Roteiros de Viagem no Brasil
#568766 por Karenldc
25 Mar 2011, 23:47
É, Vivi

tb desconheço cachoeiras em Blumenau, mas tem em Corupá, são lindas, eles tem um grande conjunto...

A SC que vc fala, certamente é a 470...

#568769 por professormarcelo
26 Mar 2011, 00:02
é verdade, mas depois daquela chuvarada que deu aqui a umas 2 semanas atras e que deixou parte da serra de corupa-sao bento interditadas, nao sei como devem estar. mas sao muito bonitas mesmo. sao varias cachoeiras num unico caminho culminando com uma gigantesca ao final da trilha.
#568773 por professormarcelo
26 Mar 2011, 00:21
ah esqueci de falar, a serra do corvo branco é asfaltada somente uma parte de cima (uns 500metros a 1km, mais ou menos), o restante é terra. quando fui pra la em julho do ano passado estavam asfaltando de urubici até o corvo branco, então é até possivel que vc ja pegue ela totalmente asfaltada do lado que corresponde a urubici, mas do lado que corresponde a grão pará, provavelmente nao estará asfaltada. e da ultima vez tambem limparam as laterais da rodovia na descida dela, imagino que justamente pelo fator turistico que ela representa para poder melhor visualizar o caminho. quando disse no meio do mato, nao quis dizer floresta e sim matagal alto na beirada sem possibilidade de ver nada. reli as coisas que escrevi e percebi que devo ter deixado uma impressão errada dela.
#568800 por gvogetta
26 Mar 2011, 03:22
Olá Vivi!

Também moro em Curitiba e não pude deixar de notar seu tópico. Viajo bastante aqui pelo sul e já estive em Urubici e região várias vezes, a última em Out/2010.
Vamos lá:

vivi_couto escreveu:Oi gente.....eu de novo!
Andei pensando que na volta pra Curitiba nós poderíamos passar em Blumenau que eu não conheço ainda e dizem que é uma cidade bem bonitinha e com algumas cascatas.
Pensei em ir pela 116 até São Joaquim passear, conhecer a Serra do Rio do Rastro, ir pra Urubici passear, conhecer a Serra do Corvo Branco, ir pra Blumenau inicialmente pela SC-430, e de Blumenau pra Curitiba.
OU: De São Joaquim ir pra Urubici e Serra do Corvo Branco, voltar pra São Joaquim pra pegar a SC 438 e conhecer a Serra do Rio do Rastro e de lá ir pra Blumenau pela SC 407.
O que você acham? Minhas dúvidas:
A Serra do Rio do Rastro fica na SC 438. Se a gente vai de São Joaquim a Lauro Muller a gente tá descendo ou subindo a Serra? O que é mais legal, descer ou subir?
O começo da Serra do Corvo Branco que é asfaltado e dá pra ir na boa fica na direção Urubici para Grão Pará ou de Grão Pará para Urubici?
Valeuuuuu


Blumenau é bacana mas outro tipo de passeio, mais urbano. As atrações mais rústicas e naturais ficam distantes da área central da cidade e são mal sinalizadas. As que considero mais interessantes são a localidade de Nova Rússia, onde se encontram cachoeiras e nascentes e uma mina desativada onde se pode visitar os túneis e o Parque Municipal das Nascentes do Garcia, com riachos e área de floresta preservada. Só atenção: estas atrações costumam ficar abertas ao público apenas nos finais de semana. Tem ainda o Parque Spitzkopf, o Museu da Água e Museu Fritz Müller, mas estas já são parques urbanos. A noite lá tem muito para fazer então eu recomendaria dormir na cidade e visitar uma das cervejarias artesanais com ótima comida típica que elas costumam oferecer além do próprio chopp... Sinceramente acho que um dia lá é muito pouco para conhecer um pouco da cidade, que possui aspectos históricos e culturais interessantes e rodar atrás das diferentes atrações mencionadas.

Sugiro sair de Curitiba pela BR-116 e tocar direto para Lages (SC), cerca de 370 Km de asfalto razoável (diria até que bom se levar em conta que o padrão de qualidade de nossas rodovias anda caindo... :evil: ) e de lá derivar pela BR-282 direto até Urubici (mais 110 Km), estrada asfaltada, bem conservada mas pista simples.

Como já foi dito, as principais atrações da região ficam nos arredores de Urubici. Morro da Igreja é simplesmente imperdível. É o local mais alto da região (de onde se tem vista para a Pedra Furada, cartão postal da cidade e para os paredões da Serra Geral). Sugiro ir cedo, pela manhã, por conta das nuvens, já que nesta época à tarde é mais difícil pegar céu limpo. Fica a cerca de 32 Km da região central de Urubici. Os primeiros 12 Km de estrada são de cascalho batido, bem conservada, sendo os últimos 18 Km de estrada asfaltada serra acima (a estrada é mantida pela Aeronáutica). Numa derivação desta estrada que sobe para o Morro da Igreja encontrarão a estradinha que desce para a cachoeira Véu de Noiva, que fica numa reserva particular. É bonita quando o rio que a alimenta está cheio e a água verte com mais intensidade pela parede de pedra. É uma pena mas o lugar já anda meio decadente por conta dos ônibus de excursões e dos farofeiros irresponsáveis, além dos donos do lugar que não exercem um controle eficiente. Vale a visita por ser caminho para o Morro da Igreja, mas sugiro fazer no retorno de lá se sobrar tempo, já que o roteiro de vocês será meio apertado...

Há também a imperdível Serra do Corvo Branco. Fica seguindo a mesma estrada cascalhada (SC-439) que sai do centro de Urubici em direção ao Morro da Igreja (saída à direita, bem sinalizada, na altura do Km 14). Deste trevinho da estrada para o Morro da Igreja, dista cerca de 20 Km, mas nos últimos 10 Km a estrada está em obras para ser asfaltada e existem muitas pedras e constantes desvios e trechos com máquinas na pista, então judia-se bastante do carro... O visual da entrada da serra é maravilhoso, especialmente do corte no início da descida em dias de céu limpo. A descida da serra por ali também é muito bonita, mas a subida é forte e, se o carro for 1.0 sugiro deixar para uma ocasião em que tenha tempo de sobra, pois força bastante e arrisca-se ferver na subida se pisar muito, além de ser bastante sinuosa, com curvas beeeem fechadas. Se a idéia é prosseguir a São Joaquim (62 Km) ou a Bom Jardim da Serra (107 Km) - esta última para descer pela Serra do Rio do Rastro, o que sugiro deixar para o último dia, quando e se resolver voltar por Blumenau - não vale a pena descer pelo Corvo Branco, já que o retorno tomaria tempo precioso. Por racionalidade sugere-se fazer este roteiro na mesma pernada (Morro da Igreja - Cachoeira Véu de Noiva - Serra do Corvo Branco) reservando para ele um dia todo, pois dependendo das condições do tempo e da estrada para a Serra do Corvo Branco perde-se bastante tempo no trajeto.

Na região da Serra do Corvo Branco há também a trilha para o Cânion do Espraiado, belo trekking de cerca de 22 Km (ida e volta) pelas bordas das encostas, com vistas espetaculares dos paredões e de cachoeiras, mas é um passeio para um dia inteiro... Em São Joaquim a única coisa que pode ser interessante, dependendo do tempo disponível e do enfoque do passeio, são as visitas às vinícolas e, se quiser comprar alguma lembrancinha, algumas lojas de artesanatos, mas não espere muita novidade.

Aproveitando a região de Urubici existe ainda a subida até o Morro do Campestre, a cerca de 8 Km do centrinho, onde existem curiosas formações de pedra e se tem uma vista belíssima do vale do Rio Canoas. Ali perto há também o Rio 7 Quedas, lugar muito bonito, como o próprio nome diz, é uma sequência de 7 cachoeiras que se atingem por trilha, em área particular, costeando o rio (ora até mesmo por dentro dele). Ambos os passeios aqui indicados podem ser feitos com tranquilidade numa manhã ou numa tarde, com folga e, como ficam próximos da cidade, podem ser agregados num roteiro com outras atrações relativamente próximas, como o Arroio do Engenho, onde por pequena trilha pode ser vista uma bela cachoeira e uma floresta de xaxins centenários ou outras como as Inscrições Rupestres, Mirante Belvedere e Cachoeira do Avencal (parte alta), que ficam no rumo de São Joaquim, pelo asfalto da SC-430.

Na cidade é possível degustar um dos pratos típicos da região: as trutas, preparadas de diferentes formas e com os mais variados temperos, todos muito saborosos, especialmente se acompanhadas de um bom vinho. Não é especialmente barato mas eu recomendo. Restaurante-bistrô "A Taberna", na Av. Principal (só abre à noite). Fora isso só um café ou lanche no "Canto do Sabiá" (também na Av. Principal).

HOSPEDAGEM:

Há várias opções de pousadas boas nas imediações de Urubici. Recomendo 3 por já ter me hospedado nelas e ter gostado das instalações e do atendimento (não ganho comissão!): Serra Bela (cerca de 3 Km do centrinho, na estrada que sai para o Morro da Igreja), Fazenda Fogo Eterno e Curucaca Hotel Fazenda (ambas na estrada que ruma para São Joaquim, cerca de 15 e 20 Km respectivamente do centrinho de Urubici). Das 3, a última é a mais cara, mas traz alguns confortos adicionais, como Ofurô... ::otemo::


vivi_couto escreveu:Então, um amigo (que não conhece bem as bandas mas viaja muito) acabou de sugerir ir de Curitiba à Urubici pela 116, depois ir pra São Joaquim, descer a Serra do Rio do rastro e depois ir pra Blumenau. Será que estas estradas estão boas?
Fiz mais ou menos os cálculos e acho que vamos gastar uns 630,00......
O que me dizem?


Como falei na primeira parte do meu post também recomendo a ida Curitiba - Urubici pela BR-116 e depois pela BR-282...

Descendo a Serra do Rastro, a partir de Bom Jardim da Serra (107 Km de Urubici), no final da estadia por ali, eu rumaria até Gravatal (195 Km de Urubici) e dali para Capivari de Baixo (perto de Tubarão - 220 Km - direção de Laguna) entrando na BR-101 e seguindo em direção norte, rumo a Palhoça/Florianópolis (344 Km) e depois até Itajaí, entrando no trevo que deriva para Gaspar/Blumenau - totalizando cerca de 486 Km desde Urubici.

Quanto aos custos, sugiro refazer sua planilha pois só de combustível, dependendo do consumo do seu carro eu estimo que gaste mais de R$ 200,00 só de combustível! ::essa:: Uma boa base em relação aos custos de estadia diária em Urubici fica na faixa de R$ 150,00-180,00 para uma diária de casal, sem luxos. Os preços na região são bem homogêneos, então não encontrará muita variação para baixo. Ficando lá duas noites já seriam mais R$ 360,00 só de hospedagem. Se contar uns R$ 50,00/dia de alimentação e um jantar de truta no bistrô indicado (cerca de R$ 90,00 para dois com um vinho mediano), a soma já bate em R$ 800,00... Isso ainda sem contar Blumenau para uma estadia e um quarto dia... Tenha certeza que valerá cada centavo!

Espero ter ajudado e que me perdoem o tamanho do post! ::putz::

Abraços,
#568802 por gvogetta
26 Mar 2011, 03:41
Kárenldc escreveu:É, Vivi

tb desconheço cachoeiras em Blumenau, mas tem em Corupá, são lindas, eles tem um grande conjunto...

A SC que vc fala, certamente é a 470...


A rodovia SC-407 existe sim, mas não vai a Blumenau. Liga Imaruí (SC), perto de Laguna, costeando o Parque Estadual da Serra do Tabuleiro pelo interior com muitos trechos em terra/cascalho, paralela à SC-431, passando por Rancho Queimado e ligando-se à BR-101 entre Palhoça e São José (SC). Já percorri estes trechos mas de jipe, com carro de passeio não recomendo, especialmente após as chuvas dos últimos meses.

Abraços,
#568892 por professormarcelo
26 Mar 2011, 15:33
Parque Spitzkopf possui um dos maiores picos de blumenau, e a unica coisa interessante a fazer é subi-lo e curtir a paisagem. mas convenhamos, para quem vem de urubici e das paisagens que ja vivenciou, o spitzkopf vai parecer um morrinho sem graça, no meio de um matagal. alem disso sao 2 horas de subida a pé. eu ja acampei nele duas vezes e foi uma experiencia muito legal, mas para quem curte acampar e natureza e que tenha tempo. mas como o tempo de vcs é restrito, nao vale a pena. quanto as cachoeiras do bairro nova russia, tambem sao muito legais mas sao cachoeiras bem pequenas do tamanho daquela de urubici (veu de noiva) e para se chegar até lá sao 25 km do centro, parte dela em estrada de chao, que costumamos fazer no pedal. o esforço nao vale a pena. a maioria de nós de blumenau que gostamos desse roteiro é porque fica quase no final do pedal Nova Russia. pedalamos morro acima e caimos no rio. mas para quem vem de uma viagem dessa que estao querendo fazer vai ser muito esforço pra quase nada. antes entao dar um pulo em corupá como ja foi cidade antes.
#569074 por vivi_couto
27 Mar 2011, 12:43
Oi gente
Então, Corupá parece interessante, mas tá meio complicado por lá por causa das chuvas. Aliás, tem vários trechos que estão comprometidos nesta época. Meu marido acha melhor adiar esta viagem por enquanto, até acalmarem as chuvas.
Eu pensei em conhecer Blumenau na volta, mas vocês teriam alguma outra sugestão que seja interessante de conhecer na passagem? Já conhecemos boa parte do litoral catarinense pois já fizemos uma viagem com essa rota.
Valeeeeeeu
#570144 por gvogetta
29 Mar 2011, 22:09
professormarcelo escreveu:Parque Spitzkopf possui um dos maiores picos de blumenau, e a unica coisa interessante a fazer é subi-lo e curtir a paisagem. mas convenhamos, para quem vem de urubici e das paisagens que ja vivenciou, o spitzkopf vai parecer um morrinho sem graça, no meio de um matagal. alem disso sao 2 horas de subida a pé. eu ja acampei nele duas vezes e foi uma experiencia muito legal, mas para quem curte acampar e natureza e que tenha tempo. mas como o tempo de vcs é restrito, nao vale a pena. quanto as cachoeiras do bairro nova russia, tambem sao muito legais mas sao cachoeiras bem pequenas do tamanho daquela de urubici (veu de noiva) e para se chegar até lá sao 25 km do centro, parte dela em estrada de chao, que costumamos fazer no pedal. o esforço nao vale a pena. a maioria de nós de blumenau que gostamos desse roteiro é porque fica quase no final do pedal Nova Russia. pedalamos morro acima e caimos no rio. mas para quem vem de uma viagem dessa que estao querendo fazer vai ser muito esforço pra quase nada. antes entao dar um pulo em corupá como ja foi cidade antes.


Olá Marcelo e Vivi!

Concordo com vc Marcelo. Meu intento foi apenas de indicar à Vivi algumas atrações mais "outdoor" em Blumenau. Como citei no início da minha intervenção, é um outro tipo de passeio se comparado a Urubici e arredores. Com certeza as melhores coisas a se fazer lá são comer (comidas típicas alemãs) e beber (chopp e cerveja)...

Corupá, pelo que soube recentemente (um amigo meu esteva lá do FDS dos dias 18-20/março) está com os acessos normais. Houve algum problema com as chuvas mas parece que não afetou muito as estradas.

Abraços,
#570176 por professormarcelo
29 Mar 2011, 23:06
valeu gvogetta, a riqueza de detalhes de suas indicações foram excepcionais e com certeza fico feliz de saber que outras pessoas curtam as atraçoes da minha cidade. inclusive quando vc falou sobre a nova russia, fiquei até meio sem graça de nao ter falado sobre isso, afinal eu sou daqui e esqueci. bem lembrado da sua parte.
#570210 por gvogetta
30 Mar 2011, 00:20
professormarcelo escreveu:valeu gvogetta, a riqueza de detalhes de suas indicações foram excepcionais e com certeza fico feliz de saber que outras pessoas curtam as atraçoes da minha cidade. inclusive quando vc falou sobre a nova russia, fiquei até meio sem graça de nao ter falado sobre isso, afinal eu sou daqui e esqueci. bem lembrado da sua parte.


Hehe,

Valeu Marcelo. Isso acontece. Às vezes tem lugares que para quem já viu muitas vezes ou já conhece bem ficam tão óbvios que imaginamos que todos conhecem... Aqui no PR temos Vila Velha, pertinho de Curitiba. É um passeio antigo, bem batido, fácil e muito conhecido por aqui, nem por isso deixa de ser bacana, mesmo assim já esqueci de indicá-lo muitas vezes para amigos que vêm a passeio ao Paraná, por simples esquecimento, de tão óbvio...

Abraço,
#587133 por luciend
14 Mai 2011, 13:41
otimo forum, parabens ao professor. muito dedicadoé de gente assim q precisamos. qualquer coisa sobre londsdres e paris me avisem q eu posso ajudar.
parabens mesmo professor. discussao excelente

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes