Quais as habilidades mais procuradas/aceitas na Worldpackers?


Por Luiza Delanieze*

Uma lista com as habilidades que podem te ajudar a trocar trabalho em hostels, projetos ecológicos e sociais por acomodação no mundo todo.

Se você está interessado em fazer work exchange para viajar pelo mundo, a Worldpackers ajuda conectando anfitriões e viajantes interessados nessa troca colaborativa e cheia de aprendizado.
A troca funciona de forma simples: o voluntário oferece alguma habilidade em troca de hospedagem, café da manhã e, em alguns casos, outras refeições e benefícios. As habilidades que são procuradas são muito diversas, mas algumas são mais necessárias nos hostels e outros projetos.
Para quem está em dúvida de quais são as mais aceitas pelos anfitriões da Worldpackers, listei nesse texto as habilidades mais procuradas e um pouco de como é o trabalho.

1- Recepção e administração

Muitos hostels procuram voluntários para ajudar em diferentes turnos na recepção e administração. O trabalho é simples: fazer o check in e o check out, atender telefonemas, gerenciar reservas nos sites, manter a organização do ambiente e estar disponível para ajudar hóspedes com eventuais problemas.

Foto: Bruce Mars/Pexels.

2- Ajuda na limpeza e tarefas domésticas

Manter uma limpeza impecável é muito importante para um hostel, e às vezes é difícil manter tudo organizado quando há uma grande circulação de pessoas. Por isso, os anfitriões da Worldpackers procuram voluntários para ajudar na limpeza geral do hostel e nas tarefas gerais de organização, como trocar os lençóis, lavar a louça, tirar o lixo e manter tudo arrumadinho.

Foto: Rawpixel/Unsplash

3- Bartender e ajudante de cozinha

Com o crescimento das opções de hostels no Brasil e no exterior, as estruturas deles começaram a crescer e oferecer mais coisas. Atualmente é muito comum encontrar hostels que também têm bar e/ou restaurante. Dos maiores aos menores bares, uma ajuda para preparar os drinks e as refeições sempre é bem vinda!

Foto: Lightscape/Unsplash

4- Concertos gerais, pintura e decoração

Essa é para quem gosta de botar a mão na massa, arrumar tudo. Gosta de pintar parede, arrumar lustre, lixar porta, trocar chuveiros e tudo que precisa para manter uma casa funcionando bem e bonita? Então perfeito! Dá para viajar por aí trocando essas habilidades por acomodação e conhecendo muito lugar bacana.

Foto: Ari He/Unsplash

5- Organizar eventos e guia local

Alguns hostels incentivam a interação dos hóspedes entre si e com o pessoal do staff, então é comum ter um voluntário responsável por agitar a galera e depois levar todo mundo pra balada. Também é comum os próprios hostels organizarem tours em que os guias são voluntários. Essa habilidade é ideal para quem curte interagir com pessoas.

Foto: Alicia Steels/Unsplash

6- Ensinar idiomas e esportes

Essa é uma habilidade que serve para quem está interessado em voluntariar em hostels ou projetos sociais. Alguns hostels oferecem aula de surf, yoga e alguns outros esportes, assim como muitos projetos sociais procuram voluntários para ensinar inglês ou algum outro idioma para crianças e adultos do mundo todo.

Foto: Startup Stock Photos/Pexels.

7- Mídias sociais, fotografia e produção de vídeo

Com a importância de manter as redes sociais, site, perfil da Worldpackers e página em sites de reserva com boas fotos, vídeos e textos, muitos anfitriões têm procurado voluntários para darem um “up” em tudo isso. Se você entende de mídias sociais, boas fotos e produção de vídeo, também dá pra viajar trocando essas habilidades.

Foto: jeshoots.com/Unsplash

8- Jardinagem, ajuda em cultivos e colheitas e ajuda com os animais

Para quem gosta de mais contato com terra, plantas e animais, alguns hostels e projetos ecológicos procuram por voluntários para ajudar com isso. Normalmente são projetos com mais contato com a natureza e afastados das grandes cidades.

Foto: neonbrand/Unsplash

Essas são algumas das principais habilidades que os anfitriões da Worldpackers procuram nos voluntários, mas ainda há outras opções, como cuidar de crianças, desenvolver sites, fazer apresentações de música ou pintar um mural bem lindo. Com certeza vai achar algum lugar procurando por aquela habilidade que você quer oferecer!
Boa sorte!

*Luiza Delanieze é ‘Expert’ na comunidade Worldpackers. Já teve experiências como worldpacker no Brasil e no Uruguai.

Como ser um worldpacker?

Para candidatar-se às vagas de troca de trabalho por hospedagem mundo afora disponíveis no Worldpackers, você precisa se tornar um ‘membro verificado’ e ter mais de 18 anos de idade. Assim poderá conversar com quem está oferecendo essas vagas, confirmar sua estadia, ter o suporte da plataforma antes e durante a viagem, como por exemplo, se você não estiver satisfeito(a) com seu anfitrião, a Worldpackers paga por 3 noites de acomodação em qualquer outro anfitrião na mesma cidade.

É pago?
A plataforma cobra uma taxa anual de US$ 49, mas utilizando o código mochileiros você ganha US$ 10 de desconto, caindo a taxa então para US$ 39.
Sendo ‘membro verificado’ você contará com os benefícios citados acima e poderá confirmar quantas viagens quiser dentro do período de um ano, sem precisar pagar por novas taxas de confirmação.

Acesse https://www.mochileiros.com/blog/WPGrupoFB e coloque no campo Código Promocional: mochileiros aí é só consultar as oportunidades no site, interagir com os anfitriões e preparar a mochila!

O pagamento pode ser feito via cartão de crédito ou boleto bancário | Foto: Reprodução.
Foto: Reprodução.

A foto (da home e) que traz até este post é de Rawpixel/Unsplash.


Deixe um comentário

Log in

Esqueceu a senha?

Forgot your password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Fechar
de

Enviando Arquivo…