Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Viagem ao Monte Roraima


Estela.i

Posts Recomendados

  • Membros

Viagem ao Monte Roraima

 

Subi o monte Roraima (aquele que sir Arthur Conan Doyle se baseou para escrever O mundo perdido) no carnaval (2007).

 

Parti de São Paulo para Boa Vista com a TAM (R$1500) ida e volta as 9 da manhã. Cheguei 12:40 em BV.

 

Peguei taxi até o ponto de lotação (R$25).

 

De lá partimos para Pacaraima na divisa, são mais de 200km, paguei R$20, na divisa troquei por alguns bolivares e segui para o hotel Michelle em Santa Elena Uairen por cerca de 5000 bolivares (R$3.3). A diária custava R$10, sem café.

 

Já eram 16:00 h, fui na agência em frente chamada Backpackers e contratei o trekking para o dia seguinte por cerca de R$512,00, incluia comida, guia, barraca, saco de dormir e banheiro portátil (vc coloca um saco plástico no vaso sanitário e depois joga cal, retira o saco e coloca num balde com tampa, é proibido deixar seus excrementos no parque) levam embora).

 

Escolhi essa agência porque parecia mais séria e realmente achei que teve o melhor cardápio comparando com as outras que subiram o monte conosco porque tinha mais frutas, saladas, frango etc.

 

Há uma agência chamada mystic tours que cobrava R$300, mas a comida era baseada em massas, sem frutas, sem proteinas ou saladas.

 

No primeiro dia partimos as 9h, chegamos quase 11h no Paratepuy, lanchamos e começamos a caminhada, num terreno plano, lembra muito o cerrado. Dormimos no camping do rio Tek, tinha muito pernilongo.

 

No dia seguinte andamos mais 9km durante cerca de 5h, até o campo base. Preferia ter saido cedo no primeiro dia e feito essa caminhada num dia só, se voltar lá vou tentar fazer isso.

 

No terceiro dia subimos a rampa restante, chegamos para o almoço no topo. Fui visitar as jacuzzis mas estava muito frio para entrar.

 

Quarto dia tinhamos a opção de ir ao ponto triplo e fosso ou a ventana e abismo. Só eu queria ir ao ponto triplo, então segui o grupo. A paisagem lá em cima tem muitas pedras e plantas carnívoras, até as bromélias são carnívoras. Acampamos no hotel jacuzzi. Passei frio lá em cima, devia ter levado mais que um fleece 200 e um anorak impermeável.

 

No quinto dia partimos cedo, a caminhada foi longa, mas tranquila. Cheguei ao Paratepuy as 10h, o resto do grupo foi chegando aos poucos.

 

Foi uma viagem muito legal, conheci muitos mochileiros brasileiros e estrangeiros. Inclusive tinha um monge de Brasília de 71 anos que subiu muito bem.

 

The lost world é fascinante.

Link para o post

  • Membros de Honra

Legal relato, bem informativo.. dá pra ter uma noção de preços. Parabéns pela trip e pelo exemplo de mochileiro que curte dividir informações, não como uns e outros do próprio fórum que se acham a última bolacha do pacote por terem ido a lugares "tão desconhecidos" como Roraima e Neblina.

 

Só faltou as fotos...

Link para o post
  • Membros de Honra
Legal relato, bem informativo.. dá pra ter uma noção de preços. Parabéns pela trip e pelo exemplo de mochileiro que curte dividir informações, não como uns e outros do próprio fórum que se acham a última bolacha do pacote por terem ido a lugares "tão desconhecidos" como Roraima e Neblina.

 

Só faltou as fotos...

 

exato, Rodrigo. Alias, a funcao do site é justamente essa: coesao e partilha de infos mochileiras. Tem mta gente (q dispensa apresentacoes) q nao sei o q faz aqui senao chupinhar infos e depois cantar de galo, mesquinhando o pouco q sabe ou oferecendo seus servicos de "guia".. Estes, decididamente, tao no site errado..

Link para o post
  • Membros

Soto,

 

Concordo contigo, acho que é nosso dever como Usuários compartilhar informação de viagens, afinal o mochileiros é um tesouro cosmopolita infelizmente sempre vão existir pessoas que querem se sentir superiores, muitas vezes para esconder um enorme complexo de inferioridade, e esquecem que mochilar é por si só um ato de integração com o mundo e com as outras pessoas.

Link para o post
  • Membros

Vc não pode ir sozinho, é obrigado a contratar um índio pemone em Paraitepuy para acompanhá-lo.

Além disso no topo há muitas trilhas que se cruzam e vc se perde fácil.

Pode contratar pacotes para ficar mais tempo, se combinar antecipadamente.

Link para o post
  • 1 ano depois...

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...