Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

mhmatsu

Cotopaxi - Perguntas e Respostas

Posts Recomendados

Oie!

Nao pretendo ir por agencia, tenho dicas de como ir por conta tanto de Quito como de Latacuga, por isso queria saber de qual é mais perto!

Ainda to planejando a viagem, se sobrar tempo vou querer escalar sim, senao faço o passeio de um dia!

quando tu vai?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

estarei la em julho/agosto ::cool:::'> e vc?

 

quem sabe vc nao sobe o tungurahua cmg ::lol3::

 

se prepare bem para o cotopaxi ::cool:::'>

 

::kiss::

 

sinceramente, para quem nao for escalar o cotopaxi, nao ha necessidade alguma de ir por agencia, principalmente se estiverem em grupo ou ate mesmo 2 pessoas, agora escalar eh outra historia, embora seja possivel escalar sem guia ( se tiver pratica em progressao no gelo ). para ir ate a base de alguns vulcoes do ecuador, ( alguns possuem refugio e uma boa estrutura, tais como cotopaxi, chimborazo entre outros ::cool:::'> ) nao vejo necessidade de contratarem alguma agencia nao . geralmente se pega um onibus ate determinado local, e depois pega uma caminhonete e vai embora ::cool:::'> . o valor dessa caminhonete talvez seja um pokinho "salgado'. mas eh possivel ir tranquilamente ::cool:::'> . na volta se consegue carona facil ::lol3::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Mochileiro tudo bem?

 

Vc vai subir quais vulcoes? Estou em Quito entre 3 e 26 de julho. Vou fazer aclimataçoes, talvez: Iliniza, Ruminahui, Pichincha...

Cumes vou fazer Coto e Chimbo e lá vou ver se consigo fazer Cayembe ou Antisana. Trek vou fazer Condor e Altar.

 

Será que a gente nao consegue subir juntos algum desses aí?

 

Abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

estarei chegando no final de julho, estou a procura de vulcoes ativos e em processo de erupcao, embora cotopaxi seja ativo ele nao se encontra em processo de erupcao. ja estive no cotopaxi, chimborazo e cayambe ::cool:::'> cayambe e antisana sao mais dificeis, cotopaxi eh o mais facil ( mas nao quer dizer que seja facil ::lol3:: ) pelo o que vc esta querendo fazer. lhe aconselho realmente um bom preparo ::cool:::'>

se eu poder ajudar ema lgo em relacao aos vulcoes do ecuador, eh soh postar que lhe reposndo ::cool:::'>

de uma olhadinha nos relatos que postei, estao na minha assinatura

 

 

 

Olá Mochileiro tudo bem?

 

Vc vai subir quais vulcoes? Estou em Quito entre 3 e 26 de julho. Vou fazer aclimataçoes, talvez: Iliniza, Ruminahui, Pichincha...

Cumes vou fazer Coto e Chimbo e lá vou ver se consigo fazer Cayembe ou Antisana. Trek vou fazer Condor e Altar.

 

Será que a gente nao consegue subir juntos algum desses aí?

 

Abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado, já tinha lido seus relatos. Achei todos muito bons, porém me diga como conseguiu subir os vulcões sem guia? Era um amigo?

 

Eu estou em contato com um guia (Jorge Prado), indicado de Nico Navarrate - grande escalador ecuatoriano. Devo fechar com ele o Coto, vai me sair U$ 80,00 pela guiada, aí vou ter que pagar hospedagem no Refugio Jose Ribas (U$ 20), transporte (vou chegar a pé, via trekking condor), equipos (US 40) e alimentação. Andei cotando com agencias e os preços estão na casa dos US 190,00. Resolvi subir com ele pela confiança, pela experiencia dele e pela indicação do Nico. O Chimbo vou deixar para fechar por lá, depois de conhecer mais pessoas e obter melhores informações. O Chimbo está na casa dos US 220,00, mas acredito que em Riobamba consiguirei melhores preços (claro, nessas horas o preço não é o mais importante, o barato sai caro ...). Cayembe e Antisana estão mais difícies mesmo, poucos grupos vão para lá. O que vc pode me dizer sobre tudo isso, a questão de subir via agencia ou com um guia/amigo? Valeu, forte abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

um andinista me ajudou e me deu umas dicas ::cool:::'> foi com ele que aprendi algumas coisas sobre o gelo, dificilemnte vc vera um montanhista em alta montanha sozinho, nao pretendo discutir isto aqui, mas na etica e no bom senso, eh uma imprudencia fazer montanhas desse porte solo, o risco eh muito alto. eu pessoalmente nao aconselho nao, mas eu faria sim ::cool:::'> hj eu subiria o cotopaxi entre outras montanhas sozinho ::cool:::'>

 

80 dolares ta um bom preco ::cool:::'> fique atento se a alimentacao do guia eh por sua parte, em relacao ao antisana e cayambe, eh bem mais dificil mesmo, o risco de vida neles eh mais alto, cayambe possue muitas gretas e avalanches, eu mesmo presenciei uma enquanto caminhava nele rumo ao cume.

 

muitos guias fazem seu cliente cansar de proposito, soh para nao terem o trabalho de levar o cliente ate o cume ::cool:::'>

 

agencias x guias/amigos ::mmm:::lol3::

 

vc aprende bem mais com um guia/amigo do que com uma agencia ::cool:::'> , porem nem sempre as pessoas possuem um contato, talvez seja isso, e acabam contratando servicos de agencias. outro motivo eh que a agencia faz tudo pelo cliente ::lol3::

 

nao eskecendo que apenas cerca de 30% das pessoas que tentam o cume do cotopaxi conseguem chegar nele, a caminhada em si nao eh tecninca, o que pesa eh a altitude. infelizmente para mim faltou os ultimos 10 metros pra se chegar realmente ao cume ::putz::

 

se vc esta contratando um servico de guia independente ( fora de agencia ) apenas certifique se de que ele realmente saiba o que esta fazendo ::cool:::'>

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Voltei do Ecuador semana passada. No último dia antes de sair do Brasil, fazendo a mala, desisti de levar minha barraquinha (3 pessoas, pesada e para praia kkk) e meu saco de dormir boliviano (pesado e grande). Não fiz nenhum trekking, apenas caminhadas. Para o Cotopaxi eu fui duas noites antes aclimatar no refúgio dos Ilinizas. Um lugar de fácil acesso (3 horas de caminhada), nem preciso falar das lindas paisagens. Quando subi caiu muito granizo, cheguei no albergue 17h e so havia um equatoriano-guia e um cliente americano. No dia seguinte eles subiram o Iliniza Sul que é uma das montanhas mais tecnicas do Ecuador. Tive a opção de subri o Iliniza Norte, bem mais fácil e não necessita de equipos. Como tinha granizado, o cume estava todo branco e achei perigoso cruzar o paso de la muerte e também queria descansar pois vinha de dias de caminhadas (Pichincha, Cajas, Pasochoa, Quito). Fiz uma caminhada leve até a laguna do Iliniza, um lugar muito bonito no meio das duas montanhas. Depois da segunda noite desci as 7h e cheguei por volta das 9h em La Virgen que é o lugar onde as camionetes conseguem chegar. Como demorei um pouco para sair do refúgio, encontrei muita gente subindo, mas as camionetes já tinham voltado a Chaupi. Continuei andando por mais uma hora até que apareceu uma camionete e me levou até Chaupi (5 dol - a ida foi 15 dol). De lá esperei meu grupo na panamericana e fomos até o Cotopaxi. Uma semana antes já havia estado no refúgio e parque nacional, assim que foi mais tranquilo. Lá comemos no fim da tarde e já dormi. Saímos as 12h45 numa cordada guiada pelo Jorge Prado, um excelente escalador equatoriano que recomendo e muito para qualquer montanha no Equador, ele é técnico infantil da equipe de esporte de Pichincha, uma das principais do país com sede em Quito - email do Jorge: [email protected] ). No meio foi uma espanhola que já vivia em Quito a dois anos e eu por fim. Havia alugado uma bota muito pesada e que logo na saída, antes de chegar na geleira e colocar os grampões, já pegava meu calcanhar e começava a fazer bolha. Assim que foi muito difícil para mim, tive que subir de passos laterais cruzando pernas. Só não desisti pq estava com um grupo e aí todos teriam que descer. Eu estava muito cansado e precisava parar bastante, principalmente próximo a Yanasaha, por volta das 5h. Pegamos um tempo maravilhoso, sem vento algum. O Jorge queria chegar a tempo de ver a cratera. Chegamos 6h15 e conseguimos 10 minutos de tempo aberto e aí já chegaram nuvens e encobriu a cratera. Descemos em 3 horas tirando fotos e curtindo mais a paisagem. Eu estava exausto e já havia combinado com o Jorge de irmos no Cayembe na semana seguinte, mas eu estava determinado a ir no dia seguinte para praia colocar os pés na areia e ficar um bom tempo sem pisar na montanha, rs. Depois pensando melhor decidi ir ao Cayembe. Lá o tempo não ajudou, muito vento (40 km/h) e neve. Resolvemos na manhã seguinte fazer uma escalada no gelo nos glaciares do Cayembe, valeu muito a pena, aí já estava com botas leves e melhores. Aluguei meus equipos proximo a Plaza Foch, piquetas, óculos, botas, grampões, luvas impermeáveis, jaqueta custou 50 dol cada subida. O refúgio do Cotopaxi 25 para extrangeiro com jantar e café da manha que tomamos só na volta para não correr o risco de passar mal durante a subida. O Cayembe esse preço sem alimentação e o Iliniza 15 sem alimentação. Dias depois o Jorge levou um cliente que bem preparado fisicamente que fazia maratonas, porém ele não aclimatou o necessário e por isso vomitou algumas vezes e teve que descer. Valeu muito a pena, uma baita experiência para auto conhecimento (principalmente nessa hora você percebe o quão está dedicado - ou não - para alcançar o objetivo - cume). Abraço galera!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Atenção galera que está planejando ir para alguma montanha no Equador:

 

Nesse mês de outubro houve um acidente com um grupo da CAP (Club de Andinismo Politécnico) na montanha Illiniza Sul, onde 3 de seus integrantes vieram a obito após uma queda, quando já retornavam para o refúgio logo após terem feito cume.

Após esse acontecimento muito triste o Ministério do Meio Ambiente começou a exigir uma série de restrições, a principal, que vem causando muitas controvérsias é a obrigatoriedade de um guia acompanhando os grupos, devidamente registrado junto ao Ministerio de Meio Ambiente.

Pode ser que daqui alguns meses, os diálogos entre ministério e grupos de montanha avance e as proibições sejam revistas. Então antes de embarcar para o Equador para fazer alta montanha (principalmente sem guia), é melhor checar bem para que não haja surpresas.

Segue o comunicado do acidente pela CAP.

 

https://sites.google.com/site/andinismopolitecnico/Pgina-Principal/actividades-de-montana/comunicadooficial

 

Luís

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ola galera...

estou pensando em ir para o equador escalar o vulcao cotopaxi.

Estou indo sozinho portanto gostaria de sugestao de agencias que oferecem a escalada do cotopaxi e outras menores como aclimatação.

Aguardo respostas.... abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...