Santa Catarina - Brasil ---> Santiago - Chile (DE CARRO)

Envie seu roteiro de viagem para que outros usuários comentem e opinem e deixe também suas opiniões sobre os roteiros de outros viajantes


Santa Catarina - Brasil ---> Santiago - Chile (DE CARRO)

Mensagem não lidapor juliano_lm » 26 Nov 2009, 09:41

Olá Pessoal!

Estou programando uma viajem de carro a Santiago do Chile, partindo de Criciúma - Santa Catarina - Brasil.
Pretendemos ir em 6 ou 8 pessoas e utlizarmos 2 veiculos.
Para isso estou contando com 15 dias acho que é o suficiente!
Tracei uma rota no google, mais não sei se é a melhor e/ou a mais econômica, são mais ou menos 2700 km.
As principais cidades que passarei são POA-RS, Uruguaiana-RS, Santa Fé - ARG., Vila Mercedes - ARG., Mendoza - ARG. e finalmente Santiago – CHILE.

Muito bem minhas duvidas são:

1 - Melhor época do ano (mais viável e que tenha neve)?
2 – Documentação necessária?
3 - Tipo de veiculo? Com um carro popular posso ir?
4 – Para uma viaje com o mínimo de gastos quanto mais ou menos eu devo levar?
5 – Hotéis e albergues?
6 – Existem restrições contra o veiculo? (ex: dever estar no nome do condutor, deve estar quitado, etc.?)
7 – Outras dicas também serão bem vindas.

Agradeço a colaboração!

Abraços
Avatar do usuário
juliano_lm
 
Mensagens: 2
Desde: 26 Nov 2009, 09:17
Localização: Criciúma - SC

Re: Santa Catarina - Brasil ---> Santiago - Chile (DE CARRO)

Mensagem não lidapor beier » 27 Nov 2009, 13:09

Juliano, bem vindo ao mochileiros

O roteiro que vc traçou está correto, é o caminho mais curto. Quanto as demais dúvidas dê uma pesquisada nos tópicos porque muitas delas já foram abordadas.

Abraço
Imagem
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem
Editor- Forum Viagens de Carro
Avatar do usuário
beier
Editor Mochileiros.com
Editor Mochileiros.com
 
Mensagens: 1611
Desde: 09 Out 2004, 00:09
Localização: Porto Alegre - Brazil

Re: Santa Catarina - Brasil ---> Santiago - Chile (DE CARRO)

Mensagem não lidapor larissaborges » 27 Nov 2009, 16:08

Olá, fui em 2007 até SAntiago, com meus pais, de S10.
6.800 km....14 dias...

1 - Melhor época do ano (mais viável e que tenha neve)? Quer neve? Vá em JULHO, nao tem erro. rsss
2 – Documentação necessária? CArta verde, e CNH normal aqui do Brasil, passaporte se tiver é bom, eles valorizam
3 - Tipo de veiculo? Com um carro popular posso ir? Tem gente que já foi até de FUsca, e saíram de Minas Gerais.
4 – Para uma viaje com o mínimo de gastos quanto mais ou menos eu devo levar?
5 – Hotéis e albergues?
6 – Existem restrições contra o veiculo? (ex: dever estar no nome do condutor, deve estar quitado, etc.?) Não sei.;;;
7 – Outras dicas também serão bem vindas. Tudo que

::dãã2:: Se puder, entre nas comunidades do orkut:
http://www.orkut.com.br/Community.aspx?cmm=3538037 e outras relacionadas.
pessoal dá bastante dicas boas lá tbm.

:lol: Nosso roteiro foi esse, tranquilamente, sem pressa pra chegar:
15/7 domingo. Joinville- Uruguaiana.
16/7 segunda-feira: San Luiz (Arg)
17/7 Terça: Chegamos 13h30 em Mendoza. Compramos as Cadenas (correntes) (uns 250,00)
Mendoza - Santiago: 390 Km. Essa é a estrada antes de começar a travessia nos Andes

Se vc for no inverno,é indispensável, mesmo q seu carro seja 4x4, NÃO ARRISQUE! As pessoas não tem noção do qto é perigoso andar no gelo
Essa foto aqui d baixo não é minha, mas só pra vc ter noção dos ''caracoles'' q vc tem a passar pra chegar em SAntiago.
[Flickr]http://www.flickr.com/photos/larissaborges/3839780107/in/set-72157621550854698/[/Flickr]

18/7 Quarta: acordamos cedo e fomos atravessar os Andes. Chegamos em Santiago à noite.
20/7 Sexta: Subimos Valle Nevado. Eles dão aula de esqui de manhã e às 15h. Vc paga um pacote incluindo as aulas, aluguel do esqui ou snow, e botas, luvas e calças. Não lembro o preço mas tem no site do valle nevado.
[Flickr]http://www.flickr.com/photos/larissaborges/3726830264/in/set-72157621550854698/[/Flickr]

21/7 Subimos ao Valle NEvado de novo. Lá pelas 16h, começou a nevar absurdamente. Levamos 7 horas pra descer da estação, muitas pessoas abandonaram os carros e desceram a pé, tinha vários carros parados na estrada, talvez pq não tiveram combustível suficiente pra ficar tanto tempo. No outro dia soubemos pelos jornais que foi a maior intensidade de neve em santiago dos útimos 30 anos.
E essa é a estradinha q leva ao Valle Nevado...
[Flickr]http://www.flickr.com/photos/larissaborges/3860170228/in/set-72157621550854698/[/Flickr]

foto da estrada que leva ao Valle NEvado: [Flickr]http://www.flickr.com/photos/larissaborges/3726029881/in/set-72157621550854698/[/Flickr]

23/7: Segunda: seguimos para Valparaiso e Viña del Mar pra passar o dia. Santiago – Viña= 124km
[Flickr]http://www.flickr.com/photos/larissaborges/3726849994/in/set-72157621550854698/[/Flickr]

Começamos a viagem de volta. Dormimos num hotel antes de atravessar os Andes
24/7: Terça. 6 da manhã disparou a buzina/alarme da S10 pq congelou no estacionamento do hotel. kkkk mto fiasco Fizemos a travessia no Andes. Na saída da ADuana, tirei a foto mais memorável da minha vida, incrivelmente lindo o lugar

[Flickr]http://www.flickr.com/photos/larissaborges/3726854930/in/set-72157621550854698/[/Flickr]

E estava cheio de caminhões esperando abrir a passagem por causa da nevasca que deu, então, quando abriu , foi esse caos aí
[Flickr]http://www.flickr.com/photos/larissaborges/3859387907/in/set-72157621550854698/[/Flickr]
25: Quarta: passamos por Córdoba.

26 Quinta: Visitamos São Miguel das Missões (perto de Santo Angelo).

28/7: Sábado: chegamos 8 da manhã em Joinville.


______________________________________________________________
::mmm: Estação Valle Nevado: a somente 46 kilometros de Santiago, pela estrada asfaltada de Farallones que percorre 32 kilometros até o desvio para Valle Nevado. Desde deste ponto são 14 kilometros para chegar a estação.
A mais de 3.000 m de altitude (o pico tem 5.430 m de altura), Valle Nevado possui uma estrutura para esportes extremamente moderna e impecável.
[Flickr]http://www.flickr.com/photos/larissaborges/3726834550/in/set-72157621550854698/[/Flickr]
[Flickr]http://www.flickr.com/photos/larissaborges/3726825084/in/set-72157621550854698/[/Flickr]
[Flickr]http://www.flickr.com/photos/larissaborges/3726021519/in/set-72157621550854698/[/Flickr]


A viagem de carro até lá dura cerca de de uma hora e meia (quando a situação da estrada é boa (sem muita neve).

___________________________++++++++++_________________________
::Cold:: ::otemo:: ::sos:: Informações gerais:::

Gasosa é baratona na argentina, e de qualidade melhor q do Brasil. Comida na argentina tbm é mais barata, hotéis vc acha fácil, o mais caro que pagamos em toda a viagem foi 25 dólares por cabeça. Lá em santiago trocamos de hotel 3 vezes..rsss.
Comida em SAntiago é complicado, a não ser que vc tenha cash pra ir nos restaurantes bons . Até a pízza hut d SAntiago é ruim. rss Se quiser comida fresca e boa, vá no mercado Municipal, é válido até pra dar uma espiada nos frutos do mar vendidos por lá, enormeessss e bem estranhos. Se tiver cash, experimente a Centolla (caranguejo gigante, ''primo'' do King Crab)
Esse é meu pai segurando o de tamanho gigante,
[Flickr]http://www.flickr.com/photos/larissaborges/3726016173/in/set-72157621550854698/[/Flickr]

Tem o pequeno e o médio tbm. Esse gigante, na época estava uns 350 reais. Sò 1 dele. E não lembro se tinha alguma acompanhamento. Minha família comeu o grande, que foi caro tbm, mas muitooo bom

As estradas são excelentes, os pedágios são baratos tbm. Tem alguns guardinhas que ficam na estrada fazendo vc parar, mas é só dar uns 2 pila q eles sossegam, eles vendem manual de primeiros socorros, adesivo, só pra arrecadar dindin ,mas nada de mais, mas é melhor dar.
Aprenda nomes de comida em espanhol, pq os os garçons nao fazem a mínima questão de te ajudar. E sempre cuide do seu cartão de crédito, é vc quem decide qto dar de gorjeta, e eles passam junto na sua conta. Mas eles tem costume de levar seu cartão para o caixa, eu sempre ia atrás pra conferir tudo.

Meus primos fizeram uma viagem de bicicleta para o Chile (Antofagasta) em janeiro de 2008. E o pessoal deu um alerta militar para eles, sobre o fenômeno conhecido como “El viento Blanco” disseram que tem ocorrido com freqüência obrigando o fechamento do passo da fronteira. Pediu para os ciclistas passarem rápido pela cordilheira, não pararem muito pelo caminho . Procurarem sair das regiões mais altas antes das quatro da tarde. Depois fica muito perigoso.

O chamado “viento blanco” é um dos inimigos mais temidos quando se anda sobre as montanhas e essas condições climáticas desfavoráveis podem levar rapidamente à morte.
O tsunami da montanha, como é conhecido provoca desorientação por anular a visibilidade. O vento, conhecido como furacão gelado penetra por todas as partes e faz a temperatura cair mais de 50 graus em menos de 15 minutos. Pode levar a morte por hipotermia em minutos. Caminhões surpreendidos por esse terrível fenômeno tiveram os blocos de motor partidos mesmo em funcionamento (isso que vimos bastante nos Andes). A neve chega ao nível das portas dos carros em menos de meia hora e impede qualquer movimentação.

Eles passaram por outra região bem mais ao norte do CHile, mas acredito que tbm ocorra isso entre Córdoba (argetnina) e SAntiago.
__________________________

Outras informações:

::Cold:: O Vale do Rio Mendoza - cuja margem sul é ladeada por uma muralha elevada de sedimentos de diferentes cores -, antigos trilhos da Ferrocarril Transandino, que cruzava a Cordilheira, e as ruínas atribuídas aos antigos povoadores também contam histórias de libertadores à cavalo, ou do transporte de mercadorias e passageiros, muitas vezes retidos pelos caprichos do clima.

Velhas estações evocam saudade e acenam a perspectiva de uma possível recomposição do sistema (esperada para os próximos cinco anos...). O largo e seco leito dos rios, os "penitentes" - rochas que rompem a neve como uma procissão de monges -, e as vertentes íngremes, em constante movimento de rochas e neve, dão a dimensão da força da natureza. Derrumbes ou avalanches rondam a memória e aguçam os cuidados, o respeito à montanha.

::Cold:: PUENTE DEL INCA (no meio da travessia Andes - Mendoza-SAntiago)

Impressionam as ruínas de um hotel, em Puente del Inca (177km e 2720m de altitude), completamente destruído por uma avalanche em meados dos anos 60, que preservou apenas a pequena igreja lateral. Esse hotel, próximo à ponte natural sobre o Rio Las Cuevas, era uma construção sólida, suntuosa, com acesso subterrâneo a banhos termais - nessa área emergem fontes de água quente, carregada de minerais, borbulhando ininterruptamente.
Avatar do usuário
larissaborges
 
Mensagens: 14
Desde: 02 Jan 2009, 20:48
Localização: joinville-SC

Re: Santa Catarina - Brasil ---> Santiago - Chile (DE CARRO)

Mensagem não lidapor pakato » 27 Nov 2009, 16:16

adorei a descrição!!! é, tem q ter um carro mto bom pra chegar lá, pneus? tem q ser diferente?
"Brasília - capital brasileira no centro do país"
Avatar do usuário
pakato
 
Mensagens: 35
Desde: 19 Out 2009, 16:45
Localização: Brasília

Re: Santa Catarina - Brasil ---> Santiago - Chile (DE CARRO)

Mensagem não lidapor pakato » 27 Nov 2009, 16:18

caracas, vi uma batida no seu blog, como foi? bateram na sua trazeira? q feio, pelo q vi, todos estão bem!!! q sorte hein!!!
"Brasília - capital brasileira no centro do país"
Avatar do usuário
pakato
 
Mensagens: 35
Desde: 19 Out 2009, 16:45
Localização: Brasília

Re: Santa Catarina - Brasil ---> Santiago - Chile (DE CARRO)

Mensagem não lidapor larissaborges » 28 Nov 2009, 10:29

Pakato:

não precisa de pneus diferentes, o que importa são as Cadeñas (correntes q vc coloca nos pneus para andar no gelo/neve), sem isso vc tá ferradíssimo. rss

carro bom,sinceramente não sei, teve um pessoal de Minas G que foi de fusca, mas acho q eles foram no verão...Lá no tal Valle nevado tinha todo tipo de carro, claro q 1.0 vai sofrer bastante pra subir aquelas serras...

Esqueci algo mto importante: se vc for no inverno, tem que usar um produto anticongelante para o motor, que é colocado na água do radiador.
Na volta para o Brasil, esquecemos d tirar esse produto/não nos foi avisado q tinha q tirar, e o radiador da S10 foi pro pau menos d 2 semanas depois d chegarmos em SC (isso q aqui estava fazendo uns 15 graus, mas o produto é pra temperaturas negativas, e 15 graus já é mto ''calor''). Preju d uns 800 reais, e isso q conseguimos um radiador usado na oficina.
é um produto barato q eles colocam em qualquer posto d gasolina, mas pleaseee, nao esqueça de tirar isso depois da viagem. kkk

Sobre a batida da S10 , faz quase 1 ano, eu estava dirigindo na BR,e um caminhão invadiu minha pista, bateu na minha lateral esquerda e o para choque dele enroscou no meu pneu traseiro esquerdo, eu capotei umas 3x, tanto q arrancou o eixo traseiro da S10. kkk Foi tudo bem, ninguém se machucou, minha mãe e tia estavam comigo
Avatar do usuário
larissaborges
 
Mensagens: 14
Desde: 02 Jan 2009, 20:48
Localização: joinville-SC

Re: Santa Catarina - Brasil ---> Santiago - Chile (DE CARRO)

Mensagem não lidapor juliano_lm » 30 Nov 2009, 08:57

Obrigadão pelas dicas, são de muita importancia!

Eu e minha equipe vamos nos programar para agosto de 2010 pois ja me falaram que fora de temporada os custos são relativamente mais baixos!!!!
Avatar do usuário
juliano_lm
 
Mensagens: 2
Desde: 26 Nov 2009, 09:17
Localização: Criciúma - SC


Voltar para Viagem de Carro: Roteiros de Viagem



Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes