Santa Catarina - Brasil ---> Santiago - Chile (DE CARRO)

Envie seu roteiro de viagem para que outros usuários comentem e opinem e deixe também suas opiniões sobre os roteiros de outros viajantes


Santa Catarina - Brasil ---> Santiago - Chile (DE CARRO)

Mensagem não lidapor juliano_lm » 26 Nov 2009, 09:41

Olá Pessoal!

Estou programando uma viajem de carro a Santiago do Chile, partindo de Criciúma - Santa Catarina - Brasil.
Pretendemos ir em 6 ou 8 pessoas e utlizarmos 2 veiculos.
Para isso estou contando com 15 dias acho que é o suficiente!
Tracei uma rota no google, mais não sei se é a melhor e/ou a mais econômica, são mais ou menos 2700 km.
As principais cidades que passarei são POA-RS, Uruguaiana-RS, Santa Fé - ARG., Vila Mercedes - ARG., Mendoza - ARG. e finalmente Santiago – CHILE.

Muito bem minhas duvidas são:

1 - Melhor época do ano (mais viável e que tenha neve)?
2 – Documentação necessária?
3 - Tipo de veiculo? Com um carro popular posso ir?
4 – Para uma viaje com o mínimo de gastos quanto mais ou menos eu devo levar?
5 – Hotéis e albergues?
6 – Existem restrições contra o veiculo? (ex: dever estar no nome do condutor, deve estar quitado, etc.?)
7 – Outras dicas também serão bem vindas.

Agradeço a colaboração!

Abraços
Avatar do usuário
juliano_lm
 
Mensagens: 2
Desde: 26 Nov 2009, 09:17
Localização: Criciúma - SC

Re: Santa Catarina - Brasil ---> Santiago - Chile (DE CARRO)

Mensagem não lidapor beier » 27 Nov 2009, 13:09

Juliano, bem vindo ao mochileiros

O roteiro que vc traçou está correto, é o caminho mais curto. Quanto as demais dúvidas dê uma pesquisada nos tópicos porque muitas delas já foram abordadas.

Abraço
Imagem
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem
Avatar do usuário
beier
Membro de Honra
Membro de Honra
 
Mensagens: 1641
Desde: 09 Out 2004, 00:09
Localização: Porto Alegre - Brazil

Re: Santa Catarina - Brasil ---> Santiago - Chile (DE CARRO)

Mensagem não lidapor larissaborges » 27 Nov 2009, 16:08

Olá, fui em 2007 até SAntiago, com meus pais, de S10.
6.800 km....14 dias...

1 - Melhor época do ano (mais viável e que tenha neve)? Quer neve? Vá em JULHO, nao tem erro. rsss
2 – Documentação necessária? CArta verde, e CNH normal aqui do Brasil, passaporte se tiver é bom, eles valorizam
3 - Tipo de veiculo? Com um carro popular posso ir? Tem gente que já foi até de FUsca, e saíram de Minas Gerais.
4 – Para uma viaje com o mínimo de gastos quanto mais ou menos eu devo levar?
5 – Hotéis e albergues?
6 – Existem restrições contra o veiculo? (ex: dever estar no nome do condutor, deve estar quitado, etc.?) Não sei.;;;
7 – Outras dicas também serão bem vindas. Tudo que

::dãã2:: Se puder, entre nas comunidades do orkut:
http://www.orkut.com.br/Community.aspx?cmm=3538037 e outras relacionadas.
pessoal dá bastante dicas boas lá tbm.

:lol: Nosso roteiro foi esse, tranquilamente, sem pressa pra chegar:
15/7 domingo. Joinville- Uruguaiana.
16/7 segunda-feira: San Luiz (Arg)
17/7 Terça: Chegamos 13h30 em Mendoza. Compramos as Cadenas (correntes) (uns 250,00)
Mendoza - Santiago: 390 Km. Essa é a estrada antes de começar a travessia nos Andes

Se vc for no inverno,é indispensável, mesmo q seu carro seja 4x4, NÃO ARRISQUE! As pessoas não tem noção do qto é perigoso andar no gelo
Essa foto aqui d baixo não é minha, mas só pra vc ter noção dos ''caracoles'' q vc tem a passar pra chegar em SAntiago.
[Flickr]http://www.flickr.com/photos/larissaborges/3839780107/in/set-72157621550854698/[/Flickr]

18/7 Quarta: acordamos cedo e fomos atravessar os Andes. Chegamos em Santiago à noite.
20/7 Sexta: Subimos Valle Nevado. Eles dão aula de esqui de manhã e às 15h. Vc paga um pacote incluindo as aulas, aluguel do esqui ou snow, e botas, luvas e calças. Não lembro o preço mas tem no site do valle nevado.
[Flickr]http://www.flickr.com/photos/larissaborges/3726830264/in/set-72157621550854698/[/Flickr]

21/7 Subimos ao Valle NEvado de novo. Lá pelas 16h, começou a nevar absurdamente. Levamos 7 horas pra descer da estação, muitas pessoas abandonaram os carros e desceram a pé, tinha vários carros parados na estrada, talvez pq não tiveram combustível suficiente pra ficar tanto tempo. No outro dia soubemos pelos jornais que foi a maior intensidade de neve em santiago dos útimos 30 anos.
E essa é a estradinha q leva ao Valle Nevado...
[Flickr]http://www.flickr.com/photos/larissaborges/3860170228/in/set-72157621550854698/[/Flickr]

foto da estrada que leva ao Valle NEvado: [Flickr]http://www.flickr.com/photos/larissaborges/3726029881/in/set-72157621550854698/[/Flickr]

23/7: Segunda: seguimos para Valparaiso e Viña del Mar pra passar o dia. Santiago – Viña= 124km
[Flickr]http://www.flickr.com/photos/larissaborges/3726849994/in/set-72157621550854698/[/Flickr]

Começamos a viagem de volta. Dormimos num hotel antes de atravessar os Andes
24/7: Terça. 6 da manhã disparou a buzina/alarme da S10 pq congelou no estacionamento do hotel. kkkk mto fiasco Fizemos a travessia no Andes. Na saída da ADuana, tirei a foto mais memorável da minha vida, incrivelmente lindo o lugar

[Flickr]http://www.flickr.com/photos/larissaborges/3726854930/in/set-72157621550854698/[/Flickr]

E estava cheio de caminhões esperando abrir a passagem por causa da nevasca que deu, então, quando abriu , foi esse caos aí
[Flickr]http://www.flickr.com/photos/larissaborges/3859387907/in/set-72157621550854698/[/Flickr]
25: Quarta: passamos por Córdoba.

26 Quinta: Visitamos São Miguel das Missões (perto de Santo Angelo).

28/7: Sábado: chegamos 8 da manhã em Joinville.


______________________________________________________________
::mmm: Estação Valle Nevado: a somente 46 kilometros de Santiago, pela estrada asfaltada de Farallones que percorre 32 kilometros até o desvio para Valle Nevado. Desde deste ponto são 14 kilometros para chegar a estação.
A mais de 3.000 m de altitude (o pico tem 5.430 m de altura), Valle Nevado possui uma estrutura para esportes extremamente moderna e impecável.
[Flickr]http://www.flickr.com/photos/larissaborges/3726834550/in/set-72157621550854698/[/Flickr]
[Flickr]http://www.flickr.com/photos/larissaborges/3726825084/in/set-72157621550854698/[/Flickr]
[Flickr]http://www.flickr.com/photos/larissaborges/3726021519/in/set-72157621550854698/[/Flickr]


A viagem de carro até lá dura cerca de de uma hora e meia (quando a situação da estrada é boa (sem muita neve).

___________________________++++++++++_________________________
::Cold:: ::otemo:: ::sos:: Informações gerais:::

Gasosa é baratona na argentina, e de qualidade melhor q do Brasil. Comida na argentina tbm é mais barata, hotéis vc acha fácil, o mais caro que pagamos em toda a viagem foi 25 dólares por cabeça. Lá em santiago trocamos de hotel 3 vezes..rsss.
Comida em SAntiago é complicado, a não ser que vc tenha cash pra ir nos restaurantes bons . Até a pízza hut d SAntiago é ruim. rss Se quiser comida fresca e boa, vá no mercado Municipal, é válido até pra dar uma espiada nos frutos do mar vendidos por lá, enormeessss e bem estranhos. Se tiver cash, experimente a Centolla (caranguejo gigante, ''primo'' do King Crab)
Esse é meu pai segurando o de tamanho gigante,
[Flickr]http://www.flickr.com/photos/larissaborges/3726016173/in/set-72157621550854698/[/Flickr]

Tem o pequeno e o médio tbm. Esse gigante, na época estava uns 350 reais. Sò 1 dele. E não lembro se tinha alguma acompanhamento. Minha família comeu o grande, que foi caro tbm, mas muitooo bom

As estradas são excelentes, os pedágios são baratos tbm. Tem alguns guardinhas que ficam na estrada fazendo vc parar, mas é só dar uns 2 pila q eles sossegam, eles vendem manual de primeiros socorros, adesivo, só pra arrecadar dindin ,mas nada de mais, mas é melhor dar.
Aprenda nomes de comida em espanhol, pq os os garçons nao fazem a mínima questão de te ajudar. E sempre cuide do seu cartão de crédito, é vc quem decide qto dar de gorjeta, e eles passam junto na sua conta. Mas eles tem costume de levar seu cartão para o caixa, eu sempre ia atrás pra conferir tudo.

Meus primos fizeram uma viagem de bicicleta para o Chile (Antofagasta) em janeiro de 2008. E o pessoal deu um alerta militar para eles, sobre o fenômeno conhecido como “El viento Blanco” disseram que tem ocorrido com freqüência obrigando o fechamento do passo da fronteira. Pediu para os ciclistas passarem rápido pela cordilheira, não pararem muito pelo caminho . Procurarem sair das regiões mais altas antes das quatro da tarde. Depois fica muito perigoso.

O chamado “viento blanco” é um dos inimigos mais temidos quando se anda sobre as montanhas e essas condições climáticas desfavoráveis podem levar rapidamente à morte.
O tsunami da montanha, como é conhecido provoca desorientação por anular a visibilidade. O vento, conhecido como furacão gelado penetra por todas as partes e faz a temperatura cair mais de 50 graus em menos de 15 minutos. Pode levar a morte por hipotermia em minutos. Caminhões surpreendidos por esse terrível fenômeno tiveram os blocos de motor partidos mesmo em funcionamento (isso que vimos bastante nos Andes). A neve chega ao nível das portas dos carros em menos de meia hora e impede qualquer movimentação.

Eles passaram por outra região bem mais ao norte do CHile, mas acredito que tbm ocorra isso entre Córdoba (argetnina) e SAntiago.
__________________________

Outras informações:

::Cold:: O Vale do Rio Mendoza - cuja margem sul é ladeada por uma muralha elevada de sedimentos de diferentes cores -, antigos trilhos da Ferrocarril Transandino, que cruzava a Cordilheira, e as ruínas atribuídas aos antigos povoadores também contam histórias de libertadores à cavalo, ou do transporte de mercadorias e passageiros, muitas vezes retidos pelos caprichos do clima.

Velhas estações evocam saudade e acenam a perspectiva de uma possível recomposição do sistema (esperada para os próximos cinco anos...). O largo e seco leito dos rios, os "penitentes" - rochas que rompem a neve como uma procissão de monges -, e as vertentes íngremes, em constante movimento de rochas e neve, dão a dimensão da força da natureza. Derrumbes ou avalanches rondam a memória e aguçam os cuidados, o respeito à montanha.

::Cold:: PUENTE DEL INCA (no meio da travessia Andes - Mendoza-SAntiago)

Impressionam as ruínas de um hotel, em Puente del Inca (177km e 2720m de altitude), completamente destruído por uma avalanche em meados dos anos 60, que preservou apenas a pequena igreja lateral. Esse hotel, próximo à ponte natural sobre o Rio Las Cuevas, era uma construção sólida, suntuosa, com acesso subterrâneo a banhos termais - nessa área emergem fontes de água quente, carregada de minerais, borbulhando ininterruptamente.
Avatar do usuário
larissaborges
 
Mensagens: 14
Desde: 02 Jan 2009, 20:48
Localização: joinville-SC

Re: Santa Catarina - Brasil ---> Santiago - Chile (DE CARRO)

Mensagem não lidapor pakato » 27 Nov 2009, 16:16

adorei a descrição!!! é, tem q ter um carro mto bom pra chegar lá, pneus? tem q ser diferente?
"Brasília - capital brasileira no centro do país"
Avatar do usuário
pakato
 
Mensagens: 35
Desde: 19 Out 2009, 16:45
Localização: Brasília

Re: Santa Catarina - Brasil ---> Santiago - Chile (DE CARRO)

Mensagem não lidapor pakato » 27 Nov 2009, 16:18

caracas, vi uma batida no seu blog, como foi? bateram na sua trazeira? q feio, pelo q vi, todos estão bem!!! q sorte hein!!!
"Brasília - capital brasileira no centro do país"
Avatar do usuário
pakato
 
Mensagens: 35
Desde: 19 Out 2009, 16:45
Localização: Brasília

Re: Santa Catarina - Brasil ---> Santiago - Chile (DE CARRO)

Mensagem não lidapor larissaborges » 28 Nov 2009, 10:29

Pakato:

não precisa de pneus diferentes, o que importa são as Cadeñas (correntes q vc coloca nos pneus para andar no gelo/neve), sem isso vc tá ferradíssimo. rss

carro bom,sinceramente não sei, teve um pessoal de Minas G que foi de fusca, mas acho q eles foram no verão...Lá no tal Valle nevado tinha todo tipo de carro, claro q 1.0 vai sofrer bastante pra subir aquelas serras...

Esqueci algo mto importante: se vc for no inverno, tem que usar um produto anticongelante para o motor, que é colocado na água do radiador.
Na volta para o Brasil, esquecemos d tirar esse produto/não nos foi avisado q tinha q tirar, e o radiador da S10 foi pro pau menos d 2 semanas depois d chegarmos em SC (isso q aqui estava fazendo uns 15 graus, mas o produto é pra temperaturas negativas, e 15 graus já é mto ''calor''). Preju d uns 800 reais, e isso q conseguimos um radiador usado na oficina.
é um produto barato q eles colocam em qualquer posto d gasolina, mas pleaseee, nao esqueça de tirar isso depois da viagem. kkk

Sobre a batida da S10 , faz quase 1 ano, eu estava dirigindo na BR,e um caminhão invadiu minha pista, bateu na minha lateral esquerda e o para choque dele enroscou no meu pneu traseiro esquerdo, eu capotei umas 3x, tanto q arrancou o eixo traseiro da S10. kkk Foi tudo bem, ninguém se machucou, minha mãe e tia estavam comigo
Avatar do usuário
larissaborges
 
Mensagens: 14
Desde: 02 Jan 2009, 20:48
Localização: joinville-SC

Re: Santa Catarina - Brasil ---> Santiago - Chile (DE CARRO)

Mensagem não lidapor juliano_lm » 30 Nov 2009, 08:57

Obrigadão pelas dicas, são de muita importancia!

Eu e minha equipe vamos nos programar para agosto de 2010 pois ja me falaram que fora de temporada os custos são relativamente mais baixos!!!!
Avatar do usuário
juliano_lm
 
Mensagens: 2
Desde: 26 Nov 2009, 09:17
Localização: Criciúma - SC


Voltar para Viagem de Carro: Roteiros de Viagem



Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes