Ir para conteúdo

Europa - Primeira Vez em Casal: Itália, França e Alemanha (ou Holanda)


Posts Recomendados

  • Membros

Amigos tudo bem? Eu e minha esposa estamos iniciando nosso planejamento para uma viagem à Europa em Setembro ou Outubro de 2022. Cedo pra planejar? Não sei...rsrsrsrs! Como nunca viajamos para a Europa, sempre há aquelas dúvidas que todo debutante tem. Queria tirar algumas dúvidas e colher muitas dicas aqui com vocês. Tenho um longo caminho para planejar tudo e minimizar qualquer contratempo.

Bem, somos um casal que não temos muita necessidade de luxo. Uma hospedagem segura, com banheiro privativo (seja hostel, flat, hotel, qualquer coisa...) já estaria do nosso agrado. Alimentação seria algo como: café da manhã, nós faríamos no local da hospadagem; almoço seria na rua, sempre os mais simples; e a noite uma saída mais estilo barzinho (com vinho ou cerveja); Locais turístico pagos, talvez 1 por cidade ou nem isso. Nossa intenção é viver a cidade e conhecer lugares turísticos públicos. Deslocamentos internos podem ser ônibus, trem ou lowcoast (depende do custo benefício).

Nosso voo sairá de Fortaleza. Já andei simulando vários voos, e encontrei numa faixa de 1.600 ida e volta por pessoa (estou ciente das oscilações).
Agora, algumas dúvidas:
• 16 mil reais seriam suficientes para essa viagem?
• Andei pesquisando sobre as projeçoes do Euro para o proximo ano, mas muita coisa incerta. Seria interessante já ir comprando Euro, caso a contação baixe?
• Dicas de deslocamento interno, roteiros, atrações fora do eixo turístico... (o roteiro está totalmente em aberto)

 

Desde já agradeço àqueles que puderem colaborar!

 

Link para o comentário
  • Colaboradores

Muito cedo, pois se o Guedes continuar o euro vai a 10 reais. Não dá para planejamento com esse tempo, quem por exemplo, comprou passagem no fim de 2019 para o seguinte verão está com as passagens suspensas até hoje, como eu.Ou devolvidas pela lei democrática e popular que existia e usei a meu favor em passagem da Gol a República Dominicana. A Gol deixou de voar para lá e,se voltar algum dia,não será pelos 17k pontos que iam me levar.

Sou contra viagens por muitos países,concentro em 1 ou 2.Fui 2 vezes a Portugal e Espanha, 1 mês para cada,tem que saber também o tempo que tem disponível. Iria a Grécia, lá tem muito deslocamento, então 45 dias para mim é pouco, pois sou detalhista. 

Não compre nada no momento, pensar é uma coisa,comprar é outra.Café da manhã fora do Brasil só em hotel de 3 ou 4 estrelas.Os baratos não tem aonde e pagar 5 euros por um pão com Nescafé,por favor.Jantar?Pergunta ao nosso colega @Rafael_Salvadore vai ver que aqui se gasta. Particularmente,nunca fui a nenhum restaurante da Europa. Lá eu vou pela história, restaurante tem em qualquer lugar. 

  • Gostei! 1
Link para o comentário
  • Membros
19 horas atrás, Wótila Carneiro disse:

Alimentação seria algo como: café da manhã, nós faríamos no local da hospadagem;

A maioria dos hotéis mais econômicos não inclui café da manhã nas diárias, na maioria dos casos é cobrada a parte, geralmente algo entre 5 e 10 euros por dia e pessoa, mas na verdade, muitos destes locais mais econômicos nem tem espaço para café da manhã, então nem pagando a parte...

19 horas atrás, Wótila Carneiro disse:

Nosso voo sairá de Fortaleza. Já andei simulando vários voos, e encontrei numa faixa de 1.600 ida e volta por pessoa (estou ciente das oscilações).

R$ 1.600 Reais para um voo de ida e volta? Nossa! Este valor estaria super, hiper mega barato!

Isto é valor promocional de companhia aérea desesperada para conseguir alguns trocados neste momento de crise do setor aéreo, pessoalmente eu acho meio difícil conseguir passagens por este valor super barato quando a pandemia passar, os valores tendem a voltar a faixa de preço normal, que seria algo próximo a R$ 3.000 ida e volta por pessoa.

19 horas atrás, Wótila Carneiro disse:

Eu e minha esposa estamos iniciando nosso planejamento para uma viagem à Europa em Setembro ou Outubro de 2022. Cedo pra planejar?

Nunca é cedo para começar a planejar, pois quando mais cedo você começar a planejar, mais tempo você tem para pesquisar e se informar das coisas, e pode usar este conhecimento para otimizar a sua viagem, e consequentemente gastando menos dinheiro.

Mas eu considero cedo demais para você começar a gastar dinheiro com esta viagem, comprando e reservando coisas, ainda falta muito tempo, muita coisa pode mudar nestes quase 1 ano meio que ainda faltam até a viagem, e fazer você mudar de idéia, e depois que tiver comprado/reservado algo, sempre é uma dor de cabeça conseguir alterar as datas ou conseguir o cancelamento e devolução do dinheiro.

 

19 horas atrás, Wótila Carneiro disse:

16 mil reais seriam suficientes para essa viagem?

Quanto que você vai gastar depende bastante das suas escolhas no dia-a-dia da viagem, e também podem variar significativamente dependendo das cidades escolhidas.

Mas eu e minha esposa temos um perfil de viagem bastante parecido com o que você comentou, e quando nós viajávamos aqui na Europa antes da pandemia, nós gastávamos algo próximo a 160 a 180 Euros por dia para o casal entre hospedagem, alimentação, metrô, passeios pagos, e uma ou duas cervejinhas e algo para beliscar num happy-hour no final da tarde.

Com o Euro Turismo custando R$ 6,50 hoje, estes 16 mil reais dariam 2.460 euros, o que daria para 15 dias de viagem gastando em média 160 euros por dia.

Mas na verdade você teria que descontar deste 16 mil reais os gastos com passagens, supondo que você consiga comprar as passagens de ida-volta do Brasil para Europa por 5 mil o casal, sobrariam só 11 mil reais, ou uns 1.700 euros

Destes 1.700 ainda teria que descontar as passagens entre as cidades, que num chute, sem saber as cidades envolvidas, devem lhe custar algo próximo a 50 euros por pessoa e deslocamento, supondo que sejam 3 cidades, e 2 deslocamentos, seriam uns 200 euros em passagens entre as cidades.

Ainda tem outros gastos como  seguro-saúde, gasto com passaporte, roupa de frio caso viagem no inverno, uma mala/mochila nova, etc... Fácil fácil vão outros 100 ou 200 euros nestas outras coisinhas..

No final podem mal e mal sobrar 1.400 Euros, o que com uma média de gastos de 160 euros por dia, mal e mal daria para 8  dias de viagem.

Ou seja, com o euro no preço que está atualmente, é como o Davi comentou, hoje, 16 mil reais daria para uma semana de viagem e olhe lá, ainda teria que escolher bem onde gastar o seu dinheiro para que não falte no final.

19 horas atrás, Wótila Carneiro disse:

• Andei pesquisando sobre as projeçoes do Euro para o proximo ano, mas muita coisa incerta. Seria interessante já ir comprando Euro, caso a contação baixe?

Ninguém consegue saber como o preço do euro estará no ano que vem, qualquer projeção que você vai ver vai ser especulação, que pode ou não se realizar.

Ainda mais 2022 sendo ano de eleição presidencial, ano que sempre ocorrem oscilações grandes do cambio, e pessoalmente eu não ficaria surpreso se o Euro chegar a encostar na casa dos R$ 8 ou R$ 9, basta o presidente atual se sentir ameaçado de perder a eleição e começar a fazer barbeiragens fiscais para agradar os seus eleitores, ou se um candidato da oposição estiver liderando a campanha, basta ele fazer declarações que o mercado financeiro não goste para o Euro subir 5% num dia...

Mas se você pretende viajar para o exterior, ir comprando um pouco de moeda estrangeira todo mês é sim uma boa ideia, assim você geralmente consegue um bom preço médio, pois se o preço subir, você já terá comprado uma parte mais barato, e se por acaso o preço cair, você não terá comprado tudo quando estava caro...

Pessoalmente eu não sou muito fã de comprar euro/dólar em espécie e guardar "embaixo do colchão" em casa, por mais seguro que seja o local onde você vai esconder/guardar a grana, sempre há a chance de alguém achar e os deus dólares/euros sumirem.

O que eu fazia, era todo mês colocar uns R$ 500 num fundo de investimentos vinculado a cotação do dólar, pois a cotação do dólar e euro costumam andar juntas, quando o dólar sobe ou desce, o euro tende a subir/baixar na mesma proporção, e quando chegava próximo da viagem, tipo um mês antes, eu resgatava o dinheiro deste fundo de investimento em dólar e comprava os euros, libras, dólares ou seja lá que moeda eu precisasse.

A maioria dos bancos e corretoras de valores possuem fundos em dólares que permitem você começar aplicando 500 ou 1.000 Reais e depois ir fazendo aplicações adicionais do mesmo valores.

19 horas atrás, Wótila Carneiro disse:

Dicas de deslocamento interno, roteiros, atrações fora do eixo turístico... (o roteiro está totalmente em aberto)

Aqui você precisa definir primeiro as cidades, pois dependendo das cidades escolhidas, tudo pode mudar.

Até por que a Itália é bem grande, e tem literalmente centenas de locais interessantes que valem uma visita, e você pode passar 30 ou 45 dias só na Itália e não conseguir visitar todos os locais interessantes. 

Se for ficar só nas 3 cidades clássicas da Itália (Roma, Florença e Veneza) e que não "deveriam" ficar de fora de nenhum roteiro pela Itália, já demandaria uns 10 dias de viagem só para estas 3, mas se for incluir locais fora do circuito-turístico, vai fácil 15 dias...

O mesmo se aplica a França e Alemanha, são dezenas ou mesmo centenas de locais interessantes para visitar...

Então a primeira coisa a fazer seria começar a definir melhor o escopo desta viagem, deixar de falar/pensar em países e começar a pensar em termos de cidades, use este tempo que falta para definir este escopo.

E só compre alguma passagem depois que você tiver definido o escopo da viagem, pois se não corre o risco de você comprar uma passagem barata, mas que atrapalha um monte o seu roteiro, e depois você tem que que gastar um monte de dinheiro para contornar isto.

 

Link para o comentário
  • Colaboradores
Em 11/06/2021 em 20:07, Wótila Carneiro disse:

com banheiro privativo

Qual o preconceito com banheiros compartilhados? Em se tratando de hostel especificamente, eu prefiro um quarto com Banheiro coletivo:  Voce não vai ficar horas esperando o casal do beliche ao lado "liberar" o banheiro, dificilmente irá achar o banheiro sujo (Diferente dos sanitários privativos em que a limpeza é feita a cada 2 dias ou no máximo 1 x por dia), são amplos, espaçoso...

Em 11/06/2021 em 20:07, Wótila Carneiro disse:

nós faríamos no local da hospadagem

É possível conseguir em qualquer lugar da Europa hostel com café da manha incluído na diária. Particularmente, não pago nem em hotel e nem em hostel porque curta a noite e acordo tarde. No geral eu tomo café em supermercado ou nos "mercados" (feiras livres). Comprando sandwiche, doces, salgados, smooths, leite com chocolate, pizza, pães em supermercados... Gasta-se 2-3 Euros... estravagando 5 Euros. Nas feiras é mais caro por ser algo meio "temático", como tomar um café num "marche"desses da vida em Paris ou no Mercado da Boqueria em Barcelona.

Em 11/06/2021 em 20:07, Wótila Carneiro disse:

almoço seria na rua, sempre os mais simples

Isso é complicado! Envolve primeiro o fator quantidade. Um "menu" desse bem voltados ao turista, que varia a depender da cidade entre 8-12 Euros, é algo bem simples com umas 200-300g proteína (geralmente frango, porco ou peixe), arroz ou batata, e alguma folhinha com umas rodelas de tomate. Pergunta: Vai segurar sua onda para turistar um dia inteiro? Vai aguentar comer o mesmo menu 15-20-30 dias?

Vai partir para algo mais consistente com pelo menos uma entrada + prato ou prato + sobremesa? Começar a colocar ai na média de 15-25 Euros. Claro que isso depende muiiiitooooo da cidade! Com 15 euros eu como muitoooooooo bem em Lisboa... Em Amsterdam com 15 Euros é um menu simples e sem graça. Com 25 em vários lugares é possível fazer uma refeição consistente com entrada + prato + sobremesa ( E acredite, juntando essas tres etapas, em termos quantidade, calorias ingeridas... é o equivalente a uma refeição que consideramos completa aqui).... Sem essa de achar que somente o prato principal vai segurar a onda.

Em 11/06/2021 em 20:07, Wótila Carneiro disse:

noite uma saída mais estilo barzinho (com vinho ou cerveja)

Vida noturna é o que ha de mais caro na Europa e isso inclui a bebida e a comida, principalmente a noite (Após 22:00). O happy-hour é bem comum em muitas cidades e consequentemente suas promoções. Sem voce ter um roteiro não dá para dar dicas... Mas por exemplo, em Roma rola o "aperitivo" - Ao final da tarde voce paga um drink e tem direito a se servir livremente um buffet!

Preço de bebida varia muito!

Em 11/06/2021 em 20:07, Wótila Carneiro disse:

• 16 mil reais seriam suficientes para essa viagem?

Objetivamente. 2500 Euros aproximadamente. 1250 euros por pessoa. 12 dias (talvez um pouco mais dependendo das cidades) de viagem com folga e um certo conforto financeiro. Sem luxos. Sem aperto! Podendo visitar mais do que 1 atração paga e tomar um drink de leve a noite.

Obviamente que com passagens de ida e volta ao Brasil fora da conta. Sem muitos deslocamentos internos (Principalmente os aéreos consomem muita grana). Hospedagem em hostel.

  • Gostei! 2
Link para o comentário
  • Membros

Pessoal, muito obrigado pelas dicas. Percebi que o primeiro passo é formatar o roteiro, pensando em cidades. Nossa intenção é passar 15 dias. As dicasd do @ALB sobre o investimento em algum fundo atrelado ao dólar é uma excelente dica. Irei amadurecer e estudar bastante essa possibilidaqde. @Rafael_Salvador a questão do banheir privativo, é uma questão de liberdade mesmo. Mas não tenho problema em ficar em hostel. Também começarei a verificar essa possbilidade. Quanto aos 16 mil reais, é excluído as passagens aéreas, um ou outro deslocamento interno e, caso a gente decida, alguns ingressos de atrações. Enfim, quero sair daqui com o máximo (dentro das possibilidades) de coisas pagas. 

Agradeço novamente a ajuda de todos, vou pensar em um roteiro e começar a compartilhar aqui com vocês, aceitando sempre todas as dicas. 
Grato!

Link para o comentário
  • Membros
9 minutos atrás, Wótila Carneiro disse:

Enfim, quero sair daqui com o máximo (dentro das possibilidades) de coisas pagas. 

Só tome cuidado para não engessar demais o seu roteiro com atrações e ingressos pagos em dias fixos. Comprar um monte de passeio e ingresso antecipado é uma das coisas que pode estragar a sua experiência.

Por exemplo, em Paris, se você comprar ingresso pro Louvre e Versailles antecipado, terá que ir no dia e horário marcado no ingresso, ai pode acontecer de que quando você estiver lá em Paris, que o dia em que vc tem ingresso comprado para Versailles seja um dia horrível, com chuva, vento e frio, e em setembro/outubro já começa a ter mais dias assim, e para não perder o dinheiro do ingresso, você terá que encarrar o frio e a chuva em Versailles, o que vai tirar grande parte da graça do passeio, pois uma das partes mais interessantes de Versailles são os jardins, e que não rola com frio e chuva...

Já no dia seguinte, quando você tiver ingresso comprado para o Louvre, pode estar fazendo um lindo dia de calor e sol, perfeito para atividades ao ar livre, e você ter que passar o dia inteiro enfurnado num museu sem ver a luz do dia...

Então nesta parte é bom usar o bom senso, e comprar antecipado somente aquilo que realmente for necessário.

Setembro/Outubro é já meia-temporada, e as filas já não costumam mais ser tão grandes assim como na alta-temporada, dificilmente você vai pegar aquelas filas de 2 horas só para entrar nos locais.

  • Gostei! 2
Link para o comentário
  • Colaboradores
9 horas atrás, Wótila Carneiro disse:

sobre o investimento em algum fundo atrelado ao dólar é uma excelente dica.

Conheço fundos indexados ao dolar que estão dando lucro e outros que estao negativos em 2021... É bem arriscado especialmente pensando em curto prazo ou uma data certa para tirar o dinheiro (resgate do fundo). Se voce trabalha com um horizonte de 5 anos... 10 anos... com certeza voce verá uma curva ascendente do dólar. Mas quando voce trabalha com recorte menores, é possível ter perdas sim, inclusive significativas em períodos curtos.

Vamos supor quem em Junho do ano passado voce tivesse colocado seus R$ 16.000.00 nesse fundo aqui (Uma Trend Cambial indexado ao dolar) https://maisretorno.com/fundo/trend-dolar-fi-cambial , teria tido uma perda de - 0.34% sobre o capital + a perda da própria desvalorização da moeda (inflação diminui o poder de compra) + as taxas pagas. Por outro lado, se tivesse jogado sua grana aqui, outro fundo indexado ao dolar com perfil aparentemente bem semelhante ao primeiro (So que dessa vez uma Trend Cambial com ativos da bolsa americana), teria remunerado seu capital a 40%+: https://maisretorno.com/fundo/trend-bolsa-americana-dolar-fim

Ou seja, para quem não conhece o mercado financeiro, não saca de ativos... acaba virando uma loteria.

Sem contar que, em muitos desses fundos a conversão das cotas ocorre dias depois do pedido de resgate (D+5, D+10, D+60). O que significa que, voce não sabe se o valor da suas cotas no dia da conversão será mais ou menos favorável, já que esse tipo de ativo em horizontes curtos são bastante voláteis (Sofrem muita variação).

O dolar pode ter explodido hoje! Daí eu vou e peço o Resgate.... Se a cotização for D+15 por exemplo, as cotas que eu comprei do fundo , somente serão convertidas em Reais daqui há 15 dias! Se nesse espaço de tempo algum fator impactar os ativos do Fundo de investimento de forma significativa ... o valor das minhas cotas caem e eu vou receber uma quantidade menor de dinheiro...

Essa estratégia de proteger capital com ativos internacionais somente funciona quando se tem uma carteira de investimentos diversificados... Normalmente voce "aposta" a maior parte do seu capital em algum país (Brasil: Selic, Renda fixa pré e pós... expõe um pouco em renda variável)... Mas e se o Brasil der errado??? -  Alguém estará se dando de bem... afinal quando um desce na economia globalizada outro sobe (Era para ser assim?? kkk). Então voce vai tentar se proteger um pouco dessa possibilidade e "apostar" em outro país que imagina que irá "subir" se o Brasil "descer", normalmente vai-se para o lado do dólar. Desta forma, havendo um desequilíbrio muito grande... embora a maior parte do seu capital desvalorize ... a parte indexada ao outro mercado tende a se supervalorizar e assim diminuir as perdas a um nível suportável até que o mercado em que apostou volte a estabilidade... Perceba que é um mecanismo de contrapesos.

Para efeito de viagem eu acredito na compra de papel moeda nos dias de baixa como melhor alternativa... há poucos dias o Dolar passou uma semana em queda.

Se for uma viagem para daqui a um ano ou mais e a pessoa que ir juntando o dinheiro para mais perto ver o que acontece... Um fundo DI ou mesmo um Renda fixa. São fundos com liquidação D+0 ou D+1 (Dinheiro na mão no mesmo dia ou dia seguinte), taxa de administração baixa ou zero e ativos com pouca volatilidade (sofrem pequenas variações em pequenos espaços de tempo). Apenas para comparar se em junho de 2020 tivesse aplicado nesse aqui teria tido uma remuneração de 6.8%: https://maisretorno.com/fundo/btg-pactual-tesouro-ipca-curto-fi-rf-referenciado

Claro que voce não vai poder remunerar capital acompanhando desempenho do dolar com baixo risco!

  • Gostei! 1
Link para o comentário
  • Colaboradores

@Wótila CarneiroSou desse mercado,vivo disso há anos. Estou lendo os posts acima, não vou me me ter na vida de ninguém, pois o meu objetivo no mercado é outro,por isso jamais apliquei em tais fundos.Só lembro o que dizem os bancos ao tentar fazer uma aplicação neles:GANHOS PASSADOS NÃO REFLETEM CERTEZA DO FUTURO! 

  • Gostei! 1
Link para o comentário
  • Membros

Obrigado mais uma vez, @ALB, @Rafael_Salvador e @D FABIANO. Essa questão da proteção do capital é algo bem delicado mesmo. Estou pensando em colocar em alguma aplicação que renda pelo menos 100% do CDI e ir acompanhando o Dólar e o Euro (baixou, compra aos poucos).

Quanto ao roteiro, andei lendo e pesquisando algumas coisas e resolvi tirar a Itália e deixar para uma próxima vez.

Fico pensando se seria uma boa ideia ficar em Paris uns 7 dias e fazer um bate em volta em Londres e Bruxelas. Vi algumas pessoas fazendo isso (e tenho muita consiência de que seria uma visita apenas para constar no álbum de fotos). Finalizado essa primeira parte eu partiria para Berlim, para finalizar a viagem por lá! Como eu disse, todo o roteiro ainda está aberto.  Pesquisa muitos hostels, o que seria uma boa possbilidade.

Grato novamente.

Link para o comentário

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...