Jeri - Fortaleza - Recife - Porto de Galinhas - Maragogi - Maceió - 15 dias - Janeiro 2013

Relatos de Viagens na Região Nordeste do Brasil (Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe)


Jeri - Fortaleza - Recife - Porto de Galinhas - Maragogi - Maceió - 15 dias - Janeiro 2013

Mensagem não lidapor tiagodacosta2 » 07 Jan 2013, 11:16

Olá pessoal, eu e minha esposa estamos fazendo uma segunda lua de mel dos dias 06 a 20 de janeiro de 2013. Vamos passar por Jericoacoara, Fortaleza, Recife, Porto de Galinhas, Maragogi e finalizar em Maceió.
Cada dia pretendo escrever algo, e como gosto de ser bem detalhista, vou colocar os posts divididos por dia... espero que isso não atrapalhe a leitura. Como estamos em plena viagem, fiquem a vontade para fazer perguntas e dar sugestões. Nosso roteiro será o seguinte:
06-11 janeiro - Jericoacoara e Jijoca (Lagoa)
11-14 janeiro - Fortaleza
14-16 janeiro - Maragogi
16-17 janeiro - Porto Galinhas
17-19 janeiro - Recife
19-20 janeiro - Maceió

Vamos lá então...

1º dia – Jericoacoara

Nosso roteiro inicia com Jeri. Mas antes de chegarmos aqui, há algumas informações que podemos dividir com vocês. A primeira delas é que a maioria das pessoas chega a Jeri partindo de Fortaleza. Foi o nosso caso. Chegamos no aeroporto por volta das 05hs de manhã e aguardamos o bus da FRETCAR que passaria pelo aeroporto. O horário dele passar é por volta das 08h15. Nesse ínterim, ficamos na incômoda situação de ter que cochilar numa das cadeiras de aeroporto... com nossas bagagens. Já cansado de esperar, resolvi andar pelo aeroporto e dar uma olhada fora dele, e foi aí que avistei um Atacadâo bem em frente a avenida de acesso. La comprei lanche para o café da manhã (tem lanchonete com salgados e etc), água, sucos, biscoitos, frutas, etc. Preços excelentes... e distração para esperar o bus... excelente achado!
O bus chegou às 08h30... portanto, tivemos tempo suficiente para retirar dinheiro no caixa eletrônico do aeroporto, já que até onde sei... ainda não há caixas em Jeri... e diversos locais só aceitam dinheiro para pagamento. Planeje-se...
De lá o bus ainda passou na Beira-mar, em frente ao hotel Praiano, e do quiosque da empresa, que é onde a maioria do pessoal embarca. Toda a negociação para a compra das passagens foi feita por tel e e-mail, e nessa parada o funcionário da empresa nos entregou nossas passagens. (no fim do post coloco todos os dados). O ônibus veio lotado, mas é confortável e com ar condicionado, diante das demais opções que temos (vans, carros). Existem 2 horários por dia que passam no aeroporto (ver site da fretcar), e que saindo de Fortaleza, seguem direto para Jijoca. Em Jijoca de imediato tudo é posto num caminhão adaptado chamado de Jardineira. Nesse meio de transporte seguimos por mais 1h30 por vilas e areia até chegar em Jeri às 15hs. E é quando chegamos na pousada CasAlice que o cansaço é compensado... pousada sem grande luxo interno mas com boa cama e ar condicionado, pessoas hospitaleiras, boa localização, redes, piscina, wifi, arvores floridas e a 50m da praia (sem vista).
Depois de um banho restaurador e um breve descanso na rede... fomos para a piscina. A pousada é de um italiano, e leva o nome da sua mãe Alice. No mesmo ambiente está a Pousada do Mauricio... que é sócio. Então, as estruturas de ambas são compartilhadas, nem parece que são duas... até mesmo o quarto é idêntico.
Depois de ouvir bastante italiano (a pousada é muito freqüentada por turistas de lá), partimos para a Duna do Por do Sol para assistir o melhor espetáculo de Jeri. Por volta das 17h lentamente a duna vai enchendo de gente, que busca seu espaço na areia, e contempla aquela imensidão de mar, prestes a receber o sol que se despede... talvez este seja um dos momentos mais relaxantes de Jeri... contrastando com sua intensa vida noturna. Lá reencontramos um casal que veio conosco no bus... Dani (RJ) e meu chara Tiago (Fortaleza). Eles fizeram uma das fotos desse post, e ficamos de nos encontrar por aí...
A noite, fomos andar pela vilinha, e desbravar os diversos restaurantes que ela tem. Incrível pensar que num vilarejo como este se encontra alta gastronomia nacional e internacional. E o melhor, você não é olhado com indiferença ou estranheza por estar de chinelo e bermudão!
Mas nossa fome era pouca, então ficamos nos lanches da Tia Angelita (shopping da tapioca) e da Padaria Leonardo da Vinci. Na primeira não resistimos a uma fatia apenas da famosa torta de banana (incrível a leveza da massa), e na padaria compramos uma baguete de berinjela e provolone (boa, mas poderia ter um patê pra ficar mais molhada) e uma tapioca de queijo coalho (não gostamos muito... meio seca).
Hora do soninho!! Nada de TV (que não existe no quarto)... o momento é de ouvir o som das arvores balançando e dormir o sono do viajante... esperando que bons ventos surjam no dia seguinte...


Preços:
FRETCAR- Fortaleza -> Jericoacoara – R$ 58,00 (inclusos ônibus e jardineira)
Torta de banana Tia Angelita – R$ 3,50 a fatia
Tapioca quejo coalho Leonardo da Vinci – R$ 4,00
Baguete Leonardo da Vinci – R$ 8,00
Diaria pousada CasAlice – quarto standar casal – R$ 125,00

Links úteis...
http://www.fretcar.com.br
http://www.casalice.com/
http://www.pousadadomauricio.com/index_pt.php
http://www.brasilsabor.com.br/por/roteiros/artigo/219

Imagem
Duna do Por do Sol... todos aplaudem quando ele se vai... espetáculo da natureza!
Avatar do usuário
tiagodacosta2
 
Mensagens: 19
Desde: 16 Nov 2012, 10:58

Re: Jeri - Fortaleza - Recife - Porto de Galinhas - Maragogi - Maceió - 15 dias - Janeiro 2013

Mensagem não lidapor tiagodacosta2 » 08 Jan 2013, 17:03

2º dia – Jericoacoara

Resolvemos curtir um pouco a preguiça e ficamos um pouco pela pousada mesmo.
O café da manhã da Pousada é muito bom por sinal, com pães, bolos, frutas, sucos naturais, omelete, e um atendimento amistoso. Ficamos sabendo que tem tapioquinha também... mas que a funcionária estava de folga naquele dia... vou acompanhar...
Na volta, já fomos informados que mudaríamos de quarto... o que não foi uma surpresa pra nós, pois havíamos combinado previamente que iríamos do quarto standart para o luxo após a primeira diária, pois haveria disponibilidade. Quem é que não gosta de um upgrade no meio de uma viagem, não é mesmo? A notícia boa é que nada mudaria no valor da diária. O que mudou foi o tamanho do quarto e banheiro, a qualidade do colchão, a existência de TV com SKY (inclusive com TV Novo Tempo – canal 14), uma varandinha com rede e poltrona privativos, e uma vista até tímida do mar, tudo isso num quarto novinho. Mas sem dúvida o principal ponto que nos satisfez foi a questão do isolamento acústico. No quarto anterior ouvíamos cada suspiro dos vizinhos, já que as divisórias eram apenas de madeira... isso de certa forma nos incomodou durante a madrugada, pois nossos vizinhos chegaram “animados” e não tão silenciosos. Sem dúvida vale a pena ficar no quarto luxo, mas prefira as suítes no andar superior. Nós ficamos na 20. O único problema detectado nesse quarto foi o acesso a wifi, que ficou bem ruim...
Era hora de buscar algo pra fazer em Jeri... da primeira vez que viemos pra cá fizemos tantos passeios que não fomos uma vez sequer a praia principal acreditam? Esta praia é muito gostosa, com água morninha... mas com algumas ondas – então tem que ter cuidado.
Retornamos depois de um tempo direto para a piscina da pousada... relax total! Após enganar o estômago com umas besteirinhas fomos visitar o cartão postal de Jeri: a Pedra Furada! Apesar da oferta de transporte por charrete para lá (por R$ 50,00 para três pessoas), resolvemos ir a pé mesmo, pois já conhecíamos o caminho. A pé há 2 possibilidades: ir pela praia (quando a maré está baixa) ou ir pelo serrote. Fomos pela praia, mas como em alguns trechos já não dava para passar subimos algumas dunas também. Ao longo do caminho a paisagem é maravilhosa, o vento bem forte e gostoso, mas é preciso força nas pernas, já que o caminho em sua maioria é constituído de muita areia fofa! Vale muito a pena!
Chegamos na Pedra Furada, mas como de costume, estava lotada – o que invibializa que a pessoa consiga tirar uma boa foto, pois é muita gente ao mesmo tempo na frente da Pedra. Além disso, a praia da Pedra Furada não é boa para banho, pois as ondas são muito fortes e traiçoeiras... na verdade, o passeio para a Pedra Furada é quase que uma furada! Mas, para os curiosos, ou para aqueles que encaram qualquer programação, vale a pena. Não ficamos nem 15 minutos lá, pois de fato, a única atividade a fazer é tirar foto na Pedra, mas o caminho até lá valeu a pena.
Quando retornamos para a Pousada já estava escurecendo... então, hora da janta! Jeri tem restaurantes para todos os gostos e bolsos. Na média come-se nos melhores restaurantes gastando entre 35,00 a 45,00 por pessoa com opções de peixes, carnes branca e vermelha, e massas. Há também pratos executivos, que partem de 15,00 a 35,00. Como nossa viagem é longa, e o dinheiro curto, precisávamos de algo mais simples. Fomos jantar no restaurante Marisol, na rua do forró, que é um restaurante bem simples, então não espere luz de velas nem decoração exclusiva... pedimos 2 pratos executivos: uma pescadinha frita e filé de frango. A comida é simples, pouco temperada, mas cumpriu sua missão de nos alimentar. O valor é bem em conta, quando comparado aos demais restaurantes de Jeri, e vinha acompanhado de arroz, feijão, farofa e salada. Os sucos são naturais também. Depois fomos tomar sorvete na Casa de Pedra na rua principal, pegamos um de castanha de caju e outro de brownie. São sorvetes artesanais e saborosos, mas com consistência média... tive que pedir um copo pra não me melar inteiro... no mesmo local servem tapiocas , sucos e sanduíches também.
Na volta, compramos água no mercado Tem de Tudo na rua principal. Acho uma boa estratégia, pois podemos comprar água em abundância, pra reidratar o corpo.
Fim do dia! Descanso merecido... que venha o próximo dia!

Preços:
Refeição executiva – Restaurante Marisol – filé de pescada frita (R$ 10,00); filezinho de frango (R$ 8,00) – sucos naturais (R$ 3,00). Cobrança de 10%.
Sorvetes na Casa de Pedra – R$ 4,00 casquinha
Água mineral - mercado Tem de tudo – R$ 5,50 (5litros) / R$ 2,00 (1,5 litro)
Diaria pousada CasAlice – quarto standart luxo – R$ 125,00

Links úteis...
http://www.marisoltur.com.br
http://www.jericoacoara.com

Imagem
A vilinha é charmosa... mistura o rústico com o moderno... tudo dá de cara para o mar...
Avatar do usuário
tiagodacosta2
 
Mensagens: 19
Desde: 16 Nov 2012, 10:58

Re: Jeri - Fortaleza - Recife - Porto de Galinhas - Maragogi - Maceió - 15 dias - Janeiro 2013

Mensagem não lidapor tiagodacosta2 » 08 Jan 2013, 22:48

3º dia - Jericoacoara

Nosso dia começou um pouco mais tarde hoje. Não sei se a ausência dos tradicionais passeios de Jericoacoara (Lagoas do Paraíso, Azul e Tatajuba) no nosso roteiro nos deixou um tanto preguiçosos, mas saímos da cama às 09hs. Acredite, isso é tarde em Jeri...
Este foi diríamos um dia de certo marasmo... sem os passeios, nossa saída foi aproveitar a vilinha, o que não seria tão ruim não fosse a força do sol, aliada a poucas sombras. Quando resolvemos ir para a praia, sentamos numa dessas cadeiras de praia de um quiosque, tivemos a impressão de que não seríamos incomodados. Durante 5 minutos pudemos aproveitar aquela brisa suave e a água morninha nos pés... foi então que um rapaz nos deu uma informação importante. Para ficar ali, teríamos que pagar R$ 5,00 por hora, independente do consumo. Batemos em retirada! Resolvemos andar na beira do mar, até que resolvemos rumar para dentro da vila, um pouco fora das tradicionais 4 ruas de Jeri. Ali passamos por uma pousada famosa em Jeri, a Vila Kalango. Bastante interessante o estilo dela, toda em palafitas, rústica, mas muito caprichada. No caminho por dentro da vila, pudemos ver uma Jeri diferente... de casas simples e apertadas, muitas inacabadas, e um povo de rosto sofrido. Entretanto, não há miséria aparente. O Sol realmente nos castigou, e partimos para a pousada.
Quase me esqueço... ficamos interessados em fazer o passeio para ver os cavalos marinhos no Mangue Seco, que geralmente é feito no meio do passeio pra Lagoa do Coração em Tatajuba... mas achamos que não valeria a pena pelos altos preços (R$ 80,00 de bugue – até 4 pessoas ou R$ 100,00 de charrete – até 3 pessoas).
Depois de quase perder o por do sol na Duna, paramos numa animada roda de capoeira na praia, do grupo Legião. Manifestação típica do nordeste, bacana!
A noite, a esposa pedia uma massa italiana, e após uma breve caminhada, paramos na porta da Pizzas e Pastas Nômade. Lá conhecemos o galego (espanhol) Oscar. Piscólogo, cidadão do mundo (já deve ter andado por uns 30 países) e agora, nos atendendo. A fim de uma prosa, ficamos ali por uns 15 minutos até que por conta da vontade de continuar a conversa, decidi comer por ali mesmo, e a pizza não nos decepcionou. Pedimos meia marguerita especial (mussarela de búfala, manjericão e tomate) e meia rúcula com gorgonzola. O segundo sabor nos conquistou mais.
Na volta, conhecemos mais das delícias de Jeri. Uma barraquinha em frente ao Quero Pizza e Pé na Areia na rua principal nos chamou a atenção. Eram os bolos, pastéis, salgados e quentinhas da dona Bentinha. Minha esposa me homenageou pedindo uma fatia generosa de bolo prestígio. Uma delícia! Por fim compramos pãezinhos na padaria Jeri Pan.
Quase de volta para a pousada, fomos em busca de lembrancinhas... elas existem, a preços que partem de R$ 3,00. Levamos um porta moeda bonitinho que compramos na loja Pé na Areia para atiçar minha sogra, que disse que quer conhecer Jeri em breve.
Boa noite... amanhã é a hora de partir... já estamos com saudade!

