Ir para conteúdo

Canivetes & Facas: Afiação


Posts Recomendados

  • Membros

Diego,

 

Belo trabalho na BF! ::cool:::'>

 

Afiação é isto mesmo: muita prática e paciência. ::mmm:

 

Só uma pequena correção: é impossível que a pedra do FN seja mármore, já que é uma das rochas mais moles pois é constituido basicamente de calcita, cuja dureza mohs se bobear é quase a metade da dureza da lâmina de um SAK Victorinox ( escala para metais é outra, mas dá para dar uma equivalência mais ou menos ). ::ahhhh:: Você risca facilmente uma "pia ou mesa de mármore" com um SAK mas o inverso não é verdadeiro. :shock:

 

E é muito simples saber isto ao certo: pingue uma gotinha de vinagre na lateral do FN; se for atacado pelo vinagre é mármore. :x

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Respostas 461
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros de Honra
Diego,

 

É uma reação tipo "efervecência" deixando a superfície bastante porosa. É uma reação rápida!

 

Minha avó que o diga (ou melhor, que o dissesse) ela tinha uma "cômoda" com tampo de mármore com uma marca de limão que alguém, vai saber porque, deixou em cima. Ela é que fervia quando lembrava ::tchann::

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Gouvea,

 

Beleza!!! ::otemo::

 

O importante é o resultado, mas óleo faz uma lambança... ::xiu:::mrgreen:

 

E gostei do "saculejador"; bem bolado! ::cool:::'>

 

Como dica neste campo lhe recomendo um cavitador ultra-sônico. Você compra uma "marmita" em "inox" que caiba dentro dele ou manda fazer uma e coloca uma solução diluída de HCl. As cápsulas ficam como novas. Brilhando tanto externa quanto internamente! ::otemo:: Eu tenho um tamboreador, mas não o uso ( para este fim ) pois o cavitador é muito mais eficiente.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Salve galera,

 

Pra quem tá com muitas dificuldades, o Mac e o Toniolo ( colhane e giutoniolo) estão lançando hoje no canal do youtube deles métodos de afiação de facas. seguem os links:

 

http://www.youtube.com/user/Colhane#p/u/3/qBYxkgkYKSE

 

http://www.youtube.com/user/Colhane#p/u/1/XzH8qYdgLSs

 

http://www.youtube.com/user/Colhane#p/u/0/TmbLfs0raZQ

 

O melhor tutorial que a gente tem até o momento no Brasil, em português, fácil didática....

 

Até mais

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

hehehehehe

 

Diego, a iniciativa deles é muito boa, mas só para fazer o papel do "advogado do diabo" eles começam dizendo que irão usar materiais facilmente encontrados no Brasil e mostram uma lima bastarda ( ou como dizem, com corte num sentido só ) e dizem que é só para emergências e em facões. Ok, passa.

 

Então mostram uma carborundum dupla-face, amplamente disponível e de fácil acesso para praticamente todos e dizem que o lado "grosso" é muito grosso e que o lado "fino" ainda assim é muito "grosso" para se fazer um fio decente... ::ahhhh::

 

E ai usam uma Smith's Tri-Hone??? Com pedras arkansa e óleo ainda por cima??? ::putz:: Onde é que isto é fácil de achar no mercado brasileiro??? ::grr::

 

E finalmente no uso do strop de couro usam um... ( não sabem o nome ) para passar no couro e dar o polimento final? ::dãã2::ãã2::'>

 

Pois eu afirmo com 110% de certeza que é possível sim dar um fio capaz de rapar cabelos dos braços usando o lado grosso seguido do fino de uma pedra carborundum dupla-face e finalmente passando-se a lâmina em um strop de couro com óxido de cromo! :wink:

 

A dupla-face da Saint Gobain 108N deve ter os grits em torno de 180 o "grosso" e 320 o "fino", que se você deixar acumular a "lama" produzida e usar movimentos bem suaves consegue um bom nível de "polimento". :wink:

 

E acho que eles ou não conhecem ou não sabem das vantagens do sistema de fio primário e secundário ( ou desbaste de alívio ). :roll:

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Cabral, meu irmão,

 

Não vou bancar advogado de ninguém, mas....mas....mas.... o importante, o mais importante, não são as pedras usadas (na minha chucra opinião) e sim a essência da técnica.

 

O que mais te cobram e ao VdM são as técnicas, as manhas. Eu não uso óleo pra afiar, nem por decreto. A única coisa que meu tio fazia bem com facas era amolar, e com 6 anos ele nos mostrava e falava "usa água, não usa óleo". Tem gente que prefere, mas na minha família, óleo não chega perto da pedra. Inclusive se procurar pela net, muita gente abomina o uso do óleo, e outros adoram, vai de cada um.

Outra coisa: concordo contigo que a pedra de 3 lados é inacessível a todos, grupo no qual me incluo. (Mudando um pouco de assunto: hoje na net encontrei um vídeo do FIO NAVALHA, lá no youtube)

Voltando, temos materiais que dá pra se virar por aqui.

O que eu achei mais importante dos vídeos foram:

1 - explicação dos tipos de corte;

2- como proceder na pedra com a faca.

Minha opinião sobre os vídeos, eu gostei sim, mas como tudo, sei separar o que EU posso usar ou não. Cabe a cada um usar todas as dicas, sim todas as dicas, as do Cabral, do VdM, deles, do PAULO ROCHA, não podemos esquecer dele, que tem um tutorial em fotos muito elucidativo e muito fácil, tanto que depois dele, ando pensando muito se faço ou não aquele esquema da vaselina da pedra.

 

Lembrando que antes do meu brother Cabral, eu não afiava nada, tinha a falsa idéia de que para afiar uma faca o melhor era levar ao amolador de tesouras/chaveiro.

 

EU SEI QUE TEM UM MONTE DE GENTE que antes de ler os blogs e fóruns que tem por ai, inclusive o nosso, que acha que a melhor maneira de afiar faca é com a chaira do açougueiro ::ahhhh:: , ou passar a faca extremamente rápido na pedra como o Pica-Pau faz no desenho ::lol4:: . Estou mentindo?

 

Podem não ser os melhores professores, cada um tem uma opinião formada, mas antes disso, o pessoal carecia de um vídeo, pelo menos UM vídeo demonstrando em português. Que alguns prefiram calcular o ângulo, como você e até mesmo eu faço, fica a critério de cada um. Aliás, eu uso um transferidor que tenho desde o colégio... 13 anos... e agora eu tenho utilidade pra ele. O importante é que agora ninguém pode dizer que não entendeu nada, que não sabe por onde começar. Quanto as pedras, não troco meu conjuntinho, é o que eu tenho e o que me serve muito bem. Se um dia puder ter algo melhor, claro que vou querer, mas até lá, pego as dicas de todos e adapto pra mim. É o que cada um deve fazer. Afiação é meio ciência meio arte, e em qualquer uma das matérias, paciência, tentativa e erro fazem parte.

 

Os vídeos também não apagaram meus planos de construir os suportes angulados...

E já ia me esquecendo... meu tranferidor é de 360º... acho que usar um de 180º pra achar os angulos pode ajudar mais pois o apoio na mesa de trabalho fica melhos, concorda mano Cabral?

 

Té mais amigos.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...