Worldpackers: Tudo aquilo que ainda não te contaram!


Sim, com a Worldpackers é possível viajar trocando trabalho por hospedagem e além de economizar, essa troca pode enriquecer e muito sua mochilada em todos os sentidos,  mas você precisa saber algumas coisas antes de fazer isso acontecer.

Meu nome é Gilsimara Caresia, já viajei por mais de 70 países, alguns com a ajuda da Worldpackers,  sou autora do blog GirlsGo e colaboradora do Mochileiros.com e nesse post vou te contar tudo o que não te contaram sobre a Worldpackers.

Worldpackers o que é?

A Worldpackers é uma plataforma (website e aplicativos) focada em work exchange. Através dela você pode escolher vários lugares para se hospedar gratuitamente e realizar trabalho voluntário. Entre esses lugares há  hostéis, ONGs, escolas, fazendas e projetos ecológicos em diversos destinos do mundo.  Além da hospedagem, alguns anfitriões também oferecem outros benefícios como refeições, lavanderia, passeios, etc.

Site da Worldpackers Brasil

Worldpackers remunerado existe?

Não. Você não vai trabalhar em tempo integral com se estivesse empregado,  vai colaborar algumas horas por dia como voluntário e seu anfitrião retribuirá isso com hospedagem e outros benefícios que já citei no item anterior.

Preciso ter experiência para participar da Worldpackers?

Não necessariamente, as atividades são diversas e os tipos de anfitriões, também.  Aí, dentro de cada tipo de atividade, você encontra uma variedade de oportunidades, em hostels por exemplo, você pode ajudar desde a recepção até trocar lençóis e cá entre nós, isso qualquer um pode fazer.

É claro que se você possuir algum tipo de habilidade, isso poderá contar muito para que você encontre ainda mais oportunidades

Confira aqui um post com as habilidades mais procuradas/aceitas na Worldpackers.

Ganharei algo mais sendo voluntário?

Eu não consigo colocar em palavras o quanto esse tipo de experiência contribuiu para mim.  Em primeiro lugar, meu espanhol e meu inglês melhoraram muito!

Nesse tipo de experiência, se for no exterior, você fica diretamente exposto a outro idioma, o que ajuda bastante no desenvolvimento de outra língua.

Fui voluntária em 3 lugares e hoje sinto essas pessoas como minha família e aprendi muito mais sobre a cultura desses países.

Como encontro as vagas na Worldpackers?

A Worldpackers funciona como uma espécie de Airbnb, só que lá as ofertas publicadas são de anfitriões procurando voluntários. Se você é um membro verificado pode se candidatar a quantas vagas quiser, selecionando as oportunidades de acordo com o seu interesse.

Preciso falar outra língua?

Não necessariamente. É importante dizer que existem várias opções de lugares no Brasil e em Portugal, por exemplo. Se você escolher outro país, pode verificar na oportunidade o nível necessário de língua estrangeira.

É claro que para dar aula ou trabalhar na recepção de um hostel no exterior, por exemplo, falar a língua local vai ser importante, mas se a oportunidade for para ajudar na organização, limpeza, decoração, geralmente, não é obrigatório.

Existe alguma maneira de ser melhor ou mais rapidamente aceito por um anfitrião?

Você vai entrar em contato com o anfitrião por meio do site e toda a conversa fica registrada, para garantir a realização do que foi acordado.

Você deve enviar uma mensagem ao local informando as suas intenções de datas e porque gostaria da vaga.

A minha dica de ouro é:  Seja o mais detalhista possível para cada anfitrião. Não use o mesmo para todos na base do copiar e colar!
Outra dica importante: quanto maior a antecedência, melhor, pois há maior possibilidade de você ser aceito e acertar os detalhes.

Vou trabalhar quanto tempo por dia?

Por ser trabalho voluntário, a jornada não costuma ser pesada, no geral, quatro horas por dia e duas folgas por semana. Mas cada anfitrião pode definir a jornada, então, vale a pena ler atentamente o que ele escreveu na oportunidade no site.

Como foi a minha experiência como Worldpacker?

Eu fui voluntária em três países diferentes, em atividades diferentes.
Na cidade de Córdoba, na Espanha, ajudei na recepção de um hostel. O meu trabalho ali era receber os hóspedes que chegavam no horário noturno. Foi ótimo, além de ter o dia livre, fiz muitas amizades com hóspedes e com os donos e funcionários do hostel. Meu espanhol melhorou muito.

Happy hour da equipe do hostel e hóspedes em Córdoba, Espanha | Foto: Arquivo pessoal.
Happy hour da equipe do hostel e hóspedes em Córdoba, Espanha | Foto: Arquivo pessoal.

Minha segunda experiência com a Worldpackers foi em uma ONG com crianças no Nepal. A atividade principal era com as crianças, desde brincadeiras até ajudar a estudar para as provas. Foi incrível passar um tempo na casa de uma família nepalesa e entender melhor sobre a cultura local.

Eu e as crianças da ONG onde fui voluntária no Nepal através da plataforma Worldpackers | Foto: Arquivo pessoal
Eu e as crianças da ONG onde fui voluntária no Nepal através da plataforma Worldpackers | Foto: Arquivo pessoal

Outra experiência cultural bem interessante foi quando ajudei a transformar parte de um hotel em hostel, na cidade de Jaisalmer, na Índia. Morar no meio do deserto de Thar, por si só, já é uma experiência transformadora. Fora isso, eu trabalhava com oito homens muçulmanos, tive a oportunidade de entender de forma mais profunda a cultura do país, em especial daquela região. Além da hospedagem, ganhei alguns passeios e até fui convidada para um casamento indiano.

Casamento Indiano durante meu voluntariado na Índia pela Worldpackers
Casamento Indiano durante meu voluntariado na Índia pela Worldpackers | Foto: Arquivo pessoal

Já viajei bastante, mas sem dúvidas, o work exchange permite um contato mais profundo e de troca, que dificilmente vivenciamos como turistas.

Worldpackers é confiável?

Sim.  A Worldpackers já é uma comunidade consolidada com mais de 1.500.000 de membros em todo o mundo e há vagas de voluntariado em mais de 170 países.

Worldpackers é seguro?

Sim, os anfitriões (e viajantes também) recebem avaliações que você pode conferir antes de se candidatar para uma vaga. Você ainda recebe ajuda da equipe da Worldpackers caso precise em algum momento da viagem.

Worldpackers é pago?

Para ter acesso a todas vagas e se candidatar, você precisa se tornar um membro verificado pagando uma taxa de US$ 49 e com ela, pode ter acesso e contatar quantos anfitriões você quiser durante 12 meses.

Worldpackers para Casal

A Worldpackers agora tem um cadastro de casal / dupla, feito pra quem quer viajar em parceria.  A assinatura individual anual que te dá acesso as vagas disponíveis pelo período de 12 meses custa US$ 49. A assinatura de dupla sai por US$ 59, o que já representa uma boa economia, pois sai menos de US$ 30 pra cada, ou seja, menos de US$ 2,50 por mês.

Conclusão

Como você percebeu, a Worldpackers não é uma agência que vende pacotes de voluntariado ou qualquer coisa do tipo,  é uma comunidade que une viajantes e anfitriões em uma rede de ajuda mútua.

É também uma oportunidade, para pessoas como eu e você,  de viajar economizando e ao mesmo tempo vivenciado experiências que não seriam fáceis de encontrar de outra maneira.

Agradeço por você ter chegado até aqui e espero ter ajudado a tirar todas as suas dúvidas sobre a Worldpackers.

 

———————————————————————————————————————-

Código Promocional Worldpackers 2019 / 2020

Usando o código promocional  “mochileiros”, você recebe um desconto de US$ 10 para se tornar membro verificado da Worldpackers.

Basta clicar aqui e usar a palavra “mochileiros” para obter seu desconto.

Código Promocional Worldpackers

A foto (da home e) que traz até este post é de Bryce Evans/Unsplash.

Cupom de Desconto Worldpackers 2019 / 2020

Código Promocional Worldpackers: mochileiros | US$ 10 offUS$ 10
Código Promocional Worldpackers: mochileiros | US$ 10 off
Cupom de Desconto
Para ter acesso a todas vagas e se candidatar, você precisa se tornar um membro verificado pagando uma taxa de US$ 49 e com ela, pode ter acesso e contatar quantos anfitriões você quiser durante 12 meses.Use nosso código de desconto e pague apenas US$ 39
mochileiros
Valid until 28/09/2020

2 comentários em “Worldpackers: Tudo aquilo que ainda não te contaram!”

Deixe um comentário