Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Novos Tópicos

Visitante
What's on your mind?
  1. Ola, 

    estou indo em agosto para Mendonza, estou pesquisando passagens para santiago e só encontro em horários diurnos, alguém sabe informar se eu consigo comprar na hora passagem para viajar durante a noite?

     

     

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  4 mais
    2. D FABIANO

      D FABIANO

      Além do site da cata,tem também o da Andesmar Chile e da Turbus.

      Não precisa comprar por internet, leve em peso e chegue no terminal um tempo antes.

      Os dois países são inimigos há décadas,então se odeiam entre eles,é pouca gente vai de um para outro, sobretudo que há muito horário disponível. 

      •  
        • Gostei! 1
    3. samanthavasques

      samanthavasques

      Se puder, recomendo muito que faça esse trecho diurno

      A estrada entre Mendoza e Santiago é uma das mais bonitas da América do Sul

      •  
        • Gostei! 3
    4. D FABIANO

      D FABIANO

      @samanthavasques Eu acho a mais bonita, mais até que o famoso CHEPE no México. Mas ele quer fazer de noite,essa gente anda correndo por aí,sem tempo para nada!

      •  
  2. esse foi nosso roteiro, ordem dos passeios:

     

    ·        Cusco

     

    ·        Valle Sagrado

    (Pisac, Salinas de Maras, Moray, Chinchero,  Ollamtaytambo)

     

    ·        Valle Sul

    (Tipon e Pikillaqta, Andahuaylillas)

     

    ·        Macchu Pichu + Wayna Picchu

     

    ·        Banhos Termais de Colcamayo (Santa Teresa)

     

    ·        Laguna Humantay

     

    ·        Cerro Colorado/Montañas de Colores/Rainbow Mountain

    •   
      • Gostei! 1
    1. Mostrar comentários anteriores  3 mais
    2. edufehrer

      edufehrer

       2° dia 16/05 (quinta-feira)

       

      O Alfredo chegou no hotel as 8h, horário combinado.

      Nosso roteiro desse dia ficou assim:

      Saqsayhuaman, Q’enqo, Puka pukara Tambomachay, Cristo Blanco, Awana Kancha, Pisac Ruínas, Pisac mercado artesanal, Almoçamos em Pisac, e paramos em um mirador pra tirar uma foto incrível do vale sagrado, voltamos pra Cusco umas 18h.

      O valor desse tour privado foi 200 soles, que achei muito bem gasto, afinal ele ficou todo o dia com a gente, fizemos no nosso tempo, deu pra morrer umas 10 vezes visitando as ruínas de Pisac, fazer umas comprinhas no famoso mercado artesanal...um city tour convencional faria apenas “Saqsayhuaman, Q’enqo, Puka pukara Tambomachay”, e sem muito tempo para explorar tudo, sem conhecer o Cristo Blanco (no qual vimos até uma missa ao ar livre) e sem parar em Awana Kancha.

      Compramos o Boleto Turístico General (completo 260 soles duas pessoas ) na bilheteria da 1° atração do dia, em Saqsayhuaman...o boleto turístico é indispensável, no final do 10° dia de viagem, já tínhamos completado ele, todas as principais atrações solicitam o boleto.

       Saqsayhuaman: é sensacional, vale a pena ficar muito tempo lá.

      Q’enqo: a visita é bem rápida, lugar pequeno.

      Puka pukara: tem uma vista incrível das montanhas.

      Tambomachay: ao lado de um lindo riacho, interessante.

      O city tour das agencias termina por aqui e retorna pra Cusco.

      nós seguimos para:

      Cristo Blanco: vista sensacional da cidade de Cusco, no horário que fomos estava tendo uma missa ao ar  livre, foi incrível, fica bem ao lado de Saqsayhuaman (lembrando que o city tour de agencia não para aqui)

      Awana Kancha (vê e alimenta lhamas e alpacas, vê a produção artesanal de tecidos e uma variedade de tipos de batata e milho cultivados na região. Muito legal! Entrada gratuita, tem até um museu explicando sobre a evolução das Ilhamas)

      Pisac Ruínas, Pisac mercado artesanal: ficamos mais de 2hrs explorando as ruínas de Pisac, é imenso lá, tem muita coisa pra ver...achei a construção tão perfeita quanto em Machu Picchu, esse foi o primeiro lugar do dia que sentimos pra valer a altitude, as ruínas ficam lá no alto, paramos pra descansar diversas vezes...se estivéssemos com agencia, não teríamos essa opção, é tudo uma correria (tenho certeza disso pois fiz o Valle Sur com agencia e me arrependi).

      Após as ruínas, paramos para almoçar na Plaza de Pisac, depois andamos pelo mercado artesanal, é muito grande, variações de preços, comprei uma touca que me acompanhou até o fim da viagem.

      Chegamos em Cusco já era noite...fomos em uma padaria ao lado do Hotel, na Av. El Sol, se chama La Valeriana, lugar super aquecido, cappuccino bão demais. Estávamos mortos, fim do 2° dia, já com o passeio do 3° dia fechado com o Alfredo.

      20190516_084049.jpg

      20190516_084534.jpg

      20190516_085028.jpg

      20190516_085838.jpg

      20190516_090646.jpg

      20190516_093212.jpg

      20190516_095505.jpg

      20190516_095637.jpg

      20190516_100819.jpg

      20190516_103205.jpg

      20190516_105623.jpg

      20190516_113606.jpg

      20190516_113837.jpg

      20190516_114821.jpg

      20190516_114935.jpg

      20190516_121416.jpg

      20190516_124456.jpg

      20190516_125250.jpg

      20190516_134903.jpg

      20190516_125325.jpg

      20190516_145117.jpg

      IMG-20190613-WA0119.jpg

      •  
        • Vou acompanhar! 1
    3. edufehrer

      edufehrer

      3° dia – 17/05/2019 (sexta-feira)

      Alfredo chegou no hotel por volta das 9am, 

      fechamos esse tour privado por 180 soles.

      o roteiro ficou o seguinte:

      Chinchero centro textil, Chinchero Ruínas, Moray, Salineras de Maras.

      optamos por fazer privado por conta de se encaixar melhor em nosso roteiro, pois o tour que envolve Chinchero é o tour que tem também Pisac (visitamos no dia anterior) e Ollantaytambo (viémos a conhecer na volta de Machu Picchu).

      além, claro, de toda liberdade que um tour privado proporciona.

      Chinchero centro textil: incrível ver a produção dos tecidos, conhecer os diferentes tipos de lãs.

      Chinchero Ruínas: aqui é imenso, um silêncio, uma catedral bem descoladona por dentro, ficamos um tempão passeando.

      Moray: demora um tempinho de chinchero até aqui, estrada de terra, muitas fazendas e plantações, subimos muito até chegar nesse lugar incrível, o famoso laboratório agrícola. Vale muito conhecer!

      na ida para as Salineras, Afredo parou na Plaza de Moray, onde demos uma volta e compramos água, inca cola, choclo (milho).

      mais estradas de terra, muitos penhascos e chegamos.

      Salineras de Maras: não faz parte do boleto turístico, pagamos 10 soles por pessoa pra entrar...vale a visita. De repente desce água salgada da montanha e ninguem sabe explicar como...é incrível esse mistério todo...não deixe de molhar o dedo nas poças pra sentir o gosto do sal.

      na volta paramos em um mirador para algumas fotos.

      chegamos em Cusco 17pm mais ou menos, pedimos pro Alfredo nos deixar em San Blas e ali ficamos.

      depois de  umas voltas pela Plaza de San Blas, catedral, pelas lindas calles, fomos descendo pra plaza de armas, procurar um lugar pra almoçar/jantar, nesse dia optamos por não parar pra almoço no meio do tour, mas pra isso comemos umas besteiras. Fomos na Valeriana...

      queríamos conhecer a catedral de cusco sem pagar (15 soles por pessoa), eu tinha lido antes que em horário de missa fica aberta para todos...e demos a sorte de estar na Plaza de Armas ás 18h, quando de repente, plift ploft still, a porta se abriu...fomos lá e entramos, vimos a missa, aproveitamos pra agradecer por essa viagem incrível...tirei uma foto proibida e voltamos para o hostal. No 4° dia faríamos o Valle Sur...esse fomos com agencia, infelizmente.

       

       

       

      •  
    4. mvaldiero

      mvaldiero

      Show o relato, coloca valores das refeições se vc se lembrar, obrigado.

      •  
  3. Boa tarde

    To planejando fazer uma viagem de Tamandaré para maragogi. Soube que o modo mais em conta seria ir de van, porém n encontrei muitas informações sobre ( preço/ aonde pegar etc)

    Alguém poderia me ajudar?

    . Aonde pego? e quanto é?

     

    Outro ponto é que penso em depois de ir para maragogi dar um pulo em Japaratinga mas também n encontrei informação de como chegar.

    Alguém sabe?

     

     

    •   
    1. D FABIANO

      D FABIANO

      @Priscila Mendonça Há uns anos a Real Alagoas fazia todo o litoral, mas agora só se vai de micro ônibus de cooperativas. Como Sergipe já era há tempos,o deslocamento por essa região, está cada vez pior.

      •  
  4. Boa Tarde!
    Vou sozinho pra África do Sul dia 20/02 e ja comecei a procurar agências de turismo que façam safari no Kruger Park. Achei os preços bem caros, principalmente sabendo que o self drive é possível. Porém fico receioso de fazer self drive sozinho (além de achar que deve ser bem tedioso ficar 2 ou 3 dias num carro sozinho olhando pro mato).

    1) Mais alguém tem viagem pra lá nessa época e quer dividir um carro (gasolina, etc) ?

    2) Alguém possui recomendações de agências de viagem que façam um rolê mais mochileiro ? (não me incomodo em dormir em barraca, e tal)

    3) Alguém que já foi lá sabe se é tranquilo reservar o safari em Johanesburgo mesmo (vou ficar 1 dia e meio lá) ou se é necessário agendar aqui no Brasil mesmo ?

    Obrigado!

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  4 mais
    2. Juliana Champi

      Juliana Champi

      Exato, muito importante o que a Karen falou, no Kruger tudo esgota com muita antecedência, na hora não consegue nada! Tem que fazer com no uns 4 meses antes... e caso seja sua opção, prefira sempre os camps do sul, ainda mais que vc vai na baixa, nos camps centrais e do norte a densidade de animais é menor! :)

      •  
        • Gostei! 1
    3. NicolasBRodrigues

      NicolasBRodrigues

      @Karen M.  quando você fez ? e quanto pagou ?
      mais uma pergunta: quando reservou no brasil já precisou paga ou reservou aqui e pagou na hora ?

      •  
    4. Karen M.

      Karen M.

      Oi @NicolasBRodrigues 

      Fui em março do ano passado e o tour que fiz foi esse Kruger & Swaziland - South 2018 7 dias com transporte, acomodação e alimentação incluso (teve 1 ou 2  refeições que não estavam inclusas, tudo descrito detalhadamente no site) e paguei cerca de R$2600. O pagamento foi bem fácil de fazer e foi todo antecipado (fiz em 3x, não lembro se tinham outras opções).. A única parte que não está inclusa é o pacote de atividades, pois o pacote básico não inclui tantos game drives e outras atividades ao longo dos dias.. (imagino que para não encarecer tanto, então o pacote básico é mais ou menos só a viagem/transporte + acomodação e alimentação) esse pacote de atividades foi mais ou menos uns R$600 e paguei lá em espécie antes de iniciar o tour.

      •  
        • Gostei! 1
  5. Fala galera!

    Estou indo pela segunda vez pra esse lugar mágico que é o Vale do Pati.

    Sairei de Salvador 19/06 à noite e começarei a travessia no dia 20/06, assim que chegar no Capão. 

    Retorno pelo Calixto para o Capão dia 24/06 (chegando final da tarde/início da noite)

    Quem quiser colar junto, fala aqui!

     

    Abraços!

    •   
  6. Mas como assim, Cuba com menos de 10 dólares por dia? 🤨 

    É isso mesmo pessoal, e para sermos mais exatos, gastamos exatamente $8,70 dólares cada um por dia, mas como o nome do post diz, foi um mochilão raiz e por isso eu advirto vocês que NÃO FOI FÁCIL, mas é possível.😎 Então, antes de começarmos, preciso dizer duas coisas:

     - PRIMEIRO: Eu e meu namorado estamos fazendo um ano sabático e tivemos a oportunidade de encontrar bons preços nas passagens a cuba, saindo de Bogotá- Colômbia e depois seguindo a Miami/NY-Estados Unidos. Então lá vamos nós com pouca grana e sem ter pesquisado muito.🤦‍♀️🙆‍♀️🤷‍♀️

    -SEGUNDO: Falaremos a verdade, é bem difícil ser mochileiro em Cuba! Mas, porquê Maria? Porque é um país pobre, em que a maioria das pessoas pensam que “turistas tem dinheiro, cubanos que não tem dinheiro”, segundo que por ter duas moedas os preços são absurdamente diferentes para cubanos e estrangeiros e terceiro que sempre vão tentar tirar um pouco do seu suado dinheirinho. Além  disso, seu mochilão pode se complicar pelo fato de ser ILEGAL fazer Couchsurfing, trabalhos voluntários, acampar selvagem, difícil pegar carona e até mesmo comprar comida em um supermercado para cozinhar, pode ser muito mais caro que comer na rua. 🤑😮

    Mas se você é brasileiro e não desiste nunca, assim como nós, vamos te dar dicas e esmiuçar como fazer um mochilão raiz em Cuba.

    Mas antes de começar, queria falar rapidinho sobre o DICIONÁRIO CUBANO, ou seja, palavras próprias que vão te ajudar e muito a se "disfarçar" de Cubano:

    • CORRER LAGUAGUA = pegar um ônibus 🚍
    • CORRER CAMIONES = pegar um caminhão que é adaptado como se fosse uma lotação 🚚
    • CORRER BOTELLA = pegar carona
    • PUNTO AMARILLO = lugar aonde fica uma pessoa vestida de amarelo, que para transportes do governo para você, mediante a uma proprina. 
    • MONEDA NACIONAL = peso cubano/ CUP *
    • DÓLAR = peso convertível / CUC  (se fala CU ou Ce-u-ce)

    Lembrando

    Lembrando que Cuba tem duas moedas, o peso cubano (CUP) e o peso cubano convercível (CUC), ISSO É DE EXTREMA IMPORTÂNCIA, porque?

                1 DÓLAR = 0.96 CUC (-10% ... não compensa levar dólar)

                1 EURO = 1,08 CUC

                1 CUC = 25 CUP

    OU SEJA, 

                1 CUC = 4,07 reais

                1 CUP = 0,15 centavos.

    obs: é fácil diferenciar as moedas, porque o CUP sempre ter os ROSTOS DOS PERSONAGENS FAMOSOS e o CUC vai ter sempre a imagem dos monumentos nacionais aos mesmos personagens.

    IMG_1795.JPEG

    Lembrem sempre disso quando comentarmos os valores nos posts. E não esqueça, é balela o assunto que não é possível trocar CUP, acontece que na casa de cambio primeiro vão trocar TODO seu dinheiro por CUC e se você quer uma parte em CUP só pedir que a pessoa troca tranquilamente.

    *Lembrando que essa viagem aconteceu em maio de 2019, então eu estou usando a cotação dos valores comerciais, para ficar mais fácil.

    _________________________________________________________________________________________________________

    OUTRAS DICAS  RÁPIDAS PARA ECONOMIZAR

    • ÁGUA – O gasto com água pode se tornar absurdo se você comprar todos os dias, mesmo se comprar aqueles galões de 6l. Normalmente uma água de 500ml e 1,5l em qualquer lugar custa entre 1 CUC e 1,5CUC respetivamente, em alguns mercados você até encontra por menos, mas se você fizer essa conta pela quantia de dias que você vai ficar, vai ser um gasto bem grande só com água. Nós tomamos água da torneira e não morremos por causa disso. Quando possíve, fervíamos e depois descobrimos um truque de comprar uma solução de hipoclorito por 1 CUP e colocar 3 gotas por litro de água. Pronto problema resolvido. 🥳
    • CASAS DE FAMÍLIA – A opção mais econômica de hospedagem são as casas de particulares. Minha dica é reservar por AIRBNB porque normalmente sai mais em conta ou também você pode chorar as pitangas. Assim você pode conseguir casas entre 10 e 12 CUC, na temporada baixa. Hoje em dia, Cuba tem pontos de Wi-Fi (ETECSA), no qual você compra um cartão, que varia de 1h e 5hs (Preço: 1 e 5 CUC respectivamente) e procurar hospedagens com reserva instantânea (sem a necessidade de confirmação com o anfitrião). Pronto, não precisa engessar o roteiro reservando tudo de casa e pode procurar o preço mais acessível na hora.
    • COMIDA – Sempre vai ter algum lugar que vende comida por CUP ou estatais. Geralmente são estabelecimentos simples, e as vezes (poucas vezes) você até vai ter que comer em pé, mas a diferença é absurda de preço e a comida em si, é a mesma.

     

     

    IMG_2224.jpeg

     

    •   
      • Gostei! 1
    1. Mostrar comentários anteriores  4 mais
    2. maria.alves

      maria.alves

      DIA 13 – TRINIDAD / CIENFUEGOS – PLAYA JAGUÁ

      Acordamos bem cedo para voltar a Cienfuegos, conseguimos pegar um ônibus direto a Cienfuegos direto por 20CUP cada um, não estava cheio e não encheu, então não é necessário passar por tudo que passamos para chegar aqui, mas e necessário sair bem cedinho.

      Em Cienfuegos, tentamos um caminhão para Playa Girón, mas como era domingo, não tinha (mas tem direto, que vimos outro dia), então demos uma olhada no nosso mapa offline e vimos um lugar escrito “área de campismo popular” e resolvemos tentar.

      Ele fica na Bahía de Jagua. Tentamos ir para lá de ônibus, mas tentaram nos enrolar no terminal e desistimos. Sabíamos que havia como ir de ferry, porque existe um castelo turístico e tentamos ir quando estávamos em Cienfuegos. Detalhe, custa 1CUP, mas como somos turistas, tivemos que pagar 1CUC na ida.

      Essa época os horários eram assim:

      Castillo – Cienfuegos: 6hs – 10hs – 15hs

      Cienfuegos – Castillo: 8h00 – 13hs – 17h30hs

      Pegamos o ferry das 10hs, o trajeto dura 1hora e é uma vista diferente de Cienfuegos. Paramos no Castelo que é bem bonito do lado de fora, mas não entramos porque custa 5CUC (mas acredito que vale a pena). Chegamos na área de campismo e era como uma colônia de férias simples, só com umas casinhas, restaurante e playground.

      Descobrimos que era um lugar só para cubanos e que como não temos cédula cubana não poderiam nos registrar. Mas como insistimos um pouco, o barco das 15hs já havia saído estava vindo um temporal de verão, nos deixaram ficar com um “Day Pass” que custou 10CUP, mas tínhamos que consumir algo do restaurante. Pegamos um frango com salada por 2 CUC.

      IMG_2316.thumb.jpeg.6b2c6028e94974694e4c4289abd0738b.jpeg

      _________________________________________________________________________

      DIA 14 – CIENFUEGOS – PLAYA JAGUÁ

      Como havíamos economizado, perguntamos se podíamos ficar mais uma noite, claro que não foi muito fácil convencer eles, mas no final das contas deu tudo certo. Descansamos e aproveitamos um pouco a praia. 🤩

      Descobrimos um restaurante estadual logo na saída do cais que tinha comida em Moneda Nacional, um prato de hambúrguer saía 20CUP e o macarrão 15CUP. 😋

      Ou seja, conseguimos economizar bastante nesses dois dias.

      IMG_2321.thumb.jpeg.62828f010c3549487f5a5d0aefc2a90a.jpeg

      __________________________________________________________________________

      DIA 15 – O DIA QUE NÃO SAÍMOS DE CIENFUEGOS

      Acordamos bem cedo para pegar o barco das 6hs e adivinhem só pagamos 1CUP cada um... pois é, pois é 🤷‍♀️🤨

      Chegamos em Cienfuengos por volta das 7hs, passamos na casa do Jorge porque tínhamos esquecido nosso adaptador de tomada lá. Papo vai e papo vem, ele nos deu dicas de como corrermos botella até Havana e seguimos. Chegamos no punto amarillo na saída da cidade (em frente a universidade), ficamos cerca de 2hs, não passou nada, só um caminhão super cheio que era impossível de entrarmos.

      IMG_2323.thumb.jpeg.06181f7bbd4faefc0e1bd1b78f7f1124.jpeg

      Tivemos que voltar ao terminal de ônibus analisar as opções que eram: Táxi compartilhado por 20 euros (porque era o único dinheiro que tínhamos) e ônibus da via azul de 20CUC cada um e as 20hs havia um ônibus para Aguada de Pasajeros por 2CUP cada. Uma cidade que estava na beira da carrera nacional,  principal e é uma estrada que chega a Havana. Eu de verdade fiquei bem desesperada, porque não tínhamos muito dinheiro, não queria dormir mais uma noite no terminal sem tomar banho e sem descansar direito.

