Relatos de viagens pelos países do Sudeste Asiático: Tailândia, Vietnã, Timor-Leste, Singapura, Mianmar, Malásia, Laos, Indonésia, Filipinas, Brunei e Camboja
#935195 por Bruno Albuquerque
05 Mar 2014, 16:01
Southeast Asia 2013/2014

Quem nunca pensou em viajar pro Sudeste asiático?
Um lugar exótico, com religião, comida, costumes e quase todo o resto diferente da nossa querida terra verde-e-amarela. Um mochilada essencial pra qualquer um em busca de experiencias pro resto da vida!
A primeira vista, as pessoas se empolgam com as fotos que viram, pensam em roteiros e aventuras mas acabam desistindo quando veem os preços de passagens aéreas, e acabam decidindo por algo mais perto e em conta. Eh uma pena, pq se for pesquisar um pouco mais, vc descobre que além das milhares de opções de atividades, cenários maravilhosos e extrema segurança... vc encontra custos imbatíveis. ::tchann::

Nesse aspecto chega a ser bizarro: vc pode pagar 3 euros num hostel bastante OK e 2 euros num prato de pad thai com uma bera grande!! Imbatível em custo beneficio, mesmo comparando com a Bolívia ai do ladinho!

procurei galera pra viajar, mas encontrar alguém parceria, que tenha - ao mesmo tempo - grana/disponibilidade/vontade/flexibilidade que vc, eh uma missão bastante difícil. acabei indo sozinho, o que não significa que eu tenha ficado sozinho sequer um dia da viagem... mochilar e conhecer gente nova são coisas que andam de mãos dadas ::otemo::

PS1: no final do relato, fiz um resumao de gastos, dos hostels e dos custos das atividades :D
PS2: ta tudo em EURO, nao esqueca de converter ::tchann::

Time is Money

A Ideia original era fazer um apanhadão de Vietnã, Laos, Camboja e Tailândia em um ínfimo espaço de 28 dias. eu tinha pouco tempo pra perder em busao, trem, lombo de jumento ou balsa marcha lenta. Acabei fazendo quase tudo aéreo e consequentemente saiu BEM mais caro se eu não tivesse pressa. no final do relato eu tenho um resumão dos custos compilados pra facilitar

The Trip

Imagem
Roteiro

dia 01 14/12 saida alemanha
dia 02 15/12 chegada Saigon/conexao Hanoi
dia 03 16/12 Ha Noi
dia 04 17/12 Ha Long
dia 05 18/12 Ha Long
dia 06 19/12 Sa Pa
dia 07 20/12 Sa Pa
dia 08 21/12 Sa Pa/Luang Prabang
dia 09 22/12 Luang Prabang
dia 10 23/12 Luang Prabang/Chiang Mai
dia 11 24/12 Chiang Mai
dia 12 25/12 Chiang Mai
dia 13 26/12 Chiang Mai/Krabi/Ao Nang
dia 14 27/12 Railay
dia 15 28/12 Ao Nang/Ko Lanta
dia 16 29/12 Liveaboard
dia 17 30/12 Liveaboard/Phi Phi
dia 18 31/12 Phi Phi
dia 19 01/01 Phi Phi/Bangkok
dia 20 02/01 Bangkok
dia 21 03/01 Bangkok
dia 22 04/01 Bangkok / Siem Reap
dia 23 05/01 Siem Reap
dia 24 06/01 Siem Reap/Pnhom Penh
dia 25 07/01 Pnhom Penh
dia 26 08/01 Pnhom Penh/Saigon
dia 27 09/01 Saigon
dia 28 10/01 Delta Mekong
dia 29 11/01 Saigon
dia 30 12/01 volta alemanha

vamos aos detalhes :mrgreen:
Editado pela última vez por Bruno Albuquerque em 07 Mar 2014, 16:58, em um total de 12 vezes.

#935196 por Bruno Albuquerque
05 Mar 2014, 16:01
Norte Vietnã

Ha Noi em si é uma cidade caotica e - ao meu ver - bastante desinteressante. O pior transito que eu vi na vida ate então (calma, piora ate o final da viagem), tudo meio sujo. não me arrependo de ter ficado pouco por la. Bookei meus tours pra Ha Long Bay (2D1N) e Sa Pa (2D3N) pelo hostel ja da Alemanha (o preço era o mesmo) e fui 2 dias depois de chegar.

Ha Long Bay

cerca de 200km distantes em 4h de van fica - sem sombra de duvida - o grande highlight do norte do Vietnã. Cenário indescritível!!!
As fotos falam por si.

Imagem
demais!

Imagem
sao mais de 300 pinaculos/ilhas e afins de limestone!

Da pra se conhecer a baia num bate volta de Ha Noi exaustivo ou fechar um pacote num barco la
Existem milhares de opções pra todos os bolsos pra se fazer esse passeio. EU, pessoalmente, achei a minha experiencia hardcore DEMAIS.

Imagem
vibe top onboard

Imagem
passeio em galera de caiaque

Já tinha ouvido falar que esses party cruises eram um verdadeira ZONA, por isso optei pelo passeio de 2D1N (vai, dorme no barco e volta), que incluia transporte de hanoi, comida e passeio de caiaque, ao inves do 3D2N (outra noite numa ilha). Se vc ta afim de enfiar o pé na jaca MESMO, essa eh sua opção: MUITO álcool (tipo, MUUUUUUITO), MUITA azaração (considere que proporção boa homem:mulher eh loteria) e MUITA festa - Prepare-se para conhecer o jeito Britânico (ingleses, escoceses, irlandeses, australianos etc) de festar. Beber ate vomitar, quebrar coisas e afins ::tchann::

Pra mim, o pior foi que o barco não tinha calefacao, agua quente e nem COBERTAS... no inverno! ::vapapu:: Dormir nem a pau. Se quiser fazer algo do genero, LEVE ROUPAS QUENTES

Sa Pa

Cheguei de Há Long Bay em Hanoi umas 17h... deu tempo de tomar uma ducha quente, refazer a mala e ir pra ferrovia ria pegar o trem as 19h.

Já no trem, conheci a galera que ia junto (muito TOP por sinal, gente fina sem ser excessivamente retardada), e já nos demos bem desde o inicio, comprando todas 43 latinhas de cerveja de uma vovó na rodoviária - Nunca vi alguém tao feliz!

Imagem
hats off pro trem pra Lao Cai, TOP!!!

Chegamos de manha cedinho em Lao Cai, e seguimos de van pra Sa Pa... tava frio pra diabo ::Cold:: e com neve nas montanhas (te garanto que é a ultima coisa que uma pessoa que foge do inverno europeu quer ver!). Sa Pa em si não em muita coisa, mas é um insight interessante do vietnam rural... antes de começar a caminhada de verdade, a gente passa pelo Mercadinho municipal, cheio de carnes expostas, sangue no chão, verduras, frutas, muambas e o escambau espalhado pelas lojas.

Imagem
vai uma carne fresca ai?

Logo na saida dele, um punhado de campesinas das vilas já esta esperando a gente pra acompanhar durante todo trajeto. A etnia local não eh bem vietnamita. Eh tipo um meio de campo entre vietna e china que habita dos 2 lados da fronteira... pessoas via de regra simpaticas, com roupas bem coloridas e prestativas, que obviamente irao em algum momento te encher o saco pra comprar um artesanato ou outro.

Imagem
Guria local e seu bebezin

Imagem
piazin das montanhas

O visu... brother... eh fantástico! A época de colheita do arroz eh próximo a setembro, então os campos não estavam aqueeeeeele verde animal - mas ainda sim - a combinação de terraços de arroz com água, montanha com neve e sol, era muito legal.

Imagem
rice field trek! massa!!

Imagem
EPIC!

A experiencia eh também bastante rural. Vc cruza vários vilarejos e casebres solitários e uma enormidade de porcos, patos, cachorros, galinhas, cabras, vacas e gansos.

Imagem
cruzando o riacho

No final do dia, a gente acaba por chegar na home-stay de uma família muito simpática. Rolou uma comilança tipica, fizemos uma fogueira e tomamos a “happy water” deles, que era um vinho de arroz (brutal, todo mundo cozinhou o galo!) A casinha em si era bem simples, mas rolava água quente, um cachorro broder (carinhosamente nomeado “bite”) e cobertores BEM grossos (o que foi vital – a casa era de madeira, cheia de frestas, e fez -3 graus de noite)

Imagem
um dos grupos mais massa que eu ja conheci viajando

No dia seguinte, mais trilha pelos campos de arroz e volta pra Hanoi de trem – dessa vez, acabamos com a cerveja a venda no trem :D
Na base da ressaca, chegamos as 7 da manha em HaNoi, passei no hostel e peguei meu voo pra Luang Prabang as 13h (se não quiser pegar um voo que dura 1h, pegue um busão que dura 27h )
Editado pela última vez por Bruno Albuquerque em 07 Mar 2014, 16:59, em um total de 4 vezes.
#935197 por Bruno Albuquerque
05 Mar 2014, 16:02
Luang Prabang (Laos)

de uma incognita a uma grande surpresa. Isso representa bem Luang Prabang, um lugar magico, aonde templos reluzentes de ouro convivem com um dos povos mais pobres do mundo, casaroes coloniais e cafés estilo frances por todos os lados. A cidade em si merece um bom dia de visita, oferecendo varios templos pra se visitar, cafes pra se relaxar e observar o por do sol na beira do Mekong. A culinaria local não eh tao picante como na tailandia, mas nem por isso o tempero fica a desejar. Recomendadíssimo!

Imagem
templo top na cidade - 1

Imagem
a temida Naga Brâmica

Imagem
outro templo com mais detalhes incríveis!

uma experiencia muito diferente a se fazer em Luang Prabang eh fazer oferendas aos monges... no dia seguinte, junto com mais 3 brasileiras, acordei as 4 e pouco da manha pra ir fazer oferendas aos monges (que não compram nada, soh se alimentam com o que eh doado a eles).

Imagem
arroz e biscoitin pros monges

Imagem
a fila da oferenda

Imagem
quase todo Lao serve um tempo durante a vida enquanto monge, o que eh grande motivo de orgulho pela família

mais tarde, fomos passear nas cachoeiras de Kuang Si. Um MUST-DO sensacional a uns 20 km da cidade... qualquer Tuk Tuk te leva la

Imagem
nunca tinha visto agua dessa cor no meio da selva

Imagem
eh, why not? :mrgreen:

Imagem
ohne scheisse, que lugar maravilhoso!

Junto a cachoeira, existe um santuário de ursos pretos asiáticos , que sofrem na mão de caçadores chineses em busca da sua bile e suas aplicações “xamanisticas” na medicina
Os ursos vivem teoricamente bem, o lugar não eh gigante mas vc percebe que eles estão alimentados e se dão bem em grupo. Sempre me sinto meio “meh” ao ver bicho preso, fora da natureza e tal mas o buraco eh mais embaixo: a intenção da ONG eh recuperar os ursos dessas “fazendas de bile” (google it) e depois de um tempo devolvê-los a natureza. O problema eh que como os ursos são mansos, eles em menos de 1 mês eles já foram recapturados pelos malditos chineses. Um dos ursos que tem la já foi solto e recuperado dos caçadores 3x. logo, melhor eles ali “presos” no conforto

Imagem
uma soneca sem perigo

Imagem
hora do rango

O Rio Mekong sempre foi considerado sagrado pelos locais, eles tinham no passado o costume de se reunir em cavernas ao longo do rio para rezar e fazer suas oferendas.
Perto de Luang Prabang, do outro lado do Mekong, encontramos um bom exemplo disso - as cavernas de Pak Ou - aonde se encontram milhares de estatuetas de Buda. Muito massa!

Imagem
atravessando o mítico Mekong

Imagem
dá pra contar tudo não sô...

Me arrependo de ter ficado soh 2 dias do Laos... O lugar era muito massa e merecia ser explorado com um pouco mais de calma.
Muita gente recomenda o tubing (descer o rio de boia, parando em bares e bebendo) perto de Vang Vieng (Sul) e uns jungle treks em luang Namtha (Norte) #ficaadica!

well, hora de ir pra Tailândia
Editado pela última vez por Bruno Albuquerque em 05 Mar 2014, 18:14, em um total de 1 vez.
#935199 por Bruno Albuquerque
05 Mar 2014, 16:03
Chiang Mai (Tailândia)

O estereotipo tipico da Tailândia são as praias paradisíacas de areia branca do sul, mas da pra afirmar que o Norte eh tao imperdível quanto!
Incrustada na selva, Chiang Mai eh apinhada de templos fantásticos, boas possibilidades de se ter contato com elefantes/tigres e ótimos cursos de culinária/massagem.
E vale mencionar, eh a bagatela da Tailândia. Nenhum lugar teve melhor custo beneficio na viagem toda!

Wat Doi Suthep

Arriba da cidade, pertinho, fica esse fantástico templo... a quantidade de ouro e a riqueza dos detalhes me impressionaram!

Imagem
entrada Doi Suthep

Imagem
Sawadeekrap


Tiger Kingdom

Sempre tive gato em casa e sempre curti felinos grandes. Já tinha ouvido falar de varios lugares aonde se pode ter contato de perto com eles (zoo de Lujan em Buenos Aires, Tiger temple em Kanchanaburi) e toda a polemica que gira ao redor (bichos dopados, tristes etc). mas tinha ouvido algumas referencias racionais (pessoas normalmente são emocionais demais com bichos) que os tigres eram bem tratados e resolvi encarar a parada. Fica pertinho de chiang mai e da pra fazer em meio dia. Tu compra “pacotes” (tigres bebes, pequenos, medios ou gigantes), pega a fila e visita eles individualmente.

Imagem
os pais são retirados do contato do publico e postos próximos aos filhotinhos

Imagem
ownnnn

Imagem
eeee bichao!

Tive sensações conflitantes, mas pragmaticamente falando, a experiencia muito boa e apoio a ideia. Primeiro que todos os tigres já nasceram la (não foram tirados da natureza), alguns estavam brincando entre si, e todos sem exceção pareciam muito saudáveis e bem alimentados. Por outro lado, alguns outros estavam obviamente dopados (imagino que alguns devam ser mais agressivos que outros, assim como seres humanos) e vários estavam com SONO (tigre é bicho crepuscular, mais ativo a noite, mas precisam “trabalhar” de dia pra turistada). A vida não eh fácil pra ninguém hj em dia, nem pros tigres

Imagem
de boa no tronco...

Imagem
que top!!

Imagem
uma experiencia inesquecível...

Elephant Farm

Essa era outra experiencia que eu queria muito, mas pesquisei muito antes de fazer. Elefantes tem por todos os lados, mas na maioria dos “shows” aonde elefante faz pintura, sobe na bola e dança, que fulano vai na cadeirinha com alguem guiando, eh OBVIO que eles apanham pra aprender. Existem alguns lugares (que custam 3x mais que o normal) que a experiencia pode ser mais especial, mais de “contato”, onde vc antes de subir na garupa, faz amizade com o elefante. Eu queria ter ido na Patara Elephant farm, mas já tava fully booked pra janeiro desde setembro... acabei encontrando a Joeys Elephant farm e curti

Imagem

Tinham 18 elefantes (acho) sendo 14 pra passeio (1 era um bebe de 6 semanas, e os outros adolescentes brincalhões, sem noção da sua forca e loucos pra interagir com turistas). O Joey (dono) falou que a fazenda eh da família dele há varias gerações, mas há anos eles trocaram de atividade madeireira pra atender turistas (melhor levar turista pra passear que ficar carregando tronco né?)

Primeiro vc tem contato com alguns elefantes, da banana e cana de a cucar pra eles, e faz um test drive...

Imagem
olá

Imagem
BEM melhor que andar de camelo!

Imagem
se um elefante tem sede, não importa o que, nem aonde, nem porque. ele vai beber água, e ponto.

Depois, se almoça e vai fazer um trek no mato com eles... A pele do elefante eh BEM grossa, e cheio de pelos pra alertar a presença de moscas e afins. Mas por incrível que pareca, eh bem macia de se apoiar (pelo menos no cocoruto, que eh onde vc poe sua mão pro elefante não ficar levantando a cabeça)

Imagem
elefante bebezin

Imagem
"elefantando" a Puhm Ha, de 34 anos e uma fome insaciável

Imagem
um banho no final pra refrescar ::hãã::

curti DEMAIS a experiencia. Elefantes são bichos gentis e legais, praticamente cavalos crescidos... e definitivamente volto a fazer denovo algum dia (ao contrario de passeio com camelos, never more!)

Curso de culinária Thai

Pq não aprender a cozinhar as delicias que vc come pela trip? Eu tava meio de bobeira no ultimo dia antes de pegar o voo e resolvi encarar um curso de meio dia. Recomendo meio dia só, pq vc cozinha e come pra cacete! aprendi a fazer sopa de camarão picante, pad thai, curry verde e rolinhos primaveras... e no final tu ganha um livrāo de receitas thai com explicação de todos ingredientes... show!

Imagem
Pad Thai

Imagem
Rolinhos primavera

Resumidamente, Chiang Mai é TOP! Não deixe de vir por nada. De quebra ainda, depois das atividades, vc sempre pode ir em algum lugar fazer massagem BARATEZA (EUR 5,00 por uma hora), seja Thai (violenta, vc sai quebrado) ou uma Oil (mais relax e vc fica exalando a essência pelas próximas 24h :P) antes de sair pra tomar uma cerveja em um dos muitos bares apinhados de gringos. Ah, pra quem curte, a galera do couchsurfing tem um grupo muito legal em Chiang Mai! Passei meu Natal com eles :mrgreen:

agora chega de xurumelas, vamo pro sul que tô loco pra pegar uma praia!
Editado pela última vez por Bruno Albuquerque em 26 Abr 2015, 23:11, em um total de 5 vezes.
#935200 por Bruno Albuquerque
05 Mar 2014, 16:03
Mar de Andaman

Peguei um voo com milhas da TAM (dica quente! 20k milhas) pela Thai de Chiang Mai pra Krabi, com escala em Bangkok.
Direto do aero, peguei uma van pra Ao Nang, perto de Railay

Ao Nang (Railay)

Pq decidi por ficar em Ao Nang e não direto em Railay beach? CUSTO! Railay eh top, mas preco também é top. Em Ao nang rolou encontrar um hostel TOP proximo ao centro (20min andando) com piscina e uma feirinha noturna coincidentemente na quinta/sexta a noite

Railay é... seilá. Indescritível. A combinação de água azulada com as formações rochosas (os escalador PIRA) me leva quase a constatar que a praia em si eh mais bonita que nas maldivas, BUT... tem gente saindo pelo ladrão, logo, fica em segundo lugar (por pouco ::tchann:: )

Imagem
não parece, mas bomba de gente!

Imagem
vista do mirante, muito TOP

E o melhor eh na beira mar de Railay South, aonde ficam esses barcos servindo coco, milho e COMIDA THAI ( ::love:: ) por precos EXCELENTES (um pratao de Pad Thai = 5,00 EUR, milho cozido = 1,00 EUR )

IMG_4740 copy.jpg
atendimento like a boss!


Ko Lanta / Liveaboard

de Ao Nang peguei outra van pra Ko Lanta. Cheguei tipo 13h e fui embora no outro dia as 7 da manha... foi basicamente soh um transfer pra pegar meu barco pra fazer o meu liveaboard de mergulho. Ko lanta eh uma tranquilidade so, a praia tambem eh bonita e pra padroes tailandeses, bastante tranquila (not a party beach) com muitas familias fazendo viagem com criancas e bebes

IMG_4753.JPG
Ko Lanta


De barco primeiro passamos por Ko Haa, pra fazer 3 scuba dives. O lugar é bonito e tem bastante vida submarina... mas a visibilidade ficou a desejar por causa de uma nuvem de plancton que tava na area.

Imagem
Ko Haa

Imagem
achei o primo do Nemo!

Fiz meu primeiro mergulho noturno, o que foi bastante diferente do usual (bizarro o medo de acabar a luz da lanterna la embaixo... hahaha) e interessante pelas especies que são mais ativas a noite (Lagostas GIGANTES! Massa!). Durante a madrugada, navegamos ate Ko Phi phi Le e fizemos mais 3 mergulhos em Maya Bay (do filme “A Praia”) e arredores... denovo uma TONELADA de plancton e uma visibilidade pessima ::vapapu::

Imagem
Maya Bay, do filme "a Praia"

Imagem
era plancton pra cacete, amizade...

Resumidamente, foi a maior roubada da viagem esse liveaboard. Não vi nada que eu julgaria especial (jamantas, tubaroes, arraias ou tartarugas), a visibilidade tava ruim custou relativamente caro, e a bordo, das 12 pessoas, somente o casal coroa ingles era bacana, o resto era um grupo gigante familiar sueco com pouco ou nenhum interesse em interagir em ingles.

Ko Phi Phi

Ah, Phi Phi finally! Quem nunca sonhou em vir pra ca, ou nao sabe do que se trata ou é doente da cabeca :P
Phi Phi eh um paraiso na terra, com paisagem linda... mas como eh de facil acesso, eh overcrowed. maybe too much.

Imagem
just chill...

A paisagem sim, eh praticamente perfeita, quase ou tao bonita quanto railay...

Imagem
e pensar que tudo virou pó no tsunami de 2004

Existem milhares de opções de lazer, como day trip pelas ilhas ao redor (inclusive maya bay), alugar caiaque, beer pong (excelente esporte por sinal :D), fazer tattoos (não recomendo, ouvi pelo menos 2 historias tragicas a respeito) e curtir a night, com milhares de bares de todos os estilos, tocando de tudo (maioria reggae obvio), com todo tipo de gente do mundo e bebendo varios drinks, beras e afins

Imagem
Monkey beach, acessivel por caiaque, bem susse!

Escolhi Phi Phi pra passar o ano novo pq teoricamente, não seria tao party-hard quanto Koh Pha-ngan. A verdade eh que a party foi BEM hard, mas em escala bem menor que a primeira. Todo mundo bêbado na praia curtindo o ano novo (já bebeu em BALDE? Aqui eh sua oportunidade de ouro!), com fogos de artificio estourando logo em cima da sua cabeça e pessoas soltando aquelas lanternas voadoras tipicas do sudeste asiático. Depois, party hard nas baladas a beira da praia

Imagem
começando o ano like a boss!

Como todos lugares, Phi Phi também tem seus problemas... eu achei a estrutura do lugar muito zoada e sem planejamento nenhum (me lembrou tipo litoral catarina/paranaense em carnaval). Esgoto a céu aberto, muito lixo e entulhos por todos os lados.

Qualquer quarto que caiba um beliche dentro vira hostel. Isso significa que existem bilhões de possibilidades de se dormir (mal, mas ainda sim) que estão fora da internet. Porem, se vc quiser algum tipo de conforto (e estar disposto a pagar por isso), booke com antecedência.

De qualquer maneira, Phi Phi eh realmente um lugar divino, aonde voltarei sem duvida nenhuma

Imagem
ill be back!
Editado pela última vez por Bruno Albuquerque em 06 Mar 2014, 18:18, em um total de 3 vezes.
#935201 por Bruno Albuquerque
05 Mar 2014, 16:03
Bangkok

Finalmente cheguei em Bangkok, a capital dita como mais louca do planeta. Fiquei da casa da Lari e do Nano (2 amigos de curitiba que tao morando por la) e meu corpo não aguentou mais... provavelmente os excessos de alcool, comida apimentada, cansaco fisico e noites em camas duras chegaram a um ponto critico. Pedi penico da trip. Fiquei na piscina, dormi horrores e tentei evitar (sem sucesso) alcool :D

Imagem
tive que tirar uns day-off das férias...hehehe

Apesar de não fazer praticamente nada, não significa que eu não tenha feito ABSOLUTAMENTE nada J

Imagem
Quem nunca teve vontade de beber um goró preparado numa kombi?

Khaosan Road

Ehhh, a famosa rua dos mochileiros de bangkok. Bares que não checam identidade, mulheres-da-vida, lady boys, escorpiões/baratas fritas, muambeiros, narguilé e MUITO alcool. Um dos lugares mais bizarros da galaxia, bizarro!!!

IMG_4900.JPG
crocante!


Chatuchak Market

Pegando o BTS rumo a Mo Chit, no ultimo ponto vc desce e entra no mercadão. Eh a maior feira de bugigangas e souvenires da galaxia, e com preços extremamente bons/pechincháveis. Deixe pra comprar seus souvenires (estatuas, quadros, camisetas, calcas hippies, artefatos de madeira, penduricalhos aleatórios etc) aqui

Foi pouca coisa MESMO pra Bangkok. Não consegui ver o palacio real, circular a esmo na cidade, ir no floating market, ver uma luta de muai Thai e nem ver um ping pong show. Bangkok me impressou pros padrões que eu vi em geral no Vietnã e no Laos. A cidade eh enorme sim, mas o transito eh relativamente organizado, tudo eh meio limpo e o transporte publico eh EXCELENTE (tem aerotrem, barco, busao, metro... quase tudo imaginável)... mas tudo bem, agora tenho mais uma desculpa pra voltar pra Tailândia um dia :P

como meu tempo tava ficando curto, resolvi voar pra Siem Reap (iria de ônibus se rolasse um overnight, mas como era soh de dia, não queria perder tempo útil nem minha paciência em scams/burocracia de fronteira)

Siem Reap (Camboja)

O aeroporto de Siem Reap eh de gala e muito eficiente no que diz respeito a imigracao. Paguei o transfer de tuk tuk dentro do aeroporto e ao chegar no tuk tuk subiu tambem uma americana, (muito gente boa por sinal) mas que não tinha combinado o preco antes. Ao chegar no hostel, maluco cobrou dela 5 dólares (eu paguei 2, no aeroporto). Foi apenas o primeiro, dos milhares de golpes comuns a esta terra carinhosamente conhecida como SCAMbodja. ::grr::

Angkor Wat

Por algum motivo bizarro, esse complexo gigante de templos cuidadosamente entalhados não foi eleito uma das 7 maravilhas do mundo (OK, eu curto o Cristo Redentor no Rio, mas né? Incomparável em questão de patrimonio cultural). Chegando la na muvuca, cai de bobo num scam que quase arruinou meu humor. ::putz::

Cheguei na ponte de da acesso aos templos junto da americana quando 2 malucos chegaram correndo dizendo que não podia entrar de bermuda. Eu imediatamente fiz a referencia ao Royal palace de Bangkok (aonde isso eh verdade) e fiquei puto por ter esquecido desse detalhe e ter vindo soh de bermuda. A americana nem pestanejou e já foi rumo a umas lojinhas que ficavam uns 100 metros atras. Eu tava PUTO de raiva e nem pensei se era um scam ou não, nem olhei pras pessoas ao meu redor... in any case, voltei atras dela e encontramos umas vendedoras de rua. Queriam USD 20,00 (UMA FORTUNA) nas calcas... xinguei, barganhei e acabei pagando USD 15 (a calca ateh era legal, daquele estilo largao meio hippie, mega confortavel pra se ficar em casa). não foi uma tragedia total o preco absoluto pra quem ganha em euro, mas por ser no camboja, era estupidamente abusivo... ai eh obvio que notei que tinha um monte de homem de bermuda, e somente um lugar especifico do templo mulher não deveria ir de bermuda... ateh ai o scam tinha sido suficientemente ruim de se engolir, ateh no fim da tarde, quando um maluco veio me oferecer uma calca igual por... USD 5,00!!!! ::vapapu::

Enfim, independente disso, o dia foi realmente massa. Angkor Wat eh algo colossal!

Imagem
épico!

Fiquei impressionado com a riqueza dos detalhes esculpidos na parede, e incrivelmente bem preservados

IMG_4962.JPG
que carvings fantasticos!


Imagem
e pensar que um dia ja deve ter sido colorido

Muito, mas muito grande mesmo!

Imagem

Ta Phrom

Lembram de Tomb Raider? Filmaram aqui... eh o templo mais ALUCINANTE que eu já estive em toda minha vida! As arvores dominaram o local, formando uma combinação quase (senao) única no nosso planeta

Imagem
TOP DEMAIS!!

Imagem
com a GoPro fica ainda melhor!

Imagem

São duas as opcoes populares pra vc circular entre os templos saindo de Siem Reap. Ou vc contrata um tuk-tuk pelo dia todo (custa USD 20,00 por tuk tuk) ou vc aluga uma bike (por USD 2,00 por bike). Eu aluguei a bike e me arrependi. Pq? Eu tinha 1 dia soh pra circular tudo, e a distancia entre os templos eh curta pra um tuk tuk mas demorada pra uma bike. Entao em determinado momento precisei alugar um tuk tuk, que me custou USD 14,00 (sozinho) soh pra fazer o trecho entre ta Phrom e Angkor wat. Se vc tiver sozinho, encontre outro turista broder, e rache um tuk tuk e seja infinitamente mais feliz. ::otemo::

In any case, se vc tiver tempo e curtir um sol infernal no lombo, a bike pode ser uma boa ideia :D

A night de Siem Reap é agitada e divertida. Basta seguir pra Pub street no meio da cidade e tomar uns drinques. Se vc quiser experimentar algo realmente bombástico, expiremente uma “A-Bomb”, uma combinacao brutal de absinto com o original red bull tailandes (mais doce que o nosso conhecido)

Para ir pra Pnhom penh, basta pegar um busao e seguir por uma estrada praticamente reta de 200km
Editado pela última vez por Bruno Albuquerque em 26 Abr 2015, 23:19, em um total de 3 vezes.
#935256 por Bruno Albuquerque
05 Mar 2014, 18:14
Pnhom Penh (Camboja)

Infindáveis planícies cheias de búfalos e campos de arroz separam Siem Reap da capital. Pnhom Penh em si era soh um objetivo secundário, rumo a Saigon, mas que mostrou ter seu valor. Situada a beira do Mekong (aquele mesmo que eu atravessei perto de Luang Prabang) a cidade eh a tipica metrópole de 3º mundo, com ruas agitadas, cheias de gente,

Bang-bang!

Sempre tive vontade de atirar de metralhadora. O Sudeste asiático como um todo oferece varias de opções entre atirar de AR-15, AK47, M16, bateria antiaérea e BAZUCA (pq não né?), então escolhi Pnhom Penh.

Qualquer tuk tuk tem informações a respeito... achei na verdade o lance meio underground, chegando la vc eh ofertado com um “cardápio” de armas... de USD 40 (um pente de AK47/AR15), passando por um tambor de M-16, Bateria antiaérea (!!!!!) por USD 160 e como gran finale, bazuca por USD 250,00.

Claro que optei pela AK47, e confesso que fiquei surpreso como o coice era suave ::hãã:: debulhei o alvo e o cacho de coco!

Imagem
Avtomat Kalashnikov!

No final (foi rapidinho, 20 balas são um palito) o cara perguntou se eu não queria praticar com a bazuca... dei risada e perguntei:

EU: “pra atirar aonde? Vou explodir um cacho de coco e não vai ter graça nenhuma!”
CARA: “por USD 400,00 você pode atirar numa vaca”
EU: “Oi!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!??!?!? serio mesmo?”
CARA: “sim, nos saímos da cidade e vc atira numa vaca”
EU: “ahn... legal, mas... eu... melhor deixar pra la né?”

Já tinha ouvido falar essa historia, que eu acho tao bizarra quanto acho cruel, mas pode ser apenas mais um SCAM da SCAMBodja né? (espero)

Killing Fields

Todo mundo ouviu falar de Hitler e o Holocausto, da inquisição, dos expurgos de Stalin, dos mortos pelas ditaduras de direita na América latina na década de 60-70. Já tinha ouvido falar por cima de Pol Pot e o Khmer Vermelho, mas não tinha a MENOR NOÇÃO do quão sanguinária, truculenta e assassina foi essa ditadura de esquerda.

Pol Pot idealizava uma sociedade agraria e autossuficiente, e qualquer um que não se encaixasse nela, seria simplesmente morto.

Mas não apenas esse alguém, a sua família também (pra não rolar vingança). Qualquer um que falasse língua estrangeira, usasse óculos (!) ou simplesmente tivesse a mão macia (sim, MÃO MACIA) era um potencial risco a essa nova “sociedade” almejada pelo khmer vermelho.

O que eh mais assustador eh que eles tinham metodologia pro genocídio, incluindo vários campos de concentração ao redor do pais (não lembra uma outra historia parecida?). no final, de uma população de 12 milhões de cambojanos, 3 milhões morreram na mão desse regime doentio.

A visita pelos Killing fields eh triste, mas eh importante enquanto ser humano ver a historia da nossa especie, e que comportamentos extremos e tragedias podem se repetir por povos e motivos completamentes distintos.

Imagem

Ho Chi Minh/Saigon (Vietnã)

e finalmente, chegamos ao destino final. achava que o caos do transito de Hanói seria insuperável, mas Saigon ultrapassou por MUITO. tipo, eu estimo que na cidade de 8 milhões de habitantes, hajam pelo MENOS 4 milhões de motos/scooters e afins… meu, eh um ABSURDO!!! hahahaha

Cu Chi Tunnels

bookei pelo hostel um half-day tour tipo CVC mesmo (minha pra inconvenientes/stress/imprevistos acabou em Siem Reap).

os tuneis sao os famosos tuneis vietcongues, por onde o vietna do norte enviava guerrilheiros pra dentro do vietna do sul, através do Camboja… o passeio consiste em passear pelo complexo de tuneis, entender como funcionavam (sistema de respiro, arapucas pega-ianque etc) andar um pouquinho neles (uns 200m, se sua claustrofobia deixar), atirar de metralhadora (se vc quiser) e eh claro, passar numa industria de artesanato pra tentarem te empurrar bugigangas

Imagem
claustrofóbicos fiquem longe!

War Remnants museum

eh o museu da guerra do vietnam… possui um acervo SHOW de equipamento militar americano - tanques, helicópteros, canhos, metralhadoras etc... e uma ampla documentação (de tom extremamente politico, mas ainda valido) dos estragos que os americanos fizeram e os horrores das armas químicas nas pessoas do momento e das gerações futuras

Imagem
e pensar que a FAB ainda usa essa relíquia...

Delta Mekong

penúltimo dia, o preguiçoso aqui bookou o mesmo estilo de tour CVC pra dar um role no delta do vietna, nao recomendo MESMO e vcs vão captar o porque facil… demoramos 3h de ônibus ateh chegar um barco que nos levaria ateh My Tho, no delta do mekong… la, passamos por um lugar que se fazia mel e tentaram empurrar produtos de mel e blablabla em vc… de la vc pega segue adiante de barquinho tipico

Imagem
isso for bem massa!

ateh chegarmos a uma fabrica de balas de coco, aonde tentaram empurrar balas de coco com temperos aleatórios em vc (coco com gengibre era realmente bom, foi o que salvou o dia). Almoçamos um rango meia boca e fomos ate um lugar aonde a gente ouviria musica tipica vietnamita e comeria umas frutas tipicas…. JURO que o cara tocou o "berimbau" local por 5 minutos e tentou empurrar um CD na gente! ah e as frutas? 4 frutas diferentes, 1 fatia de cada.

Imagem
bichin de estimacao

Ho Chi Minh nao eh imperdível, se vc tiver com pressa, da pra pular numa boa. uma dica importante pra quem passa pelo vietna, eh tomar MUITO CUIDADO com a carne que se come… um dos dias, fui jantar com 2 alemães aleatórios que conheci no hostel e acabamos num lugar legal aonde rolava tipo um churrasco na telha (a telha fica no fogo e vc coloca carne crua em cima)… pedimos FRANGO, mas o que veio certamente nao era frango… começamos a grelhar e o cheiro era esquisito. perguntamos pra um garcom q carne era aquela e ele, que nao falava ingles, entendeu e imitou um porco. MAS nao era carne de porco… provamos e o gosto era ESTRANHO. perguntamos pra outro maluco do local e ele também nao falava inglês (mas entendeu a pergunta) e imitou uma CABRA. mas também nao acho q fosse carne de cabra… no final comi 2 pedaços e desisti. e na boa, prefiro realmente acreditar que era cabra ao invés de cachorro.

Imagem
procedência EXTREMAMENTE duvidosa... certeza que não era Friboi

Resumindo a viagem em uma palavra? eu diria que a palavra eh EXPERIENCIA... em nenhuma outra eu vi e/ou fiz TANTA coisa diferente num espaço de tempo tao pequeno. trilha de elefante, praia de macaco, abracar tigres, curso de culinária, party cruise, muamba, atirar de metralhadora, andar de caiaque, mergulhar, comer escorpião… fora todo a experiencia social de interagir com culturas COMPLETAMENTE distintas da sua, com objetivos de vida e visão de mundo diferentes. Voltei alguém mais experiente, mais tolerante, e com mais perguntas do que respostas que eu tinha ao começar a viagem ::otemo::

One’s destination is never a place, but a new way of seeing things – Henry Miller
Editado pela última vez por Bruno Albuquerque em 06 Mar 2014, 19:29, em um total de 1 vez.
#935257 por Bruno Albuquerque
05 Mar 2014, 18:15
Resumo Custos

Resumo.png
Resumo Custos
Resumo.png (28.19 KiB) Exibido 8191 vezes


Resumo Logistica

logistica.png
Resumo Logistica
logistica.png (34.86 KiB) Exibido 8191 vezes


Resumo Hostels

Hostels.png
Resumo Hostels
Hostels.png (45.79 KiB) Exibido 8191 vezes


Resumo Atividades

atividades.png
Resumo atividades
atividades.png (33.31 KiB) Exibido 8191 vezes


Resumo Vistos

Vietnã:
tem um monte de agencia que faz online, vc paga online (EUR 18,00) pela carta-convite, a empresa te manda por email um PDF autenticado pela imigração e vc apresenta a carta no aeroporto pra tirar o visto e pagar o resto (EUR 52,00 pra múltiplas entradas). CUIDADO que eh uma ZONA no aeroporto, e pode demorar pra cacete

Laos:
Moleza, chega no aeroporto e paga (USD 30,00)

Tailândia:
ta de brincation cara? precisa não... mas tenha em mãos sua carteira internacional de vacinação e vacina de febre amarela em dia
Camboja:

Moleza tb, chega no aeroporto e paga (USD 20,00)
#936062 por raffaelfellipe
07 Mar 2014, 17:20
Excelente relato e ótimas dicas.
Por aqui já coleto informações para quando chegar a minha vez. rsrsrsrsrsrs
Fotos fodasticas.... Parabéns Man!!!
#936690 por CaruSP
09 Mar 2014, 18:04
Bruno, ótimo relato, valeu! :D
As fotos estão incríveis e, junto com todas as informações, estão me ajudando muito no meu planejamento... estarei por lá de janeiro a março de 2015.
Vc acha que dezembro foi um bom período pra visitar o sudeste asiático? Pelo que pesquisei é a estação seca.
Bem, como não ficar mais empolgada ainda depois desse relato. :wink:

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante