Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

598ddf1136281_CachoeiradoRoncador.jpg.98d2485ab8e790964c12f989e947819c.jpg

Para amantes da natureza e trekkers.

 

A Paraiba nao eh so praias e o Brejo Paraibano oferece muitas opcoes de passeios e treks, de um dia a varios deles. A cachoeira do Roncador eh um deles.

 

Oficialmente o acesso eh feito por Bananeiras, mas o mais pratico eh pegar um latao na rodoviaria de Joao Pessoa, considerando que esteja partindo de la, para Pirpirituba, ou ir de carro mesmo.

 

Descendo em Pirpirituba, na igreja, o trekker se poe de costas para a mesma e segue pela rua a sua direita. Essa rua acaba numa estrada de barro. Essa estrada segue por uns 10km ate o Roncador, ou ate um restaurante de um morador local, de onde sai a curta trilha pro Roncador. Ha alguma sinalizacao nessa estrada de barro, mas meio confusa e referente a outra coisa e nao ao Roncador. Em geral a regra eh seguir em frente e seguir a via apontada pelo triangulo da sinalizacao, tirando uma grande bifurcacao ja perto da trilha, onde o sinal foi colocado bem no meio da mesma, deixando a pessoa sem saber a qual opcao se refere.

 

Bom, siga pela direita ai.

 

No restaurante/venda, se abasteca ou se alimente ou se refresque com alguma coisa. Ajuda a economia local. Entao eh so seguir pela trilha, entre casas esporadicas, mangueiras e bananeiras, ate chega na cachoeira. Se tiver tempo, tome um banho refrescante. Se nao, se for tarde, pode tentar acampar por ali mesmo.

 

Pessoalmente prefiro subir por uma trilha que tem a direita da cachoeira ate o topo. No topo pode-se virar para a direita ate um espaco mais ou menos plano, propriedade do seu Ze. Ele deixa campar la, sem problemas. Se o rio estiver cheio, bons banhos podem ser tomados perto do camping. Escolha bem o local, pois seu Ze usa o local para amarrar suas vacas e cavalos, entao nao eh raro ter bosta de vaca e formigas por ali.

 

De la pode-se pegar a picada que passa pela casa do seu Ze e demais moradores ate chegar numa "estrada", uma picada bem larga. Seguindo por ali pela esquerda, faz-se uma curta e agradavel caminhada ate outro sitio, do seu Domingos, acho. Converse com ele e nao se importe com a peixeira na cintura e a marca de operacao em sua proeminente barriga. Eh genhte fina e vai lhe indicar um otimo local para acampar. Se for tarde, entao da trilha voce vai ver umas rocas a sua esquerda. Tente ficar atendo a picadas que vao para essas rochas. Apos alguma dificuldade, vai encontrar por tras delas o tal local de acampar. Fica incrivelmente perto do rio, mas sem perigos. Seu Domingos(?) disse que a agua nunca chega la.

 

Esse local eh limpo, coberto de folhagens dos bambus que o circundam, oferecendo um colchao natural para as barracas, amplo e perto de otimos banhos de pequenas quedas d'agua. Saindo dele, coisa de 10 metros, tem-se uma privilegiada visao do vale la embaixo. Otimo para contemplar, ver Sol nascer, ver estrelas, cozinhar... (as folhas secas do acampamento podem pegar fogo facil, facil, entao escolha outro local para fogueira e fogareiro).

 

Outro acesso ao local eh pegando uma trilha pela esquerda do acampamento do seu Ze. Tambem pode ser atingida pela trilha que sobe o Roncador pela esquerda, la embaixo. Essa trilha pega o leito do rio e eh some nas enormes pedras. Dai em diante eh subir pedra, usando muito as maos e com muito cuidado. Mas vale a pena, embora as cargueiras dificultem muito a escalaminhada. Ainda mais se voce veio da subida do Roncador, que eh curta, mas pesada. Ainda mais se voce veio da estrada de barro e seus 10km de caminhada. Mas vale a pena.

 

Nao deixe de jogar conversa fora com seu Domingos(?), se nao pelo prazer da conversa boa pelo menos por educacao. Os terrenos sao dele.

 

Tanto seu Ze como seu Domingos podem lhe dar infos muito boas sobre trilhas locais. Da casa de seu Domingos pode-se seguir para acudes mais a frente, coisa de 2 horas de caminhada. Infelizmente nao tive tempo de fazer essa.

 

A cachoira do Roncador eh um otimo programa de fim-de-semana ou de um feriadao. Para quem tem tempo, pode ser ate de uma semana, considerando que esteja preparada para fazer grandes caminhadas por locais poucos conhecidos e disposto a entender as infos vagas que vai achar mais para dentro.

 

Ponto extra: a caminho de Pirpirituba, ainda na estrada, voce vai dirigir por entre paisagens belissimas do brejo, de ver do carro vales e montes. Em certos pontos a estrada segue em reta e voce pode ve-la subindo e descendo ate o horizonte. Isso pela tardinha com um belo por-do-sol eh impagavel.

 

Ainda no caminho ira passar por uma casa em construcao, de propriedade de um advogado de Joao Pessoa. A casa esta interminada fazem 10 anos e eh completamente maluca. Um verdadeiro labirinto arquitetonico e um pesadelo psicodelico. Tem ate igreja anexada. Possui 3 andares e andares entre os andares, tipo terreo, entre-terreo-e-primeiro-andar, etc, ate o ultimo andar, o quarto, que eh o telhado, por onde pode-se caminhar. Composta de pequenos e grandes comodos, estreitos corredores e portas que por vezes vao de canto algum para lugar nenhum, eh escura e divertido de achar a entrada e saida eh uma aventura a parte. Cuidado com as vespas e abelhas que tem aos milhares. Os grandes morcegos metem medo, mas sao inofensivos e se limitam a dar rasantes em sua cabeca. Eventuais galinhas irao proporcianar bons sustos. Quartos com camas de pedra dao um ar macabro ao local. Tente achar o "quarto" que fica numa curva perdida do telhado e que eh composto por 3 camas estreitas dispostas em degraus, com traveseiro de pedra e tudo. Ha um caseiro que vive ao lado da casa. Converse com ele e peca para visitar a casa. Se o advogado nao estiver la, nao tem problema (sim, o cara dorme la de vez em quando).

 

Atividade ludicas para a casa: achar o Papa, achar o quarto do dono, achar o quarto da mae do dono, achar o acesso pro telhado, achar o acesso pro primeiro andar da igreja, achar a entrada, achar a saida, saber onde esta...

 

 

"Dicas Quentes

 

* A empresa que faz a linha João Pessoa-Guarabira é a Guarabirense.

* Viação São José (83 337 3220 - 83 337 3777) é quem faz a linha Campina Grande - Guarabira .

* Para Piripirituba tem ônibus da Guarabirense saindo Guarabira até 12:00 do dia.

* Para voltar à Pirpirituba, marque com o carros ou moto o dia de retorno (não esqueça de pexinxar), pois caso contrário você terá de caminhar 1km até um telefone para tentar fretar um carro.

* Outra opção é convencer a Seu José da mercearia a lhe levar até Pirpirituba (se faz necessário pexinxar também o valor do transporte).

* É interessante para quem vai acampar no Roncador levar repelente, pois de manhã cedo e ao anoitecer, a margen do rio fica infestada de maruíns, que incomodam bastante.

* Não esquecer de levar de volta o lixo de seu acampamento e apagar a fogueira antes de ir embora. A preservação do Roncador é também sua responsabilidade.

* Para os mais loucos, tem uma galera que já encarou Campina-Roncador de Bike. São quase 12:00 hs de pedalada e quem foi não esquece do visual."

 

Tragam de volta o lixo que produzirem! se puderem, deem uma geral e tragam o lixo dos irresponsaveis que o deixou por la!

Compartilhar este post


Link para o post
Alguém sabe da qualidade da água da Cachoeira do Roncador, se é poluída, se passa por dentro de alguma cidade ou vila antes da queda?

 

 

Eugenio... O lance é o seguinte - poluída mesmo, não é. Mas eu recomendo tomar um remédio para vermes depois de tomar banho na cachoeira, porque no início dela, uma parte dos dejetos da cidade de Bananeiras deságua lá. Como o rio da cachoeira fica um pouco distante da cidade, quando ela chega de fato na cachoeira, ela já está bem mais limpa. Mas fui lá um dia desses com a galera e um dos meus amigos me disse que fizeram uma pesquisa e que há sim ainda, algumas impurezas na cachoeira (que a natureza não consegue eliminar). Por precaução, tome o remédio depois do banho...

 

 

 

E não deixe de conhecer o Roncador por causa disso, o lugar vale a pena! Também recomendo a trilha Borborema-Roncador... Além de ser muito mais bonita, é mais segura, já que as outras trilhas (Pirpirituba/Roncador e Bananeiras/Roncador) são perigosas, devido aos motoqueiros gostarem de assaltar o pessoal que faz treeking nas estradas de terra.

Boa aventura!

 

 

 

Qualquer dúvida que eu saiba responder, responderei com o maior prazer!

 

[email protected]

Compartilhar este post


Link para o post

Amigos:

Estou em Bananeiras e quase de saída pra Cachoeria do Roncador.

A questão dos assaltos é uma realidade. Eu faria a trilha a pé, inclusive peguei os dados na Casa do Turista, que fica na pracinha da rodoviária. Aliás, aqui tudo é perto!

A atendente, muito simpática, me deu várias explicações. Disse que é sossegado fazer a trilha sozinho.

Mas eu conversei com diversos moradores e eles me alertaram que há muita bandidagem no caminho até a cachoeira, principalmente em alguns trechos de terra.

Lá vou eu pra cachoeira, que será uma excelente opção, pois a cidadezinha está muito barulhenta, com buzinas, fotos de artifícios, trios elétricos e carros de som no último volume. Sim, véspera de eleição!

Abraços!!!

 

Luis

Compartilhar este post


Link para o post

Cachoeira do Roncador

 

Saindo de João Pessoa de carro pode-se ir por Mamanguape ou Sapé, o tempo é mais ou menos o mesmo 2:10 de carro, mas a estrada por Sapé pareceu mais segura. A cachoeira é em Piripirituba, não achei muito difícil se localizar pelas placas, chegando em Guarabira ficar mais esperto e perguntar pro pessoal por onde seguir. Na estrada de chão tem duas placas pequenas e uma maior, só conseguimos chegar depois de perguntar. Na entrada da cachoeira tem dois restaurantes, um menorzinho na frente e o do Roncador atrás. Fomos no final de semana, tinha até um pessoal vendendo espetinho por perto. A cachoeira tinha bastante gente, mas o pessoal bem tranquilo, gente de toda idade. Ela forma algumas pequenas quedas no patamar mais baixo que dá pra entrar sem nenhum risco. Vale o passeio! Dá pra ir e voltar no mesmo dia. O restaurante tem um almocinho bom e barato.

 

Alguém sabe de outras cachoeiras na região?

Compartilhar este post


Link para o post

Olá,

 

Alguém saberia me informar se é tranquilo chegar de carro nas propriedades citadas no texto, como a do seu Zé?

Onde é o melhor lugar para deixar o carro antes de acampar?

 

Obrigada desde já.

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
  • Conteúdo Similar

    • Por ipamscf
      PRIMEIRAMENTE: Cadê o subtópico de Paraíba?
       
       
       
      OLÁ OLÁ OLÁ! Desta vez fiz um bate e volta diferente, fui com duas amigas para a cidade de Bananeiras - PB, no brejo de altitude paraibano para curtir - e conhecer- seu São João Pé de Serra conhecido principalmente pelo frio, estrutura organizada e ambiente familiar. Vamo lá?  
      ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------ Partindo da cidade de Guarabira - PB há a opção de pegar ônibus que segue direto para a cidade de Bananeiras, linha fornecida pela empresa Rio Tinto que sai desde a cidade de João Pessoa então há a possibilidade de fazer este mesmo trajeto de ônibus saindo da capital - e pagando meia passagem -, no entanto, fomos de carro por ser mais cômodo para nós.  
      Seguindo pela PB-073 sentido norte e, depois da rotatória de Belém - PB pegando a rodovia PB-105 depois de uns bons 15 minutos, chega-se na cidade de bananeiras; embora mal iluminada, a estrada costuma estar em boas condições de tráfego mas, por sua geografia caracterizada por curvas fechadas e sempre subindo a serra, os 34 km que separam as duas cidades (Gba e Bananeiras) acabam sendo feitos em maior tempo. Nós três, indo a cerca de 60Km/h chegamos lá em 40 minutos. Por este motivo, indico viajar na maior quantidade de luz natural possível.  
      Quando já se está mais próximo da cidade já é possível ver imensas plantações de bananeiras (achei meio óbvio rsrsrs) que permeiam toda a pista fazendo, de dia, uma linda paisagem e, de noite, trazendo um pouco de receio.  
       
