Turismo: 85 9608-1222

86661835_2873199492741960_6528786972129886208_n.jpg

86686871_2873199402741969_7000313560198807552_n.jpg

86728652_2873200139408562_6222590004749664256_n.jpg

86802381_2873200189408557_1786816921824395264_n.jpg

86875451_2873199272741982_5367455543600349184_n.jpg

86969515_2873199856075257_2628849684021510144_n.jpg

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
  • Conteúdo Similar

    • Por Eltonvds
      falaaa galera boa noite, alguém sabe como está a situação de carona nesde cenário?
      tá tendo mais dificuldade ?
      está normal ?
      ou piorou que estava difícil ?
    • Por Malubackpacker
      Olá estou realizando uma pesquisa para elaboração do meu tcc sobre mochileiros. São apenas 18 perguntas! Acessando o LINK você vai direto ao questionário para responder. Agradecemos muito sua contribuição em nosso projeto. No brasil não há um número alto de dados bibliográficos sobre esse segmento de viagem! Por favor ajude a nossa pesquisa a ter um alcance maior :)) ❤️ 
      https://forms.gle/A6BcC1EaFwawKN9A8
       
    • Por ms.priscila
      Roteiro Jericoacoara (04 dias)
      Jericoacoara está situada a 317km de Fortaleza. Para chegar até lá, pode-se optar por alugar um carro, o que não é recomendável, já que você deverá deixar o veículo em Jijoca de Jericoacoara para, então, atravessar as dunas e chegar até a vila. O transporte mais utilizado, portanto, são os ônibus ou transfer.
      Em 2017, pagamos cerca de R$220,00 em um veículo 4×4 para 06 pessoas, ida e volta, a partir do aeroporto de Fortaleza. Esse foi o contato do nosso transfer: (88) 9979-0127.
      Em Jeri, 04 dias são suficientes para conhecer todas as belezas que a região oferece. Existem basicamente dois passeios de bugre. Um para o lado leste e outro para o lado oeste.
      O passeio do lado leste inclui a Pedra Furada, Árvore da Preguiça, Praia do Preá, Lagoa Azul e a famosa Lagoa do Paraíso. Este passeio se encerra no restaurante Nova Esperança, onde se pode almoçar e aproveitar o restante da tarde.
       
      Árvore da Preguiça

      O passeio do lado oeste inclui o Mangue Seco, onde se pode fazer um passeio de canoa para visualização de cavalos-marinhos (em 2017 pagava-se algo torno de R$20,00 por pessoa), travessia do bugre em um Catamarã em direção à velha Tatajuba, antiga vila soterrada pelas dunas, nova Tatajuba, Duna do Funil (onde se pode praticar esqui bunda) e, por fim, restaurante no Lago da Torta. Pagamos R$90,00 por esse passeio, por pessoa.
       
      Observação de Cavalos-Marinhos
       
      Lago da Torta
       

      Entretanto, para quem não quer pagar pelos dois passeios, pode-se optar por Tatajuba, que é um passeio de dia inteiro e, em outro dia, optar por um transporte público, ao custo de R$50 por pessoa, que te leva até o Alchymist Beach Club, um super restaurante, à beira da Lagoa do Paraíso. Esse passeio te permite aproveitar melhor a lagoa, em uma estrutura com espreguiçadeiras, redes e muito conforto.
       
      Alchymist Beach Club

      No mais, você pode acompanhar a procissão que sai todos os dias, às 16h, em direção à Pedra Furada, e o pôr do sol, na Duna do Pôr do Sol.
       
      Duna do Por-do-sol
       

      No meio do ano, o sol se põe dentro da Pedra Furada. Algo que se guarda para sempre na memória.
       
      Pedra Furada

      Então vamos ao roteiro:
      Dia 01: chegada e pôr do sol na duna
      Dia 02: passeio até Tatajuba
      Dia 03: tarde no Alchymist para aproveitar lagoa e pôr do sol na pedra furada
      Dia 04: praia e retorno à Fortaleza
      Hospedagem: prefira hospedar-se na Rua Principal ou na Rua do Forró, que são as ruas mais importantes e dão acesso ao centrinho de Jeri. Recomendo a Pousada Jeribeka e a Pousada Jericó, onde me hospedei nas duas oportunidades em que estive na vila.
    • Por júlio.machado
      Olá,
      Me chamo Júlio e no final de fev de 2021 vou para Natal.
      Ficarei 18 dias lá. Para explorar bem o RN pensei em me hospedar em 3 lugares diferentes: Ponta negra, Pipa e São Miguel do Gostoso.
      Quem já foi me indica a fazer isso mesmo? Quais lugares não posso deixar de conhecer? 
       
