Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Novos Tópicos

Visitante
What's on your mind?
  1. kadusts

     

    Antes de mais nada, bem vindo ao fórum !

     

    Bom, eu fui em maio/2004 pra lá, de dia era calor, dava pra ficar de camiseta e à noite despencava a temperatura. Na trilha era a mesma coisa, mas à noite era mais frio ainda.

     

    Chuva não peguei em nenhum momento.

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  23 mais
    2. aleks3003

      aleks3003

      tour peru 11 dias

      5 cuecas

      5 meias

      3 calças

      1 mijao, pra reforçar se fizer frio

      1 shor de dormir

      4 camisetas

      1 tenis

      1 blusa pesada

      1 blusa leve

      1 cachecol

      1 toca, compra na ora

      varias camisinhas... nunca se sabe né..

      grana(exencial) , compra na ora

      1 saquinho pra mochila se chover

      2 capinha de chuva daquelas de estadio pra mim.

      roupa suja lava no hostel...

      nao conheço niguem e nao to nem ai pra moda , quero viajar e curtir, sem carregar peso ,sem passar frio .....

      si boraaaaa........

      •  
    3. Mmelissa

      Mmelissa

      tour peru 11 dias

      5 cuecas

      5 meias

      3 calças

      1 mijao, pra reforçar se fizer frio

      1 shor de dormir

      4 camisetas

      1 tenis

      1 blusa pesada

      1 blusa leve

      1 cachecol

      1 toca, compra na ora

      varias camisinhas... nunca se sabe né..

      grana(exencial) , compra na ora

      1 saquinho pra mochila se chover

      2 capinha de chuva daquelas de estadio pra mim.

      roupa suja lava no hostel...

      nao conheço niguem e nao to nem ai pra moda , quero viajar e curtir, sem carregar peso ,sem passar frio .....

      si boraaaaa........

      •  
    4. aleks3003

      aleks3003

      que feio.... vou te dar a oportunidade de se redimir.................

      •  
  2. po, to fazendo de natal pra pipa e pra baixo, até a bahia, na mesma epoca... senao animava trankilo... mas seu roteiro é bem bacana sim, dá uma olhada nos outros topicos daki q tem dicas bem boas... no mais, boa viagem proce, menina argentina

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  63 mais
    2. Crisley_2000

      Crisley_2000

      Aew, Pellegrini,

      sou de Natal...olha, na boa, depende do que vc vai querer fazer em Natal. Porque, uma coisa é Natal, outra coisa são as praias do litoral, entende?...tipo, Natal e Pipa são lugares diferentes...são distantes, tem q se fazer de carro ou de ônibus!...depende do que vc vai querer fazer em Natal. Tem as praias do litoral norte, que são boas, mas não se encontra procurando na internet, a não ser as Dunas de Genipabu. O passeio de Buggy (ou, bugre) é bom, apesar de eu nunca ter feito ele!...vc vai em todo o litoral norte, ou então, vai soh nas dunas de genipabu!...

      O povo fala de Ponta Negra, mas, digo uma coisa pra vc...Ponta Negra à noite eu te digo o que é legal: Sancho Pub (boate: até meia-noite, mulher de graça e homem paga R$ 10,00), Taverna Pub (bandas todos os dias. Acho que o valor eh de R$ 12,00 ou R$ 15,00), Sgt Peppers (o bar mais alternativo, muito massa, com sinuca, bandas, cerveja gelada, pessoal alternativo: a galera do rock, do reggae e os indies se encontram por lah. Não paga pra entrar. Cerveja: R$ 3,80, garrafa), Rastapé (galera forrozeira, pra curtir um arrasta-pé. R$ 10,00). Todos estes locais são vizinhos. Fora deles, ou seja, na parte externa destes bares e boates, só europeu (99% homens) e as profissionais do XXX.

      Á noite, é bom desfrutar dos bares que ficam na praia do meio ou dos bares de Candelária (por aqui, a cerveja gira em torno de R$ 2,50 a R$ 3,00, garrafa; petiscos, como, por exemplo, um prato de carne de sol com macaxeira, ou de filé com fritas, está R$ 13,90, onde duas pessoas comem bem).

      A história de Natal pouco é procurada por turistas, não existe, por parte da prefeitura, um projeto para mostrar a riqueza cultural que temos, mas, digo a vc que, caso queira, pode ir conhecer o bairro da ribeira, a praça André de Albuquerque, a Capitania das Artes, o Solar Bela Vista, o Museu Câmara Cascudo, o Museu de Arte Sacra, a Igreja do Galo e seu convento dos franciscanos, tomar uma cervejinha no Beco da Lama, onde se encontram os poetas da cidade para recitar seus versos entre uma cerveja e outra.

      Se quer boate, vá conhecer a NYX, na praia do Meio, vá a um rodízio de camarão, na Barraca do Caranguejo, lá em Ponta Negra, na orla (av. Erivam França).

      Uma boa é conhecer os parrachos de Maracajaú. Vá no Aquário Natal (com uma imensa variedade de animais marinhos, bem como terrestres tb, onde vc pode tocar os tubarões e ver pinguins. Valor: R$ 18,00, inteira e R$ 9,00 estudante). Vá na Fortaleza dos Reis Magos (R$ 3,00, inteira e R$ 1,50, estudante).

      Bem, vou abrir um tópico pra colocar um roteiro de natal que fiz, pra tentar ajudar vc e outros.

       

      Adorei suas dicas, teria atualizado esses preços, estou pensando em ir em junho pra natal e ficar hospedada no che lagarto em ponta negra, teno algumas duvidas sobre aeroporto x hostel preços e tal, e as dunas q qro conheçer e tals!!!

      •  
    3. Wander Ricardo

      Wander Ricardo

      Ola a todos!

      Estou começando a planejar uma viagem para NATAL! Por isso gostaria de contar com a ajuda de vcs! Vou com minha família, por isso procuro as praias mais indicadas e alguns passeios!Obrigado

      •  
    4. Wander Ricardo

      Wander Ricardo

      Alguma dica do que fazer e onde ir em Natal? Estou planejado viajar no ano que vem?

      •  
  3. sim

    Não tem nada de mais quanto ao conforto mas são mais resistentes ao rasgo.

    Tem umas calças militares em rip stop.

     

    nilton

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  12 mais
    2. LeoRJ

      LeoRJ

      Morotin

       

      Salopette é estilo jardineira (com suspensórios). Independentemente do fabricante, se estiver usando material da mesma densidade a resistência será bem parecida. Nesse caso, ambas usam o mesmo Rip Stop.

       

      A Salopette que existem dois modelos. O Climber e o Expedition Climber. A diferença é que a Expedition tem uma abertura bem grande de zipper na bunda, pois fazer suas necessidades em locais a baixo de 0ºc, fica bem difícil ter que arriar as calças. ::Cold::::lol4::

       

      Se tratando de vestimentas, fica difícil te dizer para que condições climáticas poderão ser usadas. Não é assim que funciona, pois são vários fatores envolvidos, principalmente a emanação de calor corporal. Eu já usei em climas de quase -30ºc (usando em camadas) e em climas de mais de 10ºc. Pode variar muito !!

       

      Depois dá uma olhada nesse tutorial: http://www.mochileiros.com/tutorial-vestir-se-em-locais-frios-sistema-de-camadas-t32962.html

       

      Abraço,

      Leo

      •  
    3. Morotin

      Morotin

      Salve!

       

      Muito obrigado Leo pelas explicações de extrema relevância prática...

      eu tenho uma calça de nylon impermeável da nike mas acho muito frágil,

      parece que qualquer galho vai rasgar o tecido...

      então procuro algo resistente e que seja impermeável,

      então acho que vou comprar a calça patagônia climber da manaslu.

      muito obrigado mesmo!

      grande abraço e boas aventuras...

      •  
    4. LeoRJ

      LeoRJ

      Sem problema !!

       

      Boa sorte na escolha ::cool:::'> ::cool:::'> ::cool:::'>

       

      Abraço,

      Leo

      •  
  4. Dicas do Procon-SP:

     

    Bagagem em viagens rodoviáriasid="blue">

     

    O passageiro deve tomar certos cuidados como identificar a mala por dentro e por fora com endereço de origem e de destino; se estiver transportando presentes, levar consigo na bagagem de mão as notas fiscais de compra; carregar os documentos pessoas e objetos de valor, como jóias, também na bagagem de mão e, por fim, exigir que um funcionário da empresa transportadora identifique toda a bagagem com um tíquete próprio, do qual uma parte fica com o passageiro.

    Fique atento especialmente aos pertences levados na mão, principalmente nas paradas e escalas, uma vez que existem diferentes posicionamentos sobre quem deve ser responsabilizado por eventuais problemas.

     

    Existe um Decreto Lei de 1998 que determina valores máximos para extravio e avaria na bagagem mas nem sempre a quantia reembolsada espelha a realidade e, desta forma, o consumidor acaba tendo que procurar seus direitos judicialmente.

     

    Bagagens transporte aéreoid="blue">

     

    As malas, sacolas, pacotes ou bolsas de mão devem ser identificadas, dentro e fora, com etiquetas que contenham seu nome, endereço completo e telefone. Eventuais excessos de bagagem podem ser cobrados portanto, é aconselhável verificar com antecedência o limite de peso ou volume determinado pela companhia (deve constar na passagem).

     

    Após o check-in, ou seja recepção para embarque, a empresa aérea se torna responsável pela sua bagagem e deve indenizá-lo em caso de extravio ou danos. Para garantir sua segurança, faça uma declaração dos itens contidos na bagagem, discriminando os de valores e guarde uma via. Caso a empresa se recuse a aceitar a declaração, entre em contato com o DAC ¿ Departamento de Aviação Civil, no próprio aeroporto. Existe também um seguro de bagagem; verifique no balcão da empresa como funciona e o valor da taxa cobrada.

     

    Equipamentos eletrônicos como máquina fotográfica, filmadora, computador portátil etc. devem ser declarados no posto da Receita Federal localizado dentro do aeroporto.

     

    Caso a bagagem seja enviada por engano para outro destino, deve ser registrada imediatamente a ocorrência no balcão da companhia aérea. A empresa é obrigada a enviar a bagagem em questão no local indicado pelo dono.

     

    Guarde bem o comprovante de embarque das bagagens pois ele é a prova de que as mesmas foram entregues no balcão da companhia.

     

     

    seguro viagemid="blue">

     

    Nunca se sabe quando poderá ocorrer um imprevisto com a saúde ou com a bagagem. Para evitar estes aborrecimentos, existe no mercado o chamado seguro de viagem.

     

    Se no valor do pacote turístico não estiver incluso algum tipo de seguro viagem, ele poderá ser contratado por meio das próprias agências ou de uma corretora de sua confiança. Nos pagamentos de passagens aéreas por meio de cartão de crédito muitas vezes inclui-se seguro de viagem.

     

    A apólice pode abranger não somente doenças, medicamentos e morte, como também extravio de bagagem. Portanto, o consumidor precisa definir qual a cobertura que mais atende as suas necessidades e fazer com que ela seja estipulada claramente no contrato, assim como: período e no que consiste a cobertura; valor da indenização; cláusulas de exclusão de cobertura ou de cancelamento; cobertura a terceiros, se houver; identificação das partes envolvidas etc.

     

    No caso de já possuir uma apólice de seguro de vida, o consumidor pode verificar junto a seguradora se há cobertura para eventuais imprevistos durante viagens.

     

    hospedagemid="blue">

     

    Deve-se procurar obter o maior número de informações possíveis sobre a infra-estrutura do estabelecimento, como: como são as acomodações; os serviços que oferece - lazer, refeitório, sala de TV e/ou leitura etc.; veja se próximo ao local existe condução, farmácia, restaurante etc.; se esta registrado na Embratur e qual a classificação que recebeu e tudo mais que achar necessário.

    Verifique se o estabelecimento possui algum panfleto publicitário e, em caso positivo, peça para que seja enviado um exemplar.

     

    Estes dados podem ser adquiridos em revistas e guias especializados, junto a conhecidos que já tenham se hospedado no local e na Internet.

     

    Após a escolha do hotel, pousada ou pensão, o consumidor deve solicitar a confirmação da reserva via fax ou email. Outro dado que não pode ser esquecido é quanto a confirmar os horários de início e término da diária e se há refeições inclusas nela. Todas as condições estabelecidas e oferecidas devem estar registradas em contrato.

     

    Se ao chegar ao local a situação for adversa ao combinado, o consumidor deve procurar munir-se de documentos que comprovem o ocorrido, como fotos, por exemplo.

     

    Quando o consumidor necessitar usar o cofre de hotel para guardar dinheiro, objetos de valor ou documentos é aconselhável verificar se o cofre é individual ou coletivo, quem tem acesso ao mesmo, se existe horário para funcionamento, se há cobertura de seguro e se existe alguma taxa por este serviço.

     

    Caso o estabelecimento não possua um formulário próprio, pode-se fazer uma declaração em duas vias discriminando detalhadamente o que está sendo guardado. Uma via, assinada pelas partes, fica de posse do consumidor e a outra com o responsável pela guarda.

     

    Na retirada de algum pertence do cofre, deve-se ficar alerta para que seja dada baixa corretamente no documento de registro de entrada.

     

     

    locação de veículoid="blue">

     

     

    Deve ser verificado:

     

    >> se a empresa cobra tarifa de proteção ou seguro, no que consiste e se está incluso na diária;

     

    >> em caso de acidentes com danos materiais: como proceder; como funciona a cobrança dos custos para reparos; no caso de haver seguro, quem é o responsável pela franquia e se é cobrada diária enquanto o veículo estiver no conserto;

     

    >> quem será responsável pelo pagamento de gastos com guincho, se for o caso;

     

    >> na ocorrência de furto ou assalto como proceder;

    como é cobrada a locação: por quilometragem, por hora/dia ou por outra forma;

     

    >> se existe pacotes semanais ou mensais e, se o custo é mais vantajoso;

     

    >> como funciona a questão de combustível na retirada e entrega do veículo;

     

    >> total de horas que compõe a diária e taxas devidas por horas excedentes quando do atraso na devolução.

     

    Todos estes dados, assim como a identificação das partes, devem estar estipulados em contrato.

     

    Ao receber o veículo, o locatário deve anotar o dia e horário exatos e fazer uma vistoria no veículo. Se houver alguma diferença entre o serviço contratado e o apresentado, deve ser feita uma observação no contrato ou solicitar a troca por outro veículo.

     

    No caso de problemas nas locações para o exterior, efetuadas antecipadamente em empresas com representantes no Brasil, as reclamações podem ser encaminhadas a um órgão de defesa do consumidor no Brasil.

     

    Mas, quando a locação é feita diretamente com empresa no exterior, o consumidor fica atrelado a legislação do país onde se localiza a empresa em questão.

    •   
    1. murillus

      murillus

      Dicas do Procon-SP:

       

      Bagagem em viagens rodoviáriasid="blue">

       

      O passageiro deve tomar certos cuidados como identificar a mala por dentro e por fora com endereço de origem e de destino; se estiver transportando presentes, levar consigo na bagagem de mão as notas fiscais de compra; carregar os documentos pessoas e objetos de valor, como jóias, também na bagagem de mão e, por fim, exigir que um funcionário da empresa transportadora identifique toda a bagagem com um tíquete próprio, do qual uma parte fica com o passageiro.

      Fique atento especialmente aos pertences levados na mão, principalmente nas paradas e escalas, uma vez que existem diferentes posicionamentos sobre quem deve ser responsabilizado por eventuais problemas.

       

      Existe um Decreto Lei de 1998 que determina valores máximos para extravio e avaria na bagagem mas nem sempre a quantia reembolsada espelha a realidade e, desta forma, o consumidor acaba tendo que procurar seus direitos judicialmente.

       

      Bagagens transporte aéreoid="blue">

       

      As malas, sacolas, pacotes ou bolsas de mão devem ser identificadas, dentro e fora, com etiquetas que contenham seu nome, endereço completo e telefone. Eventuais excessos de bagagem podem ser cobrados portanto, é aconselhável verificar com antecedência o limite de peso ou volume determinado pela companhia (deve constar na passagem).

       

      Após o check-in, ou seja recepção para embarque, a empresa aérea se torna responsável pela sua bagagem e deve indenizá-lo em caso de extravio ou danos. Para garantir sua segurança, faça uma declaração dos itens contidos na bagagem, discriminando os de valores e guarde uma via. Caso a empresa se recuse a aceitar a declaração, entre em contato com o DAC ¿ Departamento de Aviação Civil, no próprio aeroporto. Existe também um seguro de bagagem; verifique no balcão da empresa como funciona e o valor da taxa cobrada.

       

      Equipamentos eletrônicos como máquina fotográfica, filmadora, computador portátil etc. devem ser declarados no posto da Receita Federal localizado dentro do aeroporto.

       

      Caso a bagagem seja enviada por engano para outro destino, deve ser registrada imediatamente a ocorrência no balcão da companhia aérea. A empresa é obrigada a enviar a bagagem em questão no local indicado pelo dono.

       

      Guarde bem o comprovante de embarque das bagagens pois ele é a prova de que as mesmas foram entregues no balcão da companhia.

       

       

      seguro viagemid="blue">

       

      Nunca se sabe quando poderá ocorrer um imprevisto com a saúde ou com a bagagem. Para evitar estes aborrecimentos, existe no mercado o chamado seguro de viagem.

       

      Se no valor do pacote turístico não estiver incluso algum tipo de seguro viagem, ele poderá ser contratado por meio das próprias agências ou de uma corretora de sua confiança. Nos pagamentos de passagens aéreas por meio de cartão de crédito muitas vezes inclui-se seguro de viagem.

       

      A apólice pode abranger não somente doenças, medicamentos e morte, como também extravio de bagagem. Portanto, o consumidor precisa definir qual a cobertura que mais atende as suas necessidades e fazer com que ela seja estipulada claramente no contrato, assim como: período e no que consiste a cobertura; valor da indenização; cláusulas de exclusão de cobertura ou de cancelamento; cobertura a terceiros, se houver; identificação das partes envolvidas etc.

       

      No caso de já possuir uma apólice de seguro de vida, o consumidor pode verificar junto a seguradora se há cobertura para eventuais imprevistos durante viagens.

       

      hospedagemid="blue">

       

      Deve-se procurar obter o maior número de informações possíveis sobre a infra-estrutura do estabelecimento, como: como são as acomodações; os serviços que oferece - lazer, refeitório, sala de TV e/ou leitura etc.; veja se próximo ao local existe condução, farmácia, restaurante etc.; se esta registrado na Embratur e qual a classificação que recebeu e tudo mais que achar necessário.

      Verifique se o estabelecimento possui algum panfleto publicitário e, em caso positivo, peça para que seja enviado um exemplar.

       

      Estes dados podem ser adquiridos em revistas e guias especializados, junto a conhecidos que já tenham se hospedado no local e na Internet.

       

      Após a escolha do hotel, pousada ou pensão, o consumidor deve solicitar a confirmação da reserva via fax ou email. Outro dado que não pode ser esquecido é quanto a confirmar os horários de início e término da diária e se há refeições inclusas nela. Todas as condições estabelecidas e oferecidas devem estar registradas em contrato.

       

      Se ao chegar ao local a situação for adversa ao combinado, o consumidor deve procurar munir-se de documentos que comprovem o ocorrido, como fotos, por exemplo.

       

      Quando o consumidor necessitar usar o cofre de hotel para guardar dinheiro, objetos de valor ou documentos é aconselhável verificar se o cofre é individual ou coletivo, quem tem acesso ao mesmo, se existe horário para funcionamento, se há cobertura de seguro e se existe alguma taxa por este serviço.

       

      Caso o estabelecimento não possua um formulário próprio, pode-se fazer uma declaração em duas vias discriminando detalhadamente o que está sendo guardado. Uma via, assinada pelas partes, fica de posse do consumidor e a outra com o responsável pela guarda.

       

      Na retirada de algum pertence do cofre, deve-se ficar alerta para que seja dada baixa corretamente no documento de registro de entrada.

       

       

      locação de veículoid="blue">

       

       

      Deve ser verificado:

       

      >> se a empresa cobra tarifa de proteção ou seguro, no que consiste e se está incluso na diária;

       

      >> em caso de acidentes com danos materiais: como proceder; como funciona a cobrança dos custos para reparos; no caso de haver seguro, quem é o responsável pela franquia e se é cobrada diária enquanto o veículo estiver no conserto;

       

      >> quem será responsável pelo pagamento de gastos com guincho, se for o caso;

       

      >> na ocorrência de furto ou assalto como proceder;

      como é cobrada a locação: por quilometragem, por hora/dia ou por outra forma;

       

      >> se existe pacotes semanais ou mensais e, se o custo é mais vantajoso;

       

      >> como funciona a questão de combustível na retirada e entrega do veículo;

       

      >> total de horas que compõe a diária e taxas devidas por horas excedentes quando do atraso na devolução.

       

      Todos estes dados, assim como a identificação das partes, devem estar estipulados em contrato.

       

      Ao receber o veículo, o locatário deve anotar o dia e horário exatos e fazer uma vistoria no veículo. Se houver alguma diferença entre o serviço contratado e o apresentado, deve ser feita uma observação no contrato ou solicitar a troca por outro veículo.

       

      No caso de problemas nas locações para o exterior, efetuadas antecipadamente em empresas com representantes no Brasil, as reclamações podem ser encaminhadas a um órgão de defesa do consumidor no Brasil.

       

      Mas, quando a locação é feita diretamente com empresa no exterior, o consumidor fica atrelado a legislação do país onde se localiza a empresa em questão.

      •  
  5. komo e posso te ajudar de boa mas vc tem q dizer quando q ta la

    pois la rola aquele velho lance de alta tmb ..

    mas tem p todo preco de boa ...entao .. podem contar comigo vou passar os contatos e tudo p vcs ...blz!

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  74 mais
    2. Gisele Mendes

      Gisele Mendes

      Boa tarde!

       

      Alguém pode me informar sobre os campings de jeri? há muita opção de camping?

       

      Quanto custa no mês de março?

       

      Os campings são seguros?

       

      Poderiam me indicar algum?

       

      Obrigada.

      •  
    3. prievellin

      prievellin

      oi gente....queria ir pra jeri no reveillon 15/16...mais to pesquisando pousadas e os precos estao mt altos...alguem conhece alguma hospedagem para esse periodo mais em conta?..vlwwww

      •  
    4. naatypasquini

      naatypasquini

      Gisele eu também to indo em Março e procurando um camping! :)

      Vc já achou alguma coisa?

      beijos

      •  
  6. dê uma olhada no site http://www.buquebus.com ... lá você encontra todos os preços e horários.

     

    Aproveite para conhecer tambéma cidade de Colônia no Uruguay. Vale a pena fazer uma escala lá de um dia ou mais se quiser curtir um lugar sossegado.

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  281 mais
    2. RaisaRodarte

      RaisaRodarte

      Olá, bom dia! Estou com o mesmo problema no site da Colônia Express. Não consigo alterar a nacionalidade de uruguaio pra brasileiro. Se eu comprar a passagem mesmo assim, conseguirei embarcar? 

      Alguém sabe me dizer? Alguém passou por isso?  

      Guilherme, vc já viajou? Como fez? 

      •  
    3. lhneves

      lhneves

      Só para atualizar. Estive no Uruguai agora em dezembro/2017 e a Agência que vendia as passagens e fazia cambio e que ficava junto a rodoviária fechou. Agora para comprar o buquebus direto no balcão tem que seguir um pouco a frente e comprar no saguão de checkin. A agencia de cambio também mudou-se para lá.

      •  
    4. D FABIANO

      D FABIANO

      Não tem preocupação de quem é pedestre de comprar antes.

      Tem muito,mas muuuuito lugar mesmo,difícil acabar.

      Fui ex,comprei antes na primeira, paguei caro na agencia da Argentina e vi um monte de gente comprando na hora,como fiz na 2 vez,quando fui conhecer Colônia,dessa vez fui sozinho a buquebus.

      A não ser que agora,alta temporada, tenha muito movimento,comprem na véspera lá mesmo e não paguem IOF.

      •  
  7. Ja estive 2 vezes no Aconcagua: uma pra escala-lo e outra pra fazer caminhadas nos arredores, e existe a possibilidade de faze-lo pelo Chile tb. Na segunda vez fui de carona, de Santiago ate Pte del Inca. Contudo, pra subir o Aconcagua, é necessario ir ate Mendoza colher o visto q da permissao de entrar no pq, q hj ta bem salgadinho.

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  162 mais
    2. Mauro J R Silva

      Mauro J R Silva

      Estou planejando ir a Mendoza e pretendo ir até o parque do Aconcágua, fazer uma caminhada. Tenho um dia e pensei em fazer um Bate-e-volta ao acampamento de Confluenza. A pergunta é: vale a pena? Indo apenas até lá, já dá para ter uma visão boa do Aconcágua ou precisaria ir até Plaza Francia? (sei que não conseguiria fazer em um dia) 
      Ir só até Confluenza já seria compensador ou existe outra trilha melhor naquela região que pode ser feita em apenas um dia?

      Agradeço toda e qualquer dica!

      Sds!, MAuro Silva (rio de Janeiro)

      •  
    3. vanessa.miranda

      vanessa.miranda

      On 14/08/2017 at 2:31 PM, Mauro J R Silva said:

      Estou planejando ir a Mendoza e pretendo ir até o parque do Aconcágua, fazer uma caminhada. Tenho um dia e pensei em fazer um Bate-e-volta ao acampamento de Confluenza. A pergunta é: vale a pena? Indo apenas até lá, já dá para ter uma visão boa do Aconcágua ou precisaria ir até Plaza Francia? (sei que não conseguiria fazer em um dia) 
      Ir só até Confluenza já seria compensador ou existe outra trilha melhor naquela região que pode ser feita em apenas um dia?

       

      Oi Mauro! É possível avistar bem o Aconcágua com uma caminhada de uns 15 min a partir da entrada do parque (essa vista da imagem abaixo), mas em Confluência não. Eu particularmente não acho que vale a pena o trekking só até Confluência. Se quiser ir até o mirante da face sul perto da Plaza Francia, é possível sim fazer em um dia, se começar cedinho. Umas 2,5 a 3 hs até Confluência, mais 4 a 5 hs até Plaza Francia, e umas 2,5 a 3 hs pra voltar tudo (lembrando que os dias são longos lá no verão).  O trekking não é permitido nesta época do ano. Quando vc está planejando ir?

      aconcagua.png

      •  
    4. mcparadinha

      mcparadinha

      Sem o permisso. não é possível chegar a confluência,

      •  
  8. Cara no Chile duvido que a policia caminera aceite propina passei por uma situação parecida e fiz um financiamento para quitar o veicúlo que ficava mais facil

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  70 mais
    2. MauroBrandão

      MauroBrandão

      complementando

       

      A grande maioria das apólices só vale no território nacional. Quem viaja para o exterior precisa se garantir, pois os sinistros que ocorrem depois da fronteira só estão cobertos se isso constar na apólice. Caso contrário, o segurado não tem direito à indenização. Além disso, poucos sabem que levar o carro para fora do Brasil tem mais uma exigência: o motorista precisa contratar um seguro obrigatório quando viaja para os países do Mercosul.

      •  
    3. Família Acolá

      Família Acolá

      Gente. Pedi a carta para a financeira Itaucard o q me custou R$199,00. Esqueci de solicitar q ela tivesse a firma reconhecida e fosse autenticada em cartório. Será q eles já fazem isso como praxe ou vou ter mais um trabalho?

      •  
    4. Rafael Nunes307

      Rafael Nunes307

      A minha, na época, já foi encaminhada com tudo isso. Acredito que seja a prática corriqueira para emissão de documentos do gênero. Não tivemos dificuldades com isso na fronteira, uma vez que só viram o documento que o titular do financiamento assinou(protocolado no consulado uruguaio, no nosso caso), a carta verde, minha habilitação, identidade e o doc do veículo.

      Grande abraço!

      •  
  9. Amparo - SP

     

    É conhecida como a capital histórica do Circuito das Águas, por ainda preservar muitas construções de séculos anteriores, algumas bem conservadas, outras nem tanto. Sua arquitetura está muito mais presente na região central, mas infelizmente a maior parte tem lojas no primeiro andar, mudando um pouco as caracteristicas originais.

     

     

    Atrações

     

    Parque Ecológico Municipal:área de 26.000m2, lazer ecológico, passeios por trilhas e riachos, exposição permanente sobre meio ambiente e centro de educação ambiental; espaço das carpas e tigres d'água, hidroponia; jardim com aves, ervas aromáticas e medicinais, jabutis e viveiro de mudas. No Parque estão ainda o Observatório Astronômico, o Orquidário Dr. Paulino Recch com cerca de 15.000 orquideas híbridas, a Sede da Polícia Florestal e de manaciais, a Casa da Agricultura e o Serviço de Defesa Agropecuária. Rua Salermo s/n° Bairro Jardim das Orquideas. Tel: (19)38079088; a 3km do centro.

     

    Parque Turistico Chico Mendes: 7000m2 de área de lazer com parque infantil; no morro da Biquinha, 92m altitude; Cristo Redentor e vista panorâmica da cidade; acesso pela Rodovia Amparo/Itapira.

     

    Jardim Publico ou Parque Alonso de Ferreira de Camargo

    fontes, parque infantil e coreto; Rua Luiz Leite s/n - em frente a Igreja São Benedito.

     

    Catedral de N. Sra. do Amparo (Matriz):

    construção em estilo neo-clássico, iniciado por volta de 1850 no local da primeira capela; no altar, imagem de N. Senhora do Amparo, trazida de Portugal em 1877 por D.Anna Cintra, esposa do Barão de Campinas; Praça Monsenhor João Baptista Lisboa s/n°, Centro.

     

    Igreja N. Sra. do Rosário:

    1831; durante as missas os balcões superiores eram reservados ás ricas famílias de produtores rurais, enquanto os escravos permaneciam no térreo; serviu como Câmara Municipal e foi palco de conflito político entre liberais e conservadores; Largo do Rosário, Centro. Só abre no mês de outubro e em datas especiais.

     

    Igreja de São Benedito:

    construção iniciada em 1885 e concluída em 1990; tradicional festa de Santo Antônio, 13 de junho; Largo São Benedito, 117.

    Prédio da Sociedade de Mutua Assistencia:

    1901; antigo Grêmio Recreativo Italiano e Cine Teatro Central, hoje sede da Prefeitura Municipal e do Ibge; Praça Monsenhor João Baptista Lisboa, 50, Centro.

     

    Hospital Beneficência Portuguesa:

    contruida em estilo manuelino, no inicio do século 20, pela colônia portuguesa de Amparo; Av. Bernadino de Campos, 207, Centro; tel.(19) 38074999

     

    Santa Casa Anna Cintra:

    hospital mandado construir pelo Barão de Campinas em memória de sua esposa, inaugurado em 20.03.1890; RUa Anna Cintra, 332, Centro; tel.(19)38074477

     

    Antigo Paço e Fórum Municipal:

    atualmente sede do Batalhão de Polícia Militar do Interior; Centro.

     

    Estação Ferroviária da Cia. Mogiana:

    prédio construído em 1875; a Cia Mogiana foi criada com o objetivo de escoar a produção de café, o que antes era feito em lombo de animais; no local, Cine Estação com sessôes diárias; Praça Pádua Salles.

     

    E.T.E. João Belarmino:

    escola de ensino profissionalizante, fundada em 1911; Rua Sete de Setembro, 299, Centro; tel(19) 38072288

     

    E.E. Rangel Pestana:

    inaugurado em 1915; seu patrono foi Dr. Francisco Rangel Pestana, jornalista, deputado, senador e fundador do jornal "A Província de São Paulo", atual jornal "O Estado de São Paulo"; Praça Meireles Reis.

     

    Biblioteca Municipal Carlos Ferreira:

    fundada em abril de 1900; acervo de 19.300 volumes; Praça Monsenhor João Baptista Lisboa, 141, Centro, ao lado da igreja Matriz. tel.(19)38072508.

     

    Museu Histórico e Pedagógico Bernardino de Campos:

    inaugurado em 1975 em prédio do século 19; um dos mais completos museus do Estado; rico acervo de aproximadamente 12000 peças - porcelanas, cristais, mobiliario e instrumentos musicais - distribuidos em doze ambientes que ilustram a história de Amparo desde sua fundação; material cirúrgico e peças da primeira botica de Amparo(século 19), além de alguns carros antigos; biblioteca e hemeroteca com acervo a partir do séc.19; Rua Luiz Leite,7,Centro; tel.(19) 38072742.

    Pinacoteca Municipal "Dr. Constâncio Cintra":

    grande acervo de quadros, esculturas, gravuras e fotografias; no local funcionam a Casa da Cultura e Videoteca de Amparo; Praça Pádua Salles, 174, Centro; tel.(19) 38078999.

     

     

     

    História

     

    Por volta de 1816, às margens do Rio Camanducaia, já havia uma capelinha dedicada à N. Sra. do Amparo, transferida para a encosta da serra devido às inundações. Em 1857, a então Vila descobre a riqueza com o café, do qual se torna a maior produtora do país. Surgem os casarões e os sobrados, bancos, estabelecimentos comerciais e hospitais, os teatros e os jornais diários, a estrada de ferro, e também os escravos e imigrantes. A crise econômica de 1927 e as revoluções nacionais de 1930 e 1932 abalam a cidade por algumas décadas. Depois de um período de estagnação, a economia de Amparo ganha novo impulso com a preservação de seu patrimônio cultural, o turismo histórico e rural, a indústria de confecção, as feiras de artesanato, os esportes de natureza, hotéis-fazenda e pousadas, bares e restaurantes que movimentam visitantes de várias origens.

