Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

D FABIANO

Vai para Cuba!De tanto ouvir fui e adorei

Posts Recomendados

Baracoa

Cidade se encontra no extremo da ilha,ligada por uma estrada sinuosa,bonita,mas perigosa a Guantánamo(aonde não há nada para se visitar).Única viagem de caminhão que fiz,o motorista que havia me levado a conhecer Santiago de Cuba na véspera arranjou esse maldito transfer para mim.Com uma condição imposta na hora:Cabine,pois não ando em pau de arara.Chegaram as 8:30h e me cobraram mais que o viazul,que passa pela madrugada,ois a linha vem de Havana.Como sempre,uma porcaria.Nota 0 para ele,não era possível desistir,pois a hospedagem já havia sido descontada por outro lixo,booking.com,então ou ia ou perdia os euros.

Fui,não gostei do transporte,mas ao chegar esqueci de tudo,pois Baracoa é lindo.Naquela tarde fiquei pelo centro mesmo,após almoçar fui caminhar pela orla pedregosa,aonde não se toma banho.Já havia visto que havia um museu-forte Machin fechado para reforma e fui para o outro lado,aonde há outro forte transformado em um restaurante de algum luxo com vista ao Caribe.Aqui haviam vários jovens esperando a hora do por do sol,tomei um sorvete e esperei também.Para que?A tarde ficou nublada.

No outro dia,após uma péssima noite num buraco aonde me alojei,a pior hospedagem do mês,mas no centro,o que me fez reservar ali e ficar horas conversando com a dona,uma senhora de idade muito falante,mas que sua casa precisa de reformas urgente fui atrás de tour para aquele dia.

Embaixo da casa,ha uma agencia,ali ofereceram-me juntar a um europeu que iria fazer tour até o rio da foto,em que se faz um passeio de barco.Muito bonito o rio que entra ao continente por penhascos que dizem ter o nome yomori,porque dizem que os índios se atiravam desses enhascos gritando-yo muri,ou eu morri.Creem?Antes há uma parada em uma senhora que faz chocolate manual,ela nos mostrou como é o seu processo totalmente artesanal.O europeu seguiu no barco até um acampamento no meio do mato,enquanto eu voltei.

No outro dia,o mesmo guia levou-me pela manhã a conhecer a praia maguana.Não havia ninguém,apenas um casal chegou quando estávamos de saída,pois o horário do viazul era as 13h e tem que chegar meia hora de antecedência.Ele deixou-me no terminal e fui passar um dia "inesquecível" chegando a Camaguey depois das 23h.Horas nessa coisa é de matar,pelo menos não quebrou.

 

20190318_153112.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Booa, Fabiano, que baita relato de um país tão místico e com tantos ideais verdadeiros. Parabéns pela experiência!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Camaguey

Esta é uma cidade grande,a maior do leste da ilha,aonde não há Turismo,mas tem um grande potencial no Centro histórico, com igrejas antigas e só 1 Museu.Fecha as que,caiu uma chuva na hora do almoço, esperei passar para ir e vi rapidamente devido a fechar cedo A parte que vi é das civilizações antigas,a outra que não deu tempo,é mais sobre arte,o que não gosto.

No Centro só há igrejas reformadas,esse museu e quem sabe o maior comércio da ilha.A Cidade também está perto de cayo Guillermo. Interessados em conhecer devem saber que aos sábados há transporte por agência. Como estive no meio da semana e só por 1 dia,não foi possível realizar o passeio, já que não há viazul.

Na hora de ir embora, como sempre,dor de cabeça. Eles não vendem antecipadamente, os ônibus que passam aqui veem de Santiago, entao normalmente lotados. Tinha que voltar, estava quase no dia do voo,é ainda queria ir a Remédios e ao Cayo Santa Maria. Gosto de conforto,o que a ilha não oferece no transporte. Cheguei ao terminal por volta das 10h,pois um cidadão disse que ia sair com 2 alemães a Havana,eu seria o 3 e ele nos levaria ao preço do viazul.Lá chegando, o sujeito não estava,outros informaram que ele havia saído ao Cato e queriam nos por em um caminhão anos 50.O que?😠Andar nesse lixo outra vez, pagar mais, desconfortável? Vou esperar o viazul.Chegou a hora,11.30h,ele chegou mais ou menos na hora e havia passagem. Fiquei pensando nos alemães, como dizia minha vó,o apressado come cru.Fui dormir novamente em Santa Clara, pois cheguei a noite lá,com uma parada de almoço super longa,como sempre,é os atrasos de sempre,já estava acostumado. Ultimo hotel pré reservado,faltavam 4 dias e deixei como folga sem reservas para hospedagem por não ter mais aonde ir,talvez para o leste,mas com essa viazul,melhor esquecer.

Iglesia de la caridad.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Remédios 

Lugar pequenino e sem nenhuma infraestrutura, só usei para dormir Há uma praça com 2 igrejas. Nela há uma senhora que faz uma comida muito boa e que me deu umas dicas de como chegar no Museu da Industria do Açúcar, que nada mais é do que uma usina do produto abandonada em 91,quando da extinção da saudosa URSS,que comprava todo o açúcar produzido na ilha em troca de bens de consumo.Ou seja, era um negócio de pai russo para filho cubano.

Também há um pequeno museu do Carnaval na cidade em uma transversal da praça,mas o principal É a história do açúcar que encontra-se a 6 km.A senhora arranjou um bicitaxi para me levar lá.Fiquei com pena do cubano,um esforço daqueles para pedalar por 6 km,mas é o preço de ser independente do capitalismo. 

 

Matriz de San Juan de los Remédios.jpg

 O museu do açúcar é muito interessante. Tem um vídeo de 10 minutos que você assiste tomando um caldo de cana,para depois fazer a visitação guiada.Nela,Vera todas as antigas etapas de produção desde os campos de plantio da cana até virar açúcar em si e uma exposição de locomotivas do começo do século que levavam o produto ao Porto,aonde ele seguia para a Mãe Soviética. 

Fui a Remédios para tentar conhecer em bate e volta o cayo mais famoso do ais.Se tivesse temo até poderia pensar em ficar em um resort daqueles.Mas,como não gosto da formalidade deles e não havia tempo,queria só ve-los.Viazul tem uma linha que sai de Santa Clara as 10.30h,chega as 14h,para nos resorts,e volta as 15h.Diferente de cayo Guillermo,aonde queria conhecer os Jardins do Rei,mas viazul não faz para lá,só a Cayo Santa Lucia.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cayo Santa Maria 

O Cayo de Santa Maria é um dos três,junto com Cayo Guillermo e Cayo Santa Lucia construídos pela Revoluçãp para explorarem o turismo yanki.Antigamente,era um lugar aonde o grande presidente FIdel Castro mergulhava em seu esporte predileto,caça submarina.Por isso foi construída uma estrada sobre o mar de mais de 40 km ligando a grande ilha,em Caibarien,sendo essa estrada além de linda,uma grande obra da engenharia cubana,mostrando para os capitalistas que a inteligência não é sinônimo de dinheiro.

O cayo é todo artificial e povoado por grandes resorts,que mantem uma super estrutura como europeus gostam.Há um bus turístico,que roda tais resorts de hora em hora tem saída dele da praça final do caio.Como fui só conhecer,o motorista do taxi levou-me a parada final dele.Paguei 5 CUC e dei uma bela volta para conhecer todo o cayo em um dia,por sorte,nublado e fresco.

Há o aquário logo na entrada,só funciona pela manhã,então não encontrei aberto,porém já conhecia dois,os de Varadero e de Cienfuegos,não tinha a intenção de ver praticamente a mesma coisa.Esse parece ser maior.Os resorts são de várias cadeias internacionais,como Iberostar,Meliá,Quality,Baccelor ou Accor.Não iria a eles em hipótese alguma,muita formalidade para meu gosto.

E são km e km deles com suas praias particulares. Os europeus vão,há um aeroporto no cayo,aonde desembarcam,e dizem conhecer Cuba.Como disse a dona da casa na qual fiquei,eles estiveram em território cubano,foram levados por agencia a resorts aonde há tudo,sairam em passeio por aliou a cidades próximas e dizem conhecer.Não,eles não conhecem nada da vida cubana,eu sim,estive por 29 dias convivendo com cubanos,ouvindo falarem bem ou mal de Fidel e Raul,conhecendo o pais de verdade,que aqui acabaram-se meus dias nesta terra maravilhsa,sem ainda ser dominada pelo vil metal do norte.

 

 

Rotonda de los delfines.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Afinal,isso é Cuba

Hora da viagem de volta.Em 1 dia voltei a Santa Clara,aonde fui muito bem recebido pela senhora da casa em que fiquei.Ela só tem um quarto,estava ocupado,então mandou o filho levar-me a um conhecido que também é muito bom.Há um quarto também na casa dele, é um senhor  de idade,ficamos conversando muito tempo sobre os avanços da medicina cubana e eu invejando-os.Fui jantar no excelente Complejo Gastronomico ao lado da praça e ,depois,fiquei por ela despedindo-me em silencio daquele lugar em que fui tão feliz.

No outro dia,passei o dia viajando direto a Varadero,pois queria evitar o gasto de 30 CUC no taxi de Havana.Havia uma senhora oferecendo quartos no terminal.Não precisei ir a minha amiga de Santa Martha,fiquei com essa senhora e seu filho,em um quarto muito simples,não recomendo,mas do outro lado do terminal,em pleno centro de Varadero e pagando pouco.

No outro dia tentei um tour a outra cidade perto,já que a hora que cheguei não dava tempo de reservar nenhum tour de dia completo.Como não havia mais pessoas para o tour comigo,fiquei sem ter o que fazer.Fiquei atoa em um lugar maravilhoso,arranjei uma argentina e fui passear de bus turístico com ela.Jantamos juntos,para mim a saudade tomava conta.

Acordei cedo,pois deram-me o horário de 10h para o transfer da ecotur na porta da agencia,ao lado da hospedagem.Paguei 20 CUC e fui direto ao embarque internacional do aeroporto José Marti.Detalhe é que a operadora demorou muito para aparecer,Cubatur,oque deixou a menina preocupada,mas claro que apareceram. É um transfer que só faz aeroporto,vai e volta,eu sabia disso,por isso fui a Varadero.Só eu de não europeu,acho interessante que ninguém postou a existência disso aqui.

Cheguei cedo no aeroporto,apesar do atraso,dava tempo de almoçar,mas nem isso tem ali.Elevador?Esquece,quebrado.Só restou ficar sem almoço,devolver os CUC restantes na CADECA e esperar a hora.As 16h embarquei e vi do alto toda a beleza do Caribe com ondas brancas tocando a ilha que me encantou.

Agradeço a todos os relatos que inspiraram-me,sobretudo o blog do portuga e a Marcela,mas principalmente a minha querida e inesquecível amiga @SARITA_BSB com quem planejei todo o tour e por azar nos conhecemos já com passagens compradas,mas para datas que não coincidiram.No relato dela podem ver as coincidências que existe com aqui.ADIOS CUBA,HASTA SIEMPRE!!!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...