Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Entre para seguir isso  
EmyLima

Trabalho na Europa e Estadia

Posts Recomendados

Olá, pessoal! Alguém já foi para Europa e conseguiu trabalhar por lá sem visto?

Se sim, vamos conversar? Tenho dúvidas sobre estadia por 3 meses, o que compensaria mais?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sem visto, brasileiros estão totalmente proibidos de trabalhar na Europa, nem mesmo em troca de casa e comida.

As únicas exceções são:
- Trabalho voluntário em organizações que executam programas sociais, mas precisa de uma carta de recomendação da entidade informando o tipo de trabalho social que você vai realizar, que você foi aceita, que vai trabalhar x horas por dia, iniciando dia x e terminando dia y, entre várias outras coisas.

- Visto de Working Holiday que existe só na Alemanha pelo que eu lembro, e só lhe dá permissão de trabalhar meio período na Alemanha, não vale para trabalhar nos outros países;

- Visto de Estudante, em alguns países você pode trabalhar meio-período se tiver visto de estudante, mas visto de estudante só é concedido para períodos maiores que 3 meses, e você geralmente precisa pagar antecipado pelo menos 4 ou 5 meses de curso...

Sem um visto adequado, você só vai conseguir trabalhos ruins que ninguém quer fazer, onde tem que trabalhar muitas horas por um salário ridiculamente baixo, sem registro, muitas vezes em condições degradantes, fazendo trabalhos que normalmente somente imigrantes ilegais desesperados costumam aceitar, e você ainda terá a concorrência dos milhares de imigrantes ilegais que já estão lá.

A maioria dos estabelecimentos nem cogita empregar alguém sem visto, pois a dor de cabeça e a multa é bem grande caso eles sejam flagrados com trabalhadores estrangeiros sem visto e registro, então somente quem já está envolvido em coisa errada é que costuma empregar pessoas sem visto.

Ou seja, se você está planejando uma viagem para a Europa pensando em trabalhar para se sustentar durante uma viagem, acho melhor você rever os seus planos de viagem, pois sem o visto adequado é totalmente proibido para brasileiros trabalharem na Europa, e vai ser complicado você arranjar algum bico informal por lá.

Sem contar que ao chegar na Europa, a primeira coisa que você vai precisar fazer é conseguir passar na imigração, e uma das coisas que os policiais da imigração costumam perguntar é a duração da sua viagem e como vai pagar as suas despesas durante este período, e se você não tiver como provar que possui dinheiro suficiente, ou se mencionar que pretende trabalhar e não tiver um visto adequado, você volta para o Brasil no mesmo dia, sem nem sair do aeroporto.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi! :)
Então, não seria para me sustentar, não. Eu vou com dinheiro para toda viagem, porém, queria aproveitar o último mês para fazer um estágio, ver como funciona as cozinhas por lá, que é a minha área de trabalho, etc. Então pela imigração eu passaria sim, tranquilamente, mas queria aproveitar o último mês para ver isso, por isso perguntei!
Mas muito obrigada pelas explicações, foram muito úteis!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
22 horas atrás, EmyLima disse:

Eu vou com dinheiro para toda viagem, porém, queria aproveitar o último mês para fazer um estágio, ver como funciona as cozinhas por lá, que é a minha área de trabalho, etc.

Somente locais de reputação questionável, e geralmente já metidos em outras coisas moralmente questionáveis ou ilegais é que costumam contratar trabalhadores sem registro ou sem visto adequado, ou seja, você até pode conseguir achar algum restaurante que lhe empregue como ilegal e sem registro, mas provavelmente será alguma espelunca ou algum pequeno restaurante num bairro afastado da periferia, onde provavelmente você será um dos únicos dois funcionários da cozinha, e vai passar a maior parte dia descascando, fritando batatas e lavando pratos, não sei se isto acrescentaria alguma coisa na sua experiência profissional.

Para fazer estágio, existem caminhos legais corretos para você seguir e fazer tudo dentro da lei e legalizado, mas é um processo um pouco burocrático e demorado, onde você tem que procurar e acertar o local do estágio ainda no Brasil antes de viajar.

A escola em Curitiba onde eu dava aulas nos cursos de idiomas alemão e inglês também tinha curso de Chef de Cuisine, e vários dos nossos alunos iam fazer estágio no exterior, a maioria na Europa, tudo devidamente legalizado, tente se informar a respeito desta possibilidade,  geralmente as escolas que oferecem curso de chef de cuisine sabem algo a respeito.

Uma outra possibilidade, e que era bastante popular entre o pessoal que fazia curso de Chef de Cuisine lá na escola, era trabalhar na cozinha de um navio de cruzeiro, é um trabalho bem puxado, geralmente você trabalha mais de 10 horas por dia, 6 dias por semana, e nem sempre a sua folga cai num dia em que dê para sair do navio, mas nos dia em que a sua folga cai num dia bom, dá para sair do navio e conhecer alguns locais e ainda ser pago...

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  



×
×
  • Criar Novo...