Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Alline Monteiro

Do Alasca à Patagônia

Posts Recomendados

Olá pessoal! Sou nova aqui no fórum e após uma busca rápida não encontrei respostas para meus questionamentos e decidi abrir uma aba para discussão.

Bom, meu namorado e eu estamos em fase de planejamento de uma viagem do Alasca à Patagônia (ou vice-versa), de Van ou Motorhome adaptados. Nosso questionamento no momento está sendo onde é o melhor lugar para comprar e depois vender o veículo. Alguém tem experiência de, sendo brasileiro, ter comprado um carro no exterior e vendido em outro país ou talvez tenha comprado no Brasil e precisou transporta-lo para um desses extremos da América?

Aceito sugestões de sites também! 

Obrigada!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

acho que o problema de comprar o carro em um país e vender em outro , que voce vai ter que legalizar o carro no país final, e os custos de importação para isso geralemente não vale a pena

 

segue alguns sites de casais com projetos similares:

http://overlanderbrasil.com/na-estrada/jornadas-realizadas/asfalto-terra-e-mar/

https://getoutside.com.br/

https://www.livrepartida.com/

https://www.terraadentro.com/

 

procurando no google voce acha muitos outros

se aumentar a busca para espanho e ingles vai achar mais ainda

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pelo o que acompanho de Brasileiros.. geralmente mandam o veículo de contanier de volta para o Brasil ou algum país próximo!

Agora comprado o veículo fora do país, não sei como funciona. rs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Até é possìvel importar carro de outro paìs, mas a burocracia e custo são altos, então sò quem faz em geral è dono de carro de luxo. Tem gente que deixa o carro no Alaska ou vende pro ferro velho.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Para não vender para o ferro velho, você vai precisar legalizar o carro no país onde for vender ele, e a legalização envolve o processo de "importar" legalmente o carro.

O Brasil proíbe completamente a importação de carros usados, a única exceção são carros de coleção,  então comprar o carro no exterior e trazer para o Brasil acho que está fora de cogitação, pois você nunca vai conseguir legalizar ele no Brasil.

Os EUA e Canadá até permitem importar carros usados, mas é um processo complicado, demorado e caro, somente vale a pena para carros de luxo ou históricos.

Argentina e Chile permitem a importação de carros usados, mas também é um processo burocrático, complicado e demorado, que só vale a pena para carros de alto valor.

Quanto a comprar um carro no exterior, cada país tem as suas regras, mas geralmente você precisa ter uma carteira de motorista emitida no país onde vai comprar o carro, e também precisa ter um "CPF" válido, no Brasil é o CPF, nos EUA é o "Social Security Number", e assim por diante, alem de um comprovante de residência...

Ou seja, é uma burocracia bem grande e demorada para quem está lá com visto de Turista e não pode se dar ao luxo de perder várias semanas correndo atras desta papelada toda no exterior, isto se tiver direito de emitir "Social Security Number" com visto de turista...

Se for vender o carro para o ferro velho no final da viagem, você não pode esquecer de dar baixa da documentação do carro para não ficarem cobrando os impostos e você acabar com uma bela dívida.

Alem da complicação na hora da compra do carro no exterior com visto de turista, também tem a questão da baixa da documentação caso for vender o carro para o ferro-velho, não sei se dar a baixa na documentação de um carro que você comprou nos EUA, Canada, Chile, Argentina, etc é fácil com você estando no Brasil ou num país diferente de onde comprou ele, pode ser meio burocrático e lhe custar uma boa quantia de dinheiro com despachante, procuração, advogado, taxas, etc...

Então para não ter que lidar com um processo burocrático e complicado no exterior, a maioria dos brasileiros que fazem uma viagem destas, compra o carro no Brasil mesmo, e no final da viagem despacha de volta para o Brasil num container, ou então abandonam/vendem o carro para um ferro-velho no final da viagem e dá a baixa no Detran quando chegar em casa.

Se for um carro de maior valor, o custo de despachar de volta para o Brasil compensa em relação a vender para ferro-velho, mas é bom comprar um veiculo que caiba num container padrão, para o frete não ficar caro demais.

Um ex-patrão meu fez exatamente isto quando se aposentou, ele comprou um motorhome no Brasil, foi dirigindo ele de Curitiba até Ushuaia e depois foi subindo pela costa do Pacífico até o Alaska, lá ele despachou o motorhome de volta para Brasil e voltou de avião.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá pessoal! Muito obrigada por todas as informações. Tenho visto que realmente tudo envolve uma burocracia looonga e que esse ano sabático ainda vai ter estresse pela frente. De toda maneira, aprendi bastante com as informações, agradeço muito pela dedicação em compartilha-las.

Uma sugestão que tenho recebido é de encontrar um brasileiro lá que esteja finalizando a viagem e fazer a compra direta. Quem sabe damos essa sorte...

Agora vender para um ferro velho é novidade para mim... alguém tem mais detalhes sobre isso? Um carro comprado no Brasil/outro país que não os EUA poderia ver vendido para um ferro no Alasca? Alguém saberia me citar um?

 

Agradeço muito!! Vou seguir pesquisando e mando updates do que eu encontrar!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

1 hora atrás, Alline Monteiro disse:

Agora vender para um ferro velho é novidade para mim... alguém tem mais detalhes sobre isso? Um carro comprado no Brasil/outro país que não os EUA poderia ver vendido para um ferro no Alasca? Alguém saberia me citar um?

Quando eu falo vender o carro para o ferro-velho nos EUA, eu me refiro literalmente vender como sucata.

Nos EUA, no geral, eles tiram algumas poucas peças mais valiosas, mas só de poucos modelos cujas peças usadas tem saída, geralmente carros esportivos, e depois literalmente trituram o carro, e você é pago pelo peso do metal moído ou prensado.

 

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora



×
×
  • Criar Novo...