     

     

    Onde ficar:

     

    Chalés & Cia

    Endereço: Rua José Rossetti, 90 - Chácara São Francisco

    Telefone: (19) 3807- 5204

    Capacidade: 52 pessoas

    Pensão: Café da Manhã só em final de semana ou durante a estada do grupo

     

    Grande Hotel Amparo

    Endereço: Praça Monsenhor João Baptista Lisboa, 33 - Centro

    Telefone: (19) 3807-8184 / 3807-2859

    Capacidade: 88 pessoas

    Pensão: Café de Manhã

     

    Maranim Plaza Hotel

    Endereço: Av. Dr. Carlos Burgos, 1.175 - Centro

    Telefone: (19) 3808-3971 / 3808-2020

    Capacidade: 70 pessoas

    Pensão: Café da Manhã

     

    Ancona Center Hotel

    Endereço: Rua José Fontana, 120 - Centro

    Telefone: (19) 3807-5866

    Capacidade: 100 pessoas

    Pensão: Café da Manhã

     

    Hotel Sant'Ana

    Endereço: Fazenda Sant'Ana - Bairro Córrego Vermelho

    Telefone: (19) 3808-7500 / (11) 5505-8443 / 0800-7077050

    Capacidade: 82 pessoas

    Pensão: Completa (inclusa no pacote)

     

    Chalés Sierra

    Endereço: Rodovia Amparo / Serra Negra - Km 141

    Telefone: (19) 3807- 9820

    Capacidade: 60 pessoas

    Pensão: Café e Almoço (opção no pacote)

     

    Bocaina - Associação dos Funcionários Públicos do Estado de São Paulo

    Endereço: Rodovia Amparo / Monte Alegre do Sul - Km 01

    Telefone: (19) 3807-9841 / 3807-2870

    Capacidade: 160 pessoas

    Pensão: Pensão Completa (inclusa)

     

    Pousada das Estâncias

    Endereço: Rodovia SP 360 - Km 137

    Telefone: (19) 3807-2434

    Capacidade: 45 pessoas

    Pensão: Café da Manhã

     

    Pousada Dois Lagos

    Endereço: Rodovia Amparo / Bragança Paulista - Km 30 - Bairro do Sertãozinho

    Telefone: (19) 3808- 3214

    Capacidade: 6 chalés com capacidade para 4 pessoas (cada um)

    Pensão: Meia Pensão

     

    Pousada Coisas da Terra e do Céu

    Endereço: Bairro dos Rosas

    Telefone: (19) 3817-3087

    Capacidade: 31 pessoas

    Pensão: Café da Manhã (opcional)

     

    Pousada Fazenda São Joaquim

    Endereço: Rodovia João Beira, SP 95, km 48,4

    (atraz Frigorifico Pena Branca) 1.800 metros de estrada de terra.

    Telefone: (19) 3807-4122 ou 9765-7418

    Capacidade: 30 pessoas

    Chales: um ou dois quartos, sala, cozinha e banheiro.

     

    Bougainville Hotel Fazenda

    Endereço: SP 95 Rodovia João Beira, Km 45 - estrada Amparo/Pedreira

    Telefone: (19) 3807-3034

     

    Hotel Fazenda Vanguarda

    Endereço: Rodovia Amparo/ Itapira - Km 144

    Telefone: (19) 3807-2024 / (13) (13) 3236-3230

    Capacidade: 100 pessoas

    36 apartamentos: 12 duplos e 24 triplos (incluso pensão completa); 04 chalés: 03 com capacidade de 15 pessoas e 01 com capacidade de 08 pessoas (pensão completa opcional); 02 alojamentos: com capacidade de 100 pessoas (pensão completa opcional)

     

    Hotel Resort Canto da Floresta

    Endereço: Sítio São João - Bairro da Forquilha / Rodovia Amparo-Monte Alegre

    Telefone: (19) 3899-1296 / 0800-70-77-050

    Horário de funcionamento: todos os dias das 07:30 às 23:30 horas

    Capacidade: 142 pessoas

    Pensão: Completa

     

    Chalés Fazenda São Pedro

    Endereço: Estrada Municipal, 141 - Bairro Córrego Vermelho (Prolongamento da Rua Francisco Franco de Moraes)

    Telefone: (19) 3807-2908

    Horário de funcionamento: todos os dias no horário comercial

    Capacidade: 20 pessoas

    Pensão: Não oferece

     

    Camping da Prainha

    Endereço: Estrada Municipal s/nº - Jaguari (Indo na direção de Pedreira, entrar onde tem uma placa q diz: Reserva Ecologica)

    Telefone: (11) 7391-5379

    Onde comer:

     

    Restaurante Ponto 8

    Endereço: Praça Monsenhor João Baptista Lisboa, s/nº - Centro

    Telefone: (19) 3807-8014

    Tipo de serviço: Self service

    Horário de funcionamento: todos os dias das 11h às 14h30

    Capacidade: 120 pessoas

     

    Restaurante A Colônia

    Endereço: Fazenda São Sebastião

    Endereço: (19) 3808-3900

    Tipo de Serviço: a la carte

    Horário de Funcionamento: sábado, domingo e feriados, das 11h às 17h

    Capacidade: 80 pessoas

     

    Restaurante Casa da Mama

    Endereço: Rua Comendador Guimarães, 37 - Centro

    Telefone: (19) 3807-5536

    Tipo de Serviço: Self-service

    Horário de Funcionamento: todos os dias, a partir das 11h

    Capacidade: 100 pessoas

     

    Restaurante Corsetti

    Endereço: Rodovia SP 95 Km 45 - Amparo x Pedreira

    Telefone: (19) 3807-4915

    Tipo de Serviço: Self-service

    Horário de Funcionamento: todos os dias, das 7h às 15h

    Capacidade: 160 pessoas

     

    Restaurante Empório Tropeiro

    Endereço: Rodovia SP 107 Km 6 - Arcadas X Santo Antonio de Posse

    Telefone: (19) 3807-1717

    Horário de Funcionamento: sábado, domingo e feriados a partir das 10h

    Capacidade: 150 pessoas

     

    Restaurante Fazenda Vanguarda

    Endereço: Rodovia Amparo x Itapira Km 144 - Bairro do Pantaleão

    Telefone: (19) 3807-2024

    Tipo de Serviço: Self-service

    Horário de Funcionamento: todos os dias, das 11h às 15h e das 17h às 23h

    Capacidade: 100 pessoas

     

    Churrascaria Gaúcho Tchê

    Endereço: Praça Pádua Salles, 65 - Centro

    Telefone: (19) 3808-3436

    Tipo de serviço: Self-service, com rodízio de carne

    Horário de Funcionamento: de segunda a sexta, das 10h30 às 15h e das 18h das 21h

    Capacidade: 80 pessoas

     

    Restaurante e Lanchonete das Estâncias

    Endereço: Praça Rui Barbosa (Terminal Rodoviário) - Centro

    Telefone: (19) 3807-7490

    Horário de funcionamento: segunda à quinta, das 6hàs 22h; sexta e sábado das 6h às 0h; domingo, das 6h às 23h

    Capacidade: 100 pessoas

     

    Restaurante e Lanchonete Sant'Anna

    Endereço: Rua Uruguai, 159 - Jardim Adélia

    Telefone: (19) 3807-4890

    Horário de funcionamento: todos os dias, das 11h às 14h e das 18h às 0h

    Capacidade: 50 pessoas

     

    Restaurante Clube Bar

    Endereço: Rua Prudente de Morais, nº 114 - Centro

    Telefone: (19) 3808-2478

    Tipo de serviço: Pratos a la carte

    Horário de funcionamento: de segunda a quarta das 11h às 15h; quinta a domingo até às 22h30

    Capacidade: 60 pessoas

     

    Churrascaria Glória Gaúcha

    Endereço: Av. Bernardino de Campos, nº 437 - Bairro Ribeirão

    Telefone: (19) 3807-5123

    Tipo de serviço: Rodízio, Mini Rodízio, a la carte, Marmitex e Self Service de saladas.

    Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 10h30 às 14h30 e das 18h às 22h; sábado, domingo e feriados, das 10h30 às 16h e das 18h às 23h

    Capacidade: 180 pessoas

     

    Churrascaria e Pizzaria Pampiana Grill

    Endereço: Av. Dr. Carlos Burgos, nº 1680 - Centro

    Tipo de serviço: Self service com rodízio de carne.

    Horário de funcionamento: todos os dias, das 11h às 17h e das 18h até o último cliente.

    Capacidade: 200 pessoas.

     

    Pizzaria La Fornalha

    Endereço: Rua Dr. Oswaldo Cruz, nº 14 - Centro

    Telefone: (19) 3807-5124

    Horário de funcionamento: todos os dias, das 18h às 0

    Capacidade: 176 pessoas

     

    Pizzaria Rovigo

    Endereço: Rua XV de Novembro, nº 45 - Centro

    Telefone: (19) 3807-9890

    Horário de funcionamento: de terça a domingo, a partir das 18h30 até o último cliente.

    Capacidade: 120 pessoas

     

    Cervejaria e Pizzaria Terraço

    Endereço: Parque Turístico "Chico Mendes" (Cristo)

    Telefone: (19) 3808-1077

    Horário de funcionamento: de quinta a domingo, das 19h até o último cliente.

    Capacidade: 300 pessoas

     

    Choperia Caza Nova

    Endereço: Rua Treze de Maio, nº 381

    Telefone: (19) 3807-2647

    Horário de funcionamento: todos os dias, das 16h até o último cliente.

    Capacidade: 160 pessoas

     

    Choperia Matriz

    Endereço: Praça Monsenhor João Baptista Lisboa, nº 122 Centro

    Telefone: (19) 3817-2898

    Horário de funcionamento: todos os dias das 16:00 até o último cliente.

    Capacidade: 160 pessoas.

     

    Empório das Nações Café

    Endereço: Praça Pádua Salles, nº 51 - Centro

    Telefone: (19) 3808-4979

    Tipo de serviço: café e doceria.

    Horário de funcionamento: todos os dias, das 10h às 23h

    Capacidade: 20 pessoas

     

    Mr. Coffee

    Endereço: Praça Monsenhor João Baptista Lisboa, 136 - Centro

    Telefone: (19) 3808-4304

    Horário de funcionamento: de segunda a sábado, das 07h30 às 21h; domingo, das 13h às 20h

    Capacidade: 30 pessoas

     

    Nossa Casa Café

    Endereço: Rua Treze de Maio, 180 - Centro

    Telefone: (19) 3808-5947

    Tipo de serviço: café expresso e lanches

    Horário de funcionamento: de Segunda à Sábado das 07:30 às 20:00 horas

    Capacidade: 30 pessoas

     

    Café Tabaco e Cia.

    Endereço: Rua Capitão Miranda, nº 126 - Centro

    Telefone: (19) 3808-0765

    Tipo de serviço: café expresso e lanches

    Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 06h às 20h; sábado, até as 12h

    Capacidade: 15 pessoas

     

    Bar do Grécio

    Endereço: Rua Alfredo Leopoldino de Campos, nº 80 - Arcadas

    Telefone: (19) 3807-1241

    Tipo de serviço: Frutos do mar e bebidas em geral.

    Horário de funcionamento: de segunda a sábado das 5h30 às 21h; domingo, das 5h30 às 12h

    Capacidade: 60 pessoas

     

    Casqueiro Bar

    Endereço: Rua Comendador Guimarães, nº 65 - Centro

    Telefone: (19) 3807-2481

    Horário de funcionamento: todos os dias, a partir das 18h

    Capacidade: 60 pessoas.

     

    Bar do Pir

    Endereço: Rua Luiz Leite, nº 81 - Centro

    Telefone: (19) 3817-1137

    Tipo de serviço: drinks, porções e bebidas em geral

    Horário de funcionamento: todos os dias, a partir das 17h

    Capacidade: 30 pessoas

     

    Pastelaria Copa de Ouro

    Endereço: Rua 13 de Maio, nº 416 - Centro

    Telefone: (19) 3807-4561

    Horário de funcionamento: a partir das 07h30 até o último cliente

    Capacidade: 20 pessoas.

     

    Bar do Marcio (Barcio)

    Endereço: Rua Luiz Leite,

    Telefone: (19) 3817-1137

    Horario de funcionamento: a partir das 16:00 hrs

    Capacidade:

     

    Como chegar:

     

    São Paulo x Amparo

     

    Distância :125 km via SP-348 "Bandeirantes"

     

    São Paulo até Jundiaí são 58 km

    Em seguida pegar a rodovia SP-360 Eng. "Constâncio Cintra" sentido Itatiba / Morungaba

    De Jundiaí até Itatiba são 23 km

    De Itatiba até Amparo são 44 km

     

    obs: 2 pedágios nesse trajeto

     

    Rio de Janeiro x Amparo

     

    Opção 01

    Distância: 507km via BR 116 "Presidente Dutra"

     

    Sentido Resende-RJ até altura da cidade de Jacareí-SP

    Do Rio de Janeiro a Jacareí são 364 km

    Em seguida pegar a rodovia SP-065 "D. Pedro I" passando por Atibaia até a rodovia SP-360 Eng. "Constâncio Cintra"

    De Jacareí a Atibaia são 120km

    Em seguida pegar a rodovia SP-360 Eng. "Constâncio Cintra"

    De Atibaia a Amparo são 78km

     

    obs: 5 pedágios nesse trajeto

     

    Opção 02

    Distancia: 600 e pokos km (depois posto a distancia correta)

     

    Seguir pela Rio-Santos até Caraguatatuba.

    Em seguida pegar a rodovia Tamoios até a Rodovia Carvalho Pinto.

    Seguir até Jacarei e entrar na Rodovia Dom Pedro I passando por Atibaia e Itatiba.

    Seguir pela rodovia Eng. Constancio Cintra até Amparo, passando por Morungaba.

     

    obs: 1 pedagio no trajeto de Angra dos Reis a Amparo. De Angra ao RJ eu nao sei.

     

    Belo Horizonte x Amparo

     

    Distância: 566 Km via BR-381 "Fernão Dias"

     

    Na altura da cidade de Vargem pegar a rodovia SP-063

    De Belo Horizonte a Vargem são 472 km

    Em seguida pegar a rodovia SP-063 até Bragança Paulista

    De Vargem a Bragança Paulista são 13 km

    Em seguida pegar a rodovia SP-008 "Pedro Asteroni Marigliani" até a rodovia SP-095

    sentido Tuiuti / Amparo

    Em seguida pegar a rodovia SP-360 "Eng. Constâncio Cintra"

    De Bragança Paulista a Amparo são 46 km

     

    obs: nenhum pedágio nesse trajeto

     

    Quando ir

     

    O ano inteiro. No verão as temperaturas são mais elevadas e chove quase todo dia no final da tarde. No inverno, as temperaturas caem bastantes, mas nao chega a ficar negativo.

     

    Eventos

    Carnaval

     

    O maior carnaval da regiao, com desfile das escolas, blocos, desfiles de fantasias, festas e o famoso Banho da Doroti, onde os homens de vestem de mulher para um banho na praça com o caminhao dos bombeiros.

    Aniversario da Cidade - 08/04/2006

     

    Varios shows e comemoracoes pela cidade durante toda a semana

     

    Festival de Inverno - Julho

     

    Durante todo o mês de julho a diversidade cultural toma conta de Amparo, com as mais de 200 atividades programadas para o Festival de Inverno, que inclui música para todos os gostos, dança, teatro, cinema na praça, oficinas educativas e culturais, recreação e lazer para a criançada, além da Feira de Artesanato e Quitutes e, ainda, um palco reservado para a apresentação dos Novos Talentos de Amparo e região.

    De 01 a 31 de julho, diversas apresentações artísticas e oficinas culturais são realizadas com o objetivo de oferecer à comunidade acesso gratuito à arte, lazer e ao entretenimento de boa qualidade e também atrair turistas que costumam viajar para o Circuito das Águas na época de férias.

    Pela qualidade artística e diversidade cultural é que o Festival de Inverno de Amparo já se tornou um marco no calendário oficial de eventos do município e entrou na rota dos grandes festivais de São Paulo.

     

    Festa da Padroeira Nossa Senhora do Amparo - 08 de setembro

     

    Varias comemorações e quermesse na Catedral, com shows, diversas barracas e festas.

     

    Feira de Artes, Artesanato e Quitutes - Evento permanente

    Praça Pádua Salles s/nº

     

    Festas de Fim de Ano - Dezembro

     

    Destaque para a queima de fogos no Cristo

    Mais informações

     

    http://www.turismo.amparo.sp.gov.br/" onclick="window.open(this.href);return false; - clicando em Turismo vc pode escolher alguns roteiros prontos, nas categorias ecologico, historico-cultural e rural.

     

    http://www.cidadedeamparo.hpg.ig.com.br/" onclick="window.open(this.href);return false; - muitas informações da cidade

    Informações importantes:

     

    Pronto Socorro:

    *Beneficencia Portuguesa: 38074999

    *Santa Casa: 38074477

    Farmacia 24 horas: 38085324

    Bombeiros:38075000 ou 193

    Guarda Municipal: 38077922

    Delegacia de Policia: 38076644

    Policia Militar:38074018 ou 190

    Policia Florestal:38073823

    Policia Rodoviaria: 38073823

    Taxi: 38073656

    Rodoviaria: 38073164 Rapido Serrano / Fênix

    Bancos: Bradesco, BB, CEF, Nossa Caixa, Itaú, Real, Banespa(Santander)

    Informações Turisticas: 38086131

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  21 mais
    2. Diogo Rodrigues

      Diogo Rodrigues

      Aqui umas dicas de Monte Alegre do Sul em 1 dia.

       

      •  
    3. Vale_do_Cafe_Guy

      Vale_do_Cafe_Guy

      Troféu pá de ouro!

      Desenterrei o tópico pra perguntar se alguém que conheça a região sabe me dizer se há cachoeiras de fácil acesso (carro 1.0) no trecho entre Socorro/Lindóia/Águas de Lindoia/Monte Sião. Outra dúvida é se existem ônibus circulares entre estas três cidades, já que são bem próximas uma da outra.

      •  
        • Gostei! 1
    4. daniloff

      daniloff

      Ajudando a desenterrar. Taí um passeio leve que tenho interesse de fazer.

      •  
  10. Suellen,tudo bem?

    De uma olhada neste post que eu coloquei.

    Pode ser que tenha algo para vc.

     

    Postado - 02/08/2005 : 18:49:56

    --------------------------------------------------------------------------------

     

    Tem um site da JICA,que eh uma associacao de cooperacao do Governo japones que da bolsas de estudos e coopera em varios setores.

    www.jica.org.br/

     

    --------------------------------------------------------------------------------

    Participem do novo site

    http://www.mochileirosjeans.com.br

     

    Abracos.

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  4 mais
    2. natchan

      natchan

      olá

      tambem gostaria de fazer trabalho voluntario.

      de preferencia sobre o meio ambiente, mas um trabalho social tbem seria legal

      •  
    3. André Taka

      André Taka

      Olá, para quem está interessado em programas sérios e longos de voluntariado, podem buscar os sites do IICD e CICD, bem como da Humana...

       

      www.humana-spain.org

      www.iicd-volunteer.org

      www.humana.org

      •  
    4. ellensilva

      ellensilva

      Eu achei um site super bacana e trata justamente do desenvolvimento das pessoas em diferente paises na verdade em todos os paises q necessitem.. Eles trabalham desde ajudar emergencial ate projetos a longo prazo.. muito interessante.. www.adra.com deem uma olhada!!!

      •  
  11. tinasss,

    to aqui esperando a continuação...teu relato tá muito bom, e a foto d niagara falls tá mto legal tbm...

     

    tu lembrou do local d gravção do xmen e talz, eu sabia a do Smallville...que tbm é no canadá, vc sabe o lugar ou foi lá?

    valeu,

    Gabriel

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  14 mais
    2. Suelih

      Suelih

      tina

       

      Belas fotos!! Que saudades dessas paisagens maravilhosas....

       

      Eu subi a Grouse Mt. a pé!! Levamos quase duas horas, tem gente que sobe em 40 min.! na volta o bondinho é de graça para quem faz trilha.

       

      adorava andar pelo Stanley park, ja peguei aquele lago do lado esquerdo congelado com os patinhos escorregando pelo gelo. tirei foto engracadas.

      adorei suas fotos !

      te mais.

      •  
    3. flavia_RS

      flavia_RS

      oooi

       

      estou indo para o toronto dia 18 de abril, queria saber se algum de vcs foi para lá nesta época do ano ou se sabem me dizer como é o clima nesta época. Vou ficar lá por 2 meses para um curso de inglês de 8 semanas, alguma dica do que não posso deixar de ver?

       

      tina, adoreeeei teu relato sobre toronto, queria ver as suas fotos!

      obrigada

      •  
    4. Euclides

      Euclides

      As fotos foram retiradas?

      •  
  12. id="green">DICAS SOBRE HOTEIS E ALBERGUES BARATOS EM TOKYO CHEQUE O SITE http://www.iuj.ac.jp/oss/preguide/stay.html E LEIA AS INFORMACOES ABAIXO. BOA VIAGEM E APROVEITE!

     

     

    Accommodation

     

    After a friend's home, youth hostels and dormitories are among the cheapest types of accommodation in Japan.

     

    There are over 300 youth hostels across the country, where members spend about 3000 Yen per night. Non-members pay about 1000 Yen more or purchase a one-year membership at the hostel. Dormitories typically cost between 1500 and 3500 Yen per night and are mainly found in Japan's larger cities.

     

    If you prefer Japanese style accommodation, consider minshuku, Japanese style bed and breakfasts. Minshuku typically charge between 5000 and 10000 Yen per night and person, and sometimes include one or two meals. No-frills minshuku can cost as little as 3000 Yen per night and person, while some low-cost ryokan offer similar services at similarly low rates.

     

    Reasonably Priced Places to Stay In Tokyo

     

    (subject to change)

     

    For an updated list, please obtain a copy of the Japanese Inn Group from the OSS.

     

     

    Asia Bunka Kaikan: 12-13, Honkomagome 2-chome, Bunkyo-ku, Tokyo 113

    Tel. (03)3946-4121 Access: Ten-minute walk from Komagome Station on JR Yamanote Line

    Rates: 1,200 yen for small room per night for up to one week?fs stay. No toilet or shower. 2,200 yen per night after the first week.

     

    Tokyo International Youth Hostel: 8th Floor, Central Plaza, 21-1, Kagurazaka, Shinjuku-ku, Tokyo 162 Tel. (03)3235-1107 Access: 5-minute walk from lidabashi Station on JR Sobu Line Rates: One person, per night: 1,650 yen. Air conditioning/heating: 250yen Sleeping sheet (3 nights): 150yen

     

    ?E This accommodation is usually very crowded so book well in advance.

     

    Okubo House: 11-32, Hyakunincho 1-chome, Shinjuku-ku, Tokyo 160 Tel. (03)3361-2348 Access: Shin-okubo Station on JR Yamanote Line Rates (per night): Dormitory bunk beds: 1,200 yen Private room (tatami): 2,500 yen Private room (2 people): 3,400 yen

     

    ?E This accommodation has an eleven o?fclock curfew.

     

    Kimi Ryokan: 1034 Ikebukuro 2-chome, Toshima-ku, Tokyo 171 Tel. (03)3971-3766

     

    Access: 5-minute walk from the subway Aoyama-Icchome Station on the Ginza Line/Hanzomon Line or Nogizaka Station on the Chiyoda Line Rates: Single w/o bath: 2,600-3,500 yen. Twin w/o bath: 5,000-5,500 yen. Dormitory w/o bath: 2,000 yen per person.

     

    House Ikebukuro: 1115 Ikebukuro 2-chome, Toshima-ku, Tokyo 171 Tel. (03)3984-3399 Access: 6-minute walk from Ikebukuro Station (West exit) Rates: One person: 3,000 yen Two people: 5,000 yen Three people: 6,000-7,000 yen

     

    Tokyo Station Hotel: 1-9-1, Marunouchi, Chiyoda-ku, Tokyo Tel. (03) 3231-2511 Access: Located within Tokyo Station Rates: one person: Less than 15,000 per night.

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  9 mais
    2. magnusjusto

      magnusjusto

      Na realidade axo q nao tem lugar bom, pq td la é bom uahuahauah tem trem e metro pra td qto é lado.

      •  
    3. magnusjusto

      magnusjusto

      ALGUEM AI AFIMDE PARCERIA PRA IR EM OUTUBRO PRA LA???? ME MANDA UM EMAIL.

      •  
    4. Prigui

      Prigui

      Vou pro Japão agora em Abril e estou pesquisando acomodação.

      Pelo que vi , em Toquio não tem muita diferença de onde ficar, pois a malha de transporte é sensacional.

      Mas, de acordo com relatos de um amigo que já morou lá, Ginza é bom e Roppongi se quiser sair a noite (bares e noitadas top). Ele morou em Roppongi, onde a maioria dos expatriados mora e saem, gostou muito de lá.

      •  
  13. Olá, a primeira opção que lhe dou é o salto do Apucaraninha.

     

    Está localizado na região sul de Londrina, a cerca de 80 Km do centro da cidade, dentro da reserva Apucaraninha, dos Índios Kaingang. O Salto do Apucaraninha é uma queda d'água com 116 metros de altura. O local é perfeito para ser visitado em um final de semana.

    Para visitar o Salto do Apucaraninha é preciso solicitar autorização à FUNAI, e para chegar até lá basta seguir a PR 445 até o trevo do distrito de Lerroville, distante cerca de 03 km. Do distrito, segue-se uma estrada vicinal no fim da principal avenida. O trecho final da estrada é pavimentado.

    Já na área do salto, passeie pela Usina e veja as turbinas, conhecendo assim mais um pouco da história de Londrina (a primeira turbina foi inaugurada em torno de 1949).

    Logo abaixo há uma outra estrada que leva até o rio Tibagi, que faz a divisa dos municípios de Londrina e São Jerônimo da Serra.

    Há ainda outra cachoeira com cerca de 10 m de altura. Embora não seja tão impressionante quanto o salto, a cascata chama a atenção pela beleza.

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  63 mais
    2. Douglas Eduardo

      Douglas Eduardo

      Dicas de locais a serem visitados na região Norte do Paraná?

      Locais em MARINGÁ, LONDRINA e região Metropolitana.

      •  
    3. Marcelo Iranley

      Marcelo Iranley

      veja a festa de Colorado...É muito boa....Cianorte é polo nacional do vestuário...Jaguapita tem a cachoeira no riacho da água da cobra....

      •  
    4. jeffap

      jeffap

      Dicas de locais a serem visitados na região Norte do Paraná?

      Locais em MARINGÁ, LONDRINA e região Metropolitana.

      Cachoeiras de Ribeirão Claro e prainha de Carlópolis/Alemoa.

      •  
  14. sabe informar se existem camping na Bolivia e Peru pois não consegui encotrar praticamente enhuma informação

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  346 mais
    2. macheio

      macheio

      Em la paz, achei o loki mais baladinha e o wild mais pub, tava no loki e fui passar o reveillon no wild e foi animal

      Em cusco o wild ta cheio e to querendo ficar no loki para passar o reveillon, alguém conhece esse Pariwana Hostel Cusco?

      •  
    3. Fernanda Lemos

      Fernanda Lemos

      Pessoal, boa tarde.

      Estou precisando de indicações de hostel em Huacachina e Lima... quem foi recentemente qual recomenda?

      Abraços.

      •  
    4. henriquefarage

      henriquefarage

      Wild Rover Cusco - melhor estrutura, melhores festas, melhor bar.

      Wild Rover Arequipa - ótima estrutura, tem piscina com bar, as festas são mais tranquilas que os outros WR mas o hostel é excelente.

      •  
        • Gostei! 1
  15. Maratona para receber visitantes

     

    Gilberto Scofield Jr.

     

    CORRESPONDENTE

     

    De olho nas Olimpíadas de 2008 que vão se realizar em Pequim, o governo da China anunciou um investimento de 600 milhões de yuans - cerca de US$ 74 milhões - em todos os monumentos e lugares considerados patrimônios históricos na cidade. Nada menos do que 22 palácios, templos e parques entraram em obras de reparos para receber os milhões de estrangeiros que vão inundar o país em 2008 para os Jogos Olímpicos. Trata-se da maior operação plástica feita em Pequim desde que foi escolhida pela primeira vez como capital da China, após os mongóis conquistarem o país, há sete séculos.

     

    Oque não significa que a visita à cidade só se justifique depois das Olimpíadas. Muito pelo contrário. Com seu crescimento vertiginoso, a China virou assunto obrigatório em todos os países ocidentais e é um lugar para se estar agora. Pequim é o epicentro deste país tão diferente do Brasil e que encanta justamente pela mistura de tradições milenares e a necessidade de se modernizar rapidamente. Alguém se lembra de que quando o cartunista Henfil publicou o livro "Henfil na China", em 1980, a Coca-Cola tinha acabado de entrar no país?

     

    E fique tranqüilo. Ainda que a maioria dos lugares que já serviram de cenário para filmes lendários sobre a China - como "O último imperador", de Bernardo Bertolucci, ou "O tigre e o dragão", de Ang Lee - esteja em obras nos próximos anos, os monumentos de Pequim não estarão cobertos por uma grande tela de plástico e fechados à visitação. Por uma razão simples: os lugares históricos são enormes e apenas parte deles será renovada a cada ano, de modo que todos permaneçam abertos. Só a Cidade Proibida, por exemplo, tem 720 mil metros quadrados e mais de nove mil quartos. A Grande Muralha, na verdade um conjunto de vários imensos muros rasgando a China de Leste a Oeste, tem mais de seis mil quilômetros de extensão.

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  5 mais
    2. heka

      heka

      HISTÓRIA

       

      O princípio da história da China, baseado nos mitos e lendas, não pode ser comprovado, pois não há documentos escritos, porém achados arqueológicos datam de 6000 AC os primeiros povoados. Os restos do homem de Peking foram datados em cerca de 500 mil a 250 mil anos, mas pesquisas mais profundas não puderam ser feitas devido à invasão japonesa na época e o desaparecimento dos achados.

       

      Os Shang foram uma dinastia que floresceu no período de 1500 AC, mas ao redor de 1000 AC foram derrotados pelos Zhou. Confúcio nasceu neste período e sua filosofia, ética e moral são hoje a base da cultura chinesa.

       

      Até 221 AC a China era um retalho de pequenos estados, em constante lutas uns contra os outros. Foi quando o estado de Qin, conseguiu subjugar os Zhou e a partir daí começou a unificação dos estados. O primeiro imperador Qin (Qin Shi Huang) governou pela força e sua filosofia era focada na lei e punição, indo contra a filosofia de Confúcio baseada na ética e direitos. Ele também começou a unir as diferente muralhas já construídas, para mais tarde formar a Grande Muralha. O imperador Qin era um militar radical e quando de sua morte mandou construir para si um túmulo em miniatura da própria cidade imperial, cercada por seus milhares de soldados de terracota (hoje no museu de Xian)

       

      Com a queda da dinastia Qin, foi a vez da dinastia Han subir ao poder. No período dos Han a unificação de todos os estados foi completada e começou-se o comércio com países estrangeiros com a abertura da rota da seda, chegando até Roma. Porém as relações entre os estados não eram um mar de rosas e as guerra e rebeliões ainda aconteciam.

      Com a queda dos Han, foi vez dos Wei, que por sua vez deixaram uma vasta herança cultura em esculturas budistas em Dunhuang e Datong. Em 534, os Sui substituíram os Wei. O grande feito da dinastia Sui foi construir o grande canal, ligando o norte e sul, usando o rio Amarelo.

       

      A era de ouro veio com a dinastia Tang. As artes floresceram neste período e finalmente os estados rebeldes foram pacificados. A estrutura política foi redefinida e ao invés de estados o país foi subdividido em prefeituras e províncias, cuja estrutura, com algumas modificações, permanece até os dias de hoje. Uma das concubinas de um dos imperadores Tang, quando de sua morte, ao redor de 649, tomou o poder e se auto declarou imperatriz e fundadora da dinastia Zhou, a única mulher na historia da China a fazer isto. Porém em 705 ela foi forçada a abdicar.

       

      Com a queda da dinastia Tang, em 960, subiu ao poder a dinastia Song. Porém em 1211 Genghis Khan começou a estender sua influência e começou incursões pelo norte da China, expandindo seu território da Mongólia desde a Rússia, incluindo Ucrânia, Pérsia, até a Coréia e os limites norte do Vietnã. Em1215 ele tomou Beijing e em 1279 toda a resistência chinesa foi derrubada. Kublai Khan, neto de Genghis Khan, se torna imperador da China, fundando a dinastia Yuan, tendo sob seu poder um vasto império.

      Contudo a dinastia Yuan durou menos de 1 século, com levantes e rebeliões por todo o império. Em 1368 a dinastia é derrubada por rebeldes e Zhu Yuanzhang, líder dos rebeldes funda a dinastia Ming.

       

      A principio a capital era em Nanjing, mais tarde passando para Beijing. Nesta época expedições marítimas foram lançadas e os navios chineses chegaram até o canal de Suez.

      Em 1439 os mongóis novamente invadem a China e os Ming reforçam as muralhas aumentando sua extensão. No sec. 16 cresce o comercio com europeus e neste período os portugueses ganham o direito de se estabelecer em Macau.

      A dinastia Ming começa a se enfraquecer e os manchus vendo a oportunidade invadem a China e com isto formam a dinastia Qing.

       

      Em 1751, o Tibet foi feito colônia da China, com autonomia regional. Taiwan havia sido colonizado pelos holandeses no começo do sec. 17 e depois expulsos por grupos leais a dinastia Ming, que usaram a ilha como base de resistência contra os manchus. Mas em 1683, os manchus conquistaram Taiwan e incorporaram ao continente.

       

      No séc.18 houve a guerra do Ópio, onde a China acabou por ceder Hong Kong aos britânicos. No sec.19 houve a rebelião dos Taiping, cujo líder, devido a influências missionárias cristãs, acreditava ser o irmão de Jesus Cristo. A rebelião causou a morte de milhares de pessoas antes de ser suprimida pelo governo de Qing e por tropas estrangeiras. Neste meio tempo ocorreram também a rebelião dos boxers e a segunda guerra do ópio. A China neste ínterim corria o risco de se desmantelar, tal era a divisão que ocorria em seu território cedendo terras aos europeus e japoneses.

       

      Quase no fim da era Qing, com a morte do imperador Xianfeng e alguns anos mais tarde da imperatriz, possibilitou que seu único filho de 5 anos, que teve com sua concubina Cixi, se tornasse imperador. Porém devido a idade muito jovem, Cixi se tornou a imperatriz regente. Sua ambição era grande e ela tirou do trono seu próprio filho e qualquer outro que pudesse atrapalhar seu caminho. Ela se preocupou mais consigo mesma do que com os rumos do império e quando de sua morte deixou uma incalculável quantidade de objetos pessoais, além de uma reforma custosa do palácio de verão e o império em frangalhos. Em 1908 Puyi, com 2 anos de idade foi feito imperador (ver o filme o Último imperador), contudo em 1911 foi proclamada a república.

       

      Os anos seguintes foram de incertezas com a volta de pequenos feudos e o surgimento de dois fortes partidos: os kuomintang e os comunistas. No principio uniram forças contra os japoneses, mas depois se dividiram. Após a segunda guerra mundial, os comunistas ganharam força e em 1949 foi proclamada a Republica Popular da China, enquanto Chiang Kaishek e seus partidários do Kuomintang fugiram para Taiwan.

       

      Após um começo desastroso para a economia chinesa, Mao, líder do partido comunista, começou o que seria chamado da revolução cultural. Em 1966, o exército vermelho varreu o país limpando tudo que pudesse estar relacionado ao passado do país, como o feudalismo, o que seria considerado exploração do povo, e ao capitalismo. Milhares morreram nesta cruzada. Com isto Mao consolidou seu poder e suplantou o então presidente Liu Shaoqi que foi mandando a prisão e morreu em 1969. Lin Bao que foi seu braço direito morreu misteriosamente em um acidente de avião.

       

      Mao faleceu em 1976 vitima de uma doença neuro motor. Sua esposa e outros de seus aliados foram a julgamento em 1980, sendo responsabilizados pelo que ocorreu na revolução cultural. Com o retorno de Den Xiaoping ao poder em 1977, a política do país começou a se modificar com o maior contato com os países capitalistas. Foi lançado o programa de modernização: agricultura, indústria, ciência e defesa. Porém a população começou a pedir uma quinta modernização: democracia. Em 1989 ocorreu o episódio de Tianmen square (praça da paz celestial), que o mundo assistiu horrorizado pelos canais de comunicação.

       

      A China atual vem crescendo e demonstrou sua força e organização nas olimpíadas de 2008, mas a disparidade entre os ricos da cidade e os pobres das zonas rurais ainda é enorme. Há um estrito controle sobre os acessos a internet e meios de comunicação e qualquer outro movimento que possa ser visto como ameaça, além de vários outros atos que são denunciados por organizações de direitos humanos. O país tem uma longa história conturbada, com continua mudança. Saber a partir de hoje como será o futuro deste país, ainda é uma incógnita, mas pelas realizações já concretizadas, não há dúvidas que o objetivo é grandioso.

       

      Fonte: Lonely Planet - China 2006

      •  
    3. heka

      heka

      INFORMAÇÕES GERAIS

       

      Capital: Beijing

      ATM: sim

      Moeda: Yuan

      Governo: comunista

      Custos: 30 a 50 dolares/dia (Beijing,Shanghai, Hong Kong e Macau são as mais caras)

      Vistos: sim é necessário

       

      Mulheres viajantes: A China é um país, geralmente seguro para mulheres. Apesar de ser um lugar conservador e os altos cargos serem preenchidos somente por homens, a sociedade chinesa possui menos esta distinção entre os sexos, e a mulher tem uma posição de respeito. Porém algumas regiões da China, principalmente ao noroeste, em Xinjiang, de população mulçumana, mulheres devem tomar suas precauções.

       

      Perigos e cuidados: Como em todo lugar, prestar atenção aos seus objetos e bagagens é importante, pois sempre há batedores de carteiras ou ladrões de malas, para os desavisados.

      O crescente aumento do turismo também tem trazido os que querem ganhar dinheiro fácil, oferecendo tours que não existem, ou a preços exorbitantes. O aumento de assaltos e crimes contra estrangeiros nas áreas rurais também tem aumentado, inclusive com morte. Por isto quando for fazer caminhadas em áreas remotas, melhor ir em pequenos grupos. Isto não é generalizado, porém melhor se prevenir. Viajar na China em geral, é seguro. Talvez um pouco complicado para quem não consiga ler chinês, mas um bom dicionário de línguas pode ajudar.

      •  
    4. heka

      heka

      PRINCIPAIS ATRAÇÕES

       

      Beijing

      Beijing é famosa pela cidade proibida e seus hutongs. É também a base para quem que conhecer uma parte da grande muralha. Outros lugares de interesse se resume ao Templo dos Céus (Temple of heaven), Lama temple, Palácio de Verão, Ponte de Marco Pólo, Praça da Paz Celestial ( tianmen square) , mausoléu de Mao e muitas outros locais, que você pode facilmente passar 1 semana na cidade. A cidade também oferece shows como a opera chinesa, kung fu e acrobacias, além dos lugares de compras como o mercado da seda ou das perolas.

      beijng.jpg.7f5f06882c790d037d03cd78038e3ba1.jpg

      Tianjin

      Tianjin assim como Beijing, Shanghai e Chongqing é um município especial, não pertencendo a nenhuma província. O local passou pelas mãos de várias nações européias e pelos japoneses. Hoje é um lugar industrializado, mas ainda tem seus lugares para se visitar, como ver a arquitetura do porto, o mercado de antiguidades, o monastério budista da compaixão profunda, a rua da cultura antiga (recriação de rua chinesa antiga) ou a visita a uma casa tradicional chinesa da família Shi.

       

      Heibei

      A província de Héibei cresceu à medida que Beiing também prosperou devido a sua proximidade com a capital. A cidade de Chengde possui templos e uma vila imperial que são considerados patrimônio histórico pela UNESCO. Zhengding, ainda possui os muros ancestrais que cercam a cidade e era usado para proteção, além de vários templos antigos. Shanhaiguan foi uma guarnição do período Ming e também dá acesso a outra parte da grande muralha em Jiao Shan. Shijiazhuang tem uma grande coleção que pode ser visitada no museu Provincial de Hebei.

       

      Shandong

      Shandong tem história que pode ser traçada às origens do estado chinês. Foi em uma das pequenas cidades ao sul, que Confúcio nasceu, Qufu, que hoje é local de peregrinação. Também contribuiu para as artes marciais, pois o fundado do estilo Louva Deus era natural desta província. A montanha sagrada de Tai Shan se encontra nesta região.

       

      Jiangsu

      Jiangsu é considerada a terra do peixe e do arroz, devido a abundancia de sua agricultura. Suzhou eYangzhou são famosas por seus jardins e canais. Wuxi, também é famosa pelo lago Tai Hu, construída pelo homem, com parques, pagodes e barcos de pesca. Em Nanjing se pode visita o mausoléu de Sun Yatsen, o pai da republica chinesa e algumas tumbas mings, além de vários museus.

       

       

      Anhui

      É possível subir o pico da montanha Huang Shang, que serviu de inspiração a poetas e pintores. O lugar também é conhecido pelo seu chá. Perto de Huang Shang, existe a montanha sagrada de Jiuhua Shan, lugar de monastérios budistas e que também servem de pouso para quem quiser descansar. Bozhou, outra cidade, é conhecida por ser um antigo centro de comercio de ervas medicinal chinês.

       

       

      Shanghai

      A cidade de Shanghai é o que pode ser considerada a cara da China moderna, com seus altos prédios, torres e shoppings. A cidade muda a cada instante com as constantes construções.

      A cidade foi transformada em um dos principais portos na época da ocupação dos europeus e japoneses. As atrações principais são a área do Bund, as ruas das antigas vilas de French Concession, bazar de Yuyuan, mercado de roupas de Dongjiadu, mercado de Xiangyang e Dongtai Lu, além de ser também o lugar dos melhores restaurantes e clubes.

       

      Zhejiang

      Hangzhou, a captial da província, tem como principal atração o lago Oeste (West lake) devido ao seu cenário. Também é famosa por seu chá e produção de seda. Shaoxing, outra pequena cidade é conhecida por ter sido terra natal de pintores Ming famosos e um de seus cidadões foi Lu Xun,um famoso escritor do sec. 20. A ilha de Putuoshan atrai por suas praias e templos budistas. Em Tiantai Shan foi o berço do budismo Tiantai e atrai peregrinos aos seus templos, alguns datando até a 1.300 anos atrás.

       

      Fujian

      A capital Fuzhou é hoje uma das cidades mais ricas e movimentadas da China. Xiamen, por outro lado é mais tranqüila, com parques e praias. A ilha de Gulang Yu possui ainda uma arquitetura colonial preservada. Quanzhou foi um dos maiores portos durante a dinastia Tang, atraindo mercadores de todo o mundo principalmente do Oriente médio, e onde seus descendentes ainda vivem. Wuyi Shan é o local ideal para fazer rafting em balsa de bambu. Yongding é onde se pode encontrar antigos assentamentos do povo Hakka, um dos grupos étnicos da região.

       

      Liaoning

      A região de Liaoning era antes parte da Manchúria. Ela foi ocupada pelos russos e japoneses. Outro dos atrativos da região é a cidade de Dandong, onde muitos vão para dar uma espionada do outro lado da fronteira, onde fica a Coréia do Norte. Também há uma parte da grande muralha, chamada de Tiger Mountain Great Wall, mais tranqüila de se visitar que em Beijing, que está sempre cheia. Shenyang tem o jardim botânico com suas 50 pontes suspensas.

       

      Jílín

      Fazendo fronteira com a Rússia, Coréia do Norte e Mongólia interior, Jílín é parte do histórico território da Manchúria. Em Changchun, a capital, é possível visitar o palácio imperial que foi residência de Puyi, o ultimo imperador.

      Outra atração da região é a reserva natural de Changbai Shan, onde há um lago em um cratera vulcânica e muitas trilhas para trekkings. A prefeitura autônoma da Coréia é uma cidade na fronteira com uma mescla da cultura chinesa e coreana.

       

      Heilongjiang

      É a província mais ao norte da China e tem o clima subártico. No inverno chega-se a -30C. Apesar de todo frio é a época de alta temporada para o turismo. A cidade de Haerbin tem o famoso festival de lanternas no gelo e os melhores lugares de ski estão em Yabuli, a leste de Haerbin. A cidade também possui como atrativo a arquitetura e culinária russa e o parque da cidade também abriga o raro tigre siberiano.

       

      Shanxi

      Tem uma rica herança cultural. As cavernas de Yungang e o Hanging temple em Datong, a arquitetura do período Ming em Pingyao e a montanha budista de Wutai Shan. Porem a região produz hoje 1/3 de todo o carvão mineral e é um dos lugares mais poluídos da China.

      598d9e8ee92d6_Resized_Agosto019.jpg.94977d39ae08af1439fc49415af64f92.jpg

       

      Shaanxi

      Não confundir com a província de Shanxi.

      Considerada o berço da primeira dinastia chinesa, Qin e uma das regiões com assentamentos humanos mais antigos da China. Xi’an é a cidade que mais atrai turistas que vão para ver o exercito de guerreiros de terracota, além da tumba do próprio imperador Qin (ainda não escavada). Perto de Xi’an está a tumba de outro imperador, Han Jing. A cidade também tem o quarteirão mulçumano, com suas comidas típicas, mesquita e arquitetura.

      Para os que gostam de montanhas é possível subir ao topo de Hua Shan.

      598d9e8f03b68_Resized_china_mongolia173.jpg.6c0caa1584dd98d9c87270a34259e604.jpg

      Hénán

      Apesar de seu vizinho Shaanxi ter levado a fama, Hénán também pode ser considerada onde a civilização chinesa começou. Muitas capitais antigas nasceram e caíram na região. Também foi testemunha do inicio do budismo na China nas cavernas de Longmen, perto de Luoyang. Mais tarde mercadores mulçumanos se casaram com chineses da etnia Han e estabeleceram a presença islâmica. É possível também encontrar presença dos judeus em Kaifeng. Em Song Shang está um dos templos mais famosos, berço do kung fu, o templo Shaolin.

       

      Húbei

      A província é lugar da grande cidade industrial e porto fluvial de Wuhan e uma das mais importantes da China. Turistas geralmente conhecem a região pelos cruzeiros que descem o rio Yangzi de Chongqing até Yichang e também pela construção da grande represa de Three Gorges.

       

      Jiangxi

      Esta província tem 60% de florestas e historicamente sempre foi isolada, o que rendeu a inspiração a vários filósofos. Foi também em suas montanhas que nasceu o Taoísmo. O raro barro de Jingdezhen foi usado para criar a porcelana que mudou o conceito da cerâmica no mundo e cujas técnicas ainda são usadas ate hoje.

       

      Húnán

      Shaoshan é o lugar de nascimento de Mao e onde ele passou sua infância. A província é terra da pimenta vermelha. Changsha é onde esta localizada a academia de Yuelu, onde começou os primeiros exames civis chineses, durante a dinastia Song.

       

      Hong Kong

      A cidade de Hong Kong é onde o ocidente se encontra com o oriente. Entregue de volta a China em 1997, após quase 100 anos de dominação britânica. Mesmo após o retorno o sistema político e econômico ainda é diferente do restante da China. A cidade é movimentada, com shoppings, museus, avenidas com lojas de produtos eletrônicos, vista romântica da Baia Victoria ou do pico de mesmo nome. Possui boa infra estrutura com metro e ônibus. Não há necessidade de vistos para brasileiros e a população é bilíngüe em inglês e cantonês. Com a volta à China o mandarim também começou a ser falado.

       

      Macau,

      A apenas 65 km de Hong Kong, separado pelo rio da Perola, foi entregue de volta a China em 1999. Até então foi colônia portuguesa. Como sua cidade vizinha ela ainda mantém diferente sistema político e econômico, até completar 50 anos de seu retorno. A população é formada por 95% de chineses e 2% de portugueses e o restante de macaneses (mestiços de portugueses e chineses ou africanos). A língua oficial é o cantonês e português, mas dificilmente você encontrará alguém que fale português ou até mesmo inglês. As ruas têm placas em português e chinês.

      O atrativo é visitar as antigas igrejas e casarões coloniais deixados pelos portugueses. E como diversão, os cassinos.

       

      Guangdong

      A província de Guangdong é próxima a Hong Kong e é uma das mais movimentadas entradas para a China. Foi de sua região que saiu um dos maiores movimentos migratórios rumo ao EUA, Austrália, Canadá e África do Sul no século 19, motivados pela corrida do ouro. As chinatowns espalhadas pelo mundo tem suas raízes na cozinha e dialeto cantonês.

      Guangzhou, a capital, foi conhecida como Cantão e hoje é uma das mais prosperas cidades. Há alguns parques e templos antigos para serem visitados, além do mausoléu de um imperador do reino de Yue datado de 100AC. Há também uma mesquita do período Qing e a catedral do Sagrado coração, construído pelos franceses. A ilha de Shamian tem várias construções colônias deixadas pelos franceses e ingleses, além de uma igreja.

      Shenzen é zona econômica especial e está bem na fronteira com Hong Kong. É uma das cidades mais ricas da China e está lotada de shoppings e lojas de marcas.

      Foshan, outra das cidades de Guangdong é conhecida pela sua industria da cerâmica e porcelana que existe desde 960, templos de quando a cidade era um grande centro religioso budista e por ser o local de nascimento de um grande mestre das artes marciais, Huang Feihong.

       

      Hainan

      È uma grande ilha tropical na costa da China. Se você procura sol, surf e areia este é o lugar.

       

      Guangxi

      Esta província foi sempre historicamente isolada do resto do país e devido a sua topografia difícil era um lugar de exílio para pessoas banidas. Porém seus cenários de região montanhosa com picos pontudos de arenito se misturando ao rio, serviram de inspiração para poetas e pintores e provavelmente algumas de suas imagens já devem ter sido vistas em documentários ou fotos. 75% da população é de não- Han ( etnia majoritária chinesa).

      Nanning é a capital e ponto central para quem vem ou vai para o Vietnã e para outros locais. A cidade tem pouco a oferecer em atrativos, com alguns museus e parques.

      As duas cidades mais turísticas de Guangxi são Guilin e Yangshuo. A primeira pelo seus cruzeiros pelo rio Li e seu cenário por entre as montanhas. Yangshuo é o lugar para relaxar e também fazer caminhadas por entre terraços de arrozais ou pegar um barco para subir o rio Li. É uma cidade pequena e aconchegante, que atrai muitos mochileiros.

      Próximo a Longsheng se pode fazer o trekking conhecido como Dragon’s backbone Rice terrace e dormir em um vila Zhuang.

      598d9e8eee3f0_Resized_china_mongolia055.jpg.bd5435f95c0367349e2f843f70224863.jpg

      Guìzhou

      É considerada uma das mais pobres da China, apesar do seu nome significar terra preciosa. Poucos visitantes passam por esta região, mas é uma das mais ricas em termos de culturas das minorias étnicas. Muitos preferem ir para Sichuan ou Yúnnán. 35% da população é formada por 18 diferentes minorias étnicas, incluídas as mais conhecidas como os Miao e Dong. Os Miaos são famosos por seu conhecimento em prataria e os Dong por seus conhecimentos em arquitetura, onde construíram pontes e torres sem o uso de pregos ou parafusos. Os vilarejos podem ser encontrado ao redor de Chong’an.

      A região também tem cavernas como Zhijin Cave e cascatas em Huangguoshu Falls.

       

      Yúnnán

      É uma das mais atrativas regiões para se visitar para quem gosta de conhecer culturas e paisagens diversas. Possui terraços com florestas tropicais aos picos tibetanos nevados e 50% da sua população é composta por minorias étnicas. Devido a isto, muitas localidades têm resistido a influência chinesa.

      Kumming é a capital e está a quase 2 mil metros de altitude e possui clima ameno. Como a maioria das capitais ela é moderna com prédios e shoppings.

      Lijiang tem como atrativo a parte antiga e histórica da cidade. Para quem gosta de trekkings pode caminhar pelo Tiger Leaping Gorge, passando por abismos e cachoeiras.

      A região de Xishuangbanna é bem ao sul da Yunnan e faz fronteira com Laos e Myanmar, tem a atmosfera do sudeste asiático e é lugar para explorar as vilas e florestas tropicais. Recentemente se tornou a mini Tailândia chinesa.

      Ruili é uma pequena cidade na fronteira com Myanmar e que no passado possuía má fama de centro de tráfico de drogas e armas. Hoje o governo melhorou a imagem da cidade, mas não conseguiu erradicar totalmente o trafico de drogas. O local é conhecido pela venda de jade e no passado foi um dos pontos da antiga rota da seda no sul.

       

      Sìchuan

      A província de Sichuan é uma terra montanhosa, com vários rios e o platô do Tibete. A bacia de Sichuan possui uma alta densidade humana com 80% de sua população vivendo em suas terras férteis, enquanto no platô do Tibete vivem menos de 10%.

      Chengdu é a capital e base para se ver o centro de preservação do Panda ( antes do terremoto, verificar como está atualmente). Para quem vai o Tibete é onde é possível conseguir as permissões e fazer parte de um grupo (mesmo que seja um grupo de 1 pessoa).

      Para os mais aventureiros é possível ir para o Tibete percorrendo a estrada de Sichuan-Tibete e parando nas vilas tibetanas no caminho.

      Para os que buscam inspiração espiritual se pode escalar o pico de Emei Shan ou a estatua do grande Budha em Leshan.

       

      Chóngqìng

      É uma grande cidade, com muitas subidas, dificultando quem gosta de andar de bicicleta ou caminhar. É a base para quem gostaria de pegar um dos cruzeiros pelo rio Yangzi e conhecer as construções da represa de Tree Gorges.

      Perto da cidade estão as cavernas de Dazu, que tem esculturas e pinturas budistas do sec. 9 ao 13.

       

      Xinjiang

      A província de Xinjiang é como um país dentro de um país. A língua não é somente uma diferença de dialeto, mas é uma língua de um grupo lingüístico totalmente diferente, No passado a província era conhecida como Leste Turkestão e hoje é chamada de região autônoma Uighur. A cultura é mais voltada para a Ásia central e é considerada uma área estratégica, sendo a maior província,com 16% do território da China e fazendo fronteira com 8 diferentes países. É uma terra de desertos e montanhas, com cidades budistas abandonadas e monumentos islâmicos ao longo de seu caminho. A rota da seda passava ao longo desta província, até atingir a Ásia Central, chegando a Europa.

      Urumqui , a capital é hoje uma moderna cidade e a há pouco o que se ver ali. É uma boa base para quem quer viajar pela região, ou ir para a Ásia Central ou entrar para a China.

      É possível viajar pela antiga rota da seda sul, passando por cidades abandonadas ou vilas ainda ativas. Na fronteira com o Paquistão, saindo de Kashgar existe a estrada de Karakoram, passando por vales e picos nevados.

      Kashgar, quase na fronteira com o Paquistão, é um caldeirão de várias nacionalidades: Uzbequistaneses, Quirquistaneses, paquistaneses, russos e várias outras nacionalidade de turistas que se misturam neste lugar que por 2 mil anos tem sido o centro do comércio na rota da seda. Hoje, já modernizada ainda mantém o seu passado através dos bazares e mesquitas.

      Ao redor de Turpan, um antigo oásis, se pode explorar antigas ruínas e admirar as montanhas Flamingos. É também conhecida por suas videiras.

       

      Gansù

      Pelo deserto de Gansù passava a famosa Rota da Seda, com suas caravanas de camelos e mercadores. Pelo seu caminho foram deixados testemunhos do período budistas,como pinturas e esculturas, que podem ser encontradas em Dunhuang, nas cavernas Mogao. Uma parte da muralha da China, que seria o final dela (ou o começo, depende do ponto de vista) pode ser visitada em Jiayuguan. Ao redor das cidades de Luomen e Tianshui é possível explorar ruínas e remanescentes da rota da seda.

      Em Xiahé se encontra o monastério budista tibetano de Labrang, construindo em 1709.

      598d9e8ef3029_Resized_china_mongolia156.jpg.d90fa9ed4087dbfb21ff5fb7cbd4143b.jpg

      Inner Mongólia

      No passado a região era parte da Mongólia, porem com as invasões constantes foi construída a grande muralha para manter os invasores fora. Com a subida ao poder de Kublai Khan este controle deixou de existir e depois com a volta dos chineses se dividiu em Mongólia do Norte (atual Mongólia) e do Sul. Pouco tem restado da vida tradicional mongol, mas ainda é possível ver as estepes e talvez alguns dos yurts em Xilamuren, Gegentala ou Huitengxile.

      No verão, em Hohhot, acontece também o festival de Naadam, onde há competições de arco e flecha, corrida de cavalos e luta livre.

       

      Tibete

      O terraço do mundo sempre habitou o imaginário humano, tido como a Shangrilá. A vida a uma altitude de 4000 a 5000 metros não é fácil e isto fez dos tibetanos um povo resistente e adaptável.

      Lhasa a capital está a 3.700 metros de altitude e é a cidade sagrada e alma do Tibete e centro de peregrinação. Ao redor do templo de Jokhang, de 1300 anos e o mais sagrado, existe o circuito de peregrinação conhecido como Barkhor. Potala palace foi a residência do Dalai lama. Perto de Lhasa há outros monastérios que podem ser visitados em viagem de 1 dia, como o Drepung, Sera ou Ganden monastérios.

      Muitas agências oferecem viagens de 2 dias para o lago Nam-tso, considerado sagrado.

      No caminho para o campo base do Everest, existe o monastério de Rongphu, onde alguns podem pernoitar em uma pousada ao lado. De tempos em tempo há expedições que saem de Lhasa e vão para Kathmandu no Nepal, passando pelo campo base.

       

      Qinghai

      Localizado nos limites nordeste do Tibete, no passado fazia parte do Tibete, mas foi dividido cartograficamente pelos Chineses. Os três maiores rios chineses: Amarelo, Yangzi e Mekong, nascem aqui. Também é terra natal do atual Dalai lama, do 10º Panchen Lama e de Tsongkhapa, o fundador dos chapéus amarelos.

      Xining a capital, a 2.2265 metros de altitude, foi uma guarnição militar e entreposto comercial desde o sec 16. É base para quem quer seguir a rota de Qinghai-Tibete.

      Tongren é famosa pelas pinturas budistas (tangkas) e estátuas budistas que tem produzidos há séculos.

      •  
  16. hehehehe....cara, tenho mó vontade de ficar 1 ano (mesmo) viajando de mochilão...e coincidentemente meu primeiro destino seria NZ...

    mas saca, tu tem algum flog/blog/fotos?

     

    tamos esperando o resto da trip...

     

    Valeu,

    Gabriel

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  15 mais
    2. Jonas.Schwertner

      Jonas.Schwertner

      quote:Originally posted by Guigah

       

      Aií Jonas, pra falar a real eu não sei qto gastei, pq a minha viagem não foi nada planejada, eu ficava no lugar q gostava e vazava qdo dava vontade. Em alguns chegava a ter uma rotina diária, comum, gastava como se tivesse em casa. Qdo resolvia sair fora juntava uma grana aproximada do q pensava q ia gastar e mandava ver... ~planejamento zero. Então infelizmente fica difícil saber velho... foi mau aí!

      Gabriel, agora to mais em casa impossível, Balneário Camboriú, SC, minha cidade natal. Aparentemente essa parada deve ser apenas uma escala da minha viagem, mas na verdade ainda não sei se sigo o caminho denovo, assim direto.

       

      Issae! Abraço


      id="quote">
      id="quote">

       

      ai kra tem uma turma dai de Balneario que esta indo dias 17 e 18 para Ibirama para fazer um encontro de Mochileiros e praticar Rafting...se quiser ir junto ta convidado...

       

      [:D]

      •  
    3. Guigah

      Guigah

      Pow, valeu mesmo o toque!!! vou me atirar nessa com certeza!

       

      Abração

      •  
    4. Jonas.Schwertner

      Jonas.Schwertner

      quote:Originally posted by Guigah

       

       

      Pow, valeu mesmo o toque!!! vou me atirar nessa com certeza!

       

      Abração


      id="quote">
      id="quote">

       

      otimo. Prescisando de inf. da um toque. Ai podemos trocar umas ideias e inf. sobre esta tripp que vc fez...

       

      Falou

      •  
  17. vc pode ir num 4x4 coletivo e deixar seu carro guardado perto da carretera.

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  371 mais
    2. tiagokxuera

      tiagokxuera

      1) É preciso alguma carta diferenciada para dirigir por lá? => Não. A sua mesmo já vale.

      2) Algum seguro? => Seguro carta verde para o seu veículo. Faça com a sua seguradora ou no Chuí mesmo tem.

      3) Em relação a regras de trânsito, algo diferente? => Sim. País diferente, não tem "jeitinho brasileiro". Ande certo, na velocidade certa, 0% de alcool no sangue sempre!

      4) Uma amiga que vai junto é menor de idade, o que ela precisa de diferente dos demais? Vishe, aí vai complicar bastante. É melhor consultar o consulado.

      •  
    3. Everson Soares

      Everson Soares

      gostaria que me pudessem ajudar, a respeito de estacionamento nas ruas de montevideu,se é tranquilo achar estacionamento etc.

       

      Se precisa de algum bilhete para estacionar nas ruas,se sim , onde compro esses bilhetes de estacionamento?

       

      se tem indicação especifica de locais onde posso estacionar nas ruas e onde é proibido etc

      •  
    4. diego gomes de jesus

      diego gomes de jesus

      Gostaria de saber como esta a Ruta 26, pois estou querendo entrar na Argentina cortando o Uruguai (Rivera - Paysandu) !! Porem li que as condições da estrada (RUTA 26) esta uma lastima !! Obrigado

      •  
  18. A qualidade é boa sim, mas experimenta na loja pra ver como fica, não lembro da Conquista ter uma mochila especial para os quadris femininos ou se tem ajuste (que nem as da curtlo).

     

    Bem, resolvi dar uma olhada no site da Conquista, e não vi nenhuma especial para as mulheres ou ajuste da barrigueira:

     

    conquista4hp.jpg

     

    Dá uma olhada na MontBlanc (www.mblanc.com.br), eles tem mochilas especiais para as mulheres:

     

    alpinist60_clip_image002_0000.jpg

     

    Pra saber se a barrigueira dá pra ser ajustava para mulheres, vc precisa ver se há pelo menos duas fitas de ajustes pra deixá-la inclinada, como tem nas da Curtlo:

     

    curtlo4hu.jpg

     

    Em relação ao material, é boa sim. Eu, particularmente, prefiro o material da Conquista do que a da Kailash (mochilas).

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  48 mais
    2. Otávio Luiz

      Otávio Luiz

      Boa mochila.

      •  
    3. rafael.mendonça

      rafael.mendonça

      Gostaria da opinião de vocês quais dessas mochilas abaixo acham melhor comprar com o objetivo de não despachar.

       

      OSPREY PORTER 46L (Medidas: 55x35x20cm) - R$595,11 - Também é considerada umas das melhores mochilas para viagens, ela comporta mais do que a Farpoint com a praticamente as mesmas dimensões, sem contar que é bem mais barata, acredito que também sirva como uma carry on.

       

      OSPREY FARPOINT 40L (53 x 33 x 23 cm) - R$725,00 é considerada uma das melhores mochilas para viagens e da para embarcar com ela como carry on.

       

      CONQUISTA ROAD 50 (60X32X26cm) - R$310,00 - Não achei muito review sobre esse modelo, mas foi o que mais gostei e acredito que tenha o melhor custo beneficio (preço x capacidade) única duvida é quando as dimensões que tem uma que passa 5cm das permitidas pela maioria das companhias aéreas, como ex Ryanair (55cm x 40cm x 20cm - 10kg) e Easyjet (56cm x 45cm x 25cm - sem limite de peso), mas não sei se dar para diminuir as dimensões da mochila como alguns modelos ou ajeitando as coisas dentro para que fique menor nas medidas necessárias.

      •  
    4. Otávio Luiz

      Otávio Luiz

      Não tem como ver a Conquista ao vivo, na loja, e tirar estas dúvidas? Tenta conversar com a Conquista também.

      Se não tá sobrando dindin a Conqista vai muito bem. Claro, as Osprey são muito boas, mas a Conquista vai te satisfazer.

      E como o uso da mochila é urbano, não precisando carregar ela o dia inteiro nas costas (como em trekkings) não fará tanta diferença assim...

      Só tem que ver se ela vai caber na cabine.

      •  
  19. E aí Rodrigo.

     

    A uns anos atrás eu e a Marcia também fizemos essa trilha.

    Foi bem legal, pois pegamos um tempo muito bom e um sol escaldante.

    Deu p/ aproveitar bem as praias.

     

    Ficamos nesse mesmo camping q vcs ficaram.

     

    Nas praias nós nem paramos. Dois cachorros resolveram nos acompanhar desde a Praia do Perez.

    Qdo chegamos lá na Praia do Cedro, tinha um casal acampando na areia da praia. Ali deve ser uma ótima praia p/ acampar, já q existe sombra e agua fresca.

     

    Caminhamos um pouco mais pelo costao e descansamos em uma pequena praia, ao lado da Praia do Cedro.

     

    Depois seguimos até a P. Fortaleza e voltamos p/ o camping.

     

    É uma bela trilha p/ um dia qqer, já q as praias sao muito pouco visitadas.

     

    Qqer dia a gente volta lá.

     

     

    Abcs.

     

     

    Augusto

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  24 mais
    2. KaSoleMar

      KaSoleMar

      Essa trilha é realmente muito boa!!

       

      Já fiz várias vezes e sempre que posso estou lá para fazer novamente!!!

       

      Mas eu não volto da Fortaleza direito para a trilha (naquela pedra no final da praia)... eu vou beirando o mar, pelas pedras, até o Pontão (aquela ponta de pedras que 'fecha' a baia da Fortaleza)...

       

      E na volta, sempre me permito o prazer da caipirinha de maracujá da Mara (não consigo me lembrar o nome do bar, mas é um que tem um deck coberto de piaçava, depois da Praia do Perez (indo para a Lagoinha)...

       

      Agora, não está sendo permitido camping nas praias!!!! A única que eu não vi placas foi na do Cedro... mas imagino que em breve já estará proibido também...

       

      E quer saber, sou à favor... porque como não tinha fiscalização nenhuma, muita gente sem noção estava estragando o lugar. Numa das vezes parei para lavar o sal do corpo naquela mangueira de água da serra que existe na praia do Cedro e fiquei muito aborrecida de ver que um pessoal que estava acampado por lá havia jogado restos de comida e gordura em tudo quanto é canto... e o pior, haviam CAGADO DO LADO DA MANGUEIRA ONDE A GENTE SE LAVA DO SAL!!! Sem contar o estado que a Grande do Bonete fica depois de um feriado prolongado...

       

      Não adianta... sou campista também e amo acampar, mas sou contra campings sem uma mínima infraestrutura ou fiscalização... e isso não é para o conforto dos campistas, não!! É para evitar absurdos como este...

       

      Por isso, não achei ruim de terem proibido campings nestas praias...

       

      De todo caso, entre a Lagoinha e a Maranduba (ou seja, pertinho dali) existe um camping do CCB... os adeptos ao camping selvagem podem não achar tanta graça e eu sei que muita gente é cuidadosa ao acampar... mas pensem que é pelo bem de todos...

       

      Boas trips!!! :D

       

      •  
    3. Batata

      Batata

      •  
    4. lilian sagan

      lilian sagan

      Uma opção para completar a trilha, (e facilitar a logística para quem deixou o carro na Praia da Lagoinha), é de retornar pela trilha que leva ao Mirante, de on de se avista parte do trajeto.

      A subida íngrime compensa!

       

      Abraços verdejantes

      •  
  20. Bemm...se sua mochila for impermeavel,pode usar a capa comum mesmo..pois a mochila nao vai molhar!!Mas ai se sua mochila não for impermeavel,é melhor voce proteje-la sim!!!!

     

    Beijokass!!![:)][:)][:)]

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  21 mais
    2. Danilo Santista

      Danilo Santista

      Que bom !

       

      Abraços

      •  
    3. Pedro Demetrio

      Pedro Demetrio

      Capa de chuva para mochila é uma boa para proteger a mochila de rasgar ou agarrar nas esteiras dos aeroportos, bagageiros de onibus e essas coisas ....para chuva nao acho uma boa.

       

      Se a chuva for pouca e durante um tempo curto a mochila jah vem com uma camada resinada que aguenta de boa uma chuviscada aki e ali.

      Se for pra pegar chuva mesmo a capa nao protege as costas da mochila e a agua vai escorrer entre a mochila e as suas costas e vai encharcar tudo(já passei por isso em travessias). Para chuva pesada eh um poncho mesmo dakeles que cobre tudo que resolve melhor o problema.

       

      Mas isso é minha experiencia pessoal com caminhada em chuva pesada.

      •  
    4. palhares.f

      palhares.f

      Galera, aproveitando o tópico, qual o melhor material para se fazer uma capa de chuva PARA a mochila, especificamente? Queria algo simples, parecido com essas capas da T&R, Curtlo e Kailash, mas se possível, home made, pela minha vózinha costureira ... :P

       

      http://www.mountainsmith.com/images/products/RainCoverXL.jpg

       

      A principal exigência seria algo impermeável né (pois é uma capa de chuva hehe), mas como bônus viriam o peso, a capacidade de se deformar (para poder dobrar na hora de guardar) e a resistência à abrasão, cada um desses sendo menos importante que o anterior ... vocês acham que colocando um elástico em volta da capa (para ela 'agarrar' a mochila) seria o bastante para segurar a mesma?

       

      E ah, quanto aos tecidos, creio que o ideal será algum tipo de nylon, como sou de São Paulo posso comprar fácil no Brás, porém seria ideal uma cordura ou o mesmo que é usado em guarda-chuvas? Acho que é o famoso nylon 70 né?

      Abraços!

      •  
  21. oi...tudo bem...então, sou brasileiro, tenho 24 anos, sou de Santa Catarina e sou formado em odontologia!!!Pois então, minha dúvida eh a seguinte..em tempos atrás li uma reportagem que retratava sobre o crescimento da china, e que a china estava precisando de profissionais estrangeiros para atuarem em seu país...achei super interessante, sou dentista formado a um ano e gostaria de saber se existe a possibilidade de um dentista brasileiro trabalhar na china eh possivel?Será que eh um sonho ou existe mesmo a possibilidade? Meu e-mail e [email protected] (com um E soh)...muito obrigado desde jah e espero retorno....obrigado

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  633 mais
    2. Lucas Rey

      Lucas Rey

      Pessoal, vou pra China ficar cerca de 21 dias.

      Vou para as cidades de Beijing, Luoyang, Xian, Guilin, Hangzhou, Suzhou e Shanghai... qalguém tem dica de passeios ou lugares interessantes para se ir durante à noite?

       

      Já tenho roteiro para os dias, mas queria preencher minhas noites com algo e não ficar por ai perdido e perdendo tempo. Alguém tem algo a indicar? Pode ser um show, um passeio, um lugar que abra durante a noite ou um mercado/feirinha?

       

      abrçaos.

      •  
    3. rmcolpani

      rmcolpani

      Talvez alguém que conheça Pequim poderá me ajudar: Farei escala e gostaria de comprar alguns produtos de Medicinal Tradicional Chinesa (agulha para acupuntura, guasha, moxa...). Ao que parece algumas farmácias vendem isso lá.

      Se algum vivente souber disso (apesar de ser bastante específico) manda a informação aí por obséquio.

       

      ::otemo::

      •  
    4. Rafael N K

      Rafael N K

      Estou planejando minhas férias de 2018. Gostaria muito de ir para China, mas só tenho disponibilidade para começo de fevereiro. Alguém tem alguma recomendação? Vale a pena por causa do frio? Obrigado a todos.

      •  
  22. Bem, uma bússola pode ser utilizada para diferentes fins com o mesmo objetivo: determinar onde fica o norte.

     

    Se vc quer participar de um trekking de regularidade ela deve funcionar assim:

    Quando vc encontra na planilha um ponto que se bifurca e vc tem que seguir a 45 graus. Voce deve chegar no ponto determinado, pegar a bússola e esperar o ponteiro dela (chamado também de agulha) ficar parado. Daí, vc vai virando a bussola (ou o anel de graus) até a marcação de 45 graus ficar exatamente onde a agulha aponta. Daí vc olha para o marcador e vê onde está o ponto zero. É esse o caminho que vc deve seguir.

     

    Para leitura de mapas:

    Todo mapa tem a rosa de ventos desenhada ou a indicação da direção do norte. Então vc pega o mapa, coloca numa superfície plana, e coloca a bussola em cima e espera a agulha parar. Daí vc vai virando o mapa até a direção da agulha (que sempre aponta para o norte)ficar igual a direção norte do mapa. Pronto, agora vc ja se encontrou.

     

    Será que vc entendeu? Caso contrári,poste aquí novamente que tento facilitar, tá?

     

    Existem muitas maneiras de utilizarmos a bússola. Essa marcação da sua especificamente serve para facilitar vc ver sempre onde está o norte da bússola e seguir na direção correta.

     

    Tudo depende para que vc vai usar a bússola.

    No site: http://www.gd4caminhos.com existe uma grande explicação e especificamente para o seu modelo. Passe por lá e dê uma olhadinha.

    Qualquer dúvida,poste aquí.

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  11 mais
    2. marciabellotti

      marciabellotti

      Procurando mais informações sobre o uso da bússula encontrei também este artigo bastante completo e com imagens, o que juntamente com o material aqui do fórum pode ser esclarecedor:

       

      http://www.cartografia.eng.br/artigos/bussola4.asp

       

      Abs!

      •  
    3. Gabrielucio

      Gabrielucio

      Marcia, o seu link não pode ser encontrado.

       

      Pessoal, ESSA eh uma otima pagina que fala sobre o assunto, visitem!

      •  
    4. Amundsen

      Amundsen

      OLá...estou pensando em comprar uma bussola e gostaria de saber se a da Marca Nautika são de boa qualidade..vlw.

       

      Eu smente sei que Nautika é uma marca conhecida. Não sou um perito, mas acho que são da boa qualidade. Eu prefiro relógios com bússolas integradas. Muito conhecidos são os Breitling Relógios, mas são do segmento de luxo. Mais acessível são os Timex. Pode-se comparar bem na internet.

       

      @Gabrielucio: Obrigado pelo link, muito legal! ::cool:::'>

      •  
  23. Muito Boa Trip,

     

    Ainda me lembro que fui, a saudade dos campos baixos é demais e as paisagens são maravilhosas.

     

    Valeu,

     

    Rogério Félix

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  13 mais
    2. daniel.reis

      daniel.reis

      Pessoal,

       

      Estou montando um grupo para fazer o Vale do Pati. A ideia é fazer o trekking de 17 a 23/04. Já tenho um guia conhecido e estou procurando interessados para fecharmos um grupo.

       

      Entrem em contato comigo: [email protected]

      •  
    3. jpclimber

      jpclimber

      Olá!!!

      Estou querendo fazer a trilha em 5 dias no fim de junho.

      Alguém que fez a trilha recentemente poderia informar valores que estão sendo cobrados:

      Guia

      Hospedagem na casa dos colonos (quarto ou camping)

      Refeição na casa dos colonos

       

      Valeu e abração!

       

      JP

      •  
    4. paula.souza

      paula.souza

      Fazer a trilha do Vale do Pati é uma experiência indescritível! Estive lá em novembro do ano passado e já quero voltar!

      •  
  24. Ai ta dificil. Costumo ir muito a CDE mas sempre passo a noite em Foz, o unico hotel que o conheco, so de nome porque o pessoal comenta e o Panorama Inn.

     

    Encontrei este liink, mas tem pouca informacao

     

    http://www.cdepy.com/index.php?categ19p ... 1104090318

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  26 mais
    2. betogyn

      betogyn

      Olá,

       

      Irei a Cidade do Leste na próxima semana e ainda não consegui reservar uma hotel. Irei de Avião de Guarulhos para Cidade do Leste. Vou juntamente com um amigo. A intenção é comprar uma máquina profissional, um bom celular e outros eletrônicos. O dilema maior é que o meu amigo está com receio de ficar hospedado no Paraguai, pois acha perigoso e não confia em deixar as compras no hotel. Vamos ficar 3 noites. Eu já não gostaria de ficar passando todo dia na ponte, sendo que para ir embora temos que pegar o voo no Paraguai mesmo. Preenchi formulários de reserva nos hotéis Myabuela e no Austria, mas não recebi nenhum tipo de retorno. É muito arriscado ir sem reserva confirmada?

      •  
    3. betogyn

      betogyn

      Outra dúvida é que chegarei no aeroporto de Cidade do Leste. Só tem taxi disponível ou tem ônibus? Como chegarei apenas com bagagem mão prefiro pegar um ônibus e economizar uns trocos hehehehe.

      •  
    4. sergiofoz

      sergiofoz

      Betogyn

       

      Até onde sei so existe taxi. a nao ser que vc ande por 5Km a pé e chegando a caretera vc consiga pegar um onibus.

       

      O problema de ficar hospedado em CDE eh que a noite ten´se que tomar cuidado, pois o centro fica "abandonado"

      Ir sem reserva vao tera nenhum problema, pois caso nao encontre vaga no hotel vc pode ir para Foz onde existe centenas de hoteis.

      Ja que vai ficar 3 noites podeira deixar para comprar os eletronicos noi ultimo dia.....

      Nada inpede de que vcs fiquem em CDE e vao a noite ou durante o dia para Foz.....se nao tiver carregando nada...podera passar tranquilo pela ponte.

       

      Particularmente eu ficaria em Foz, por questao de ja acostumado com o tipo de hoteis do Brasil. Porem ja fiquei em varios hoteis no Paraguai e nao tive nenhum problema.

      •  
  25. Bom, aqui estou eu acordando às 5h da manhã. Fora do Br não tenho nenhum problema em me adaptar ao horário, mas chegando aqui parece que meu inconsciente não aceita a volta. Na verdade eu acho que é o meu consciente mesmo que não quer voltar!!!

     

    Pegamos o trem rumo a Gotemburgo e passamos pela famosa ponte que liga Copenhagen a Malmo e passa por dentro da água. Me falaram que a sensação de sair de dentro da água era incrível, mas sabe que de trem não dá nem para sentir. Sei lá, estava dentro do túnel e do nada já estava fora. Em Malmo dei uma voltinha na região próxima à estação. Achei a cidade bem bonitinha, mas não entrei em nada. De lá cheguei em Gotemburgo. Chovia muito na cidade, muito mesmo. Visitei igrejas, parques, casas antigas e logo fui para o albergue. Aliás, gostei muito do lugar. Ótimo, com duas cozinhas totalmente equipadas. Bem próximo ao local tem um mega supermercado. Depois eu vejo o nome certinho e coloco aqui.

     

    Acabei ficando só uma tarde lá. No dia seguinte, muito cedo, peguei o trem para Oslo. Pensei que eu teria que reservar, mas a pessoa me explicou que só os trens rápidos é necessária a reserva. Cheguei na estação e fui direto para o albergue. Fiquei no Anker Hostel. Bem localizado, também gostei muito. É um pequeno apartamento, com banheiro e cozinha dentro do quarto. Tive sorte que as pessoas que dividiram o quarto não cozinhavam, então não tive problema de cheiro e sujeira. Imagina dormir enquanto um sujeito está fritando alguma coisa. Gostei muito de Oslo. Logo que cheguei fui para a Karl Johans Gate, a principal rua da cidade que passa por diversas atrações turísticas. Cada prédio lindo! A universidade, o teatro, a igreja. Na hora em que eu estava chegando no palácio estava chegando a bandinha para a troca de guarda. De lá fui caminhando até o lugar que eu mais queria conhecer: Vigelandsparken. Aquele parque das esculturas de Gustavo Vigeland, sabem? Pois é, o lugar é realmente lindo. Fiquei horas por lá.

     

    Esqueci de dizer uma coisa, desde o dia que cheguei na Escandinávia, todos os meus jantares tinham salmão. Por questões óbvias, era o prato mais barato. Hehehe e olha que me falaram que os melhores peixes eram exportados, mas se tiver melhor do que aqueles...hum...

     

    No outro dia fui para de Bygdoy, a região dos museus. Não dá para ir a pé então o peguei o ônibus 30 e pedi para o motorista me deixa em frente ao Kon-Tiki. No meio do caminho ele me avisou que tinha chegado. Desci (só estou usando a 1ª pessoa por facilidade, ok?) e fui em direção ao museu. Qd vi não era o Kon-Tiki. Fiquei p da vida pq qd olhei no mapa eu estava muito longe. Não entrei no local pq não me parecia interessante. Não lembro nem mais o nome. Bom, depois de uns 20 minutos passou outro ônibus. Sorte que pude usar o mesmo bilhete. Peguei a dica deste museu aqui. Realmente vale muito a pena. Conta a história das navegações de um aventureiro que viajava com barcos de papiro. Saí de Bygdoy pegando um barco, que me deixou perto da região do forte e do castelo. Passei algumas horas no local até que começou a chover. Sem abrigo, resolvi procurar uma internet. Vi pelo meu lonely planet que o acesso era gratuito na biblioteca (Deichmanske Bibliotek). Como tudo na Escandinávia é caríssimo, em especial a Noruega, fui correndo para lá. Eles têm 6 computadores que vc pode ficar até 15 minutos e mais uns 20 que vc pode ficar até 1h, mas tem que marcar hora. Nesses de 15 minutos não tem nada organizado. Vc tem que ficar próximo a um computador até que alguém se toque e te deixe usar. Não tem controle de tempo, logo, tem gente que abusa. Eles até tiram a cadeira para o cara usar rápido, mas tem muita gente que não respeita o tempo. Saindo de lá fui me perder pelas ruas. Adoro fazer isto!! Ir para lugares longe dos pontos turísticos para descobrir um pouquinho como vivem as pessoas. Depois passei na estação para reservar a minha passagem para o trecho Oslo-Bergen. Tem uma opção de trem noturno, mas dizem que o caminho é tão lindo que eu queria ir durante o dia. No dia da viagem entrei no trem e fui procurar meu lugar. Não esta entendendo pq a poltrona estava certa, mas o vagão não estava. Achei que eles deviam ter mudado, mais tudo bem. Depois de uma hora de viagem o bilheteiro veio conferir as passagens. Ele deu o ok, mas em seguida voltou e pediu para ver novamente a reserva. Ele virou e falou que estávamos no trem errado. Eu não acreditei e por um segundo fiquei apavorada. Mostrei para ele o número do assento, mas ele me explicou que eram dois trens colados, mas um ficaria em Myrdal. Menos de um minuto depois o trem parou e ele falou para sairmos rápido para o trem da frente. Pegamos as nossas coisas correndo. Estávamos no último vagão do segundo trem e saímos correndo, segurando casaco, comida, com mochila aberta, até o primeiro trem. Nossa, meu coração parecia que ia explodir de tão rápido que corri. Qd sentei vi que tínhamos esqueci a garrafa térmica com o chá. Avisamos o nosso bilheteiro se tinha como pegarmos. Ele falou que na próxima parada pegaria com o outro bilheteiro. Bom, mas foram oito horas de viagem com a máquina preparada e os olhos atentos. Depois dre umas três horas começam as paisagens deslumbrantes. Vc vê as montanhas todas branquinhas. É realmente um caminho maravilhoso!

     

    Tenho que trabalhar. Depois eu conto sobre a cidade que chove 300 dias por ano.

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  70 mais
    2. Apnana

      Apnana

      Gente, desculpa por nunca ter terminado este relato. Pegamos tantas informações aqui que acho que o mínimo que temos que fazer é relatar nossas experiências. Felizmente todas as grandes dicas jpa foram dadas, logo, não tenho muito mais para acrescentar.

       

      Bom, saímos do albergue antes do anoitecer, pois tinham me falado que era perigoso sair na rua à noite. Ficamos horas e mais horas na estação de trem até que chegasse a hora do nosso trem. Ah! Uma dica valiosa, que não lembro se já escrevi em outras postagens. As cabines com quatro pessoas é tipo um beliche. Tente comprar as duas de baixo, pois as chances de vc e seu acompanhante ficarem sozinhos são muito maiores.

       

      Chegar a Moscow foi bem mais tranqüilo do que SP, mas acho que esta sensação foi pq eu já tinha pisado em solo Russo, logo, já estava acostumada. eheheheh Pegamos o metro e fomos para o albergue. Este era bem melhor do que o SP. A primeira coisa que fizemos foi ir para a Praça Vermelha. Nossa, que lugar lindooooooooooooooooo!!!! Corremos para comprar os ingressos para o Kremlin. Acabei não pegando guia, pois todos cobravam uma fortuna. Li albergue tinha aque guia da DK de Moscow e achei que ele explicava bastante coisas. Muitos me falaram que lá dentro só com guia, mas consegui entrar numa boa. Fora que vc vê sempre um ou outro dando explicação e acaba pegando “carona” ehehehehhe Mas confesso que acho sacanagem e não ficava direto em um.

       

      Moscow é uma cidade com belas atrações, mas gostei mais de SP. Fora a Praça Vermelha e tudo que a cerca, as igrejas maravilhosas e o teatro, não tem nada a mais.

       

      Meu namorado descobriu um Museu de aviões soviéticos que era vinculado à Força Aérea que ficava em uma cidade chamada Monino. Acho que fica longe umas duas horas de MCW. Pedimos ajuda a moça do albergue, pois site deles explicando como chegar era todo em russo. Fomos para a estação e mostramos o nome da cidade e o cara escreveu em um papel os horários de ida e volta. No meio do caminho vi uma coisa branca, o tempo passa e fica mais branco.... Era neve!! Eu nunca tinha visto neve na vida e fiquei encantada. Mas não dava para chamar aquilo de neve. Era quase uma poeira de neve em cima de algumas folhas. Ehehehehehe

       

      Chegando no tal museu, que ainda pertencia a Força Aérea, ninguém falava inglês na portaria. Tivemos muita sorte, pois os caras tiveram muita boa vontade com a gente. Um cara, que devia ser um chefão lá dentro, veio conversar com a gente e nos questionar como tínhamos descoberto. Fez um interrogatório: Pq vcs querem conhecer? O que vcs fazem? Vcs são jornalistas? Como chegaram aqui? Quem ensinou o caminho? Bom, no final ele disse que só cidadão russo poderia conhecer, mas se quiséssemos teríamos que aguardar 5 dias para ver se a nossa entrada seria permitida. Como não tínhamos todo esse tempo, saímos de lá decepcionados. Meu namorado mais do que eu, por razões óbvias, né??? Há pouco tempo lemos em algum lugar que realmente virou um museu e a entrada é para todos. Na época não sei se oficialmente era um museu.

       

      Batemos mais pernas em Moscow. No dia seguinte acordamos e fomos tomar café. Qd voltamos olhamos pela janela e vimos que todos os carros estavam branquinhos. Pegamos nossas mochilas, era dia de partir, e corremos para a Praça Vermelha. Queria muito tirar uma foto nela toda branquinha. E agora não era poeira, mas sim muita, muito neve. O ônibus que pegamos até o aeroporto foi muito devagar. A nevasca foi feia e achamos que não conseguiríamos embarcar. Daí vi que neve éra legal só por 10 minutos. eheheh Só que do nada parou, eles rapidamente limparam a posta e lá fomos nós......

       

      Para dois dias em Berlin, pois amoooo esta cidade.

       

      Bom, espero que eu tenha contribuído. Qq dúvida é só me procurar.

      •  
    3. Studart

      Studart

      Ótimo Apnana. Obrigado pela atenção. Espero ir a Moscou um dia.

      Um abraço

      •  
    4. Apnana

      Apnana

      OI, Paulo!

      EStarei aqui para ajudar qd vc for. Abs e boa viagem!

      •  
  26. Qual a melhor epoca do ano pra faze-lo?

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  12 mais
    2. deiafranzoi

      deiafranzoi

      LEGAL, POSTA MESMO, SOU CURIOSA NESSA TRILHA, E NAO CONHEÇO NINGUEM QUE FEZ!

      •  
    3. deibe

      deibe

      Gente estarei em Foz do Iguaçu em agosto e gostaria de visitar as missões argentinas. Se eu alugar um carro dá pra visita-las em um dia. Ja olhei a distancia e fica de aproximadamente uns 270 km. Pensei em sair bem cedinho e voltar a tarde. Preciso de ajuda.

      •  
    4. carla.tonetti

      carla.tonetti

      Olá pessoal.

       

      Em maio farei São Borja a Santo Angelo a pé.

      Para quem quiser acompanhar estarei postando nesse endereço https://m.facebook.com/Peregrinadosol/ e posteriormente posso fazer um resumo de como foi,por aqui. ::otemo::

      •  
  27. http://www.guiabombinhas.com.br/index.php

     

    Abraço,

     

    Rogério Félix

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  133 mais
    2. brunopoletto

      brunopoletto

      Galera, quem tiver interesse em fazer trilhas na região de Mariscal / Zimbros (tem vários morros praticamente inexplorados) tenho um contato para indicar. O cara é meu vizinho na praia, não é um guia oficial, é um artesão, mas conhece muito a região. Caso forem ligar pra ele é bom falar alto que ele é meio ruim de ouvido, acho melhor escrever mensagem.

      Luiz Gomes 47 99938-6888 (telefone Tim).

      •  
    3. Ricardoggq

      Ricardoggq

      Alguém poderia me fornecer maiores informações sobre a praia do Sissial? Obrigada

      vc viu essa reportagem?

       

      http://g1.globo.com/sc/santa-catarina/bom-dia-santa-catarina/videos/v/conheca-as-praias-do-sissial-e-ilheus-em-governador-celso-ramos/4783252/

      •  
    4. baimacarol

      baimacarol

      Pessoal,

       

      Novas dicas de Bombinhas? Alguem sabe melhor hostel para se hospedar?

      Estou indo agora em Novembro, ficaria 12 e 13/11 completos na cidade...

      •  
  28. O Expresso Princesa dos Campos (empresa sediada em P.Grossa) faz linha Spaulo/P.Grossa, passando por Castro. De Castro ao Canyon ou mesmo ate Tibagi, a empresa Expresso Iapo. Portanto nao ha necessidade de ir ate P.Grossa. Castro situa-se a 40 km antes de P.Grossa para quem vem de S.Paulo. De Castro ao Canyon sao 38 Km e ate a cidade de Tibagi mais 24 km... sejam benvindos.[:)]

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  104 mais
    2. LiCo

      LiCo

      Otávio, o que me incomoda é eu ser obrigado a contratar um serviço que não preciso. Se custa 1 centavo mas eu não preciso, então é caro. Maaaas, essa conversa de guia é complicada e tem o outro lado da moeda.

       

      Poizéééé Karen. Na verdade estou ensaiando uma trip no PR faz é tempo. Vamos ver se dessa vez eu consigo ir.

       

      Intééé

      •  
    3. sannaumm

      sannaumm

      Boa tarde galerinha do bem!

       Por favor, alguém pode me ajudar :)?

      Vou fazer em breve Floripa x Ponta Grossa de Bus

      e na sequência Ponta Grossa x Castro x  Tibagi de Bus ( existe outra rota ?)

      Como faço p/ chegar ao cânion sem carro ? 

      Será que é tranquilo conseguir carona por lá ? 

       

      OBS.: Se puderem tbm me sugerir hospedagens em conta( Quartos compartilhados/Camping) agradeço muito heheeheh ( $ limitadissima p/ o rolê)

      Gratidão pessoal :D 

       

      •  
    4. Otávio Luiz

      Otávio Luiz

      O itinerário é esse mesmo.

      De Tibagi para o parque só carona ou um táxi, transfer, etc... não tem transporte público.

      Tente falar com o pessoal que trabalha no parque, pode rolar uma carna, ou com o pessoal da Parada Guartelá, agência de turismo e receptivo que fica a 200 metros do parque, bem na beira da estrada. http://www.guartela.tur.br/

      •  
        • Obrigad@! 1
  29. Fala Kaoru, beleza?

     

    Na realidade estou completamente aberto com relação a Tókio e Yokohama. Elas entraram no meu roteiro a princípio por causa dos jogos do São Paulo. Adoro o Japão e sempre tive vontade de ir, mas pelo alto custo de tudo lá, ia ficar de fora da minha viagem. Como acabou entrando, vou ficar pouco tempo mas quero aproveitar o máximo.

     

    Primeiramente, qual o bilhete mais barato que eu consigo para fazer o trecho Hong Kong / Tókio?

     

    Quero fazer a viagem para lá de forma extremamente economica no que se diz respeito ao conforto.

     

    Andei lendo para me hospedar em Ryokan, gostaria de ficar próximo do centro.

     

    Parece que Tókio não tem atrações pontuais para visitar e que a cidade inteira é a própria atração. É isso mesmo? Oq não posso deixar de fazer quando for pra lá?

     

    Yokohama me parece que tem o elevador mais rápido do mundo e que vale a visita. Isso além dos templos, museus, etc.

     

    Como vou ficar muito pouco (cerca de uma semana) e talvez passe ainda para visitar um amigo que mora em Osaka, gostaria de dicas para fazer no tempo em que não estiver indo ao estádio.

     

    Dá pra ser economico lá? Gasta-se quando, na média, por dia? Dá pra estimar?

     

    A primeira bateria de dúvidas acho q fica por aqui.

     

    desde já agradeço,

     

    Abraços

    Roberto Fabri

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  155 mais
    2. Markkusvlt

      Markkusvlt

      Idioma

       

       

      Alguém é fluente ou conhece algum japonês que fala português?

       

      Estou fazendo curso de japonês e gostaria de alguém para praticar.

       

      ::otemo::

      •  
    3. Daniel Asanuma

      Daniel Asanuma

      Pessoal, morei por 5 anos no japão, caso puder ajudar com algo, estou a disposição.

      •  
    4. Natalia Quirino

      Natalia Quirino

      Reforço o que o colega disse, Shirakawa-go é lindíssimo.

      Quem for pegar o JR pass, recomendo.

       

      Em Tokyo fiquei no hotel Princess Garden. Recomendo muito.

      Custou, se nao me engano, 150 reais a diaria, para quarto privado com banheiro, o hotel é bem limpo e confortavel, perto da estação Meguro, na linha Yamanote, que vai para a mairia dos pontos turisticos.

      Tem bastante restaurante e konbini perto, nao sei dizer se tem barzinho e balada, pois nao costumo fazer isso em viagens.

      •  
  30. Entenda seu relógio:

     

    Hoje temos relógios para todos os estilos... para todos os gostos... de diversas cores... formatos... materiais... funções...

     

    Abaixo um pequeno glossário para entender melhor cada relógio...

     

    Talvez isso faca diferença na hora da compra...

     

    -Alarme com back-up de 5 minutos:

     

    -All Day Glow: mostrador iluminado o dia todo.

     

    -Analógico-digital (ou ana-digi): exibe no visor horário digital e analógico simultaneamente.

     

    -Auto-crono: permite a cronometragem de um evento de forma automática; ao termo da operação de contagem regressiva (timer). Por exemplo: querendo iniciar a cronometragem de uma corrida daqui a 60 segundos, ajuste o timer e inicie a contagem regressiva. Ao finalizar a contagem, a medição da corrida inicia automaticamente, sem necessidade de outras operações.

     

    -Bezel: parte do relógio que fica ao redor do mostrador de horas. Pode ser giratório.

     

    -Beep de Hora Cheia: aviso sonoro emitido pelo produto toda vez que é indicada a hora cheia (exemplos: 8:00, 9:00, 12:00)

     

    -Bússola: funciona através de sensor - bússola digital.

     

    -Caixa: é a parte onde fica o mecanismo do relógio, que pode ser produzida em diversos materiais, como plástico, titanium e ouro.

     

    -Caixa em policarbonato com ABS: -Calendário totalmente embutido: o relógio tem calendário mensal automático.

     

    -Caracteres katakana: caracteres em japonês.

     

    -Chime:

     

    -Contador regressivo (timer): utilizado para contagem de tempo, quando se conhece o tempo final do evento.

     

    -Controle remoto de pulso (função aprendizado): relógio com função de controle remoto.

     

    -Coroa rosqueada:trava mecanicamente a coroa para garantir impermeabilidade.

     

    -Cronógrafo: permite a medição do tempo de um evento, independente da apresentação normal do horário. Existem cronógrafos com medição de 1/5, 1/10, 1/20, 1/100 e 1/1000 de segundos.

     

    -Dual Time: apresentação de dois horários distintos no mesmo display, automaticamente ou com acionamento.

     

    -Despertador Múltiplo: permite definir um despertador diário para cada hora específica.

     

    -Eco Drive: designação dada a produtos que possuem como fonte de energia capacitores ou baterias recarregáveis através de células fotovoltaícas (bateria solar), isentos de metais pesados, prejudiciais ao ambiente.

     

    -Energia solar: a bateria se auto carrega através de energia solar.

     

    -Exibição da maré: com base nos valores de latitude e longitude embutidos - introduzindo dados de altitude, pressão e GMT (ex: diferença de horário de Londres até o Brasil = -3 horas) de determinada região no visor - exibe graficamente os movimentos da maré.

     

    -Exibição das horas do nascer e pôr-do-sol: de acordo com as informações de latitude e longitude embutidos - introduzindo dados de altitude, pressão e GMT (diferença de horário de Londres até o Brasil =-3 horas) de determinada região no visor - exibe as horas do nascer e pôr-do-sol.

     

    -Função sleep ou soneca:

     

    -Horário de Verão: função facilitadora existente em alguns produtos, que permite o ajuste rápido do horário de verão, ou seja, não necessita das operações gerais de ajuste.

    •   
    1. murillus

      murillus

      Entenda seu relógio:

       

      Hoje temos relógios para todos os estilos... para todos os gostos... de diversas cores... formatos... materiais... funções...

       

      Abaixo um pequeno glossário para entender melhor cada relógio...

       

      Talvez isso faca diferença na hora da compra...

       

      -Alarme com back-up de 5 minutos:

       

      -All Day Glow: mostrador iluminado o dia todo.

       

      -Analógico-digital (ou ana-digi): exibe no visor horário digital e analógico simultaneamente.

       

      -Auto-crono: permite a cronometragem de um evento de forma automática; ao termo da operação de contagem regressiva (timer). Por exemplo: querendo iniciar a cronometragem de uma corrida daqui a 60 segundos, ajuste o timer e inicie a contagem regressiva. Ao finalizar a contagem, a medição da corrida inicia automaticamente, sem necessidade de outras operações.

       

      -Bezel: parte do relógio que fica ao redor do mostrador de horas. Pode ser giratório.

       

      -Beep de Hora Cheia: aviso sonoro emitido pelo produto toda vez que é indicada a hora cheia (exemplos: 8:00, 9:00, 12:00)

       

      -Bússola: funciona através de sensor - bússola digital.

       

      -Caixa: é a parte onde fica o mecanismo do relógio, que pode ser produzida em diversos materiais, como plástico, titanium e ouro.

       

      -Caixa em policarbonato com ABS: -Calendário totalmente embutido: o relógio tem calendário mensal automático.

       

      -Caracteres katakana: caracteres em japonês.

       

      -Chime:

       

      -Contador regressivo (timer): utilizado para contagem de tempo, quando se conhece o tempo final do evento.

       

      -Controle remoto de pulso (função aprendizado): relógio com função de controle remoto.

       

      -Coroa rosqueada:trava mecanicamente a coroa para garantir impermeabilidade.

       

      -Cronógrafo: permite a medição do tempo de um evento, independente da apresentação normal do horário. Existem cronógrafos com medição de 1/5, 1/10, 1/20, 1/100 e 1/1000 de segundos.

       

      -Dual Time: apresentação de dois horários distintos no mesmo display, automaticamente ou com acionamento.

       

      -Despertador Múltiplo: permite definir um despertador diário para cada hora específica.

       

      -Eco Drive: designação dada a produtos que possuem como fonte de energia capacitores ou baterias recarregáveis através de células fotovoltaícas (bateria solar), isentos de metais pesados, prejudiciais ao ambiente.

       

      -Energia solar: a bateria se auto carrega através de energia solar.

       

      -Exibição da maré: com base nos valores de latitude e longitude embutidos - introduzindo dados de altitude, pressão e GMT (ex: diferença de horário de Londres até o Brasil = -3 horas) de determinada região no visor - exibe graficamente os movimentos da maré.

       

      -Exibição das horas do nascer e pôr-do-sol: de acordo com as informações de latitude e longitude embutidos - introduzindo dados de altitude, pressão e GMT (diferença de horário de Londres até o Brasil =-3 horas) de determinada região no visor - exibe as horas do nascer e pôr-do-sol.

       

      -Função sleep ou soneca:

       

      -Horário de Verão: função facilitadora existente em alguns produtos, que permite o ajuste rápido do horário de verão, ou seja, não necessita das operações gerais de ajuste.

      •  
    2. murillus

      murillus

      Continuacao... Entenda seu relógio...

       

      -Imagens BMP no display:

       

      -LAP: Contagem do números de eventos medidos com o cronógrafo (exemplo: número de voltas de uma corrida).

       

      -Marca passo: definir o ritmo do exercício - cada bipe conta como um passo, ou seja, é utilizado para contagem de passos.

       

      -Magic Light: iluminação do display digital através de ativação de eventos semicondutores.

       

      -MP3:

       

      -Medição de altitude: por sensor incorporado, mede a pressão barométrica, que é convertida para altitude relativa - relógio com funções de medição de altitude e barômetro.

       

      -Memória de Estatísticas Vitais: :armazena dados pessoais (nome, RG, tipo sangüíneo etc.)

       

      -Memória que armazena hora inicial do mergulho: na memória do relógio pode-se armazenar o horário que o mergulhador entra na água.

       

      -Neobrite: é oferecida uma camada luminosa depois de uma curta exposição à luz.

       

      -Painel eletroluminescente: iluminação brilhante no visor.

       

      -PIN: Personal Information Management - armazena dados pessoais.

       

      -Programador de Fuso: função existente em produtos que possuam horário de diversos países (world time). Permite selecionar as cidades pré-programadas para que apareçam ou não no display digital.

       

      -Pulseira de resina: material similar a borracha, porém, com resistência superior.

       

      -Pulseira strecht: pulseira elástica.

       

      -Resistente ao magnetismo: oferece uma proteção contra os efeitos de campos magnéticos.

       

      -Registro de mergulhador: memória incorporada para armazenar a hora inicial do mergulhador e tempo total do mergulho.

       

      -Schedule com alarme:

       

      -Split: característica encontrada em alguns cronógrafos, que permite ao operador executar medições parciais de eventos sem prejudicar a medição total.

       

      -Sinal de Marcação das Horas: faz que o relógio emita um bipe na marcação de cada hora.

       

      -Tap Light: função que permite ativar 1 ou mais operações do relógio através de uma batida do selo de cristal (sem a necessidade de operar os botões).

       

      -Tap Light: -Tecnologia Flix: permite que a luz indiglo seja acionada com uma sacudida do pulso.

       

      -Telememo: memória incorporada que proporciona armazenamento para nomes e números de telefones.

       

      -Telebank: armazena 30 registros (10 caracteres para nome e 12 numeros de telefone).

       

      -Timer sincronizado: mantém o tempo da atividade total e as pausas durante o exercício.

       

      -Titanium platinado solido: titanium, metal altamente resistente, transformado em produto através de moldagem, tratado galvanicamente com platina.

       

      -Transmissor Infravermelho de Pulso: é através do infra vermelho que se transfere dados do relógio para o computador e do computador para o relógio.

       

      -Twincept:

       

      -Tratamento desodorante bacteriano na pulseira: pulseira anti-bactérias.

       

      -Vidro mineral: vidro rígido que resiste arranhões.

       

      -Vidro esférico: a superfície do vidro é arredondada.

       

      -WR: grau de impermeabilidade da água para a prática de atividades aquáticas, com submersão aprovada sem o uso de equipamentos de respiro.

      •  


×
×
  • Criar Novo...