Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Novos Tópicos

What's your mind?
  1. Pessoal, tentei hoje comprar meu ingresso para Machu Picchu com  o cartão pré-pago do Cotação e deu pagamento negado. Alguém já conseguiu comprar com estes? Sério mesmo que não dá? Entrei em contato com a administradora já

    •   
    1. Emiceh

      Emiceh

      Não consegui excluir o post. A resposta pra isso é que cartões pré-pagos não servem pra compras online. Eu não sabia e se pá tem gente que não sabe tbm por aqui. Fica a dica haha

      •  
  2. Boa noite,

    Estou planejando uma viagem de 30 dias para Tailândia, Filipinas e Indonésia. Porem estou sem roteiro algum. Alguém por gentileza que ja fez a mesma viagem poderia me ajudar com um roteiro??. Provavelmente irei viajar sozinha. Isso seria arriscado nesses países?

    Obrigada desde já.

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  9 mais
    2. Aline Coutinho

      Aline Coutinho

      @lobo_solitário Bacana!! Eu irei fazer isso ano que vem, repensei sobre o que você falou em ficar mais de um mês nesses países, acho que será melhor mesmo. Obrigada pelas dicas...

      •  
    3. Rafael Pioltine

      Rafael Pioltine

      1 hora atrás, Aline Coutinho disse:

      @Rafael Pioltine Pocha bacana!! vai sozinho? Eu ainda não defini as datas ainda e o roteiro ao certo mas sei que vou!! hahaha

      Pocha bacana, em um mês irá conseguir fazer tudo? .

      Desde já obrigada

      Sim, irei só! O roteiro já esta pronto! Dia por dia. Tudo planejado e encaixado p fazer ao menos as coisas que quero ver e fazer de tudo que pesquisei! Espero executa-lo c sucesso! Mas acho que irá dar tudo certo sim!

      •  
    4. Aline Coutinho

      Aline Coutinho

      @Rafael Pioltine poderia me passar seu whats?. Ou melhor se quiser me mandar um whats (41) 9 98091023.

      Queria esclarecer umas duvidas. Obrigada....

      •  
  3. Passagens compradas, agora só esperar. Estou montando ainda um roteiro, mas já tenho 70% definido. 

    Rio - Lima 4 dias

    Lima - Cusco

    Cusco - Rio  8 dias

    ___________________________

    Em Lima, dos 4 dias:

    3 dias  em Lima 

    1 dia em Ica/Hacachira

     

    Em Cusco tenho os lugares que quero visitar, mas ainda estou montando a logistica. Queria tentar incluir Arequipa

     

    •   
  4. Olá pessoal. Eu e minha mascote, uma labradora marron chamada Donna, vamos fazer uma trip do Rio Grande do Sul até o Ushuaia. Roteiro quase definido, passando por El Calafate, El Chaten e vários outros locais.... Serão entre 30 e 35 dias de viagem, a iniciar em setembro. Adquiri um trailer novo e essa será nossa primeira viagem longa. Estamos em busca de uma companhia para embarcar conosco nessa aventura. Homem ou mulher, novo ou velho... Não importa. O importante é que seja alguém com bom humor, super do bem, goste de fazer trilhas e de cachorros e seja responsável.

    Minha cachorra apesar de grande é muita pacífica e treinada. Pretendemos fazer a maioria das refeições no trailer e estacionar o trailer em campings. Os gastos serão poucos a considerar o tamanho da viagem (diesel/camping/comida). O trailer é super confortável e tem tudo que se precisa para viajar bem, além de grande autonomia de energia. 

    Caso alguém se interessar pode me chamar no WhatsApp 54-991310004 ou por aqui mesmo.

    Grande abraço a todos mochileiros.

    Cristian

    •   
    1. Stanlley Abraão

      Stanlley Abraão

      Bom dia cara tudo bem? talvez minha férias caia em setembro de novo esse ano, eu fui pra Ushuaia em 2017 e me apaixonei, e pretendo voltar, eu estava pensando em ano que vem, e esse ano ir só pra Buenos Aires, mas gostei da sua proposta e me interessei, me chama no whats pra a gente conversar mais sobre isso:  11-964941206 - Stanlley.

      Abraços!

      •  
  5. Eaeeeee Galera,

    Do dia 14 de Dezembro a 16 de Fevereiro estarei no Peru fazendo um Intercambio voluntário.

    E antes de começar o intercambio vou fazer essa trip para Lima e Huaraz. Chego dia 14 em Lima e ficarei na cidade dias 14 e 15, depois vou a Huaraz fazer as trilhas da Laguna 69,Lago Paron e Glaciar Pastoruri.

    Quem tiver interesse em embarcar junto nessa, avisa ai. :D

    •   
  6. Salve galera! Estou com uma dúvida muito grande que vai impactar em toda uma programação pra minha viagem rsss

    Chegarei na rodoviária de Corumbá as 16:30 de um sábado. Será que consigo fazer a travessia para a Bolívia a tempo com esse horário de chegada?

    Muito obrigado!

    •   
  7. Olá pessoal. Eu e minha mascote, uma labradora marron chamada Donna, vamos fazer uma trip do Rio Grande do Sul até o Ushuaia. Roteiro quase definido, passando por El Calafate, El Chaten e vários outros locais.... Serão entre 30 e 35 dias de viagem, a iniciar em setembro. Adquiri um trailer novo e essa será nossa primeira viagem longa. Estamos em busca de uma companhia para embarcar conosco nessa aventura. Homem ou mulher, novo ou velho... Não importa. O importante é que seja alguém com bom humor, super do bem, goste de fazer trilhas e de cachorros e seja responsável.

    Minha cachorra apesar de grande é muita pacífica e treinada. Pretendemos fazer a maioria das refeições no trailer e estacionar o trailer em campings. Os gastos serão poucos a considerar o tamanho da viagem (diesel/camping/comida). O trailer é super confortável e tem tudo que se precisa para viajar bem, além de grande autonomia de energia. 

    Caso alguém se interessar pode me chamar no WhatsApp 54-991310004 ou por aqui mesmo.

    Grande abraço a todos mochileiros.

    Cristian

    •   
      • Gostei! 1
  8. Hoje tem vídeo sobre MARESIAS, uma praia no litoral Norte de São Paulo, com muito surf e ondas grandes. Fica entre São Sebastião e Boracéia, pertinho de Bertioga. Fiquei lá na Pousada pura Vida, um lugar onde vc pode levar seu pet, pet-friendly. E no vídeo eu mostro uma mistura do O QUE EU COMO EM UM DIA + Dicas de como viajar barato, ou gastando pouco. Basicamente um guia de viagem vegetariano, TUDO O QUE VC PRECISA SABER! :P pra todo mundo que mesmo em viagens, quer ter um estilo de vida mais saudável.

    ASSISTA: https://www.youtube.com/watch?v=il5I6tpgnG0

    •   
  9. Estou para sair de férias nesse período, mas estou sem destino, aceito indicações e companhia. 

    •   
  10. Fala mochileiros !! 

    Minha primeira trip internacional sozinha !!! 

    Chegarei no Chile dia 23/05, vou embora dia 27/05 para Buenos Aires  e volto ao Brasil dia 31/05. A passagem e o hostel já estão certos , minha dúvida é:

    Troco meu dinheiro aqui ou no chile/Argentina ? 

    Compro um pouco de dólar ? 

    Translado do aeroporto ao centro , qual a melhor e econômica opção ? 

    Em todos os lugares vão aceitar meu peso ou vão pedir dólar ?

     

    Dicas de passeios to aceitando ! 

    •   
    1. schitini

      schitini

      Trocar lá é melhor. O dólar normalmente tem cotação melhor para troca, mas tem lugares, inclusive no taxi ezeiza (no aeroporto em Buenos Aires) que aceita real. É uma boa opção  para ir ao centro. O preço da passagem é fixo e vc paga no aeroporto mesmo, e ainda em real, se quiser. Tem uma cabine logo na saída da área internacional do aeroporto Ezeiza. Mas não é a mais barata (foi a que usei pela comodidade e segurança).

      Não vão te pedir dólar em lugar nenhum embora, em alguns lugares no Chile, se vc pagar em dólar fica livre do imposto de 19%.

       

      •  
  11. europa
    •   
  12. Eai mochileiros ! 

    Sou nova nesse '' negocio'' de viagem , em julho mais especificadamente 15/07 embarco para Buenos Aires com meu namorado, minha primeira viagem fora do brasil, mesmo sendo pertinho, gostaria de dicas de lugares e passeios que não posso deixar de fazer (restaurantes, parques, museus, vilas, passeios em geral), onde é melhor trocar o dinheiro, e experiências de quem já foi para Buenos Aires, toda dica será bem vinda, também gostaria de saber se quem já foi se conseguiu dar um pulo também no Uruguai tipo um bate e volta ou se não é viável.

    Valeuuu gente, agradeço desde já. 

     

    •   
    1. Elder Walker

      Elder Walker

      @MaluAlves,

      Seja bem-vinda ao fórum!

      Sugiro que entre na seção de relatos de viagens e veja os posts mais focados em Buenos Aires. Tem MUITA dica por lá. E o mais legal é que cada um viaja de um jeito, então pode encontrar relatos dos mais econômicos aos mais elaborados, com mais ou menos dias, diferentes interesses etc. Aí você pode filtrar quais se encaixam melhor com o que você imagina da cidade.

      Digo isso não por não querer responder, mas porque é difícil alguém entrar aqui e te dar todas as dicas possíveis, sendo que a pessoa já fez isso escrevendo um relato super-completo e que levou o maior tempão para escrever, entende? Se quiser algo mais resumido, pode pegar também a seção de roteiros de viagens, que aí vai ser mais uma programação geral, pontos de interesse, custos etc, não tanto as dicas e experiências vividas.

      Abraço e boa viagem!

      •  
    2. aaoldra

      aaoldra

      Dá uma olhada na área da Argentina que tem bastante relato.

      Já fui e recomendo: Jardim Japonês; Show do Fuerza Bruta (eles fazem turnê mundial, então podem não estar lá); Show de tango local (não aqueles hollywoodianos que pessoal tenta vender e são caros); Caminito; Feirinha de San Telmo.

      Boa viagem!

      •  
    3. Daniela Alvarez

      Daniela Alvarez

      Também recomendo a Feirinha da Plaza Serrano (ou Feirinha da Rua Honduras/Plaza Cortázar), que acontece aos sábados ali em Palermo. Tem muita coisa bacana, lojinhas ao redor e uma ótima oferta de bares e restaurantes gostosos. 

      Se você gosta de arte, uma excelente pedida é o MALBA, Museu de Arte Latinoamericano de Buenos Aires.

      Para comer, não deixe de provar as carnes argentinas. Ojo de bife, bife de chorizo, bife de lomo... Tudo uma delícia! As empanadas argentinas também são muito gostosas, acompanhadas de uma Patagônia gelada, hummm, dá até água na boca. Se estiver disposto a gastar um pouquinho mais, um restaurante imperdível é o Osaka, melhor japonês que já comi na vida. Cozinha autoral, fusion de japonês com peruano. Excelente atendimento também. Fica na Soler 5608, também em Palermo.

      😉

      •  
  13. Vou passar 12 dias em Portugal a partir de 19 de junho, alguém neste período ?

    •   
  14. E aí, pessoal! Tranquilo?

    Seguinte: estou com uma dúvida... Tenho lido bastante sobre as mochilas T&R, e acho que é um bom custo benefício para o começo. Ainda mais que não estou com muita verba pra comprar minha mochila... Me deparei com esses dois modelos que me chamaram bastante a atenção, e vendo reviews eu percebi pontos positivos e negativos nelas.

    Qual a opinião de vocês? Qual acham a melhor escolha para começar e principalmente por que? Quero avaliar bem antes de fazer minha compra. :)

    Aproveitando o embalo, a Crampon Tech 48 vale a pena também? Minha namorada vai começar a acampar comigo, porém ela é bem mais mais baixa, e acredito que uma 72/60 ficaria MUITO grande pra ela...

     

    Obrigadão desde já!

    Abraços!

    •   
  15. Bom Dia!

    Estou preparando para ir para a Tailândia!

    E estou com roteiro da seguinte forma, logo abaixo. Gostaria de saber as sequencia de ir para as ilhas.

    e como faço para ir. Sites que indiquem onde posso ta comprando esses passeios de ilha em ilha.

    Pois li muita coisa e não achei nada que possa me ajudar. Se alguém tiver algum post também sobre isso, pode colocar aqui

    Agradeço!

     

    • Bangkok - 2 DIAS

    • Ayutthaya -  1 DIA

    • Chiang Mai - 2 DIAS

    • Chiang Rai -  (Bate & volta) 1 dia

    • Koh Tao - 3 DIAS

    • Krabi (Railay Beach) - 3 DIAS

    • Koh Phi Phi - 3 DIAS 

    • Maya Bay - 1 DIA

    O que vocês acham, me deem dicas, de ordem a seguir, e como ir de lugar para outro!

     

     

    •   
    1. victorprado

      victorprado

      Velho, você sai de BKK de trem e vai passando pelas cidades que apontou até Chiang Mai.. depois pode pegar um voo até Krabi para economiza tempo.

      Abs.

      •  
    2. aaoldra

      aaoldra

      A ordem sua até que está certinha. Pode ter alterações como deixar Koh Tao para o final.

      Os passeios você compra num preço legal nos próprios hostels e os translados em casas de turismo locais (geralmente são pequenas, procure comprar de manhã ou no dia anterior pra ter certeza que conseguirá as passagens). Com exceção de Maya Bay (reservar em https://www.mayabaytours.com/). Me arrependo muito de não ter dormido na areia da praia, hoje não pode mais dormir na areia, então a empresa fez um bote.

       

      1. A pequena ilha de Koh Tao ficou meio sozinho, é um "empenho" grande ir até lá para depois descer pra Krabi, veja se os interesses da sua viagem vale esse empenho. Ali perto tem a ilha de Koh Paghan (da Full Moon Party), mas fora do período de festas ela é deserta. Se o seu foco for mergulho, é um dos locais mais barato. Mas o melhor mergulho que fiz foi o em Koh Phi Phi (em questão de vida marinha, eram cardumes gigantes de peixes).

      2. Preveja tempo para translados, de Koh Tao para Koh Phi Phi (não passei por Krabi) eram 13h de barco até terra firme + ônibus + barco. Caso fique apertado o tempo, veja alternativa de avião saindo de Koh Samui (mais caro) ou diminua estadia.

      3. De Chiang Mai, pegue um voo para Koh Samui (por terra você perderá mais de 1 dia) e um barco para Koh Tao.

      4. Sua viagem está um pouco corrida, a não ser que um dos focos da tua viagem seja mergulho ou que tenha interesse em algo específico de Koh Tao, você pode diminuir 1 dia lá pra ganhar em outro local.

      5. Existem 2 trens de Ayutthaya para Chiang Mai: 1 normal (classe animal) e 1 com camas. Compre passagem para um com camas assim que chegar em Bangkok para o dia que for sair de Ayutthaya. Em cima da hora não consegui comprar passagem e passei sufoco 13h sentado, apertado e passando frio.

      6. Sempre que tiver disponível e precisar (sei que tem em Bangkok e Chiang Mai), use Uber, é MUITO mais barato que tuk-tuk.

      7. Se tiver disposição, coragem e tempo, visite Pai (saindo de Chiang Mai, dirigindo uma scooter). É pouco conhecida mas tem uma vibe muito boa.

       

      Por enquanto era isso que eu consegui lembrar. É uma viagem emocionante. Fique aberto para a cultura deles e será uma viagem que te marcará pra sempre.

      Se tiver interesse grande em mergulho, me manda uma mensagem que poso a diferença da água de Koh Tao pra Koh Phi Phi.

      Se tiver qualquer outra dúvida, pode me procurar.

      PS.: minha foto de perfil é em Ayutthaya

      •  
    3. victorprado

      victorprado

      15 horas atrás, aaoldra disse:

      7. Se tiver disposição, coragem e tempo, visite Pai (saindo de Chiang Mai, dirigindo uma scooter). É pouco conhecida mas tem uma vibe muito boa.

      Mais do que recomendado!

      •  
  16. Tenho um mochilão da Curtlo 75L (60+15) em perfeito estado, usada apenas 2 vezes, todas as regulagens, ótima divisão interna (adaptável) e externa, ultra resistente. Vem com mochila de ataque removível de 15L. Troco por mochilão de 50L, com volta (pra mim, rs) ou não dependendo do valor. O motivo é o tamanho, que é muito grande para mim! Envio foto mediante interesse.

    •   
  17. Vendo linda mochila Trekking Quechua de Forclaz 60, R$300.

    •   
    1. Daniela Alvarez

      Daniela Alvarez

      Em 16/05/2019 em 13:27, Luanna Santa Clara disse:

      Vendo linda mochila Trekking Quechua de Forclaz 60, R$300.

      Oi Luanna, posta fotos da mochila, pra facilitar a venda. 😉

      •  
  18. Procuramos voluntarios para em Hostel em Miami! Alimentação e moradia inclusos. Entrar em contato pelo Whatsapp +1 786 618 8696 ou pelo email [email protected] IG @brazilianhostel 

    •   
  19. Bom Dia Pessoal 

    Estou precisando de uma ajuda, estou montando um equipamento para camping e estou em duvida sobre que barraca comprar, pensei em comprar uma barraca de teto para o carro, como é minha preferencia de viagem, mais devido ao peso e arrasto que incide sobre o carro e o preço estou desistindo dela, hoje não posso mais acampar com pouca estrutura pois tenho 2 filhos pequenos, gostaria de saber se alguém pode me ajudar em um modelo de barraca para 5/6 pessoas que aguente o frio e tenha algum conforto para meus filhos, moro perto da fronteira da argentina e por isso tenho alguma facilidade de ir a argentina, chile, etc.

    Se alguém puder me ajudar nos modelos agradeço.

    Estou tentando voltar a vida de campista... rsssssss...  

    desde já obrigado

    •   
  20. Bom dia 

    Tenho 21 anos e planos de no final do ano partir para um mochilão roots pelo mundo sem data de volta começando pela america do sul, pegando carona, couchsurfing, trabalho voluntario... mais me encontro sem dinheiro e com um trabalho que não me faz feliz, quando tive uma ideia q não sei se é bem possível para pelo menos não sair sem nada, tava pensando em mudar de cidade (provavelmente em curitiba) alugar um apartamento no Airbnb pelo mais barato q achar e nisso faria uns 100 brigadeiros vendendo cada um por 2 reais  ( vendendo minha historia e meu sonho de viajar o mundo), fazendo isso todo dia conseguiria por dia 140 de lucro e por mês 4.200 na teoria, oque me possibilitaria de conseguir pagar o apartamento, me manter (com o minimo de gastos) e guardar dinheiro para viajar, tava pensando em fazer isso por uns 5 meses e depois cair na estrada, alguém poderia dizer se já fez alguma coisa parecida ou se minha ideia não é tão impossível assim, porque a unica coisa q ouço é q estou louco, mais não tem como, é meu sonho, não tem coisa que mais queira no mundo.

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  41 mais
    2. casal100

      casal100

      O duro é ter a cara de pau para sair oferecendo viu....o resto é fácil. Kkkk

      •  
    3. Silnei

      Silnei

      É! A maioria das pessoas tem vergonha, mas se vc pensar bem, não faz sentido ter vergonha. 

      •  
    4. casal100

      casal100

      Sim, você tem toda razão. Pra quê vergonha. 

      •  
        • Gostei! 1
  21. Uma viagem de bike, acampamento na estrada, com o minimo de gastos

    •   
  22. Bom pessoal, venho a muito tempo imaginando e sonhando com o dia que talvez eu conseguisse realizar esse meu sonho de fazer um mochilão ou algo do tipo.

    Tirei esse ano basicamente para focar 100% no meu interior, mudei e evolui muito, consegui me centrar comigo mesmo sabe.

    E já estou certo que vou começar a dar início neste meu sonho que eu sempre projetava bem lá no futuro, como algo quase que impossível.

    Vou dar início a ele no início de 2020, pois parei para pensar e realmente é melhor eu segurar até o final do ano, tanto pelo meu trabalho, para eu juntar um pouquinho mais de grana e afins.

    Venho a 1 ano e meio juntando uma graninha, E quero fazer um mochilão pela América do Sul, incluindo aqui pelo Brasil também.

    Mas quero ir bem aberto as possibilidades sabe, fazer um roteiro talvez, mas ir no fluxo, aonde o Universo mandar, eu estarei indo.

    Não quero apenas falar, conversar sobre o que eu acredito, eu quero vivenciar tudo o que eu acredito sabe, eu realmente não nasci para realizar os sonhos de outras pessoas, isso de ter que trabalhar 8 horas, tentar subir de cargo numa empresa e tals, para que com 25 anos já tenha alguma estabilidade financeira, aos 30 casa e carro próprio e aos 35 com uma família formada e blá blá, isso realmente não é pra mim.

    Então quero sair e Viver de Mundo, conhecer lugares, pessoas, culturas, tradições e etc.

    Bom, nossa vida se passa exclusivamente no Agora, e não lá no futuro, estou semeando isso dentro de mim, não quero daqui a uns 10-15 anos ter apenas histórias de como eu me matava de trabalhar numa empresa, dentro de um escritório e tals, eu quero é ter histórias das minhas aventuras pelo mundo, dos lugares, experiências que vivi, pessoas que conheci. 

    Eu acho bem interessante viajar fazendo voluntariado, então acho que é uma ótima opção, mas também ir bem roots, acampando, fazendo grana pelo caminho se possível, vender artesanato e tals.

     

    Tenho 20 anos, e sou de Curitiba -  (41) 98714-8136 Se quiser bater um papo fique a vontade para me mandar mensagem. :)

    •   
      • Vou acompanhar! 1
  23. Estarei saindo do Rio para conhecer a Tailândia, amo viajar sozinha, mas encontrar pessoas para dividir uns momentos por esse caminho maravilhoso, seria excelente também. Tem que gostar de boas conversas, andar por aí e estar a fim de pegar praias. Quem topa? 

    •   
    1. Mostrar comentários anteriores  1 mais
    2. Jeferson.Crispim

      Jeferson.Crispim

      Olá, Rachel! Tudo bem?

      Estarei na Tailândia durante todo mês de novembro. Já estou com passagens compradas. Qualquer coisa, entre em contato.

      •  
    3. Everton_oa

      Everton_oa

      To indo para Sudeste asiatico em novembro.

      Passagens compradas e comecando a montar o roteiro

      chama no whats +61 0404 990 724

      •  
    4. igordireito

      igordireito

      @rachel3110  fala rachel vou estar fazendo mais ou menos essa trip. Vou dia 29/11 e fico ate 29/12 rodando pelo sudeste. Me add no instagram ou no wpp  @igorsdireito  e (22)999378978

      •  
  24. Procuro companhia pra ir nessa aventura comigo fazendo dinheiro no caminho e so curtindo a paisagem

    •   
    1. LuizMedeiros016

      LuizMedeiros016

      Opa iae, qual sua previsão de saída?

      •  
    2. Gabriel_ribeiro

      Gabriel_ribeiro

      Mes que vem

       

      •  
  25. Pretendo fazer as praias da High Way one de SF a SD de carro. Chego em SF no dia 03 de junho pretendo passar uns 3 dias lá e então descer até SD, onde pretendo passar mais 4 dias. Não tenho ao certo as cidades onde pretendo dormir, mas o roteiro certamente contará com:
    San Francisco
    Santa Cruz
    monterey/carmel
    Santa Bárbara
    Santa Monica/Hermosa 
    LA
    long beach/Venice
    Huntington Beach
    San Diego

    Busco por pessoas que sejam animadas, gostem de praia e estejam dispostas a dormir em hostels ou air bnb! 

    Obrigado!

    •   
  26. Faaaaaala galera, alguem anima ir?

    •   
    1. mochilas0401

      mochilas0401

      Bora

      •  
    2. pedro.ferreiradeoliveira.7

      pedro.ferreiradeoliveira.7

      Em 17/05/2019 em 10:18, mochilas0401 disse:

      Bora

      Vai que dia?

      •  
    3. mochilas0401

      mochilas0401

      Não fechei ainda, mas em junho. Vai qd? Me add aí 94989 9900

      •  
  27. Cade o pessoal pra uma viagem roots pelos litorais da América do Sul e mais lugares que surgirem, sem data pra voltar, com pouca grana utilizando apenas para emergências, e passando por vários destinos para conhecer bem o trajeto! Pretendo trabalhar pelas caminhadas para alimentação , ou lugares para dormir, ou acampando mesmo, deixando o caminho se fazer apenas seguindo em frente! 

    •   
    1. Thiago Pires

      Thiago Pires

      Pretende sair quando ?

      •  
    2. LucasCarvalho

      LucasCarvalho

      Quando você pretende ir?

       

      •  
  28. Galera tenho um hostel em Jeri com quartos com 4 camas compartilhadas sendo dois femininos e um misto. 

    Preço bacana com café da manhã. 

    Hostel da Carol

    +5511995521133

    •   
  29. Gente, estou em Paris se tiver pessoas que possam me oferecer caronas para Italia, agradecerei muitooo!!

    •   
    1. aaoldra

      aaoldra

      Ai na europa é muito comum usar o 👍👍 com uma placa informando seu destino. Ou até mesmo o BlaBlaCar (aplicativo de celular).

      •  
    2. Davi Leichsenring

      Davi Leichsenring

      Tente pedir carona pra trajetos menores, assim fica mais fácil achar alguém, em vez de fazer tudo de uma vez.

      •  
  30. Motociclistas e Mochileiros,

    Beleza?

    Depois de muito utilizar o Mochileiros.com para me auxiliar nas trips pelo mundo, chegou a hora de retribuir e escrever meu primeiro relato por aqui 👏.

    Em 26/12, eu e minha noiva embarcamos na nossa primeira viagem de moto mais longa. Já fizemos algumas viagens e mochilões pela Europa e América do Sul e também algumas viagens curtas de moto, mas essa foi nossa primeira ridetrip de média duração (total de 12 dias e 3.724km).

    Para começar, escolhemos o Uruguai, país que muito nos agrada, já conhecíamos, e que fica razoavelmente perto de Curitiba, nossa cidade de partida.

    Fomos com um BMW F800GS Adventure que dispensa comentários. Moto perfeita para ridetrips.

     

    Nosso roteiro foi o seguinte: (mais adiante detalho tempos de viagem e quilometragem rodada)

    26/12: saída de Curitiba/PR com pernoite em Porto Alegre/RS

    27/12: Dia livre em Porto Alegre/RS

    28/12: Saída para Punta del Diablo/UY

    29, 30 e 31/12: Dias livres em Punta del Diablo/UY

    01/01: Saída para Piriápolis/UY

    02/01: Dia livre em Piriápolis/UY

    03/01: Saída para Colônia do Sacramento/UY com passagem para almoço em Montevideo/UY.

    04/01: Dia livre em Colônia do Sacramento/UY

    05/01: Saída de Colônia do Sacramento/UY com pernoite em Santa Maria/RS

    06/01: Retorno para Curitiba/PR com passagem por Bento Gonçalves/RS

     

    ----- PREPARAÇÃO -----

    Antes de começar as informações dos trechos, aqui vão algumas informações iniciais do planejamento.

    Como já conhecia vários dos lugares que passamos, em um mochilão feito em 2016, já tinha uma ideia de como eram os locais e as necessidades de hospedagem, dinheiro, câmbio etc.

    Optamos por fazer as reservas de hostel antecipadamente, porque época de final de ano, sobretudo em Punta del Diablo e Colônia que ficam muito cheias, principalmente de turistas brasileiros.

    Com a moto, como ela está bem cuidada, fiz apenas uma revisão preventiva, troca de óleo, filtro e pastilha traseira. Para quem for de Curitiba, recomendo a Touring Motos, adiante do Parque Barigui. Pneu traseiro estava praticamente novo. Pneus dianteiro já estava meia vida, mas resolvi encarar (talvez uma decisão errada rsrsrs).

    Estamos sem top case e bauletos laterais. Utilizamos uma soft bag da BMW de 65 litros emprestada de um tio meu e, para evitar problemas com espaço, comprei um saco estanque da Guepardo de 20 litros. Só 55 reais na Canyon Adventure, em Curitiba, e coube um monte de coisa. O saco era preso sobre a soft bag com extensor. Não tivemos problemas.

    Levei apenas o kit de ferramentas da moto e um frasco de spray Motul para lubrificar a corrente. Nada mais, nem kit de reparo de pneu. No Uruguai tem bastante auxílio, caso fosse necessário.

    Emiti a carta verde pelo site da Porto Seguro, inclusive imprimi em papel verde como havia recomendando alguns blogs. Achei exagerado, mas preferi evitar problemas.

    Fomos com passaporte, mesmo sendo permitido entrar com RG. Tenho pra mim que o único documento internacional é o passaporte, então preferível sempre estar com ele fora do país. Aqui foi uma vantagem. Na fronteira do Chuy, a agente de imigração disse que com passaporte tudo fica mais fácil e rápido e não precisa preencher aqueles formulários de imigração. Ponto pro passaporte rsrsrs!

    O planejamento não teve nada de especial. Apenas criei uma planilha com o roteiro, distância entre as cidades, descrição de pontos de referência para orientar na estrada (viajamos sem GPS) e tempo, conforme o Google Maps, entre os destinos.

     

    Dia 1 (26/12) – Curitiba a Porto Alegre – 744km

    No dia anterior já prendi a soft bag na moto e o saco estanque, assim economizava tempo para a partida. Pneus calibrados e tanque cheio.

    Às 6:00 saímos de Curitiba com destino a Porto Alegre. Fomos pela BR-101 a qual conheço bem até a região de Laguna/SC. Depois era tudo novidade.

    Neste trecho tem pagamento de pedágio, não é caro, até chegar no RS. Estrada boa, mas bem movimentada. Evite abastecer próximo a Balneário Camboriú e Florianópolis, o preço vai lá em cima nessas regiões.

    Depois de Laguna a estrada continua boa, só um vento lateral na região da ponte de Laguna, muito bonita por sinal, que assustou um pouco.

    Em Osório/RS, pegamos a famosa freeway. Que monotonia rsrs. 90 km de quase uma reta infinita, sem subidas ou decida, sem posto, sem nada. E pior, estava um solzão de 34 graus marcando no painel da moto. Os quilômetros não passavam kkk.

    Chegamos em Porto Alegre por volta das 15h30. Viagem bem tranquila.

    Ficamos no Intercity Cidade Baixa. Peguei uma promoção no booking.com e o hotel saiu por um preço muito bom. Chegamos lá e o queixo caiu. Que baita hotel.

    Banho para recuperar as energias e fomos conhecer Porto Alegre (POA). Cidade agradável, bastante construções antigas e um pouco mal cuidadas. Mas o saldo foi positivo.

     

    Dia 2 (27/12) – Dia livre em POA – 0km de moto, muitos km’s a pé.

    Dia livre para conhecer POA.

    Visitamos o centro, Palácio Piratini (recomendo entrar e fazer a visita guiada -  gratuito), Mercado Central, Hotel Majestic (casa do poeta Mario Quintana) e várias feiras de rua. Porto Alegre, embora um pouco mal cuidada, nos impressionou muito. Gostamos de lá.

    Próximo ao fim do dia fomos ao Gasômetro para ver o pôr do sol. Que lugar bonito e vibe legal. Vale a pena tirar uns minutos para relaxar e apreciar o visual. À noite, voltando para o hotel, paramos para comer em um lugar chamado Butcher Burger. Que surpresa boa. Lanche e lugar muito bom. Fica a dica.

     

    Backup 09012019 149.JPG

    Backup 09012019 183.JPG

    Backup 09012019 218.JPG

    Dia 3 (28/12) – Porto Alegre a Punta del Diablo – 563km

    Saímos cedo, não tanto como queríamos, pois o café da manhã do hotel começava apenas as 6 horas, com destino a Punta del Diablo, Uruguai.

    A saída de POA foi um pouco complicada, bastante trânsito e mesmo com a ajuda do GPS do celular acabamos errando algumas saídas. Chegamos até a entrar errado na rodoviária da cidade (no lugar exclusivo de ônibus – que cagada 😆), mas depois de quase 1 hora conseguimos sair da cidade e rumamos sentido Pelotas.

    Estradas boas e pedágio gratuito para moto.

    Em Pelotas seguimos pela RSC-741, sentido Rio Grande e depois sentido Chuí.

    Aqui uma dica: a estrada que leva até a fronteira do Chuí é um retão de 100 km sem posto de gasolina. Bom ficar atento com o abastecimento do veículo. Fomos achar posto só perto de Santa Vitória do Palmar.

    Na fronteira com do Chuí, antes de ir para a imigração, paramos trocar alguns reais. A cotação estava boa. Pelo que me lembro, algo em torno de 8 pesos uruguaios por real.

    Dinheiro trocado, fomos para a fronteira fazer a imigração. Preenchemos aqueles formulários de entrada, porém quando chegamos no guichê a funcionária nos informou que como estávamos com passaporte não era necessário. Fila um tanto quanto grande para a fronteira. Era por volta das 14 horas.

    Imigração feita, seguimos para Punta del Diablo.

    Estrada uruguaia muito boa e, nesses primeiros quilômetros, cuidando com os limites de velocidade, pois ainda não sabia como era o controle por lá.

    Fato curioso: poucos quilômetros após a fronteira tem uma pista de pouso de aviões médios no meio da rodovia. É bem curioso, você passa sobre aquelas marcações na pista de pouso, além da largura da pista que chama a atenção.

    Por volta das 15h30 chegamos no nosso hostel em Punta del Diablo, Giramundos. Lugar bacana, vibe boa e preço bom. Recomendo.

    Check-in feito, fomos dar um pulo na praia de Punta. Primeiro a Playa de la Viuda, bonita mas a visitada no dia seguinte era mais.

     

     

     

    Backup 09012019 311.JPG

    À noite uma cerveja e milanesa num lugar que não lembro o nome e estava muito bom. A conta ficou em torno de 1.100 pesos (cerveja grande e duas milanesas que também são grandes).

    Dica: pagar com cartão de crédito para receber a isenção do imposto. Atualmente está em 22%. Vale muito a pena.

     

    Dias 4, 5 e 6 (29, 30, 31/12) – Dias livres em Punta del Diablo

    Tiramos esses dias para descansar e aproveitar Punta del Diablo e região.

    Dia 29 tiramos para aproveitar a praia, dessa vez a Playa de los Pescadores, bem bonita, cheia e agradável. Nada como descansar e ler um livro na areia.

    Aproveitamos que tínhamos cozinha em nossa cabana e compramos um peixe fresco direto dos pescadores para o almoço. Que delícia 😋.

    Backup 09012019 279.JPG

    Dia 30 aproveitamos para voltar até a fronteira do Chuí para comprar algumas coisas no duty free e abastecer a moto no lado brasileiro. São apenas 60 km de Punta até a fronteira. Então valeu a pena voltar para abastecer lá. Os preços do duty free do Chuy uruguaio são bem bacanas. Vale a pena dar uma olhada.

    Aproveitamos para trocar mais um pouco de dinheiro. Desta vez em um supermercado mesmo. A melhor cotação da viagem. Pedi indicação de casa de câmbio e o atendente se dispôs a fazer o câmbio para mim. Foi quase 9 pesos por real.

    Voltamos para Punta, passeamos um pouco mais na praia e a noite voltamos ao centrinho para comer algo.

    Aproveitando para falar de Punta. O centrinho do balneário, especialmente por ser final de ano, é bem agitado e cheio. Muitos carros, motos, vans e motorhomes do Brasil e da Argentina. Várias opções de restaurantes e bastante mercadinhos pela cidade. No horário de almoço e, principalmente, perto do horário de fechar (cerca de 20h30) sempre ficavam cheios. O preço é mais alto que o habitual.

    Dia 31, virada de ano, aproveitamos para ir conhecer a Fortaleza de Santa Tereza. Fica cerca de 15 km de Punta e vale a pena a visita.

    A Fortaleza ainda é uma instalação militar e funciona como um pequeno museu. Vale a pena a visita. O Parque Nacional de Santa Tereza tem praias bem bonitas e muita gente acampando nessa época do ano.

    748685428_Backup09012019395.thumb.JPG.c9f0ca3a5f33d156c8b15f22695a3871.JPG

    Na volta de Santa Teresa para Punta, paramos em um mercadinho e compramos um bom bife ancho uruguaio. Vamos aproveitar a cozinha que temos 🤪. 400 pesos por dois bons pedaços de carne e batatas. O almoço estava garantido. Ahhh a carne uruguaia.

    505147724_Backup09012019386.thumb.JPG.fdde97ab548788034b24bb4a308df19f.JPG

    À noite, começos um peixe fresco feito na cabana do hostel mesmo e por volta da 22h00 descemos para a praia para quem sabe ver um queima de fogos.

    Olha ... surpreendeu. Teve uma boa queima de fogos. Bastante gente na areia e no centrinho confraternizando.

     

    CONTINUA ...

    •   
      • Vou acompanhar! 1


×
×
  • Criar Novo...