       
       
      Chegando na cidade não é difícil se locomover dentro dela, por ser pequenina tudo gira em torno do centro da cidade e, nas épocas juninas, de onde está localizado o pavilhão principal da festa. Como chegamos cedo - cerca de 18:40h - conseguimos um bom estacionamento, numa grande praça que há paralela à área de festejos. Nesta hora já estava fazendo bons 22º o que, para uma pessoa nascida e crescida em Hellcife, já é glacial portanto, para quem também sente frio “fácil” não dispense o casaco a bota e - dependendo né - o gorro. Seguimos andando por uma pequena rua que daria na entrada do pólo estava bem movimentada ainda e havia uns rapazes controlando o tráfego na área, nesta rua encontramos o local onde comemos que estava oferecendo lanches com um preço bom e parecia estar em ordem. O atendimento muito bom e a comida muito gostosa, tirei fotos até mesmo para “marcar” - não que seja difícil encontrar rsrs - o local pois valeu a pena comer lá.
       
       

      De lá seguimos para a pracinha que fica na parte central da cidade, quem continua subindo a serra para as cidades de Solânea e Arara, inevitavelmente, passa por ela. Muito bem enfeitada e fofinha a praça tem um clima agradável e bons banquinhos para aproveitar o frio da cidade e jogar conversa fora.  
       
      Não sei se rotineiramente mas, na época junina, esta praça fica toda enfeitada e cheia de retratações que dão fotos bem bonitas e engraçadas, até. Ficamos lá um bom tempo até, mais ou menos, a hora que começaram a chegar mais pessoas e seguimos para próximo do pólo principal.  
       
       
       
      Já no polo principal existe a área de alimentação e a área dos palcos.  
      Perto do polo há ainda uma igreja que fica no topo de um morro - subida chata viu - que de lá dá para ter uma bela vista da cidade e ainda do polo de atrações. Ainda, no topo desse morro, há uma ilha de forró pé de serra daquelas que se encontram nos sítios e fazendas, ambiente bem aconchegante para dançar um forró a dois e, neste mesmo topo, é onde ficam os - achei bem poucos - dois banheiros químicos femininos e outros dois masculinos que ficaram separados por umas barras de metal - achei muito sensível da parte dos organizadores em separar.  
       
       
      Também na rua principal, mas fora da área cercada, estão estacionados vários food trucks a preços ok. Vimos, pelo menos, dois food trucks de hambúrguer e um de comida mexicana, para se ter noção, lembro-me de um burrito de frango e outros acompanhamentos que custava R$15,00 - lembrando que, quando coloco preços aqui é para se ter uma noção pois estes podem variar -  
       
       
       
      Bananeiras é uma cidade considerada cara uma vez que é voltada para o turismo e para importação de bananas portanto, se para lá for, procure fugir das áreas principais para alimentação pois tendem a ser mais caras. As pousadas e hoteis há dois sites que encontrei informações a cerca e, as diárias variam - no período entre junho e julho - de R$150,00 até R$260,00. Por isso, como sempre digo, vale a pesquisa e o planejamento.
      No mais, é uma cidade muito charmosa, bem pequenina e fácil de se localizar fiquei verdadeiramente encantada por ela, com certeza vale a visita, especialmente nos meses de inverno - entre maio e agosto - que as temperaturas são mais amenas de dia e de noite o frio é bem diferente do que costumamos achar no nordeste.  
       
      ___________________________________________________________________________  
      Links úteis  
       
      Turismo Bananeiras: https://www.bananeiras.pb.gov.br/casa-do-turista/  
      Hospedagens: https://www.bananeiras.pb.gov.br/hospedagem/
      Guias da cidade:
      http://www.ferias.tur.br/cidade/4870/bananeiras-pb.html https://www.tripadvisor.com.br/Tourism-g2352095-Bananeiras_State_of_Paraiba-Vacations.html
      São João Bananeiras e cidades 2017:
      http://www.bananeirasonline.com.br/noticias/eventos/bananeiras-borborema-e-solanea-divulgam-programacao-completa-do-sao-joao-2017.html  
      Viação Rio Tinto: Terminal Rodoviário - R. Francisco Londres, s/n - Varadouro, João Pessoa - PB Telefone: (83) 3221-2262


×
×
  • Criar Novo...