Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Mochilão sem experiência sem grana e acampando por ai!


Posts Recomendados


  • Respostas 31
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

Mais Ativos no Tópico

Postagens Populares

Boa noite me chamo Jeferson tenho 25 anos, atualmente moro em Cabo Frio / RJ não tenho experiência alguma como mochileiro e gostaria de iniciar nisso no momento quase que sem dinheiro pois me separei

Cara, na real, a sua história e planos para o futuro são  a "história da vida" da maioria dos moradores de rua que eu conheço e que estão passando fome e dormindo embaixo das marquises dos prédios.  

Não sei como é a realidade do colega, mas pra tirar estes 2 mil, mesmo trabalhando em casa, é preciso ralar bastante, geralmente é preciso ficar horas e horas no computador, com uma conexão de interne

  • Membros

Cara, na real, a sua história e planos para o futuro são  a "história da vida" da maioria dos moradores de rua que eu conheço e que estão passando fome e dormindo embaixo das marquises dos prédios.  

A minha esposa também trabalhou algum tempo na FAS (Fundação de Ação Social) da prefeitura de Curitiba e ela lidava quase todos os dias com pessoas em situação de rua, e pelo que ela sempre contava, a "história de vida" da maioria das pessoas que ela atendia era exatamente igual a sua.... 

A história destas pessoas geralmente começa com elas perdendo o emprego, ai acontece alguma outra coisa ruim, como por exemplo uma separação, morte de algum familiar, etc, ou ao contrário, se separa, perde alguém próximo e depois acaba perdendo o emprego, com esta serie de coisas ruins, a pessoa acaba entrando em depressão, e ai longe de casa, sem amigos e família próximos, sem trabalho e sem dinheiro, acabam morando na rua.

Algumas pessoas acham que sair por aí sem rumo e sem dinheiro, fugindo dos problemas é a solução para esta fase ruim, mas não poderiam estar mais enganadas!

Viver por aí sem rumo e sem dinheiro não é fácil, é uma vida cheia de preocupações e privações, por exemplo, o que você vai fazer quando estiver com fome e o seu dinheiro tiver acabado e não tiver arranjado algum trabalho? Arranjar um trabalho mesmo que temporário neste momento em que o desemprego está alto devido ao covid não está sendo fácil! 

Você estaria disposto a ficar mendigando por um prato de comida na porta dos restaurantes ou comer coisas do lixo se não tiver dinheiro para comprar algo? 

E o que você faria se lá pela segundo ou terceira semana o seu dinheiro tiver acabado e você não conseguir mais pagar por um local para dormir? Você estaria disposto a dormir na rua?

Ai você estará lá sozinho, longe de casa, sem amigos ou familiares que lhe possam ajudar, sem dinheiro, sem lugar para dormir, sem dinheiro para comer, e a sua depressão só aumentando, o que por sua vez vai fazer ter ainda menos vontade de sair por aí atrás de algum trabalho, e o resultado nós todos sabemos qual será, em poucas semanas você muito provavelmente estará morando na rua e provavelmente viciado em drogas.

Esta fase atual está sendo bem complicada para a maioria das pessoas,  mas em algum momento vai passar e as coisas vão melhorar, o importante agora é você estar perto de amigos e familiares, que possam lhe ajudar quando a coisa ficar complicada e você não conseguir mais sair da situação sozinho, afinal amigos e familiares servem para isto também, lhe apoiar nos momentos ruins.

Não tenha vergonha de pedir ajuda a familiares ou amigos, a maioria das pessoas em algum momento já precisou pedir ajuda, e isto não nos torna menores, na verdade, saber os nossos limites e saber quando não somos mais capazes de resolver as coisas sozinhos e precisamos de ajuda, nos faz crescer como pessoa, e nos torno uma pessoa melhor.

  • Gostei! 2
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Se a casa que você deixou para a sua ex companheira foi conseguida através de recursos com os quais colaborou, acho que seria justo que ela cedesse um lugar para que você ficasse. Para se alimentar, poderia procurar por esses restaurantes populares que fornecem pratos a preços módicos.

Pelo menos é melhor que ficar mendigando na rua...

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
4 horas atrás, poiuy disse:

Cara, na real, a sua história e planos para o futuro são  a "história da vida" da maioria dos moradores de rua que eu conheço e que estão passando fome e dormindo embaixo das marquises dos prédios.  

A minha esposa também trabalhou algum tempo na FAS (Fundação de Ação Social) da prefeitura de Curitiba e ela lidava quase todos os dias com pessoas em situação de rua, e pelo que ela sempre contava, a "história de vida" da maioria das pessoas que ela atendia era exatamente igual a sua.... 

A história destas pessoas geralmente começa com elas perdendo o emprego, ai acontece alguma outra coisa ruim, como por exemplo uma separação, morte de algum familiar, etc, ou ao contrário, se separa, perde alguém próximo e depois acaba perdendo o emprego, com esta serie de coisas ruins, a pessoa acaba entrando em depressão, e ai longe de casa, sem amigos e família próximos, sem trabalho e sem dinheiro, acabam morando na rua.

Algumas pessoas acham que sair por aí sem rumo e sem dinheiro, fugindo dos problemas é a solução para esta fase ruim, mas não poderiam estar mais enganadas!

Viver por aí sem rumo e sem dinheiro não é fácil, é uma vida cheia de preocupações e privações, por exemplo, o que você vai fazer quando estiver com fome e o seu dinheiro tiver acabado e não tiver arranjado algum trabalho? Arranjar um trabalho mesmo que temporário neste momento em que o desemprego está alto devido ao covid não está sendo fácil! 

Você estaria disposto a ficar mendigando por um prato de comida na porta dos restaurantes ou comer coisas do lixo se não tiver dinheiro para comprar algo? 

E o que você faria se lá pela segundo ou terceira semana o seu dinheiro tiver acabado e você não conseguir mais pagar por um local para dormir? Você estaria disposto a dormir na rua?

Ai você estará lá sozinho, longe de casa, sem amigos ou familiares que lhe possam ajudar, sem dinheiro, sem lugar para dormir, sem dinheiro para comer, e a sua depressão só aumentando, o que por sua vez vai fazer ter ainda menos vontade de sair por aí atrás de algum trabalho, e o resultado nós todos sabemos qual será, em poucas semanas você muito provavelmente estará morando na rua e provavelmente viciado em drogas.

Esta fase atual está sendo bem complicada para a maioria das pessoas,  mas em algum momento vai passar e as coisas vão melhorar, o importante agora é você estar perto de amigos e familiares, que possam lhe ajudar quando a coisa ficar complicada e você não conseguir mais sair da situação sozinho, afinal amigos e familiares servem para isto também, lhe apoiar nos momentos ruins.

Não tenha vergonha de pedir ajuda a familiares ou amigos, a maioria das pessoas em algum momento já precisou pedir ajuda, e isto não nos torna menores, na verdade, saber os nossos limites e saber quando não somos mais capazes de resolver as coisas sozinhos e precisamos de ajuda, nos faz crescer como pessoa, e nos torno uma pessoa melhor.

Obrigado pelo contexto amigo, não é basicamente e exatamente isso no meu ponto de vista, tem outro detalhe tbm aonde moro não tenho amigos ou parentes então tanto faz em questão da onde eu estiver , mas tu fez eu refletir um pouco mais..

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
5 horas atrás, Crom disse:

Se a casa que você deixou para a sua ex companheira foi conseguida através de recursos com os quais colaborou, acho que seria justo que ela cedesse um lugar para que você ficasse. Para se alimentar, poderia procurar por esses restaurantes populares que fornecem pratos a preços módicos.

Pelo menos é melhor que ficar mendigando na rua...

Pois é quando conheci ela eu tinha um carro no valor no qual desfiz para construir a casa, nesse meio tempo de namoro ela tinha bastante problemas familiares vindo dela que ela culpava a família sendo assim disse que o Pai tinha um terreno sobrando que ela precisava trabalhar e construir uma casa lá dai né cego de amor por ela eu tive que fazer um sacrifício entrei em um acordo com meu ex sogro  de construir lá sendo que já sabia que quando eu separasse eu ia ficar sem nada então foi escolha minha mesmo! a vida é assim cheia de altos e baixos!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Dar uma passo para traz para avaliar e se recuperar de alguma situação complicada é a melhor coisa que podemos fazer...

