Troca de informações e relatos de trilhas e travessias na região sudeste do Brasil. Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.
#449754 por TiagoSPFC
24 Fev 2010, 16:40
Galera,

Achei legal colocar as informações sobre os Passos de Anchieta, um roteiro que acontece anualmente aqui no Espírito Santo e que vale muito a pena participar.

Os Passos de Anchieta é o nome do roteiro que reconstitui a trilha habitualmente percorrida pelo Padre Anchieta nos seus deslocamentos da Vila de Rerigtiba , atual cidade de Anchieta, á Vila de Nossa Senhora da Vitória onde cuidava do Colégio de São Tiago, em caminhadas quinzenais que ele empreendia nos últimos anos de sua vida quando preferiu recolher-se à vila indígena nas costas do Espírito Santo que tanto lhe evocava a sua San Cristoban de Laguna, em Tenerife, nas Ilhas Canárias, onde nasceu.

O roteiro Os Passos de Anchieta resgata o trecho de 100 quilômetros compreendidos entre Anchieta e Vitória que José de Anchieta percorria regularmente duas vezes por mês.

O roteiro Os Passos de Anchieta é cumprido em jornadas diárias médias de quatro a cinco horas pelas pessoas que tem o hábito de caminhar regularmente ou por períodos de seis a 7 horas pelos andarilhos mais sedentários que sem o exercício regular se dispõe a fazê-lo.

A experiência da caminhada combina encantos como o conhecimento de sítios históricos, com paisagens que se oferecem ao andarilho numa seqüência de belos quadros da natureza de uma região que é um marco geográfico da costa brasileira, onde as culturas do norte e do sul do país se encontram.

O roteiro foi resgatado em 1998 e vem se consolidando como uma rota perene, a ser percorrida ou conhecida a qualquer época do ano, por qualquer trecho do percurso. Os idealizadores do projeto conceberam uma caminhada anual para efeito de promoção da iniciativa cujo número de participantes é crescente a cada edição. Ela é realizada sempre a partir do feriado de Corpus Christi, beneficiando-se do feriado nacional que favorece a disponibilidade das pessoas visto que o percurso total demanda quatro dias. Nada impede que as pessoas se disponham a fazê-lo em outra época do ano e num ritmo de caminhada que estiver mais disposto.

Durante a caminhada coletiva oficial, o percurso é realizado em quatro dias, divididos nos seguintes trechos:

1º dia: entre Vitória e Barra do Jucu, em Vila Velha, são percorridos em média 25 km.
2º dia: entre Barra do Jucu até Setiba, em Guarapari, perfaz 28 km.
3º dia: entre Setiba e Meaípe, são percorridos 24 quilômetros ainda em Guarapari.
4º dia: entre Meaípe até Anchieta, na Igreja Matriz do município finalmente os 23 km finais abrangem.

Fonte: http://www.abapa.org.br/


Existem outros grupos que se organizam para realizar o roteiro. Visite também o site www.andarilhos.org

Qualquer dúvida é só postar! ::otemo::

#463647 por Elinaldo Gomes
18 Abr 2010, 10:23
Olhaí mais uma matéria sobre o assunto, publicada pelo Diário de Pernambuco, em 13/04/10:

Minha vida é andar por este país... fé
Fazer longas caminhadas, em peregrinações religiosas ou apenas para viver em paz com a natureza, é atividade que ganha fôlego no Brasil
João Henrique do Vale
viagem.pe@dabr.com.br

Há muitos anos, em 1553, o padre jesuíta espanhol José de Anchieta veio para o Brasil para fundar o colégio da Vila de São Paulo de Piratininga. Como se tratava de uma pessoa animada e de espírito solidário, duas vezes por mês caminhava cerca de 105 quilômetros pela trilha litorânea entre Iriritiba e a ilha de Vitória. No percurso, parava em algumas cidades para fazer pregações. Chamado de Passos de Anchieta, o caminho é hoje uma grande atração para turistas e peregrinos, que refazem as passadas seculares. Em sua 13ª edição, a caminhada vai ocorrer este ano de 3 a 6 de junho.


Passos do Padre Anchieta, percorridos em 1553, são revividos por milhares de pessoas, entre Vitória e Iriritiba, no Espírito Santo Foto: Tadeu Bianconi/Divulgação
Serão quatro dias de muita aventura e confraternização. O ponto de partida é Vitória (Espírito Santo). Depois de uma missa na Catedral Metropolitana, construção gótica com belos vitrais trazidos da França, os andarilhos saem com destino a Anchieta, no Sul do estado. Durante o percurso, vão margear o litoral, desfrutando de belíssimas paisagens.

"Como todas as caminhadas que costumo fazer, esse trajeto é muito prazeroso. Pega asfalto, praia, calçadão, ambientes variados", conta Anselmo José Domingos, que há oito anos faz o percurso. Para ele, o trecho mais animador é quando os peregrinos passam pela Mata da Setiba. "É um momento em que caminhamos entre a mata e o mar. Em grande parte é só areia, o que torna o exercício cansativo, mas é 100% ar puro", diz.

Quem concorda com Anselmo é a bancária Eva Falci, 56. Ela fez a caminhada apenas em 2008. "Gostei muito, principalmente do trecho na areia, beirando o mar. Em compensação, é o trecho mais pesado", afirma. Além das lindas paisagens, outras emoções tomam conta dos caminhantes. "As comunidades locais se envolvem no processo, dando total apoio à gente. Isso é muito bom, faz com que você tenha forças".

Como as caminhadas não duram o dia inteiro, os participantes podem aproveitar o resto do tempo para descansar ou desvendar cidades e vilarejos que vão surgindo ao longo do trajeto. "Cada lugar tem seu diferencial e, toda vez que vou, faço as mesmas coisas. Por exemplo, em Meaípe, sempre me delicio, com amigos, com a peixada do Pururuca, uma casa de frutos do mar", dá a dica Anselmo.

O caminho - São quatro dias de caminhada, com 100 quilômetros. Começa de Vitória a Barra do Jucu, em Vila Velha, são 25 quilômetros. O segundo trecho são 28 quilômetros até Setiba. No terceiro dia são percorridos 24 quilômetros até Meaípe. E, finalmente, os 23 quilômetros para chegar a Igreja Matriz, em Anchieta. Há também os pontos de apoio, chamados oásis, onde há água, frutas e medicação para as possíveis câimbras, bolhas e torções. Cerca de 4 mil participantes são aguardados. Os interessados podem fechar pacotes com a Associação Brasileira dos Amigos dos Passos de Anchieta (Abapa). O valor é de R$ 20, até 17 de abril, e de R$ 35, depois dessa data.

Serviço

Abapa

(27) 3227-2661

Caminho da Luz

(32) 3741-3445
www.caminhodaluz.org.br

Caminhos das Missões

(55) 3312-9632
www.caminhodasmissões.com.br

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes