Fim de semana em Maringá e Londrina - PR

Relatos de viagens na Região Sul do Brasil (Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul)
mcm
Membro de Honra
Membro de Honra
Mensagens: 823
Registrado em: 10 Mai 2010, 10:27
Localização: Rio de Janeiro

17 Jul 2017, 06:58  

Em algum momento do começo do ano tivemos um saudável problema: milhas smiles prestes a expirar. Não podendo permitir tal acontecimento, tivemos de, muito felizmente, encontrar algum lugar para viajar com milhas. Problema bom! Escolhemos Maringá, por ser um lugar que não conhecíamos, com boa logística (chega e volta de noite) e com relativamente poucas milhas.

Chegamos tarde da noite, fomos direto para o hotel (ficamos no Ibis, bem no centro) e seguimos para um bar que eu havia mapeado ali por perto, o Pintxos. Chegamos a tempo de saborear uma série de boas saideiras!

Nosso plano era dedicar sábado a Londrina, que fica a 100km de lá, e domingo a Maringá mesmo. Deu tudo certo.

No sábado saímos cedo para andar um pouco, até a Catedral, um ícone de Maringá. Imponente, bonita.

Imagem
Catedral de Maringá


Voltamos para o hotel, pegamos o carro e embicamos para Londrina.

Em Londrina, conhecemos o Bosque Municipal. É uma enorme praça, tem um verde pra andar, mas tudo pareceu meio largado. Requer limpeza, definitivamente. Logo a seguir tem a Catedral local, mas que estava fechada. E o Calçadão, o centro comercial da cidade.

Imagem
Calçadão de Londrina


Tinha o museu da cidade que até gostaríamos de conhecer, mas que estava fechado na hora do almoço. Aproveitamos para almoçar rapidamente e partimos para o Zerão, como é conhecido um parque/área de lazer logo antes do Lago Igapó. Chegando lá, havia um monte de patos repousando no meio do caminho. Logo atrás chegou uma família com comida para dar aos patos. Não deu outra, a pataiada disparou em direção à comida, ahahahah. Divertido.

phpBB [media]

Pataiada voando pela comida


Depois passeamos longamente pelo Lago Igapó, lugar muito bonito da cidade. Com casas que nos pareceram de alta classe do outro lado, muito bacanas. O parque no entorno do lago também é bem transado, embora também careça de melhor manutenção. Aproveitamos para curtir o visual com um caldo de cana do alto de uma barraquinha com vista para o lago.

Imagem
Lago Igapó


Em seguida fomos conhecer o Jardim Botânico da cidade. É um parque relativamente pequeno, não vi muita informação botânica, mas achei bem bonito.

Imagem
Jardim Botânico de Londrina


Depois do Jardim Botânico, voltamos para Maringá. Vale dizer que a estrada entre os dois municípios é muito boa, mas tudo tem seu preço: são dois pedágios em cada trecho. Aliás, tenho sofrido com pedágios no Paraná, mas as estradas são realmente boas.

Em Maringá aproveitamos o fim de tarde para conhecer alguns lugares no caminho de onde chegávamos à cidade, como a Capela Madre Paulina (graciosa), o Templo Budista (fechado), o Parque Alfredo Nyffler (bacaninha), e o Mercado Municipal (boas opções para comer e beber!). O Mercado fica do lado de uma universidade, então a galera lotava os bares. Mulherada parecia produzida pra festa de casamento ou coisa parecida, ou o costume local é esse mesmo, sei lá.

Imagem
Capela Madre Paulina

Imagem
Templo Budista

Imagem
Parque Alfredo Nyffler (proibido pescar!)

Imagem
Mercado Municipal


Jantamos uma pizza na região, aproveitamos para ver a Catedral iluminada de noite e fomos curtir saideiras no Pintxos de novo.


Domingo acordei cedo e fui dar uma corrida no entorno do Parque Ingá. A área fica fechada e torna-se área de lazer nos domingos. Muito bom. De manhã cedo ainda havia pouca gente, mais tarde quando voltei lá estava bem mais cheio. Aproveitamos para curtir o Parque Ingá, por dentro, que também é muito bacana, tem um belo lago que pode ser contornado por trilhas e ainda pode-se andar de pedalinho.

Imagem
Ingá


Depois fomos percorrer os pontos turísticos da cidade que mapeamos, conforme o bem elaborado mapa turístico da cidade. Santuário de Fátima (fechado), Teatro Reviver (fechado). Capela Santa Cruz (capela adorável, de madeira; mas fechada), Monumento ao Desbravador (fica numa rotatória). Por ali tem um belo e enorme mural artístico, também chamado Mural Eder Portalha, que mostra o processo de colonização de Maringá. Bem bacana.

Imagem
Capela Santa Cruz

Imagem
Mural Artístico Eder Portilha


Fomos conhecer o Bosque das Grevíleas, demos uma volta ao redor dele. Aproveitamos para esticar até a Gruta NS Lourdes, que fica ali perto. A seguir fomos na Mesquita. Demos sorte pq havia um grupo de muçulmanos chegando e eles gentilmente abriram as portas para conhecermos. Um deles conversou rapidamente conosco, era de Moçambique e estava visitando cidades pela América do Sul. Somos habitualmente bem recebidos em Mesquitas ao redor do mundo, e não foi diferente. A mesquita é pequena e bacana.

Imagem
O interior da mesquita


Depois, Teatro Calil. Só por fora mesmo, pq estava fechado e sem ninguém por lá. Ali perto tem o Horto, mas que está fechado temporariamente.

Já no meio da tarde voltamos ao Mercado Municipal para almoçar com um amigo. A vida segue bombando no Mercado no domingo, com banda tocando e bares e restaurantes abertos.

Nossa última parada foi no Parque do Japão, de tarde. Muito legal. Estava cheio, parece que faz sucesso. Muito verde, laguinho, peixes, ornamentação japonesa, etc. Muito legal. Ficamos um bom tempo curtindo por lá.

Imagem
Imagem
Parque do Japão

Antes de ir para o aeroporto, ainda passamos no Santuário de Santa Rita de Cassia, que ficava perto do Parque do Japão. Nosso voo de volta partia no fim de tarde, conectando em São Paulo (mas nesse dia o Santos Dumont fechou quase o dia inteiro, atrasando tudo quanto foi voo; só conseguimos chegar em casa de madrugada!).

E assim foi mais um fim de semana explorando algum canto do Brasil.
Imagem





Clique aqui para relatos pelo Brasil (geralmente em fins de semana) e pelo mundo.



  •   Informação
  • Quem está online

    Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante