Ir para conteúdo

Travessia entre o Pico dos Marins e o Itaguaré


Posts Recomendados

  • Membros

Olá, pessoal.

Venho compartilhar com a comunidade um relato de viagem em que enfrentei dificuldades que servem de alerta a quem pretende fazer o mesmo roteiro.

No último final de semana, fiz a travessia entre o Pico dos Marins e o Itaguaré num grupo de oito pessoas sob a condução do guia Milton, da agência Sobreviventes das Trilhas.

A travessia foi concluída com sucesso e todos retornaram em segurança para as respectivas atividades. Mas tivemos problemas bem graves.

O plano era ambicioso e se mostrou exageradamente exaustivo: fazer a travessia em dois dias e duas noites, passando a primeira noite em claro, caminhando.

No sábado, após 14h de caminhada com pequenos intervalos (começamos às 3h30 com a intenção de parar às 17h30), nós não encontramos espaço  para montar barracas nas proximidades da Pedra Redonda. Sem alternativa, caminhamos por mais uma hora e meia, já no escuro, até encontrar um lugar improvisado para a montagem das barracas. Foram 15h30 de caminhada, portanto, com alguns intervalos.

A situação foi tensa e decorreu de fatores negativos diversos. Em primeiro lugar, o próprio plano de viagem se mostrou inadequado. Fazer a travessia em dois dias e suas noites, passando a primeira noite em claro, é exaustivo demais. Em segundo lugar, a inexistência de um parque nacional a abranger a área do Pico dos Marins, com controle de acesso, o que evitaria a superlotação e garantiria que todos encontrassem lugar para dormir sem maiores imprevistos.

Por fim, o trabalho do guia Milton merece alguns comentários. Embora ele tenha ajudado os integrantes do grupo nos momentos mais críticos da trilha, deixou que o grupo se dividisse muitas e muitas vezes, não prestou o auxílio necessário em pontos muito difíceis da trilha e não demonstrou um humor dos melhores.

Quem pretender fazer essa travessia em alta temporada deve estar atento, portanto, à superlotação das áreas de camping. Quem pretender fazer em dois dias deve estar preparado para caminhar até a exaustão. E quem contratar o guia Milton deve estar preparado para encarar boa parte dos desafios da travessia por conta própria, sem auxílio.

  • Gostei! 1
  • Obrigad@! 2
Link para o comentário
  • Membros de Honra

Quando nos programamos para enfrentar desafios que colocam em risco a nossa vida, tudo tem que ser muito bem observado. Alguns guias hoje nem experiência possuem e querem apenas obter recursos financeiros, pouco se importando com as pessoas que estão conduzindo. Não estou dizendo que foi esse o caso, mas quase que diariamente vemos notícias tristes de pessoas perdidas e algumas até mortas em trilhas e montanhas. Se aventurar e se desafiar é maravilhoso e tudo isso provoca uma adrenalina gostosa, mas temos que observar os limites de cada um. As pessoas não possuem os mesmos preparos e o que pode ser fácil para um pode ser extremamente difícil para o outro. Felizmente, nesse caso, terminou 'tudo bem', mas quando a aventura coloca em risco a vida, todo cuidado é pouco na escolha de guias/condutores. Abraços ao colega e bons ventos!   

 

Link para o comentário
  • Colaboradores

O Milton é um das pessoas que mais conhece o Marins.

A primeira vez que fui.. para subir eu e mais 3 a noite, o Milton estava na base, passou as coordenadas certinho e de uma forma que quando a gente chegava no local sabia para aonde ir.

Não posso julgar o trabalho do cara como guia.. mais comigo e a rapazeada ele foi muito gente boa. 

 

E para se fazer uma travessia é se questionar, se tem quem recomenda fazer em 3, pra que arriscar e fazer em  2 dias? Ainda mais em um grupo de OITO pessoas. 

 

Enfim, ainda bem que terminou tudo bem. 

Abraços.

 

**me refiro o Milton do acampamento base.. ele pode ter prestado serviço para agência mencionada ou ser outro Milton. rs 

Editado por _Umpdy
Link para o comentário
  • Membros

ja fiz só marins e tambem itaguare x marins com o Bruno, guia nascido em marmelopolis
cara super do bem, novo, tem seus 20 e poucos anos, seu pai tambem era guia
super alto astral, na primeira trilha eu estava com um grupo ele carregou mochila de uma menina que nao estava aguentando. 
Macgayver das trilhas, me surpreendo como se vira com equipamentos simples sem passar perrengue
nao tenho palavras pra agradecer as trilhas com ele, unico defeito é que torce pro sao paulo
coloco minha mao no fogo, quem for com ele nao vai se arrepender
e tudo de forma segura, gps, contato com a cidade atraves de radio e tudo mais. 
contato:
+35 98101319

Editado por SalgadoSJC
Link para o comentário

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...