Vou deixar aqui o relato do que aconteceu comigo a alguns anos atrás, é uma história que tem algumas semelhanças com o que você está vivendo hoje:

Assim como você eu estava residindo em uma cidade onde não tinha nenhum familiar ou muitos amigos, eu tinha ido para lá para trabalhar, acabei arrumando uma namorada lá e estávamos noivos. Igual a sua companheira, a minha noiva também tinha bastante problemas familiares, e culpava a família dela por alguns comportamentos que ela tinha, mas o amor faz a gente acreditar que tudo é possível, que tudo vai melhorar, que vamos conseguir superar tudo, etc... Mas infelizmente chegou um momento em que a relação não deu mais certo e terminamos.

Como desgraça nunca vem sozinha, o amigo com quem eu dividia apartamento na época resolveu mudar de cidade, me deixando sozinho com as despesas do apartamento, e para pior ainda mais, acabei ficando desempregado por que a empresa onde eu trabalhava fechou, e eu que já estava meio deprimido por causa do fim do noivado, acabei me enterrando ainda mais com todos os outros problemas que surgiram: desempregado, sem dinheiro, sem família, sem amigos, etc...

Conversando com minha mãe, ela me lembrou que se eu precisasse, sempre haveria um local para eu dormir e um prato de comida na casa dela. Depois de algumas semanas de indecisão, quando já não tinha dinheiro nem para o supermercado e já tinha chegado o segundo aviso de corte da luz, resolvi vender o pouco da mobília do apartamento que tinha ficado comigo, fiz a malas e resolvi voltar para a casa dos meus pais.

Fiquei morando com eles por uns 6 meses, até começar a conseguir colocar a minha vida em ordem novamente.

Como a cidade onde eles residiam na época não tinha muitas opções de trabalho na minha aérea profissional, acabei pegando alguns bicos e outros trabalhos temporários em outra área enquanto ficava procurando emprego na minha área profissional, trabalhei de garçom, repositor e caixa de supermercado, ajudante de pedreiro na construção da casa de um vizinho, etc...

Finalmente uns 6 meses depois arrumei um trabalho na minha área em outra cidade, e era um emprego muito melhor do que aquele que eu tinha antes, este novo emprego me fez conhecer a minha atual esposa.

Acredito que aquele passo atrás que eu dei quando tudo estava dando errado foi o que permitiu eu colocar a minha vida no rumo novamente.

Então se você tiver esta opção, pense na possibilidade de dar um passa atrás até se recuperar desta situação, dando um passo atrás e avaliar a situação com calma e tempo, geralmente nos faz sair muito melhor do que antes.  

 

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
Em 17/07/2020 em 22:30, Jefin disse:

Boa noite me chamo Jeferson tenho 25 anos, atualmente moro em Cabo Frio / RJ não tenho experiência alguma como mochileiro e gostaria de iniciar nisso no momento quase que sem dinheiro pois me separei recentemente e acabei tbm perdendo meu emprego sendo assim deixando a casa pra minha ex e tendo que morar de aluguel sendo que agora com essa pandemia ficou complicado as dividas apertando e minha depressão voltando. Nunca fiz mas tenho vontade minha ideia é a principio ir acampando e fazendo trampos para se sustentar no começo, tbm trabalho com Design e Marketing Digital talvez sirva para algo, e quem for do RJ e tiver afim estou aqui não tenho compromisso com nada quero apenas sair dessa cidade e rodar o Brasil sem rumo e sem tempo pra voltar se é que volto!

 

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
Em 18/07/2020 em 13:56, Jefin disse:

Obrigado pelo contexto amigo, não é basicamente e exatamente isso no meu ponto de vista, tem outro detalhe tbm aonde moro não tenho amigos ou parentes então tanto faz em questão da onde eu estiver , mas tu fez eu refletir um pouco mais..

Mano junta uma grana e vamos para nova York tentar a vida.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
14 horas atrás, Emanoel87 disse:

Mano junta uma grana e vamos para nova York tentar a vida.

Discutir imigração ilegal não é o objetivo do fórum, e pode ser interpretado como algum tipo de apologia a contravenções ou atos ilícitos.

Mas se mesmo assim você quiser se enfiar neste mundo de medo, ilegalidade e viver fugindo e se escondendo das autoridades, não podemos lhe impedir, e só podemos desejar boa sorte.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...