Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Jonatas Elias

[EM CONSTRUÇÃO] Eurotrip com a mãe - 25 dias entre França, Itália e Amsterdam

Posts Recomendados


Como eu demorei muito tempo para escrever o relato pela França, a partir de agora vou fazer um relato mais resumido e direto. Desculpe se sair muito superficial, mas vou detalhar mais as partes que não conseguimos encontar na internet, dicas e roteiros pesquisados. Informações fáceis ou que varia muito, como linhas de metrô, preços de ingressos e atrações, horários etc. não vou entrar em detalhes.

 

DIA 9 – ROMA

Chegamos no Aeroporto Fiumicino pouco depois do meio-dia. Achei bem simples o aeroporto, principalmente por ser o principal da Itália, mas o terminal até que é grandinho. Apesar de ser um voo internacional, por conta do Espaço Schengen não passamos nem pela imigração nem pela alfândega. Comemos alguma coisa em uma lanchonete e fomos procurar a estação para pegar o trem. A ideia era ir com o trem regionali para Tiburtina, pois o Leonardo Express era mais caro, apesar de ser mais rápido. Entretanto, andando pelo terminal vimos o lugar onde os ônibus param, então decidimos ir de ônibus mesmo, o preço era bem mais barato, e comprando ida e volta ainda tinha um desconto (saiu 9 euros por pessoa), e o tempo de viagem até Termini é praticamento o mesmo do trem regionali. Tem várias empresas, fomos de TAM por que era o primeiro que saía quando a gente chegou. A viagem demora cerca de uma hora, depende muito do trânsito, horário de pico etc., o ônibus até que é confortável para a duração da viagem, mas comparando com o padrão brasileiro as poltronas são bem mais apertadas. Ao chegar em Roma o ônibus passou em frente ao Coliseu, que emoção, fiquei de boca aberta com a imponência da estrutura. Chegando em Termini pegamos um tram até o hotel. Para a nossa situação, foi mais vantajoso pagar os bilhetes avulsos do que comprar o Roma Pass ou o Passe de Transporte, pois nosso roteiro estava estruturado para conhecer as atrações a pé, usando o transporte só para ir e voltar ao hotel. Ficamos hospedados no SHG Hotel Portamaggiore (R$ 825,09 por 3 diárias, mais 24 euros de taxa de hospedagem). Neste dia estava previsto dar uma caminhada para conhecer um pouco a cidade, mas chegamos cansados e fomos para o quarto descansar e dormir. A noite jantamos no restaurante do hotel mesmo (comemos pizza hahaha). 

DIA 10 – VATICANO e ROMA

Chegamos no Aeroporto Fiumicino pouco depois do meio-dia. Achei bem simples o aeroporto, principalmente por ser o principal da Itália, mas o terminal até que é grandinho. Apesar d

Descansamos um pouco no quarto e saimos para ter o primeiro contato com Roma. Flanamos a esmo pelo centro histórico. A primeira impressão que tive da cidade (ainda dentro do ônibus) foi de uma cidade muito linda, arborizada, com grandes monumentos e a primeira vista do Coliseu. Ao chegar na Estação Termini, vi uma cidade muito suja, com lixo nas ruas e calçadas, muitos moradores de ruas, pessoas mal encaradas, não senti nenhuma sensação de segurança. Até o hotel pegamos um tram bem velho, lotado de pessoas e mal conservado. Ao andar por Roma uma coisa que me irritou muito foi a diferença de precisão entre os mapas do Google Maps (que tinha baixado para funcionar offline) e as ruas reais. Lembro que procurando a entrada do Foro Romano para achar a bilheteria o Google Maps mandou para a saída, que é beeeemmm longe da entrada, e nisso foi mais de meia hora de caminhada para dar a volta e chegar na entrada, que era do Coliseu. Por outro lado, Roma é um museu a céu aberto, a cada esquina eu ficava impressionado com algum monumento ou alguma praça, até as árvores da cidade são imponentes. As estátuas são imensas e muito altas, incrível. Outra problema que tive com Roma foi para achar um banheiro público. Certa hora mamis precisava ir ao banheiro e procurei no Maps (dessa vez online) e simplesmente não achei um banheiro. Tive que chamar um Uber para nos levar de volta ao hotel.

 

 

domingo, 10 de fevereiro de 2019 e segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

  • DOMINGO - Praca San Pedro - 12h ver o Papa (chegar com bastante antecedência)
  • Basílica de São Pedro – gratuita
  • Coliseu, Forum Romano e Palatino (12 euros avulso, comprar antecipado; de graça com Roma Pass): para pegar menos fila, evite usar a entrada que fica perto do Coliseu, que estará apinhada. Caminhe por 5 minutos na direção do centro pela Via dei Fori Imperiali e use a entrada que fica ali. Ou, melhor ainda, inicie sua visita pelo Fórum, usando a entrada do Monte Palatino -- neste caso, reserve sua entrada para o Coliseu entre duas e três horas depois do horário programado para entrar o Fórum. Coliseu a noite é fechado em fevereiro. O ingresso vale por 2 dias (Coliseu num dia e Forum Romano e Palatino no outro). Procurar a fila 'Prenotazioni con orario' e se apresentar cinco minutos antes.
  • Cupula
  • Galeria Borghese (18 eur)
  • Castelo de Santo Ângelo (15.50 eur)
  • Piazza della Repubblica
  • Santa Maria degli Angeli
  • Quattro Fontane
  • Quirinal Hill
  • Fontana di Trevi
  • Piazza Venezia
  • Monumento a Vittorio Emanuele II
  • Piazza della Rotonda
  • Piazza Navona
  • Piazza Campo de' Fiori

 

terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

  • 11h – Check-out no SHG Hotel Portamaggiore
  • 14h15, trem para Veneza


DIA 10 – ROMA
DIA 11 – ROMA
DIA 12 – ROMA/VENEZA
DIA 13 – VENEZA
DIA 14 – VENEZA
DIA 15 – VENEZA/MILÃO
DIA 16 – VENEZA/FLORENÇA
DIA 17 – FLORENÇA/PISA/LUCCA
DIA 18 – FLORENÇA/ROMA
DIA 19 – ROMA
DIA 20 – ROMA/AMSTERDAM

  • Obrigad@! 1

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×
×
  • Criar Novo...