    • Por Duda Klaus
      Ano passado fui para Manaus, passei 3 dias na selva amazônica e depois aluguei um carro e fui até Presidente Figueiredo. Foi uma das melhores viagens que fiz na vida!
      Foi no início de julho, ou seja, período de cheia.
      Fiquei hospedada no Local Hostel e gostei bastante. A localização é excelente e eu acho que aquela área do largo de São Sebastião (onde fica o Teatro Amazonas) é a melhor para se hospedar. No primeiro dia em Manaus fui conhecer o famoso Tambaqui de Banda, no restaurante de mesmo nome, que fica no Largo de São Sebastião. No dia seguinte fui com a Iguana Tour fazer o passeio na selva, que durou 3 dias e duas noites. Ficamos hospedados no Juma Lake Inn na primeira noite e, na segunda noite, montamos um acampamento no meio da mata. Os passeios durante esses 3 dias incluiam: focagem de jacarés, acordar cedo para ver o nascer do sol, passeio pela mata, visita à casa de caboclos...tudo isso acompanhados de um guia que explicava tudo. Foi perfeito! Ah, e detalhe: lá não pega internet. Ótima opção para se desligar do mundo. Fiquei em um quarto compartilhado, mas há a opção de ficar em quartos privativos com banheiro. O passeio todo com todas as refeições ficou por R$600.
      Chegando em Manaus, dei uma volta pelo centro e conheci o Mercado Adolpho Lisboa e o porto. Fui até o MUSA e achei bem legal, o interessante é que muita coisa do que eu vi ali, vi enquanto estava na mata, mas valeu a pena.
      Fiz essa viagem com uma amiga e conhecemos mais duas mulheres massa e nós 4 alugamos um carro para irmos à Presidente Figueiredo. Ficamos no Local Hostel Figueiredo. Nos programamos para ficar uma noite e dis dias completos, mas se arrependimento matasse...era para termos ficado pelo menos uns 4 dias! Fomos na Gruta da Judeia e Caverna Refúgio do Maroaga (obrigatório contratar um guia, na entrada do local, pelo valor de R$100 para até 4 pessoas)- imperdível!. Na Lagoa Azul (foi legal), cachoeira Asframa (muito cheia de gente por ser de fácil acesso, então há uma grande concentração de famílias com crianças, então passamos pouco tempo). Fomos na cachoeira de Iracema (muito legal e com áreas profundas para mergulho) e seguimos por uma trilha até a cachoeira das Araras (linda também!). Fomos também no que chegou a ser a minha cachoeira preferida...a do Santuário (surreal a energia do lugar!). Adicionaria mais um dia para a Cachoeira da Neblina (que fiquei triste por não ter dado tempo de ir. São horas de trilhas e, segundo os locais, é a mais bonita da região. Fica para a próxima!) e mais outro para conhecer outras 2. Opções não faltam!

      Voltando para Manaus, fiz a visita guiada no Teatro Amazonas e achei muito interessante. Na primeira noite já tinha entrado nele, pois fui assistir à uma peça (a maioria das atrações são gratuitas. Consulte a programação antes!) .
      Fui até o porto de Manaus e consegui um Day Tour, só eu e minha amiga, por R$150 cada (R$300 total). As agências de turismo cobram R$200-R$250 por pessoa. O barqueiro recebeu R$150 e o cara que fechamos ficou com a outra metade. Ou seja, dá pra entrar no porto, pagar a taxa de entrada, de R$5, e negociar diretamente com o barqueiro lá. Obviamente, você não vai ter uma agência de turismo por trás, então é por sua conta e risco. Tivemos a vantagem de irmos para onde queríamos ir. Achei a ida à tribo indígena uma coisa meio que "feita para turista". Achei interessante o fato de muitos indígenas não falarem português e utilizarem idiomas próprios. Nadei com os botos, mas atenção: existem dois lugares que fazem esse mergulho com os botos. Um fica mais distante do porto  e é certo que os botos aparecerão. O outro lugar fica perto do porto e nem sempre aparecem. Fomos para esse segundo e demos sorte! Fomos também em uma casa de uma família que tem um bicho preguiça e sempre foi meu sonho segurar um. Achei estranho quando perguntei onde ele ficava e a mulher disse que ele ficava solto, aí quando eu perguntei mais informações ela mudou de assunto e fez como se não entendesse...fiquei pensando depois que ele deve ficar preso. Triste demais isso e fiquei com peso na consciência de ter, de certa forma, colaborado com isso. 
      No último dia em Manaus fui com a galera do Hostel para Ponta Negra. Fomos até a Marina do Davi e pegamos um barco para um flutuante muito legal. Foi uma bela de uma despedida ver o por do sol no rio, tomando umas cervejas com uma galera massa!

      No final, ficou assim:
      dia 01 - chegada em Manaus
      dia 02 - Passeio na Selva 
      dia 03 - Passeio na Selva 
      dia 04 - Passeio na Selva  e retorno à Manaus 
      dia 05 - Dia em Manaus 
      dia 06 - Presidente Figueiredo 
      dia 07 - Presidente Figueiredo e volta para Manaus 
      dia 08 - Manaus 
      dia 09 - Manaus 
      dia 10 - volta pra casa
       
      Bom, é isso! A viagem foi feita em Julho de 2019 e gastei algo em torno de R$1500, para passar 10 dias, com hospedagem, alimentação, transporte e passeios. 
      Se quiserem ver fotos e vídeos, mostrando detalhadamente cada coisa, vejam lá o destaque "Amazonas" no meu instagram: @dudaklaus
×
×
  • Criar Novo...