      Não sei qual a sua crença, mas para mim Deus enviou uma mulher para nos ajudar, e optamos por ficar mais uma noite em Cienfuegos na casa do Jorge, pois poderíamos reservar com o AIRBNB e já conhecíamos ele e a casa. Então, no dia seguinte pegar o primeiro ônibus a Aguada as 7h30 da manhã. Porque inclusive provavelmente não iríamos conseguir transporte de Aguada  para Havana aquela hora, além de ser perigoso e teríamos que acampar na estrada.

      Deu tudo certo no final das contas, reservamos uma noite com o Jorge, que nos recebeu mais uma vez super bem, inclusive saímos para comer uma pizza e tomar um sorvete juntos. E vamos falar que sorvete bom, da Copelia, uma sorveteria estatual super famosa, comemos um sorvete chamado salada que vem 5 bolas bem servidas, por 3,70CUP, isso mesmo, CUP!

      Super aconselho você tentar ir lá, mas talvez tenha que ir com um cubano e fingir não ser turista, porque? Não sabemos, mas já tínhamos tentado ir antes e não conseguimos, e vimos um casal de turistas que chegaram lá e saíram.... enfim, coisas de Cuba! 🙆‍♀️🙆‍♀️

      IMG_2237.thumb.jpeg.26caf67a8e497274db97a6fbcb923571.jpeg

      ________________________________________________________________________

       DIA 16 – CIENFUEGOS/ LA HABANNA

      Acordamos bem cedinho, para não ter perigo de perder o ônibus a Aguada. Chegamos lá e pegamos um ticket de ordem de chegada  e ficamos esperando, pontualmente as 7h30 ônibus saiu e custou 2 CUP  cada um. Conseguimos ir sentados, mas o ônibus encheu rápido e fez um caminho por vários pueblitos e demoramos quase 2h30 para chegar a Aguada, mas chegamos.

      Lá tomamos um Táxi-charrete até a ponte  por 20CUP os dois e ali já tinha um ponto amarelo. Esperamos cerca de 10 minutos ou nem isso e passou um ônibus para Havanna, saiu 50CUP cada um e ele nos deixou no terminal Villanueva depois de mais ou menos 3 horas de viagem.

      Seguimos para a região do terminal da praça da revolução e guardamos as mochilas por 1 CUC, demos uma caminhada pela cidade e de noite tomamos o ônibus P12, por 1CUP ambos, para o aeroporto, aonde passaríamos nossa ultima noite em Cuba. Esse  ônibus ou o P16 você tem que descer na estrada que segue para o aeroporto, lá você pode esperar um ônibus que liga os terminais, ir caminhando, ou pegar um táxi. Como estava de noite e fresquinho seguimos caminhando até o terminal 3.

      Aonde no dia seguinte tomamos o avião até o nosso próximo destino que foi os Estados Unidos.

      E assim terminou nossos dias na maior ilha do Caribe! 🤗

      •  
        • Gostei! 1
    3. maria.alves

      maria.alves

      Temos um instagram e facebook da nossa viagem que é @world.ootb 🤩

      Como eu disse no início, não é fácil ser mochileiro em Cuba, mas é sim possível e quanto mais tempo você tiver por lá, mais chances de economizar e aproveitar esse país você terá! Esteja preparado para perrengues e a não ser tão bem tratado, nessas zonas não muito turísticas, talvez por cultura de um país que ficou um tempo fechado para o mundo.

       Minha dica é sempre buscar as ligações das cidades que tenham ônibus cubano ou caminhões, DIRETOS! Porque de verdade é muito mais econômico e não é tão desconfortável assim! E sempre sempre buscar lugares para comer que os cubanos vão, porque assim, você realmente terá a vivencia de um Cubano, porque a vida lá não é nada fácil e dentro das zonas turísticas, você não consegue ter essa experiência!

      Para terminar, deixo aqui nossos gastos para vocês verem como eles ficaram divididos!
       

      image.png.d4f73250042c2a0382f2ab7be8e6dd94.png

      E como vocês podem observar, mesmo economizando 5 noites de hospedagem, esse foi o nosso maior gasto, seguido dos gastos com comida e olha que  praticamente só comemos em lugares "cubanos". Agora se vocês olharem nosso transporte intermunicipal, que é os descolamentos entre as grandes cidades, vão perceber que realmente gastamos MUITO POUCO, isso porque sobrevivemos a Cuba sem tomar NENHUM ÔNIBUS DA VIA AZUL! Caso contrário, seria nosso segundo gasto mais alto, e temos provas disso, porque teríamos gasto $58 dólares cada um, ou seja, R$236,06 cada ou R$472,12 os dois... ou seja, R$376,10 de diferença no nosso total... E ai acham um absurdo ou não?

       

      Nosso total para os dois foi de R$1137,35

      TOTAL PARA CADA = R$568,52

      OU SEJA, R$ 35,53 POR DIA ou $8,73 DÓLARES POR DIA

       

      happy homer simpson GIF

      Bye bye!

      •  
        • Gostei! 1
    4. D FABIANO

      D FABIANO

      Fui a Cuba em março, passei o mês todo lá é discordo totalmente deste modo de viajar.Sou do luxo e da boa vida,o que não existe lá, mas desconforto não gosto.Estes caminhões vi e virei o rosto várias vezes,são péssimos,dos anos 50,deviam ir para o lixo.Um dia estava querendo ir de Camaguey a Remédios,apareceu um deles cobrando 25 CUC,por um transporte que nem me pagando quero.Esperei o horário do vi azul,pode ser mais caro,mas não chega a 25 CUC,porém é terrível,ônibus chinês,cai aos pedaços e atrasa muito.Valeu pela experiência de mais um país na minha longa lista, mas só por isso,porque fui pensando em encontrar um país marxista ateu,é encontrei muitos crentes,algo que odeio.

      Enfim,cada um é cada um,se a viagem foi boa para vocês é o que interessa.

      •  
  7. Alguem mais, indo no feriado, curtir Paraty e redondezas? 

    Sou de SP Capital.

    abcs!

     

    •   
    1. Thayna Reis Gonçalves

      Thayna Reis Gonçalves

      Oi Diego, 

       

      Vou pro Rio 19.06 saindo de São Paulo também, mas estou sem roteiro ainda.

      •  
  8. Olá Pessoal, tudo bem?

    Gostaríamos de sugerir a vocês o aplicativo WikiRota para auxiliar no planejamento da viagem.

    O que oferecemos:

    - Pedágios que estão no seu percurso, com a posição real no mapa

    - Distância a ser percorrida

    - Tempo da sua viagem

    - Possibilidade de calcular a viagem de ida e volta

    - Valor total da sua rota

    - Calcular a rota com até 21 destinos- Calcular a rota com até 21 destinos

    - Alterar a rota no próprio mapa

    - Incluir Custo Adicional no total calculado.


    O WikiRota está disponível para iOS e Android.

    Ah, temos também o nosso site que faz os mesmos cálculos que o app:

    https://www.wikirota.com

    Abs,

    Equipe WikiRota

    •   
  9. Olá Pessoal, tudo bem?

    Gostaria de sugerir a vocês o aplicativo WikiRota para auxiliar no planejamento da viagem.

    O que oferecemos:

    - Pedágios que estão no seu percurso, com a posição real no mapa

    - Distância a ser percorrida

    - Tempo da sua viagem

    - Possibilidade de calcular a viagem de ida e volta

    - Valor total da sua rota

    - Calcular a rota com até 21 destinos- Calcular a rota com até 21 destinos

    - Alterar a rota no próprio mapa

    - Incluir Custo Adicional no total calculado.


    O aplicativo está disponível para iOS e Android.

    Ah, temos também o nosso site que faz os mesmos cálculos que o app:

    https://www.wikirota.com

    Abs,

    Equipe WikiRota

    •   
  10. 1133492904_mochilo-pela-Amrica-do-Sul-750x360.jpg.66eaf539055ee165cb5f09b6a7875530.jpg

    Oi pessoal. Tudo bem?

    Bom, me chamo Matheus Rosário, tenho 19 anos e sou de Belém do Pará. Vou contar um pouquinho da minha história aqui pra vocês.. Vamos lá.

    Eu sempre tive um sonho de viajar e conhecer o mundo, mas não da maneira comum, e sim como um mochileiro. Quando eu tinha 13 anos eu ouvi uma conversa de umas pessoas e eles falavam sobre os seus sonhos, um dizia que futuramente queria montar sua empresa no ramo alimentício, outro falava que seria enfermeiro, e o outro já queria ser engenheiro. Eu ouvi aquilo e pensei "eu não quero me prender a nada disso!" Quero ser livre, fazer uma faculdade em uma área que eu possa trabalha remotamente de qualquer lugar do mundo, e assim passaram-se alguns anos e o sonho permanecia o mesmo. Quando eu completei 17 anos, eu criei o projeto "Instinto Mochileiro" o qual até rendeu um mini blog no wix (mas eu não vou divulgar ele pois tinham coisas que eu fiz meio que sem noção kkkk). O projeto era o seguinte: eu ia terminar meu ensino médio, completar 18 anos e sair de Belém do Pará sem destino nenhum, ia na base da carona até onde eu conseguisse chegar. Meio louco, né? hahaha. 1 ano depois eu completei 18 anos e por sorte, eu comecei a trabalhar em uma empresa administradora de condomínios, empresa a qual me proporcionou experiencias incríveis, desenvolvimento profissional e talentos que só a prática diária me fizeram descobrir.

    Fiquei nessa empresa durante 1 ano e 2 meses, foi quando eu decidi bater minhas asas e me arriscar em novos horizontes. Conversei com minha chefa que se tornou uma amiga pessoal, pedi demissão e hoje que estou escrevendo esse post, fazem 9 dias que saí da empresa pra me jogar no mundo, mas não da forma mais comum, e sim apenas de carona, com quase nada de dinheiro.

    roteiro.png.0ccf78b7dc0ae92e09ef90d9a5be32af.png

    Bom, agora que vocês já sabem tudo o que rolou nesse meio tempo desde que eu criei o projeto até os dias atuais, vamos lá conhecer o "Instinto Mochileiro".

    Bom, pra contar melhor essa história, eu criei um blog e hoje eu fiz o meu primeiro posta explicando um pouco sobre o projeto "Instinto Mochileiro".

    Ficarei muito agradecido se vocês me ajudarem a compartilhar o blog <3

    www.instintomochileiro.com.br

    •   
      • Gostei! 1
    1. Míria Oliveira

      Míria Oliveira

      Show 👏👏👏 gostei muito, espero que dê tudo certo! Irei acompanhar tudo. 

      •  
  11. Bom dia!!!

    estou planejando um mochilão 🎒 pelo sudeste asiático em março ou abril 2020. Estou dando preferência para vôos c/ a Emirates p/ aproveitar o stopover em Dubai. Alguém indo na mesma época ?🤗✈️

    Meu WhatsApp p/ facilitar o contato: 074988550186

    •   
    1. Willian Campos

      Willian Campos

      Me chama, tenho interesse 31 991246297

      •  
  12. VENDO BARRACA AZTEQ MINI PACK 
    em otimo estado com saias retiradas pra maios ventilaçao e reduçao de peso, com um pequeno furo na lona do chao e 3 pequenos na tela interna todos reparados 
    VENDO DOIS ISOLANTES TERMICOS 
    1 isolante sisteroutdoor tipo caixa de ovo mais grosso que o normal e 1 isolante ntk aluminizado , ambos em otimo estado o ntk com um pequeno rasgo mais nao interfere no uso 
    VENDO UM KIT COZINHA 
    fogareiro primus gravity usado , pouquissimas vezes , com garrafa 600 ml bomba , kit limpeza , paravento aluminio ,fogareiro , bolsa , e protetor de garrafa
    panela com tampa frigideira azteq , bow e cup em silicone , talheres sea to summit em policarbonato , (brinde 2 espiriteiras com suporte em aluminio super compactas artesanais)
    VENDO UM PONCHO NTK 
    poncho camuflado ntk novo , usado 1 vez , sem avarias em eprfeito estado 
    POCKET SHOWER SEA TO SUMMIT 
    nunca usado novo 
    SACO DE DORMIR DEUTER ORBIT +5
    bem pouco usado em otimo estado 

    Whatsapp 037998173972 
    instagram  @juniorjjrgarcia

     

    https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1170686445-equipamento-camping-barraca-fogareiro-isolanteponcho-_JM

     

    1000 reais no kit todo preço pra desocupar local, valor a vista parcelado consulte 

    folder venda.jpg

    •   
  13. Olá. Pretendo ir para chapada vos veadeiros na primeira semana de agosto... ainda não comprei passagem, mas vi saindo de SP por 200 reais ida e volta.

    As datas são flexíveis, só preciso voltar até o dia 11ago.

    Alguém mais??

    Qualquer coisa me envie um whatsapp: 11963626682

    •   
  14. Olá, galera!

    Estou desenvolvendo com outros colegas de MBA, o projeto de um Hostel aqui em Maceió!

    Gostaria de pedir a ajuda de vocês para responderem um questionário sobre o tema e para compartilhá-lo com amigos viajantes/mochileiros!

    O questionário é rápido e o link é do site SurveyMokey, totalmente seguro! Fiquem tranquilos!

    Segue o link: https://pt.surveymonkey.com/r/hostelquest

    Obrigado pela força e boas viagens!

    Espero vê-los em breve aqui em Maceió!

    •   
  15.  

     

    Trekking de 2 dias e 1 noite no Mestre alvaro

    Maio de 2019

    Guaranhuns
    Córrego água Funda
    Pasto alto
    Três Marias
    Vale do Munitumba
    Vale do Walter
    Trilha do Exército
    Pirâmide P-25
    Sofá da Hebe
    Risoleta
    Gruta Alexandria
    Trilha do Exército
    Gruta dos Maconheiros
    Bica do Jardineiro
    Gruta do Jardineiro
    Pedra do Apartamento
    Pique da Globo
    Trilha pitanga
    Gruta do Bambuzal
    Interseção trilha norte
    Altitude 639
    Primeiro Ombro
    Segundo Ombro
    Acampamento Neds
    Vale da Jararaca
    Gruta da Jararaca
    Área Restrita
    Barranco da Onça
    Morro do Céu
    Pasto alto
    Trilha da Preguiça
    Córrego Água Funda
    Recanto do Bugio
    Guaranhuns

    20190507_073612.jpg

    20190507_073904.jpg

    20190507_073957.jpg

    20190507_075816(0).jpg

    20190507_104136(2).jpg

    20190507_115835.jpg

    20190507_134538.jpg

    20190507_143934.jpg

    20190508_065409.jpg

    20190508_065431.jpg

    G0153534_1557354261583_high.JPG

    G0173555_1557354261583_high.JPG

    G0193579_1557354261583_high.JPG

    G0213601_1557354261583_high.JPG

    G0223607_1557354261583_high.JPG

    G0253627_1557354261583_high.JPG

    G0263635_1557354261583_high.JPG

    G0283653_1557354261583_high.JPG

    G0323681_1557354261583_high.JPG

    G0333686_1557354261583_high.JPG

    G0343696_1557354261583_high.JPG

    G0363712_1557354261583_high.JPG

    G0383717_1557354261583_high.JPG

    G0393724_1557354261583_high.JPG

    G0433785_1557419370703_high.JPG

    G0443793_1557419370703_high.JPG

    •   
  16.  

     

     

     

    Segunda feira 15 abril. Chegada ao Santos Dumont
    UBER até a portaria . Parada correia para café e compra de comida de trilha.
    Início 10 hs
    Termino 16 hs abrigo do Açu
    8 km

    Terça feira 16 Abril ida ao Cruzeiro e cabeça de índio.
    O portal do Hércules estava fechado.
    Retorno ao abrigo do Açu, onde dei uma descansada. ah ah .
    A Noite caiu uma tempestade com raios que balançava o abrigo.

    Quarta Feira 17 Abril ida para pedra do Sino.
    Saida as 8 hs, chegada às 14 hs
    Morro do Marco, Vale da luva, Morro da Luva, Cachoerinha, Elevador, Mergulhão,
    Vale das Antas, Pedra da Baleia, morro do Dinossauro, Vale da Morte, Cavalinho, Coice do Cavalo, escada, pedra do sino abrigo do sino

    Quinta Feira 18 Abril. Acordei e simplesmente não fiz nada neste dia, pois o tempo estava fechado.
    Aguardei meu colega Thiago chegar ao abrigo do sino e partimos para um por do sol maneiro na Pedra do Sino.

    Sexta feira 19 Abril . Acordamos e fomos na Pedra da Baleia ver o sol e bater umas fotos.
    As 8 hs iniciamos e a descida até a barragem, passando pelo abrigo 3. Abrigo 2, cahoeirinha, Cachoeira véu de noiva.
    Logo as 12 hs atingimos a barragem . Descemos até o Rio e fui embora as 17 hs do aeroporto Santos Dumont.

    20190415_094315(0).jpg

    20190415_095946.jpg

    20190415_100923.jpg

    20190415_154630.jpg

    20190415_155517.jpg

    20190415_161241.jpg

    20190415_161453.jpg

    20190416_055915.jpg

    20190416_060809.jpg

    20190416_083402.jpg

    20190416_083441.jpg

    20190417_082423.jpg

    20190417_092652.jpg

    20190417_095056.jpg

    20190417_100034(0).jpg

    20190417_101746.jpg

    20190417_101800.jpg

    20190417_103101(1).jpg

    20190417_111607.jpg

    20190417_130547(1).jpg

    20190417_130914.jpg

    20190417_134308.jpg

    20190418_131726.jpg

    20190418_170046.jpg

    20190418_173150.jpg

    20190418_173748.jpg

    20190418_174507.jpg

    20190419_074514.jpg

    20190419_105900(0).jpg

    G0033167_1555688751904_high.JPG

    G0213064_1555533059331_high.JPG

    G0273101_1555533059331_high.JPG

    G0313117_1555533059331_high.JPG

    •   
  17. Pessoal, bom dia !

    Estou com férias marcadas para março de 2020, e pretendo viajar para Califórnia !

    Mais alguém anima ?!? Vamos 

    Valeu !

    •   
  18. Fala, viajantes! Estou planejando uma trip para NYC, porém, pensando em ir no inverno. Alguém que já tenha visitado a cidade no inverno pode me dizer se vale a pena, se é possível conhecer os principais pontos turísticos, quantos dias são necessários para conhecer a maior parte da cidade nessa época... Enfim, dicas em geral. Valeu!

    •   
    1. Davi Leichsenring

      Davi Leichsenring

      Olha, NY no inverno faz muito frio, com riscos de tempestade de neve. Tem ano que faz -10 graus.

      Porém, "valer a pena" é um tanto difícil de definir, porque para alguns ainda sim vale a pena, para outros não. Só tenha em mente que é muito difícil ficar mais de 30min andando do lado de fora quando a temperatura está 0 graus, ainda mais a noite. Então a programação tem que ser voltada para lugares fechados, além de que o sol se põe as 5 da tarde.

      Se o inverno é sua única opção e tem muita vontade de conhecer NY, eu iria. Basta não programar atividades ao ar livre (como ir de barco a Estátua da Liberdade). Não é o ideal, mas é possível.

      •  
    2. poiuy

      poiuy

      Eu fui duas vezes a NYC em Janeiro a trabalho, e pessoalmente, se possível eu não iria novamente em Janeiro, ainda mais se for a passeio.

      Na primeira vez foi horrível, um caos total, estava havendo uma tempestade de neve justo nos dias que eu estava lá, temperaturas de -10ºC a -15ºC, 1 metro de neve nas ruas e calçadas, metrô parcialmente fechado, era complicado de sair na rua para fazer qualquer coisa.

      Na segunda vez tive um pouco mais de sorte, estava bem frio, 0ºC a 5ºC, mas ao menos não estava nevando, mas como é um local que venta muito, era horrível fazer qualquer coisa na rua, depois de 30 minutos você já estava louco para achar um lugar abrigado do frio e vento congelante.

      Fui uma terceira vez a NYC, desta vez a passeio e em maio, e foi uma viagem muuuuito melhor e prazerosa, deu pra subir no Empire State Build sem congelar, também deu para ir visitar a Estátua da Liberdade, coisa que não tive ânimo para fazer em janeiro devido ao clima ruim e frio.

      Em resumo, como o Davi já falou, é possível, mas você não pode programar atividades ao ar livre, pois nem sempre dá para fazer estes passeios devido ao clima, você deixa pra decidir isto lá na hora de acordo com o que o clima permitir fazer.

      E principalmente, tem que ir ciente de que se você tiver o azar de pegar uma tempestade de neve justo nos dias que você estará lá, e elas ocorrem quase todos anos, você pode nem conseguir sair do hotel.

       

       

      •  
    3. eniobeier

      eniobeier

      Estive duas vezes em Nova Iorque e ambas foram no inverno. Mais que o frio o quê pega mesmo é o vento. Se não estiver ventando dá para fazer os passeios numa boa. O Central Park coberto de neve é espetacular. Da primeira vez a temperatura ficava sempre entre 0 e -8º. Nos dias que ventava realmente ficava dureza bater perna pelas ruas.

      Já na segunda visita tivemos mais sorte, foram dias de sol sem vento e com temperatura bastante amigável pra época, teve dias que bateu nos 16º positivos.

      •  
  19. Boa noite

    Eu e meu marido vamos passar 11 dias na Bahia. Chegando em Porto seguro e voltando de Salvador 

    Alguém tem dicas de quais praias visitar, quais cidades dormir e quanto tempo em cada local? Vamos alugar um carro para ir de porto seguro a Salvador

     

    Obrigada 

    •   
  20. Olá galera, tudo bem ? 

    Passando aqui na esperança de que alguém tire minha dúvida, vamos lá... Estou planejando fazer o clássico mochilão Bolívia, chile e Peru e esse será meu primeiro mochilão, então estou na dúvida cruel de qual mochilão comprar, vcs acham que uma de 30 litros da de levar minhas roupas, planejo passar mais ou menos uns 30 dias. E eu tbm vou levar uma mochila de ataque de 10 litros. 

    Então é isso se alguém puder me ajudar eu vou ser muito grata!!! 

    •   
    1. Taciano Bahia

      Taciano Bahia

      Acho que sim. Aliás, esse é meu objetivo para próximas viagens. Levando roupa pra 7 a 10 dias acho que é possível. O problema é roupa pro frio que ocupa mais espaço.

      •  
  21. Oi gente, estou procurando um amigo ou amiga para viajar. Sou 100% positivo e topa tudo, vamos bater perna por esse mundão. 

    Meu roteiro:

    Paris 1 á 5/julho. Bruxelas 5 á 6/julho. Amsterdã 6 á 9/julho. Londres 9 á 11/julho. Roma 11 á 14/julho. Atenas 14 á 16/julho. Malta 16 á 19/julho. Barcelona 19 á 21/julho. Lisboa 21 á 25/julho. 

    Faltam 20 dias para a minha viajem, estou super ansiosoooo

    Se você vai estar em algum desses lugares me manda uma mensagem... Whatsapp +55 47 996147347

     

    •   
      • Gostei! 1
  22. Resolvi escrever este relato pois não vi muitos parecidos. A minha viagem foi sozinho, sem alugar carro (mas alugando bicicleta e pegando caronas) e sem fechar nada com agências antes de ir, em abril de 2019. Essa parte é importante: não precisa fechar nada com agência antes.

    Pois bem, antes de ir, pedi orçamentos para várias agências que achara na internet e o que eles me mandaram me espantou, era tudo extremamente caro!  Coisas como: Circuito das Cachoeiras por R$220 + R$180 do transporte; R$320 o trecho Cuiabá-Chapada (sendo que o ônibus urbano custa R$18), queriam cobrar até por passeio no parque que é de graça! Não tive coragem de reservar nada antes, até viajei desanimado para resolver tudo na cidade. Felizmente, tudo deu certo e saiu bem mais barato do que se tivesse fechado com agência.

    Chegando ao aeroporto, que fica em Várzea Grande,  peguei Uber até a rodoviária de Cuiabá, R$25. Na rodo, peguei um bus urbano da CMT (tem da Rubi tbm) por R$18 até a Chapada dos Guimarães (este é o nome do município, não é só do parque ou da região). Os ônibus saem a cada 1:30h. O Parque Nacional da Chapada dos Guimarães fica antes da cidade com mesmo nome e desci lá, onde conheci três cachoeiras sem precisar de guia e sem pagar: Véu da Noiva (só mirante), dos Namorados e Cachoeirinha. A água estava barrenta, mas o poço era bom para banho e as quedas eram altas. Anda-se bem pouco para cada uma delas. Minha intenção era ir para cachoeira da Salgadeira, dali são 6km, mas achei arriscado andar pela estrada sem acostamento. Fiquei esperando o ônibus, pedi algumas caronas e quem acabou parando foi uma família que parou sem eu pedir, eles também estavam saindo do parque e haviam me visto lá. Pelo que percebi, pedir carona é comum lá, pois o parque fica a 12km da cidade. Fui pro hostel, onde me indicaram a guia Camila (65-996110587), entrei em contato com ela e com outras dos sites:

    http://www.chapadamt.com.br/guiasdeturismo.asp

    http://www.ecobooking.com.br/Relacao_guias_autorizados.php?XXtrE=v3vbnqw03mgj17ydlzef

    Isso foi bom, os preços direto com os guias eram MUITO mais baratos, inclusive se precisasse de transporte. Fiquei no Hostel Chapada, R$50 por noite, bem localizado, perto da praça.

    No dia seguinte, resolvi alugar uma bike na Bike e Cia, por R$30 o dia, para ir a cachoeira do Marimbondo e da Geladeira, que ficam próximas uma da outra e cerca de 15km, ida e volta, do centro. Pra ir foi tranquilo. Na cachoeira do Marimbondo, paga-se R$10 para entrar e anda bem pouco, uns 300 metros. Cachoeira larga, com um poço raso, mas gostosa. Fiquei 1h e fui pra da Geladeira, 1km dali, paga-se mais R$10 e anda uns 600m. É a cachoeira mais bonita que fui na chapada: água verde, queda gostosa, poço bom para banho. Fiquei um tempo. Pensei em ir até a Cachoeira Rica, mas descobri que, apesar do nome, não tem cachoeira! É só um vilarejo! Ainda bem que não fui, são uns 30km de lá. A volta foi um pouco cansativa mesmo nos pontos que não pareciam subida íngreme. Depois, ainda fui ao mirante Morro dos Ventos, tem uma bonita vista de campos e até uma cachoeira na lateral, entrada R$5. Rodei cerca de 20km de bike no total. Comi massa no Pomodori, muito boa (um pouco caro)!

    No 3º dia, peguei carona com um cara do hostel que havia alugado carro, aí baixou quinze reais no preço do passeio Circuito das Cachoeiras, no final, paguei R$85. Tinha agência cobrando R$220 pelo passeio mais R$180 pelo transporte! Transporte que era de apenas 12km! Este passeio, Circuito das Cachoeiras, ocorre no Parque Nacional (cuja entrada não é paga), mas só pode ser feita com guia. Consiste em 8km passando por várias cachoeiras (eles falam 7, mas acho que não...). A melhor é a última: das Andorinhas, super alta e bom poço pra banho. Vale a pena! Depois, ainda deu tempo de ir até a Salgadeira (R$15 por carro) de carona, esse lugar passou por uma demorada reforma e manipularam até a cachoeira concretando a parede dela. Comi pizza na Marguerita, muito boa, mas um pouco cara.

    Dia 4: no dia do Circuito das Cachoeiras, conheci um cara gente boa que também tinha alugado carro em Cuiabá. Aproveitei e fui junto com ele para a cachoeira da Martinha (R$10 o estacionamento). Neste caso, se não tivesse ido de carona, teria ido de ônibus urbano (o mesmo que sai de Cuiabá em direção a Campo Verde). Disseram que essa cachoeira é tipo um "piscinão de Ramos", farofada e tal, no dia que eu fui, sábado de manhã, estava bem vazio, mas parece quem muita gente faz churrasco lá, até porque é de graça. Cachoeira muito boa, grande, larga e super forte! Correnteza boa para boia-cross e para nadar. De lá, fomos para a cachoeira Jamacá (R$20 por pessoa), que no Glooglemaps aparece como Quilombo do Alemão. Esse alemão é o Mário, um naturalista que lutou pela demarcação do parque. A cachoeira é alta e forte com poço muito raso para nadar. Lugar bacana. Almoçamos, por volta das 14h, no restaurante Maná, comida bem simples, parece que o local nem abriu oficialmente. Esse dia terminou cedo. Jantei sozinho no Cavii, comi um ótimo hambúrguer com coalhada seca e pesto, entre outros.

    Domingo, último dia, fui até a bicicletaria e estava fechada. Resolvi ir a pé até a cachoeira gratuita do Nonhô (acho que é isso, se não, é Nhonhô), 5km, localizada próxima ao supermercado Pelé e a pastelaria Lhufas, entre a placa azul de "Bem-vindo" e um outdoor, a cerca está caída e tem uma trilha. Fui perguntando, perguntando e cheguei a trilha, desci até a cachoeira. É pequena e não muito alta, mas gostosa para se refrescar. Fiquei pouco tempo, pois queria ir até a cachoeira da Tartaruga. Na estrada, pedi carona e o segundo carro que passou parou prontamente. Ele passou pela bicicletaria, estava aberta (no domingo, ele abre quando liga pra ele), então resolvi descer. Mais R$30 pelo aluguel, andei 3,5km até a porteira do sítio (tem no Googlemaps), tive que passar a bike por cima e andar mais uns 3km. Obs: muitos guias me falaram que tem cachoeira em propriedade particular, mas pode pular a porteira, a cerca e ir tranquilamente, esta era uma delas. A cachoeira da Tartaruga fica quase no final da estrada de terra, quando começa o gramado, à direita. A cachoeira é alta, com pouco volume de água, poço bom para banho. Ainda deu tempo de comer no Trapiche Regionalíssimo, por kg, cerca de R$54, comida muito gostosa.  Peguei bus para Cuiabá. De lá, peguei Uber para o aeroporto.

    A região tem muitas cachoeiras e muitas nem podem ser visitadas. Acredito também que algumas sejam pequenas e simples. Algumas que não precisam de guia e fiquei sem conhecer: do Segredo, da Bailarina, do Índio, Águas do Cerrados (trekking). Outros passeios que precisam de guia (mas não feche com agências antes, fale direto com os guias): São Jerônimo, Vale do Rio Claro, Cidade de Pedras,  Águas do Cerrado, caverna Aroe-Jari. Se quiser ir para Nobres (bate e volta), aí tem que fechar com alguma agência, parece que custa R$250, ou se informar com guias.

    •   
      • Gostei! 3
      • Vou acompanhar! 1
  23. Galera, estou viajando para o Chile, Santiago sozinho no dia 17/6. Quem tem interesse em montar um grupo no whats para dar uns roles da um salve!

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  2 mais
    2. Ricardo Martinelli

      Ricardo Martinelli

      Opa, vamos nos encontrar lá, estarei em Santiago a partir do dia 21/6.
      Me chamem no Whats 11997431273

      •  
    3. PerdidosNaTrip

      PerdidosNaTrip

      Galera, estou viajando para o Chile, Santiago sozinho no dia 17/6. Quem tem interesse em montar um grupo no whats para dar uns roles da um salve!
      Oiii, tenho um grupo que está chegando aqui na mesma semana, combinamos roles nas festas todos os dias =) se quiser ir com a gente, a entrada é Free +56949727331
      •  
    4. Ricardo Martinelli

      Ricardo Martinelli

      @PerdidosNaTrip Opa, eu quero participar desse grupo

      •  
  24. Oi gente!!! Boa noite!!! E vi no site da Inca Rail que tem uma opção com "tudo incluido" e que sai da Estação San Pedro. To procurando igual uma louca relato de alguém que já comprou essa modalidade ou que já saiu para Aguas Calientes da estação San Pedro (li em um site que apenas não estrangeiros saim de lá - que era um trem local) e não achei. Alguém sabe me informar algo sobre isso???? Não sei se isso é algo novo. ME AJUDA! 😃

    •   
  25. Oi, pessoal. 
    Fui participar de um congresso profissional em Las Vegas e aproveitei para fazer dois pedais bem bacanas numa área de preservação chamada Red Rock Canyon.
     
    Vale a pena para quem estiver por Vegas e quiser fazer uma trilha de MTB de verdade.
     
    O relato completo está aqui.
     
     
    spacer.png
     
    spacer.png
     
    spacer.png
     
    spacer.png
     
    spacer.png
    •   
  26. Algum casal/outros por volta dessa data em Fortal? 

    Procurando pessoas para passeios, cia 🙂

    chama: 86998675261

    Ficarei no Albergaria Hostel 

    •   
    1. murilo2012008@hotmail.com

      [email protected]

      Chego em Fortaleza dia 10, vindo de são luis e parto para Natal dia 13. Se quiser dar um rolê, será muito bom - principalmente se voce souber andar de patins kkk... meus Patins é meu grande companheiro de viagem. Chama no insta @Loucoserei ou wpp: 67 992725525

      •  
  27. Olá pessoal, já comprei minhas passagens vou ficar na casa de um amigo. Já fui para NY    2 vezes, não pretendo ir em lugares que já fui mas quero ir em rooftops, teleférico, restaurantes...se alguém estiver em new York final de julho/ início de agosto me avise pois durante a semana estarei passeando sozinha. 19 997986433

    •   
  28. Estarei viajando pra Porto de Galinhas dia 20/12/2019. 

    •   
  29. Olá, alguém vai passar as férias de julho em Toronto?

    Vou dia 28/06 e volto 27/07. 

     

    Gostaria de saber quanto custa o transporte em Toronto e aonde faço a carteirinha de estudante de transporte. 

    •   
  30. Boa tarde, Mochileiros!

    Minha amiga e eu iremos para a áfrica do sul dia 29 de julho, estamos à procura de companhia para dividir companhia, experiências, volante e despesas.

    Faremos (quase) todos os trajetos de carro, isso inclui:

    ÁFRICA DO SUL - joanesburgo/kruger: 30 de julho a 3 de agosto: ida ao Parque Nacional Kruger e rota panorâmica.

    JOANESBURGO - VICTORIA FALLS - ida de carro dia 5 de agosto

    VICTORIA FALLS - até o dia 7 de agosto

    BOTSWANA - ida até Kasane dia 7 de agosto à noite, onde faremos um passeio guiado de 1 dia, do dia 8 ao dia 9 de agosto.

    BOTSWANA - NAMÍBIA - dias 9 e 10 de agosto (chegada em windhoek no início da tarde do dia 10).

    NAMÍBIA - duna 45 dias 10, 11 e 12 de agosto

    NAMÍBIA - fish river canyon dia 12 a noite e 13 de agosto.

    NAMÍBIA - CIDADE DO CABO - dia 13 de agosto a noite e chegada dia 14 por volta do meio dia.

    CIDADE DO CABO - garden route dias 14, 15 e 16 (a partida e a chegada é a cidade do cabo)

    CIDADE DO CABO - passeios pela cidade dias 17, 18, 19 e 20 de agosto.

    CIDADE DO CABO - JOANESBURGO - de avião dia 21.

    JOANESBURGO - GUARULHOS - dia 23.

    Essa é uma versão bem simplista do roteiro, ao todo percorreremos cerca de 7.000km atrás do volante, hehehehehe.

     

    Abraço!

     

    •   
      • Gostei! 1
    1. Juliana Champi

      Juliana Champi

      Aguardando o relato de vcs! :)

      •  


×
×
  • Criar Novo...