Ir para conteúdo

Canivetes & Facas: Afiação


Posts Recomendados

  • Colaboradores
Olá amigos

Ganhei uma pedra de afiar da marca Thompson, dupla face.

Não tenho experiência em afiação mas assisti diversos vídeos, em especial os do CabralJr e acredito que esteja fazendo o procedimento correto.

Fiz o teste com duas facas tramontina daqueles jogos bem baratos. São facas bastante simples e parecem ter um aço bem mole. Molhei a pedra e limpei com frequência, tirando a "lama" e mantendo ela sempre molhada. Também procurei manter o ângulo correto, iniciando com 10 graus e finalizando em 20.

O problema é que a pedra desgastou demais e não senti que criava a rebarba no metal. Apliquei força moderada, mas sem exageros, para fazer o desbaste de alívio. Finalizei com o lado mais fino, tentando manter sempre o mesmo número de passadas de cada lado (fiz isso pois não tenho experiência). A afiação ficou aceitável, mas nem próxima do que esperava, ainda que tenha conseguido cortar papel com as facas.

Enfim, seria um problema da pedra de má qualidade? Ela já apresentou um desgaste de aproximadamente 2mm a 3mm em parte dela.

Um abraço e obrigado!

 

Tenho uma pedra carborundun 109n faz alguns meses e ela não apresentou quase nenhum desgaste.

 

Isso porque sou cozinheiro e dependendo da intensidade do uso chego a passar na pedra 2x na semana.

Diariamente mantenho o fio na chaira lisa.

 

Uso uma faca Global que não é fácil de afiar, tem altíssima retenção de fio.

 

Pela lógica deveria ser mais fácil afiar uma faca de qualidade inferior, mas deixarei para o mais experientes opinarem.

 

Grande abraço !!!

 

Rodrigo Cavalcante

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 4 semanas depois...
  • Respostas 461
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros

Egon,

 

Não conheço a pedra que você menciona, mas para se desfazer assim tão facilmente com facas de baixa dureza, não sei se de inox ou aço carbono, a qualidade não me parece das melhores, porém, mesmo pedras de óxido de alumínio bem porqueirinhas como umas que eu tenho deveriam afiar estas facas de menores durezas e lhes dar um fio mais que satisfatório, ainda que se desgatem muito no processo.

 

Conseguir que um fio rape cabelo saído do lado fino de uma carborundum, por exemplo, requer um pouco mais de prática na afiação e um certo refinamento na técnica de afiação em si; não é tão simples como pode parecer...

 

Abraço.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 3 meses depois...
  • Membros

Boa tarde pessoal. A algum tempo me interessei em aprender a afiar direito e apesar de ja ter melhorado muito, ainda não consigo o fio que esperava. Nas facas de aço 420C (Trento, Rodeio Criolla) é bem mais tranquilo mas uma Zakharov e principalmente uma Muela Jabali 21 estão me tirando o sono, não consigo deixar um corte liso. Tenho uma pedra Tramontina 400/1000, uma Carborundum 4000, uma chaira Victorinox estriada e uma lisa feita de amortecedor.

O que me aconselham em equipamento e tecnica pra aperfeiçoar e conseguir o corte liso que gostaria?

Agradeço a atenção. Abraço.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Prezado colega, tudo bem!

 

Voce não esta conseguindo deichar sua faca com fio , de fazer a barda, devido ao angulo que esta dando ao centar a lámina na pedra.

[1] Da uma olhada no angulo do fio, caso esteja em formato de v, diminua a inclinação da lamina, a hora que vais passar a lamina na pedra , quase deitada, passe nos dois sentidos até deicha-la chata. Não utilize pedra granulada grande , quanto menos aspera melhor fica o fio.

Para deichar com aquele fio dos sonhos , utiliza a pedra mais fina.

BOM CORTE .

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Ricardo,

 

Em tese, a Muela não deveria apresentar nehuma dificuldade em se obter um "fio liso", mais polido e com "corte suave", pois apesar de alguns dizerem que é em aço 440C ( pode até ter uma variante neste aço ), as duas únicas que já tive em mãos eram em X50CrMoV15, ou seja, basicamenteo mesmo aço dos Victorinox, Tramontinas Profissional Master, Century, etc. Ou seja, um aço de grão muitopequeno e praticamente sem carbonetos, logo um aço que "gosta" de fios agudos e bem polidos.

 

Por ser uma facade caça/arremate, pode ser que sua geometria, mesmo sendo um hollow médio, esteja te "enganando" e não permitindo uma conformação perfeita do fio antes de passar ao polimento do mesmo ou mesmo que você esteja arredondando o fio ao tentar polí-lo, por não estar casando perfeitamente o ângulo.

 

No caso das Zhakas, depende de qual o aço delas. Se forem as tradicionais, com aço VC-131/D6, é um aço que produz um fio micro-serrilhado mesmo, isso é inerente ao aço ( além de ser bem resistente à abrasão, logo, requerer mais trabalho na afiação). Se for das novas, não sei se são em 420 ou 440C; no primeiro caso, são moleza para afiar. No segundo, dá um pouco mais de trabalho, mas se o tratamento térmico for bem feito, dá para conseguir um fio polido que pode até apresentar algum serrilhamento com um tempinho de uso.

 

De novo, o problema pode estar no arredondamento do fio ao tentar polí-lo.

 

Abraço.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Obrigado pelas respostas. Os 420 são realmente muito faceis de afiar, não tive nenhum problema com eles. A Zakha esta com bom fio mas não liso e como ja responderam, é o jeitão dela mesmo, rs

A Muela é um aço muito mais duro que a Zakharov, 61hrc numa liga de molibdenio vanadio, minha chaira victorinox passa lisa nela. Vou conferir o angulo do corte. Tem alguma outra coisa que possa me ajudar a polir o corte?

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Ricardo,

 

Não estou duvidando de você que éo dono da faca, mas até onde sei e as Muelas que tive em mãos, a dureza ficava bem longe destes 61 Rc da sua... estavam mais para 54/56 Rc...

 

Se procurar no youtube, deverá achar meu canal de vídeos,onde mostro a técnica de afiação de desbaste de alívio e micro-fio e onde uso anguladores para deixar as pedras já pré-anguladas, o que facilita sobremaneira casar o ãngulo na hora da afiação e polimento. Procure por cabraljr no youtube.

 

Abraço.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Ricardo,

 

Acho que você está confundindo as coisas... a Kodiak, mais atual,é em Sandvik 14C28N e teria capacidade de chegar até 63 Rc, mas é trabalhada pela Muela em 56/57 Rc.

 

Se sua Muela for X50CrMoV15 ela pode chegar até 59/60 Rc, no máximo, mas nunca vi nem li sobre nenhuma Muela nestas durezas e se for em 440C, não deve chegar a tal dureza ou fatalmente quebra na primeira pancada num osso!

 

Abraço.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Parceiro, as facas top da muela são trabalhadas em 57/61 rc, são em 440c modificado assim como o Sandvik, 9cr17mov, o D2 e outros aços de ponta. Tenho aqui uma Cold Steel e uma Zakha que parecem latão perto dela. Da uma olhada nessa aqui http://www.culturesteel.com/es/cuchillo-muela-jabali-21e.html.

Obrigado pelas dicas de afiação. Vlw parceiro.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...