Preços
Pizza na Nômade – R$ 36,50 (já com 10%) – Aceita cartão de crédito
Fatia de Bolo prestígio da Dona Bentinha – R$ 4,00
Pãezinhos na JeriPan – R$ 0,10 centavos a unidade
Lembrancinha da Pé na Areia – R$ 5,85

Links úteis
http://www.restaurantenomade.xpg.com.br/
http://www.jeri360.com/pontos/Anuncios.php?id=4

Imagem
Pousada CasAlice... ouvimos mais italiano do que português por aqui... ótimo custo benefício, um achado!
Avatar do usuário
tiagodacosta2
 
Mensagens: 19
Desde: 16 Nov 2012, 10:58

Re: Jeri - Fortaleza - Recife - Porto de Galinhas - Maragogi - Maceió - 15 dias - Janeiro 2013

Mensagem não lidapor tiagodacosta2 » 14 Jan 2013, 01:39

4o dia – Jericoacoara e Jijoca

Chegamos ao ultimo dia em Jeri. Para não nos arrependermos de ter aproveitado o máximo possível deste pequeno paraíso, resolvemos acordar mais cedo para caminhar na praia. Às 06h45 já estávamos em pé... e partimos para praia com águas tranquilas e maré baixíssima. No caminho encontramos várias pequenas piscinas, bolachas do mar, conchinhas e até alguns peixinhos. Um cenário perfeito para mais fotos. De volta a pousada, foi possível provar algumas tapioquinhas no excelente café da pousada e ainda comprar algumas lembranças de crochê no centro comunitário. Há trabalhos bem bonitos feitos por nativas da comunidade e a bons preços. Também passamos na Global Conection para comprar as passagens de Jijoca para Fortaleza, já que ainda teremos mais uma diária em Jijoca.
Malas arrumadas, era hora de partir. Almoçamos um PF num restaurante chamado Bom Gosto, próximo ao Restaurante Escondidinho, e pegamos o caminho de Jijoca num pau de arara adaptado com certa emoção até a Pousada Anjo Azul. Na chegada, contentamento ao ver que a pousada permanecia com suas qualidades, e surpresa ao sabermos que havíamos sido procurados. Acreditam que acabamos encontrando por lá um amigo de São Paulo com sua esposa, por uma incrível coincidência. Como eles estavam de carro alugado, já combinamos um encontro para aproveitar a linda Lagoa do Paraíso no bar Chez Loran. Ambiente agradável com música ao vivo, redes na água e algumas opções de refeições , bebidas e lanches. Após um excelente banho retornamos para a pousada, e nos preparamos para um lanche na cidade de Jijoca. A cidade aliás, tem poucas opções noturnas e por indicação dos donos da pousada (Rubens e Dimas) fomos na Pizzaria Pazza. Bom atendimento, preços e boa pizza, recomendamos. Fim do dia... e amanhã tem mais lagoa! Estamos ansiosos!

Preços –
Transporte para Jijoca de caminhonete – R$ 10,00 por pessoa
PF no Restaurante Bom Gosto - R$ 7,00 (filé de frango ou carne de panela)
Pizza Pazza – R$ 29,00 (Carne Seca) - Tv Vicente Paulo, 162 Jijoca - CE
Agua de Coco na Pazza – R$ 2,50
Agua 5L (Mercado Jacaré) – R$ 4,80 - Rua Principal
Passagem Jijoca x Fortaleza – R$ 24,75 - Rua do Forró
Porta guardanapos de chochê – R$ 5,00 cada - Rua Principal
Diária no apto standart Pousada Anjo Azul - R$ 130,00

Links uteis
http://www.anjoazulpousada.com.br

Imagem
Será que preciso comentar alguma coisa?? Lagoa do Paraíso
Avatar do usuário
tiagodacosta2
 
Mensagens: 19
Desde: 16 Nov 2012, 10:58

Re: Jeri - Fortaleza - Recife - Porto de Galinhas - Maragogi - Maceió - 15 dias - Janeiro 2013

Mensagem não lidapor everton magri » 21 Jan 2013, 09:48

Muito bom Tiago,veleu pelas dicas
queri uma ajudinha se possivel
estarei desembarcando em recife dia 6/4 e retorno dia 12/4,estou planejando ficar em porto de galinhas,pelo que vi de pg fica mais facil realizar os passeios na região,como mergulho,piscinas,maragogi.Esta certo meu pensamento?ou me indicaria outro reteiro?pelo que vi não é caro ficar por la em torno de 100 reais a diaria para casal
Obrigado
Avatar do usuário
everton magri
 
Mensagens: 18
Desde: 20 Jan 2013, 07:27

Re: Jeri - Fortaleza - Recife - Porto de Galinhas - Maragogi - Maceió - 15 dias - Janeiro 2013

Mensagem não lidapor tiagodacosta2 » 26 Jan 2013, 22:36

Olá Everton. De fato, não é difícil fazer os passeios de PG não. Numa caminhada simples pelo centrinho, você verá dezenas de pessoas oferecendo os serviços. No nosso caso, ainda vou colocar aqui o que fizemos de forma detalhada, mas já adiantando alugamos um carro e fizemos por conta, o que também acho muito interessante, pois você pode se hospedar em Maragogi e aproveitar um pouco mais lá também. As diarias em Maragogi são em conta também... aguarde que logo escrevo.
Avatar do usuário
tiagodacosta2
 
Mensagens: 19
Desde: 16 Nov 2012, 10:58

Re: Jeri - Fortaleza - Recife - Porto de Galinhas - Maragogi - Maceió - 15 dias - Janeiro 2013

Mensagem não lidapor tiagodacosta2 » 26 Jan 2013, 22:38

5º dia - Jijoca de Jericoacoara

Poucas sensações se comparam a estar aos pés de uma maravilha da natureza como a Lagoa do Paraíso. Por isso, resolvemos acordar mais cedo para curtir o sol emitindo seus raios de forma tranquila e pujante. Na pousada em que estamos existem dois caiaques gratuitos a disposição dos hóspedes para se deliciar na lagoa. Lá vamos nós!
Mas nem tudo foram flores neste dia. Nossa noite não foi das melhores no quesito estômago. Algo não nos fez bem, e ambos acordamos com desconforto no estômago e aquela sensação de que nada foi digerido. Com isso, não pudemos deliciar com todas as forças o excelente café da manhã da pousada e ainda tivemos que nos valer de folhinhas de boldo com água para dar uma auxiliada. Mas isso em nada diminuiu a nossa impressão dos itens do café da manhã. Suco de manga e caju do quintal da pousada, além de frutas, pães, bolos e tortas fresquinhas e deliciosas.
Após o café, saímos para visitar a Lagoa Azul. Como o próprio nome diz, esta lagoa tem uma coloração incrivelmente cristalina e azulada, principalmente quando há bastante sol. Como estávamos de carro, fomos guiados pela filha da dona da pousada dos nossos amigos que nada nos cobrou por isso. O caminho que seguimos foi o que geralmente o pessoal pega para ir para Caiçara (Praia Preá), passando pelo Paraguai (sim existe uma localidade com este nome em Jijoca). Deixamos o carro dentro de uma pousada que nos deixou bem impressionados, pelo menos por fora, e que fica coladinha na Lagoa, chamada Pousada Lagoa Azul.
O trajeto de carro de Jijoca para a Lagoa Azul (que faz parte do município de Cruz-CE) é feito por estradinhas de terra e areia, mas dá pra ir com certa tranquilidade, desde que você conheça o caminho. Para a Lagoa do Paraíso é ainda mais tranquilo, e existem pontos que tem uma estrutura razoável para passar o dia, como por exemplo a Pousada e Restaurante Chez Loran, com estacionamento inclusive. O mesmo raciocínio não vale para Jeri. Quem desejar se aventurar de carro particular nas areias, é bom estar preparado para fortes emoções, ou então contratar um guia local que toma a direção e leva o seu carro (em Jijoca eles saem de todos os lados oferecendo os serviços). Eles oferecem desde levar o carro de Jijoca até Jeri, até um passeio completo pelas lagoas em Tatajuba, Paraíso e Azul, e a Pedra Furada, todas usando o seu veículo. Abaixo colocarei os preços que um dos guias me passou. Para Jeri, eu não recomendo ir de carro próprio, a não ser que se trate de um carro traçado. Mesmo assim, informe-se antes para não ter surpresas.
Após breves momentos na Lagoa Azul, partimos de volta para Jijoca. O dia não foi fácil e a dor no estômago piorou. Ficamos o dia todo só na água e fruta. É dia de partir pra Fortaleza. Pegamos a estrada próximo do por do sol, já alertados quanto ao alto número de animais na pista. O caminho mais indicado é pela CE-085, partindo do município de Acaraú. Após cerca de 4 horas e meia de viagem de carro, estávamos em Fortaleza. Na chegada, pausa para uma ida ao pronto-socorro. Após duas bolsas de soro e medicação, estávamos em melhor situação. Fomos atendidos no Hospital Gênesis (atende Unimed) na Av. Santos Dumont, 1168 Aldeota. Bem em frente tem um Extra que funciona até meia noite.
Neste dia não reservamos hotel. Então fizemos um pernoite estratégico em um motel chamado Love Night, próximo ao aeroporto. Entretanto, para nossa surpresa, o pernoite desse estabelecimento é de apenas 8hs e nós sem saber, ficamos lá quase 10h. O barato saiu caro... além das acomodações serem ruins, cama pequena, sem ao menos um chuveiro elétrico. Não recomendo.

Preços
Água de côco na lagoa azul – R$ 3,50
Guia para levar o carro para Jeri – R$ 40,00 (por trecho)
Guia para fazer o passeio pelas lagoas e pedra furada de carro – R$ 130,00
Água de côco no Extra (1litro) – R$ 6,50
Pernoite no motel Love Night – R$ 50,00 (5,00 por cada 11 minutos adicionais).
Diária km livre – gol completo – 90,00 (movida rent a car)
Combustível – R$ 2,92 (gasolina) / R$ 2,30 (etanol)

Links uteis
http://www.lagoazuljeri.com.br/pousada.php
http://www.chezloran.com/
http://www.movida.com.br/
Avatar do usuário
tiagodacosta2
 
Mensagens: 19
Desde: 16 Nov 2012, 10:58

Re: Jeri - Fortaleza - Recife - Porto de Galinhas - Maragogi - Maceió - 15 dias - Janeiro 2013

Mensagem não lidapor tiagodacosta2 » 26 Jan 2013, 22:40

6º dia - Fortaleza
Nosso dia em Fortaleza não teve grandes destaques. Como estávamos no dia de entrada na hospedagem oficial, no Ibis, gastamos praticamente a manhã em função disto. O hotel nos surpreendeu positivamente. Fica bem localizado, entre a Av. Monsenhor Tabosa e a Beira-mar da Praia de Iracema, com alguns restaurantes e padarias próximas. Quarto confortável, com boa cama box, acesso wi-fi, TV LCD a cabo, piso laminado, ar split e uma ducha esplêndida. Embora o hotel seja quase na beira-mar, existe um edifício bem a frente que tampou praticamente toda essa visão. Felizmente do nosso quarto ainda tivemos este privilégio. O staff do hotel também foi muito simpático, e nos permitiu a entrada antes do horário.
Estávamos precisando descansar um pouco, e isso foi possível! No almoço procuramos como sempre uma opção mais em conta, e decidimos fazê-lo no habib´s que agora conta com pratos quentes com arroz, frango, fritas, saladas etc, com preços bem interessantes. Depois da refeição, decidimos andar pela conhecida Monsenhor Tabosa, procurando calçados de couro de jegue. Parece-me que esta avenida já foi melhor para isto. Decidimos então partir para o famoso mercado central, a pé mesmo, num trajeto de cerca de no máximo 2km. No caminho passamos pelo centro cultural Dragão do Mar, espaço muito interessante, onde ocorrem peças, exposições e diversos eventos o tempo todo. Havia uma exposição gratuita, mas por conta do horário, decidimos não visitar, mas recomendamos!
No mercado há de tudo. Artesanato, artigos em couro, calçados, bolsas, artigos para banheiro, cozinha, castanhas, doces, e muito mais. Vale a pena ir com tempo e pechinchar bastante, pois o preço cai bastante com uma boa conversa. A maioria dos itens do mercado você pode encontrar na feirinha da beira-mar também. Dependendo do tempo que você tiver, vale a pena comparar.
De volta ao hotel, passamos em uma padaria na Monsenhor Tabosa. Lá fizemos um rancho (como dizem os catarinenses) já que no Ibis não tem café da manhã incluso na diária.

Preços
Diária no Ibis – R$ 114,00 (sem café da manhã, cobrado a parte R$ 14,00 por pessoa)
Prato no habib´s – R$ 5,90 (salada + filé de frango); R$ 8,90 (estrogonoff de frango, arroz e fritas); 5,80 (duas bolas de sorvete).
Sapatos femininos em couro no mercado – R$ 25,00 (no cartão um pouco mais caro)
Toalhas para enxugar as mãos na cozinha – R$ 10,00 (3 peças)
Água mineral 1,5L no mercado – R$ 2,50
Jogo de banheiro no mercado – R$ 15,00
Castanha de caju inteira tipo exportação – R$ 25,00 kg
Doce de caju com castanha – R$ 5,00
Porção de sopa na padaria pão de Mel (Av. Monsenhor Tabosa, 1108) – R$ 4,50 (com 1 pão)
Bolos diversos na padaria pão de Mel – R$ 16,50/kg
Pão francês na padaria pão de Mel – R$ 9,00/kg
Patê de frango na padaria pão de Mel – R$ 3,50 pote

Links uteis
http://www.accorhotels.com/pt/hotel-114 ... ndex.shtml
http://www.mercadocentraldefortaleza.com.br/
http://www.dragaodomar.org.br/
Avatar do usuário
tiagodacosta2
 
Mensagens: 19
Desde: 16 Nov 2012, 10:58

Re: Jeri - Fortaleza - Recife - Porto de Galinhas - Maragogi - Maceió - 15 dias - Janeiro 2013

Mensagem não lidapor boobadilha » 31 Jan 2013, 22:11

que relato interessante tiago!!

bem detalhado, vai me ajudar bastante a programar minha viagem =)

estou aguardando ansiosa o restante ::otemo::
boobadilha
 
Mensagens: 2
Desde: 21 Mar 2010, 15:52
Localização: São Paulo

Re: Jeri - Fortaleza - Recife - Porto de Galinhas - Maragogi - Maceió - 15 dias - Janeiro 2013

Mensagem não lidapor Rodcesar » 11 Fev 2013, 09:25

Otimo relato ... aguardando a parte final da viagem .

::otemo:: ::otemo:: ::otemo::
Rodcesar
 
Mensagens: 11
Desde: 27 Jan 2013, 09:10

Re: Jeri - Fortaleza - Recife - Porto de Galinhas - Maragogi - Maceió - 15 dias - Janeiro 2013

Mensagem não lidapor tiagodacosta2 » 19 Fev 2013, 20:30

Fortaleza - 7o dia

O sétimo dia de viagem para nós caiu em um sábado. Este sem dúvida é um dia especial para nós, pois consideramos que é um dia separado por Deus para um contato mais intenso com ele. Por isso, decidimos ir a igreja.
Encontramos um amigo da época de faculdade e rumamos para Aquiraz, onde almoçamos em casa mesmo. Após jogar muita conversa fora, no fim da tarde fomos conhecer o Shopping Iguatemi, um pouco afastado da Beira-mar. Nada de anormal, mas um bom shopping e com um supermercado Extra, onde fizemos umas comprinhas basicas.
A noite, fomos conferir as novidades da excelente feirinha da Beira-mar. Lá tem de tudo e mais um pouco, e creio que ver as coisas com aquela brisa do mar e com a energia do pessoal do nordeste faz bem pra gente. A beira-mar de Fortaleza é um excelente passeio, sobretudo a noite. Para lanchar, fomos no Subway da Beira-mar.

Links uteis
http://www.iasdcentralfortaleza.com.br/
htto://www.iguatemifortaleza.com.br/

Preços
Lanche pão 30cm no subway - R$ 17,25
Lata suco del valle - R$ 4,00
Avatar do usuário
tiagodacosta2
 
Mensagens: 19
Desde: 16 Nov 2012, 10:58

Re: Jeri - Fortaleza - Recife - Porto de Galinhas - Maragogi - Maceió - 15 dias - Janeiro 2013

Mensagem não lidapor tiagodacosta2 » 19 Fev 2013, 20:58

Fortaleza - 8o dia

Após uma excelente noite de sono e um modesto café da manhã (já que não pagamos o do Ibis, rsrs) rumamos pela CE 040 com nosso amigo em direção ao litoral sul do Ceará. Nosso destino era uma praia no minicípio de Cascavel, ha 60km de Fortaleza, chamada Águas Belas. O lugar é muito agradável, e encontramos um pouco do povão, por se tratar de um domingo em janeiro. O peixe que pedimos na barraca logo na entrada da praia estava ótimo e ficamos na beira do mar por um longo tempo, alternando banhos no mar com agua morna, brincadeiras com a filha do meu amigo em piscinas naturais na beira do mar (com agua não tão cristalina) e bate papo.

Aguas Belas tem uma diferencial. Um rio com aguas claras desagua no mar, e forma em maré baixa locais ótimos para banho relaxante, pratica de wind surf e passeios de jangada. Há também bugueiros que fazem um passeio de umas 2 horas por entre as pequenas dunas do local por R$ 160,00 (até 4 pessoas).

Foi uma boa surpresa, já que este destino não estava em nosso roteiro. Valeu a pena com certeza, e podemos recomendar o lugar para passar um dia com tranquilidade.

A noite voltamos para a região da beira-mar, dessa vez, para fazer algumas comprinhas. Levamos castanhas e uma mochila de couro bovino para as viagens da Larissa. Finalizamos a noite com uma pizza na Pizza Hut da Beira-mar. Como este era o nosso último dia em Fortaleza, e o vôo para Recife sairia somente às 05hs da manhã, chorei com um taxista na Beira-mar um preço bom de uma corrida do Ibis ao Aeroporto. O valor médio é de R$ 40,00 a corrida neste horário, mas depois de alguma conversa, o taxista fez por R$ 30,00. No horário combinado ele estava lá, mas a viagem foi um tanto apreensiva, pois o motorista não respeitou um sinal sequer, além de ir a toda velocidade pelas ruas, e ainda parar pra abastecer o carro. No fim, ele ainda tentou aumentar o valor, mas eu bati o pé e disse que combinado era combinado. Fora isso, tudo certo. Rumo a Recife!

Links uteis:
http://www.youtube.com/watch?v=C2dZEH4-ykk

Preços:
Peixe, porção de batata e refrigerante 1L (para 3) - R$ 87,00
Mochila couro na feirinha - R$ 160,00
Castanha caramelizada - R$ 14,00 (400g)
Corrida de taxi - R$ 30,00
Avatar do usuário
tiagodacosta2
 
Mensagens: 19
Desde: 16 Nov 2012, 10:58

Re: Jeri - Fortaleza - Recife - Porto de Galinhas - Maragogi - Maceió - 15 dias - Janeiro 2013

Mensagem não lidapor tiagodacosta2 » 19 Fev 2013, 22:33

Recife - 9o dia

Nosso vôo partiu de Fortaleza pela Gol sem atrasos. Tivemos uma conexão em Salvador de aproximadamente 3h30 e infelizmente não pudemos aproveitar pra ver nada nesta bonita cidade devido ao curto espaço de tempo em que ficamos lá. Tempo esse que foi suficiente para passarmos por um grande susto. Ao conferirmos os documentos para o reembarque na bagagem de mão que levávamos, demos por falta da identidade da minha esposa. A última certeza que tínhamos é que ela entrou com a identidade no primeiro vôo, já que isso é cobrado no embarque. Foi aproximadamente 1h30 procurando esse documento em cada local possivel daquel aeroporto, até que depois de muito stress desistimos da busca e fomos na delegagia de policia civil do aeroporto, onde fizemos o BO. Quando chegamos na sala de embarque, decidi fazer a ultima tentativa, e fui conversar com um funcionario da gol, que fica já dentro da alça de acesso e para nossa completa surpresa o RG estava com ele! Aliviados seguimos viagem até Recife. No vôo conhecemos uma carioca muito simpática que nos deu uma carona com seu marido até a locadora onde pegaria o carro (a taxa de entrega no aeroporto era de R$ 30,00)

Por uma pequena falha de comunicação, nosso carro só seria disponibilizado duas horas depois de nossa chegada. Após uma negociação, a locadora California nos ofereceu um carro até a hora da troca pelo outro, sem custos. Faço uma pausa pra falarmos dos carros dessa locadora local, que apesar de mais em conta, tem conservação mediana, e foi entregue com nítida falta de detalhes de limpeza, portanto não espere o padrão Localiza. A única vantagem que vimos foi o fato da locadora não exigir o famoso bloqueio do valor do cartão de crédito ou cheque caução. Apesar disso, só aceita pagamento em dinheiro vivo, e tivemos que depositar 50% do valor das diarias para reservar o veiculo. Eu recomendaria uma pesquisa no site rentcars, pois há bons preços também.

Pegamos o carro, e junto com o casal de amigos de Floripa que nos acompanharia a partir dessa semana, fomos almoçar no Shooping Guararapes, na cidade de Jaboatão de Guararapes (colada em Recife e mesma do aeroporto). Comemos no Habib´s e fizemos umas comprinhas no supermercado Bom Preço, e aproveitamos umas promoções de camisetas em na loja Opção Jeans do Shopping.

Depois de algum tempo gasto no Shopping, trocamos de carro e partimos em direção a Maragogi. Na viagem, novamente demos falta da minha camera fotografica, com dois celulares dentro da bolsa. Desesperado e apreensivo, fiz meia volta e passei na loja que comprei uma camiseta no shooping, onde por um milagre ela foi guardada pelas funcionárias do local. Este retorno nos fez pegar um caminho diferente para Maragogi (que também é o caminho para Ipojuca-Porto de Galinhas), ao invés de sair pela BR 101 de Recife, fomos por dentro de Jaboatão desembocando na Rota dos Coqueiros, em Paiva, Cabo de Santo Agostinho. O caminho de 6,2km é lindo... como o nome diz, tem muitos coqueiros, empresas e casas de alto padrão, ciclovia, e é uma via inaugurada recentemente, resultado de uma Parceria Público Privada. Tem um mirante logo após a ponte estaiada sobre o rio Jaboatão que arranca suspiros. O destaque negativo é a existência de um pedágio com valor considerável para um trecho tão pequeno e alguns radares de controle de velocidade. Mas mesmo com o pedágio, passe na ida (ou volta) nessa rota, você não vai se arrepender. Dependendo do tempo que tiveres, vale a pena dar uma passadinha em duas praias de Cabo, a Enseada dos Corais e Calhetas. Não fomos, mas gostaríamos de ter ido.

O caminho para Maragogi é feito pela PE 060 e a distância de Recife é de 125km. A estrada não possui boa sinalização, e quase todo o trecho é sem acostamento. Como pegamos boa parte dela a noite, o cuidado foi redobrado. A estrada litoranea do Ceará estava bem melhor. Depois de um certo cansaço, apesar da proximidade, chegamos no Hotel Caju Praia Azul. O hotel fica ha aproximadamente 15km do centro de Maragogi, e como queríamos dar uma pesquisadinha nas opções de passeio nas piscinas no dia seguinte decidimos mesmo com o cansaço conhecer a praia principal de Maragogi.

Depois de uma caminhada rapida pela praia, que possui varios restaurantes e lojinhas de objetos praianos, decidimos comer na Tapioca da Martha, que se gaba de ter a indicação do guia 4 rodas. Apesar da fama, esperava um pouco mais do produto, já que o preço é caprichado para uma tapioca. O suco de graviola estava bom.

Quanto ao megulho nas galés, soubemos que agora há uma restrição do numero de pessoas e embarcações que podem ir nas piscinas por dia, por conta da preservação natural. Isso significa que os catamarãs não podem mais ir todos os dias nas mesmas piscinas, o que faz com que se venda passeio para as galés, e se vá para a taoca. Portanto, se você quer ir para as galés, insista com quem está oferecendo o passeio que você quer ir nas galés e não na taoca. Seja bem claro, ou ocorrerá o que aconteceu conosco no dia seguinte, que já relato.

Apesar de distar alguns quilômetros de Maragogi, o hotel em que estávamos também oferece o passeio para as piscinas mais conhecidas de Maragogi, com transporte incluso. Do hotel fica mais próxima uma terceira piscina que também é explorada na região chamada Barra Grande, com valor inclusive menor. Não fomos nela, então não tenho como opinar. Enfim, dá para fechar os passeios tanto dos hotéis, quanto direto nos receptivos. Nós acabamos fechando com o pessoal do Restaurante Maragolfinho, pelo valor de R$ 50,00 por pessoa (o valor normal é R$ 65,00).

Quanto ao hotel, nos pareceu um bom hotel, com estrutura adequada. O quarto possui uma boa área, com uma sacada, mas penso que deveria ser alvo de uma repaginada. A sacada não oferece vista para o mar, apesar do estabelecimento estar a beira do mesmo. Fim do dia... amanhã promete!

Links uteis:
http://www.shopping-guararapes.com/loja/opcao-jeans/
https://www.facebook.com/CaliforniaRent ... DeVeiculos - californiarentacar@hotmail.com (falar com Fred)
http://www.hotelpraiaazul.com/
http://www.pousadamaragolfinho.maragogi.com/
http://www.rentcars.com.br
http://www.rotadoscoqueiros.com.br/

Preços:
Combustivel em PE (JAN/13): R$ 2,67 (gasolina); R$ 2,25 (alcool)
Pedagio na Rota dos Coqueiros: R$ 4,10
Diaria KA 1.0 km livre, com ar, trava e som: R$ 70,00
Almoço no Habib´s: R$ 4,99 (filé de frango, arroz, batata) R$ 7,99 (filé de frango parmegiana, arroz branco)
Diária no hotel Praia Azul: R$ 162,00
Tapioca da Martha: De R$ 6 a R$ 12,00
Avatar do usuário
tiagodacosta2
 
Mensagens: 19
Desde: 16 Nov 2012, 10:58

Re: Jeri - Fortaleza - Recife - Porto de Galinhas - Maragogi - Maceió - 15 dias - Janeiro 2013

Mensagem não lidapor vejvr » 24 Mar 2013, 11:25

nao consigo,visualizar o restante do relato da viagem a partir do nono dia.
vejvr
 
Mensagens: 1
Desde: 24 Mar 2013, 11:12

Re: Jeri - Fortaleza - Recife - Porto de Galinhas - Maragogi

Mensagem não lidapor tiagodacosta2 » 30 Jul 2013, 00:33

Opa... prometo terminar em breve o relato.... abraços!
Avatar do usuário
tiagodacosta2
 
Mensagens: 19
Desde: 16 Nov 2012, 10:58


Voltar para Brasil - Nordeste - Relatos de Viagem



Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Exabot [Bot] e 2 visitantes