Relato - Chapada do Veadeiros - 10/05 - 15/05/2016

Guias e troca de informações sobre destinos do estado de Goiás e Distrito Federal
BrunoRSB
Mensagens: 34
Registrado em: 19 Jan 2013, 19:53

20 Mai 2016, 11:25  

Cheguei no Aeroporto de Brasilia às 9:00.
Às 9:40 já estava pegando o carro que tinha feito a reserva na AVIS. 5 diárias por R$580 com seguro pneu e parabrisa.
Você consegue fazer a viagem sem carro, pedindo carona, o que é bastante comum por lá. Existe um grupo no Facebook só pra isso, mas eu gosto de ter mais liberdade e de aproveitar meu tempo, que já era escasso, então aluguei o carro.

Resolvi ir direto para Cavalcante e no caminho passei pelo POÇO ENCANTADO (R$20 para entrar), que fica aproximadamente 50km depois de Alto Paraíso. Dica: não coma nada lá. Não é necessário guia e o caminho para chegar a cachoeira é de uns 200m.
Chegando em Cavalcante fiquei hospedado na Pousada Morro Encantado. A pousada é um charme. Paguei R$90 com café da manhã e estava sozinho, o que achei caro, ainda mais com o café bem simples.
Ainda na mesma noite fui conhecer o restaurante do chileno que produz cerveja artesanal (ARACÊ). A cerveja estava completamente descarbonatada, enfim, horrível.

No dia seguinte fui em direção à Cachoeira Santa Barbara. 30km de estrada de terra até a comunidade Quilombola Kalunga (a estrada está boa! Algumas costelas naturais de estrada de terra). É obrigatório o pagamento de R$20, além do guia, que dividi com mais 2 pessoas que estavam no momento. A sorte é que eles estavam com um CR-V e como já sabia que teria que atravessar um riacho, fomos todos em um carro só. A trilha é leve, coisa de 1km para chegar. Já deixamos o almoço encomendado por R$25 (come à vontade) por pessoa. Na volta da Santa Barbara, ao invés de irmos para a Capivara, resolvemos, por indicação do guia, ir para a Cachoeira Candaru. 3km de descida até chegar na primeira piscina com uma vista sensacional da queda. Vale muito mais do que a Cachoeira da Capivara (segundo o guia) e é muito menos visitada pela dificuldade da trilha, que na volta exige bastante do corpo por ser SÓ subida. Ao chegar no restaurante caseiro às 15:30h, estava exausto e morrendo de fome, esse é o tempero para toda comida ficar DELICIOSA rsrsrs.
Nesse mesmo dia já fui direto para Alto Paraíso, que fica a 90km de Cavalcante. Fiquei hospedado no HOSTEL BUDDY, e fui recepcionado muito bem pela Patrícia, minha mãe naquele lugar, um amor de pessoa. O hostel tem cozinha, chuveiro quente e muito verde (o que foi fundamental na escolha dele, afinal, qual a graça de sair de uma cidade grande e ir para um local de puro cimento?). Todos os dias escutava araras passando pela manhã. Paguei R$45 por diária.

No dia seguinte, bem cedo (8h), toquei o barco para a Cachoeira dos Macaquinhos, mas antes uma parada para tomar café no mercado que fica na rua principal de Alto Paraíso. Um misto com ovo, um suco de laranja e três pães de queijo por R$8,50. Ali mesmo no mercado já comprei a àgua para a trilha. 14km de asfalto em direção à Brasilia + 31km de estrada de terra para chegar no início da trilha. Essa estrada não está tão boa, principalmente do meio pro final, e por falar em final, o km final tem uma descida bem escrota que se você tiver num1.0 pode sofrer para subir. Por sorte os carros 1.0 da AVIS tinham acabado e peguei um Voyage 1.6 pelo mesmo preco do 1.0. Cheguei tão cedo que não tinha ninguém para cobrar os R$20 da entrada. Fui entrando e direto para a trilha que é bem sinalizada e não precisa de guia. São 10 paradas durante os 3km de trilha de nível médio. Preferi ir até o final e voltar parando do que ir parando no início. As ultimas duas cachoeiras são incríveis!! Como estava sozinho aproveitei para tomar um banho nu na Cachoeira da Caverna (tem uma própria para banho nu nessa trilha!!). Consegui voltar para Alto Paraiso às 14:30 e fui direto para São Jorge para conhecer as AGUAS TERMAIS. No fim da estrada asfaltada ainda anda 14km de terra, sendo que os 6km finais estão horríveis. Paga-se R$20 para entrar. Não achei que valeu a pena. A parte boa foi que peguei o por do sol LINDO na estrada voltando para Alto Paraiso. À noite, por indicação, resolvi conhecer a VENDINHA 1961, que estava tocando um forró pé de serra ao vivo. Tomei aquela cerveja trincando de gelada e comi um pastel de carne seca com queijo delicioso!

No dia seguinte eu estava meio acabado das costas. rs. O plano era conhecer ALMÉCEGAS e depois ir para o VALE DA LUA, mas resolvi conhecer LOKINHAS, que fica a 3km de estrada de terra de Alto Paraíso. R$20 para entrar. Estava seco, só dois poços dos 8 valiam a pena. Bastante gente no lugar, mas valeu a pena, esse é o passeio para quem não aguenta muita coisa e quer ver aquela agua cristalina e tomar banho naquele poço azul. A trilha é feita por um caminho de madeira, bem tranquilo. Escadas e tudo mais. Bem light mesmo. Voltei para Alto Paraíso e tirei a tarde para conhecer a cidade. Quando deu 16h fui no posto de gasolina lavar o carro (R$25) - fecha 17h e não abre aos domingos. Eu tinha que entregar o carro limpo senão pagava taxa de limpeza BEM CARA. rs
Voltei para o Hostel e conheci uma figura que estava no quarto compartilhado. Ajustamos que no dia seguinte iríamos com o carro dele conhecer a CATARATAS DO COURO. À noite sai para comer sushi no único local que tem sushi. PÉSSIMA IDEIA. horrível! Não aconselho. Sai de lá e fui direto para o RESTAURANTE LA VITA E BELLA. A pizza de lá é MUITO BOA. Já o Nhoque que comi no dia seguinte estava uma papa.

Mais um dia acordando cedo, tomando café e pegando estrada de terra. rs 20km de asfalto voltando para Brasília + 32km de terra até o início da Trilha da CATARATA DO COURO. A estrada de terra não foi tão difícil como achei que seria, porque parte dela não tem sinalização, mas a dica é: reto reto reto, direita, esquerda (bifurcação) e esquerda (bifurcação). A trilha tem 3km, não precisa de guia, siga sempre margeando o rio à esqueda quando for possível, se não for terá um caminho fácil de localizar. Depois que cheguei na cachoeira principal é possível descer mais um nível, mas a trilha era muito íngreme e decidimos ficar apenas com a principal, que já é FODA. Voltamos para Alto Paraiso às 15h e resolvemos seguir para o VALE DA LUA. R$20 para entrar. Segue em direção à São Jorge por uns 20km + 4km de terra. Trilha fácil de 1km. Vale a visita.

Segui para Brasília para conhecer um pouco a cidade. Conheci o Pontão do LAgo Sul e almocei por lá. BEM CARO. Fui ao Congresso bater aquela foto, STF, Catedral etc. Entreguei o carro 15:20h, tudo OK, fui tomar uma capirinha no RED LOBSTER no aeroporto de Brasília!!! VALE A PENA!!! Tomei uma sopa de vongole também muito boa. Meu voo de volta era 18:50.



  •   Informação
  • Quem está online

    Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante