Los Roques com as crianças?

Relatos de Viagens pela Venezuela


Los Roques com as crianças?

Mensagem não lidapor Marcos C » 23 Ago 2011, 15:34

Caros amigos,
Quando decidimos ir para Los Roques em julho passado, eu e minha esposa ficamos em dúvida se deveríamos levar nossos filhos, Mariana de 6 anos e Rafael de 8 anos, pois líamos relatos de que se trata de uma viagem para uma ilha isolada sem muitos recursos.

Procurei em diversos sites orientações neste sentido, ou relatos de pessoas que tinham levados os filhos e o que acharam da experiência. Não encontramos muitas informações. Inclusive nas fotos que vi, dos viajantes e das pousadas, era raro ver crianças. Mesmo com muitas dúvidas resolvemos levá-los, pois não poderíamos privá-los de conhecer este paraíso.

Minha primeira providência foi trocar as milhas por passagens pela TAM, consegui fazer a troca pelo site sem problemas no início de junho, marcando a passagem para 17 de julho e a volta para 27 de julho. Após 1º de agosto o trecho subiu de 10mil milhas para 15mil milhas. Neste caso se você encontrar as passagens que deseja, não perca tempo e troque logo, pois por apenas alguns minutos você perde as datas e tem que remarcar. Aconteceu comigo por duas vezes.

Reservada as passagens, passei a procurar pela pousada. Entrei em diversos sites, e mandei email para mais de 20 pousadas. O problema neste caso e que são poucas as opções de pousadas que acomodam 4 pessoas em um quarto. O perfil do turista de Los Roques são casais jovens e sem filhos, ou não os levam, portanto as pousadas possuem quartos para dois ou três pessoas e, na grande maioria, somente um quarto que acomoda mais de três.

Pelos relatos que li nossa primeira opção seria a Guaripete, mas não havia quarto disponível para este período. A grande maioria dos emails que recebi como resposta, informava que não havia disponibilidade. A alta temporada de Los Roques é em agosto e dezembro mas ,segundo o gerente da pousada que ficamos, o resto do ano é sempre com grande ocupação. Um problema neste caso é que as respostas demoravam para chegar, você manda um email e depois de 2 ou 3 dias é que recebe a resposta. Depois que fui para Los Roques é que descobri o porquê disso ocorrer, o acesso a internet é bastante ruim.

Depois de muitos emails trocados já estava ficando preocupado quando recebi a resposta da pousada Lagunita, muitos simpáticos, responderam que haveria a disponibilidade e me deram todas as informações necessárias. Além disso, concederam um desconto maior para as crianças, de 50%, enquanto as demais pousadas davam apenas 30%. Após ler bons relatos no site Tripadvisor, resolvi confirmar a Lagunita. Outra coisa que pesou a favor foi que eles pediram apenas 30% de entrada, em depósito feito em uma conta na Itália (procurei a Confidence Corretora), sendo que outras pousadas pediam 100%.

Reservei com eles também o trecho aéreo Caracas/Los Roques, não dá para correr o risco de chegar no aeroporto de Caracas e ir comprar na hora os bilhetes, estando com duas crianças.

O vôo da Tam chega em Caracas por volta das 20:30hs. Estava preocupado em chegar em Caracas a noite. As crianças estariam com fome e sono e não poderia demorar no aeroporto ou me perder por lá. Então pedi para a Lagunita reservar para mim um Transfer ($60) do aeroporto/hotel/aeroporto. Desnecessário se você estiver sem crianças pois os hotéis próximos oferecem este seviços gratuitamente.

Fui recebido pelo Sr. Hector que estava me aguardando no desembarque. Muito simpático e solicito, fez o câmbio para mim ($7,50/BSF). Acredito que poderia receber mais pelos dólares, mas não dá para sair procurando no Aeroporto, pois é proibido e os militares estão por toda parte.

Fui entregue no hotel Catimar. O Sr. Hector me ajudou no check-in e marcamos a saída para 5:30hs, pois o vôo para Los Roques partiría as 6:30hs. O Catimar merece uma atenção especial. O Hotel é muito ruim. O quarto que fiquei era abafado e com muito mofo. O ar condicionado não funcionava direito e o chuveiro era péssimo. Pelo menos o restaurante estava satisfatório, os pratos são bem servidos e sobrou muita comida. Uma parrilada dá para 4 pessoas adultas, portanto não entre na conversa do garçom, ele fala que é para apenas 2 pessoas se não tiver com muita fome.

Acredito que aqui no Brasil o Catimar não receberia nenhuma estrela, parece hotel de beira de estrada apesar de estar de frente para o mar. A questão é que você mal dorme, pois chega no hotel por volta das 22:00hs, janta e vai dormir já pela meia-noite, e acorda às 5:00hs. Esqueça o café da manhã do hotel, pois só começam a servir às 8:00hs. Se não for muito exigente dá para ficar no Catimar, mas se for sugiro procurar outro hotel que seja próximo ao aeroporto, mas reserve antes de sair do Brasil.

Na manhã seguinte aconteceu uma situação desagradável. Antes de dormir pedi na recepção que nos acordasse às 5:00hs. Acordei várias vezes na madrugada, mas não sabia ao certo a hora, pois não tinha ciência do fuso de Caracas (+1:30hs), então voltava a dormir. Na última vez que acordei, resolvi ligar na recepção e me falaram que era 6:00hs e que o Sr. Hector estava me esperando desde às 5:30hs. A recepção não me acordou e o Sr. Hector não teve a iniciativa de pedir para nos chamar. Pulei da cama, pegamos as crianças do jeito que elas estavam o fomos embora. No caminho a companhia área (Chapi Ar) ligou para o Sr. Hector para saber onde estávamos...mas deu tudo certo e conseguimos embarcar.

Enfim, chegamos a Los Roques por volta das 8:00hs, dando tempo de tomar o café da manhã na pousada Lagunita. Fomos muito bem recebidos na pista do aeroporto por um funcionário que se encarregou de nossa bagagem.

Com relação a bagagem leve o estritamente necessário, sungas e biquínis, levei três mudas de roupa e uma voltou limpa depois de dez dias. Você só veste roupa para jantar e tomar café da manhã. Depois basta uma saída-de-banho ou uma camiseta. E outra roupa para a volta ao Brasil. Em Los Roques não tem lugar para ficar desfilando um modelito por dia...

Na pousada fomos recebidos pelo gerente, Enrico, que nos deu as orientações básicas e nos pediu para tomar café e já preparar para ir para a praia. Nos orientou a tomar muito cuidado com o sol. Apesar de morarmos num pais tropical, os cuidados com o sol merecem um parágrafo a parte.

Lendo relatos sobre Los Roques, todos enfatizavam o Sol, então providenciei para a família inteira camisas com proteção UV para esportes aquáticos (aquelas de surfistas) e bonés. Principalmente para as crianças, pois elas não saem da água e da areia. Los Roques não tem sombra como as praias cheias de coqueiros do Nordeste. Lá a única sombra é do guarda-sol, agora é impossível manter as crianças debaixo do guarda-sol. Então leve estas camisas, bonés e chapéus e muito protetor solar especial para não sair na água. Tome cuidado na hora de passar, nas orelhas, nas pernas, nos pés, e espere o protetor fixar antes de cair na água. O ideal é passar ainda na pousada antes de ir para as praias. Algumas pessoas gostam de passar somente quando chegam na praia, mas lembre-se que algumas praias são longe e demoram mais de 1 hora para chegar de barco, então até chegar você vai fritando debaixo do sol...

Comprei também as sapatilhas para mergulho (opcional) e óculos/snorkel (obrigatório).

Outra preocupação que tivemos foi de levar uma mini-farmácia. Entremos em contato com a pediatra das crianças que nos indicou alguns remédios básicos, anti-inflamatório, contra enjôo, anti-térmico. Sabíamos que lá tem uma farmácia e um posto de saúde, mas não custava nada levar alguns remédios por precaução. Voltaram como foram: fechados. Apenas eu tive um desarranjo intestinal que durou cerca de 3 dias pois a dieta é totalmente diferente do nosso dia-a-dia no Brasil.

Com relação a alimentação, esqueça arroz/feijão e carne vermelha. A maioria das pousadas são de italianos, então massa tem todo dia e a distância do continente e a dificuldade de energia elétrica nos obriga a comer peixe diariamente. Tudo muito bem feito e saboroso. Se alguém tiver alguma restrição alimentar pode sofrer um pouco. O pessoal da pousada é muito atencioso e eles estão dispostos a atender no que for possível, então basta pedir para eles fazerem algo especial que se for possível eles vão fazer.

O almoço que nos é enviado para a praia serve apenas para não nos deixar famintos. Normalmente é uma salada de macarrão, ou um penne, ou sanduíches frios, bolachas e frutas. Não há lugar nenhum para comprar comida nas praias (com exceção de Francisky e Casqui), portanto se não for suficiente tem que pedir mais ou ir ao mercadinho local e comprar algumas coisas para enganar a fome. Se a criança tiver alguma restrição então peça na pousada para fazer algo especial. A Mariana sempre fazia bico para o almoço, mas até para tirar esta frescura dela eu deixava, passava o tempo e ela vinha morrendo de fome e comia tudo.

Na volta da praia sempre éramos recebidos com sucos, frutas e pizzas. Isto por volta as 18:00hs.

Antes do jantar, 20:30hs, nos ofereciam bebidas (batidas, caipirinhas, vinhos), no terraço. Hora em que conversávamos com os outros hóspedes estrangeiros e brasileiros.

Na nossa pousada só havia as nossas crianças, então eles viraram os xodós, todos queriam brincar com eles. O número de turistas com crianças era realmente bastante reduzido. Em sua grande maioria os turistas eram casais jovens europeus (italianos) e brasileiros. Encontramos um casal do Rio com mais 3 filhas pequenas que logo ficaram amigas dos nossos filhos.

Os passeios eram maravilhosos e o contato com a natureza e a presença de nossos filhos, fazendo tudo isso comigo e minha esposa “não tem preço!!!”. Fazer snorkeling de mãos dadas com o seu filho de 8 anos e nadar ao lado de uma tartaruga, é uma coisa inexplicável. Eu e minha esposa nos olhávamos por diversas vezes e nos perguntávamos como poderíamos estar ali sem as crianças.

Foi um passeio memorável, sem dúvida o melhor que já fiz com minha família. Não há praia no Brasil que se iguale a Los Roques. Além disso todo o passeio tem um ambiente especial: não há carros, não há lojas ou shoppings, não há bares e restaurantes....ou seja, não há nada a não ser Los Roques e a família para curtir e brincar. Eu passei dez dias sem pegar o cartão de crédito ou dinheiro para pagar nada...nem picolé na praia.

Em nenhum momento eu me senti explorado como turista, situação muito comum nas praias e resorts CADA VEZ MAIS CAROS do Brasil. Para se ter uma idéia, todos os passeios que fiz para as praias mais distantes, para onde se paga uma tarifa extra, custaram cerca de R$500,00 (seis passeios para a família inteira, seis dias). Você entra no barco pela manhã e só volta no final da tarde. Em Morro de São Paulo, há 3 anos, fiz um passeio similar e me custou R$300,00, só um passeio!!!!! As praias de Franciski e Madrisqui estão inclusas nos pacotes das pousadas.

Tudo perfeito. Deu tudo certo neste passeio e a natureza de Los Roques é algo inacreditável.

Los Roques com os filhos....Sempre. Tome alguns cuidados mas não os deixe, pois você poderá se arrepender por não dividir estes momentos com eles....







Sala de desembarque do Aeroporto de Los Roques
Sala de desembarque do Aeroporto de Los Roques. [ ].

Legenda da Foto
Olha a farra dos meninos!.

Legenda da Foto
Mergulhar com o seu filho no paraíso....NÃO TEM PREÇO!!!!.
Marcos C
 
Mensagens: 1
Desde: 19 Ago 2011, 10:45

Re: Los Roques com as crianças?

Mensagem não lidapor kaka_photos » 30 Jan 2012, 10:38

Marcos,
Que legal que deu tudo certo para vocês. Também adorei Los Roques, foi uma das melhores viagens que já fiz.
Viajei com meus filhos adolescentes, e também fiquei preocupado com as condições um tanto rústicas do local.
A pousada (Guaripete) sempre preparava uns sanduíches para eles, porque não gostam muito de comer peixe...
Mas a maior preocupação foi quando minha filha teve uma reação alérgica. Ela foi bem atendida (de graça) no postinho médico da ilha, mas a única farmácia do local não tinha o medicamento receitado. Fiquei pensando que uma verdadeira emergência (principalmente envolvendo crianças) seria muito difícil de resolver...
Abraços, boas viagens!
Avatar do usuário
kaka_photos
 
Mensagens: 109
Desde: 26 Set 2010, 15:02

Re: Los Roques com as crianças?

Mensagem não lidapor claudioaraujo » 25 Jun 2013, 22:07

Caro marcos, tb estou querendo ir para esse paraíso com duas criancas. Por favor vc pode me passar qto vc gastou em los roques com a pousada, passeios, aéreo Caracas/los roques/ Caracas
Desde já agradeço a ajuda
claudioaraujo
 
Mensagens: 2
Desde: 25 Jun 2013, 22:03


Voltar para Venezuela - Relatos de Viagem



Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes

cron