Ir para conteúdo
Mochileiros.com
Entre para seguir isso  
Augusto

Aiuruoca

Posts Recomendados

Augusto    0

[info]Este é um tópico-guia sobre Aiuruoca.

Ele contêm informações e dicas postadas por usuarios aqui no Fórum e de outras fontes.

Se divide em história, atrações principais, hospedagem e curiosidades sobre a região.

 

Também contêm mapas, fotos e vídeos que ilustram o guia e será atualizado sempre que possível.

 

Quer tirar duvidas sobre a cidade?

Faça perguntas ou deixe suas dicas no tópico: Aiuruoca - Perguntas e Respostas

 

Quer escrever um relato de uma trip pela região?

Crie um nesse Fórum: Clique aqui

 

Veja aqui os relatos de caminhadas na cidade postados no Fórum

Trip Aiuruoca/MG - Relato Autor: Marcelo Insider

Aiuruoca-MG Autor: duserrao[/info]

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Augusto    0

[googlemap]http://maps.google.com.br/maps?f=d&source=s_d&saddr=&daddr=aiuruoca&hl=pt-BR&geocode=&mra=ls&sll=-21.767152,-44.601746&sspn=1.198833,2.469177&g=aiuruoca&ie=UTF8&ll=-22.136532,-44.467163&spn=1.195722,2.469177&z=9[/googlemap]

 

 

 

[picturethis=http://i439.photobucket.com/albums/qq117/Augusto2044/wwwbussolanetcomb.jpg 315 380 acessos][/picturethis] Acessos e distâncias

 

 

 

 

[picturethis=http://i439.photobucket.com/albums/qq117/Augusto2044/wpousadamatutucombr.jpg 600 437 como chegar][/picturethis] Como chegar

 

 

 

 

[picturethis=http://i439.photobucket.com/albums/qq117/Augusto2044/wwwajurucombr-2.jpg 577 816 mapa][/picturethis] Mapa da cidade

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Augusto    0

João de Siqueira Afonso, bandeirante de Taubaté, transpôs a Serra da Mantiqueira e entrou em território mineiro, descobrindo as minas do Sumidouro em 1702, as de Guarapiranga (atual Piranga) em 1704, e impulsionado pela sua ambição, seguiu pelo "Rio Grande" até a Serra dos Papagaios, onde em 1705 descobriu as minas de Aiuruoca e em 1706 fundou o arraial de mesmo nome.

 

As terras férteis e as minas de ouro de produção significativa foram fatores decisivos para que o povoado mantivesse a estabilidade.

Um ato assinado por Regente Feijó, em 14 de agosto de 1834, elevou Aiuruoca à vila e com isso seu território foi desmembrado do município de Baependi e sua instalação se deu no ano seguinte, em 07 de setembro de 1835.

 

Em 20 de julho de 1868, ganhou sua emancipação política sendo elevada à categoria de município.

 

Antigas denominações do lugar foram: Iuruoca, Juruoca, Jeruoca, Ieruoca e, finalmente, Aiuruoca.

Este exótico vocábulo, segundo a concordância de vários estudiosos, significa toca ou casa de papagaios.

 

É uma região com paisagens exuberantes, cachoeiras, trilhas, montanhas e bosques de araucárias.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Augusto    0

[picturethis=http://www.planetaoffroad.com.br/planilhas/aiuruoca.jpg 560 590 mapa]Mapa de acesso aos pontos principais[/picturethis]

 

Reserva Ambiental do Matutu

[picturethis=http://www.seudestino.net/wp-content/joaquimbernardo.jpg 380 300 matutu]Área particular com 3 mil ha. Fica dentro da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica (formada pela Serra da Mantiqueira e a Serra do Mar). Matutu (cabeceiras sagradas, em língua indígena) está localizada na micro bacia do Ribeirão da Água Preta e tem mais de 60 nascentes.

 

A vegetação é de Mata Atlântica, com jacarandás, cedros, candeias e canelas. Jaguatiricas, corujas, onças e roedores habitam o lugar. Dentro da comunidade da reserva há um centro de estudos espirituais, também há uma escola e uma oficina artesanal, além de venda de queijos e frutas.[/picturethis]

 

[picturethis2=http://www.seudestino.net/wp-content/matutu.jpg 380 310 reserva]Facilmente você pode contratar guias para as trilhas.

É possível comprar lanches por ali mesmo. As principais caminhadas do lugar são:

a) Trilha da Cachoeira do Fundo: 3h30

b) Cachoeira do Estreito: 3h30

c) Pinheiral: 5h

d) Pico do Canjica: 5h

e) Mirante do Estreito: 5h

f) Mirante do Gamarra: 5h

g) Mirante do Bandeira: 5h

h) Mirante da Campina: 7h

i) Retiro dos Pedros: 7h

j) Pico do Papagaio: 7h

k) Cabeça do Leão: 3h[/picturethis2]

 

Pico do Papagaio

[picturethis=http://bp1.blogger.com/_LZB2zjYG_JM/R0SwDZUGsjI/AAAAAAAAAF8/4dFtMa6ZSXE/s400/Imagem+088.jpg 380 290 pico]É um conjunto de oito picos, localizados na serra de mesmo nome. Seu nome de origem se deve à presença de grande quantidade desses animais no seu cume. Encontra-se dentro da Estação Ecológica do Papagaio. Tem a forma arredondada que se desenvolve em sentido horizontal, com várias pontas, terminando com uma grande rocha, com altitude de 1.976 metros. Nele se encontram muitas nascentes d'água.

A vegetação que circunda o pico é de mata virgem, com árvores de grande porte, além de campos de cerrado. A fauna é bastante diversificada sendo composta por: periquitos, papagaios, tucanos, onças, lobos-guará, veados, raposas e pássaros silvestres. A paisagem que circunda o pico é de montanhas, podendo-se avistar à noite várias cidades adjacentes, entre elas: São Lourenço, Pouso Alto, Baependi, Caxambu, Cruzília, São Vicente de Minas, Andrelândia, etc.

Devido à grande extensão da rocha, há muitos locais interessantes para passeios e caminhadas. Não há nenhuma infra-estrutura nestes percursos cujo acesso só é possível por trilhas estreitas de terra, para andar a pé ou a cavalo. A área não é cercada. No sopé da montanha há muitas propriedades particulares, dentre elas, a comunidade Santo Dame e duas pousadas. O pico é singular, podendo ser visto em longas distâncias. Na época dos bandeirantes, ele foi usado como ponto de referência.

Da cidade de Aiuruoca tem-se uma bela vista do atrativo, porém, do Vale do Matutu, que está mais próximo, pode-se sentir de mais perto a sua imponência e a aura mística que o circunda. No Vale do Matutu há guias que fazem a cavalo o passeio até o alto do Pico.

Nela estão concentradas as nascentes dos principais rios formadores da bacia do Rio Grande, responsáveis pelo abastecimento de grandes centros urbanos do sul de Minas.[/picturethis]

 

Retiro dos Pedros

[picturethis2=http://www.seudestino.net/wp-content/retiro.jpg 350 260 retiro]Pelos campos de altitude iremos conhecer melhor esta região do futuro Parque Estadual da Serra do Papagaio. Muros de pedras centenárias compõem também a paisagem. Teremos finalmente uma incomensurável visão do mar de montanhas das Minas Gerais.

Trilha com duração de + ou - 6 horas[/picturethis2]

 

Cachoeira das Fadas

[picturethis=http://www.sitesdaweb.com.br/aiuruoca07.jpg 300 200 fadas]A Cachoeira das Fadas possui cerca de três metros de altura. Ela forma um poço de aproximadamente cinco metros de circunferência, por três metros de profundidade. Sua água é transparente, límpida e gelada. O volume d'água é razoável, havendo possibilidade de banho. A vegetação circundante é formada por mata nativa densa. A cachoeira se encontra dentro de uma propriedade particular e é necessária a autorização para se visitar.[/picturethis]

 

Cachoeira do Batuque

[picturethis2=http://www.seudestino.net/wp-content/batuque.jpg 350 290 batuques]A Cachoeira do Batuque localiza-se em propriedade particular. Ela possui aproximadamente trinta metros de altura por três metros de largura, e não há possibilidade de banho. A água é límpida, fria e transparente. A vegetação que circunda a cachoeira é de mata nativa, destacando-se a presença de araucária. A fauna é rica em aves, raposas, onças e cachorros-do-campo. Queda d’água no Córrego do Soro, com cerca de 25 m de altura. A trilha começa em uma fazenda na estrada para Matutu e não apresenta grande dificuldade. Estrada para Matutu, 9 km.[/picturethis2]

 

Cachoeira Deus-Me-Livre

[picturethis=http://www.minastour.com.br/website/imagens/cidades/atrativos/20070409151455.jpg 320 380 cachoeira]São 3 quedas d’água que ficam dentro de uma fazenda (é preciso pedir permissão ao proprietário para entrar na trilha). Fica a cerca de 5 km do Centro e suas pedras escorregadias exigem um certo cuidado. Saída para Matutu, 4 km.[/picturethis]

 

Cachoeira dos Garcias

[picturethis2=http://www.seudestino.net/wp-content/garcias.jpg 370 280 garcias]A cachoeira dos Garcias, de propriedade particular, tem aproximadamente 25 metros de altura por sete metros de largura. Possui um grande poço para nadar, com uma profundidade que varia de três a cinco metros. A água é límpida, fria e transparente. A vegetação circundante é de campo e mata natural. A fauna é rica em aves, raposas, cachorros-do-campo, porcos do mato, onças, jaguatiricas e lobo-guarás. Uma estrada de terra precária leva até o início de uma pequena trilha. Em 10 minutos de caminhada é possível nadar em uma piscina natural formada pela queda-d’água. Acesso pelo km 5 da saída para a BR-267, 17 km.[/picturethis2]

 

Cachoeira do Cacique

[picturethis=http://farm4.static.flickr.com/3298/3193990163_3b46b24e37_m.jpg 300 220 cacique]A Cachoeira do Cacique tem aproximadamente 30 metros de altura, sendo formada por fios d'água, sem haver formação de poço. Sua água é límpida e não há possibilidade para banhos.

O acesso ao local é difícil, havendo somente possibilidade de aproximação.

O atrativo está localizado em área particular, sendo necessária uma autorização para visitá-la.[/picturethis]

 

 

 

Mais opções de passeios:

Site da Prefeitura

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Augusto    0

Centro da cidade

 

Pousada Chung Fu – (35) 3344-1574 ou 3344-1207

 

Pousada da Santa: (35) 3344-1261

 

Pensão Familiar: (35) 3344 – 1379

 

Pensão São Lucas: (35) 3344 –1309

 

Pousada do Franklin – (35) 3344-1230

 

Hotel do Carmo: (35) 3344-1201

 

Pousada da Amélia: (35) 3344-1207

 

Pousada do Sol – (35) 3344-1224

 

Pousada Aiuruoca: (35) 33344 – 1600

 

Pousada Dois Irmãos - (35) 3344-1373

 

Pousada Dudu - (35) 3344-1349; 9813 - 0020 e 9996 -1601

 

Pousada Recanto - (35) 3344-1545 ou 9827-1744

 

Pousada Oliveira - (35) 3344-1324

 

 

Fora da Cidade:

 

Chácara Mendonça - (35) 9983-9084 ou 9943-6254

 

Estalagem Mirante das Corredeiras - (35) 3344-1403 - 9983-1400

 

Hospedagem Serra D'Água - (35) 3344-1803

 

Pousada Capoeira Grande - (35) 9816-6019 - 9822-6008

 

Pousada do Batuque - (35) 9822-2118

 

Pousada do Lado de Lá - (35) 3344-1945

 

Pousada Mandala das Águas - (35) 3344-1725 - 9948-5650

 

Pousada Matutu - (35) 3332-3265

 

Pousada Patrimônio - (35) 3344-1444

 

Pousada Pedra Fina - (35) 3344-1898

 

Pousada Pé da Mata - (35) 3344-1421

 

Pousada Pico do Papagaio - (35) 3344-1300

 

Pousada São Pedro - (35) 3346-1094

 

Pousada Sobrado - (35) 3344-1897

 

Pousada Aiuá: Bairro Nogueira (35) 3366-1317 e 9963-0321

 

Hospedagem Econômica Reserva Matutu: (35) 3344-1340

 

Pousada Pico do Papagaio: Saída para BR-267, km 5,4 – (35) 344-1300

 

Pousada Matutu: Reserva Ambiental Matutu, 17 km (35) 3332-3165

 

Pousada Batuque: Vale do Matutu, a 9 Km do centro (35) 3344-1461

 

Pousada do Engenho: Bairro do Engenho - a 3 Km da cidade (35) 3344 –1399

 

Pousada Pé da Mata: Estr.Para Matutu, 13 km (acesso precário) (35) 3344-1421

 

 

Campings

 

Camping Morro do Sol

http://www.morrodosolmg.com.br

(35) 3366-1457

 

Camping Mateuzinho (35) 3344 – 1421

 

Camping da Tati - (35) 9822-9019

 

Camping do Cassemiro - (35) 9822-2318

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Augusto    0
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.
Entre para seguir isso  

×