Worldpackers: Tudo aquilo que ainda não te contaram!

Sim, com a Worldpackers é possível viajar o Brasil e o mundo através de voluntariado, trocando suas habilidades por hospedagem e muitos outros benefícios, mas você precisa saber algumas coisas antes de se tornar membro.

Meu nome é Gilsimara Caresia, já tive a oportunidade de viajar por muitos países, sou colaboradora aqui do Mochileiros.com e nesse post vou te contar um pouco do que aprendi com a Worldpackers.

O que é e como funciona a Worldpackers?

A Worldpackers conecta pessoas que querem viajar e/ou viverem experiências diferentes das do seu dia a dia, com projetos que oferecem estadia para esses viajantes em troca de voluntariado.

Quando você se torna membro verificado da Worldpackers, ganha acesso exclusivo à milhares de vagas de voluntariado. Quem oferece essas vagas são hostels, ONG’s, escolas, ecovilas, comunidades, fazendas orgânicas e outros projetos sociais e ecológicos em 140 países.  

Em troca da sua ajuda temporária, que geralmente é de 4 horas por dia, esses anfitriões oferecem hospedagem e outros benefícios como refeições e passeios.

A Worldpackers serve tanto pra quem quer passar meses viajando fazendo um mochilão, quanto pra quem só quer as vezes se desconectar da rotina pra passar um tempo ajudando algum projeto no campo ou em alguma reserva ambiental.

Como encontrar vagas para minha viagem na Worldpackers?

É bastante simples. Você faz um rápido cadastro, se tornar membro verificado e cria o seu perfil.

O seu perfil será seu cartão de visitas na comunidade. Será através dele que os anfitriões buscarão as primeiras impressões pra ter ideia de “quem é essa pessoa que está nos oferecendo ajuda?”.

Cada projeto tem também um perfil que traz fotos e todos os detalhes do que oferecem e do que pedem em troca. As vagas são disponibilizadas em listagens por destinos e também por tipos de projeto. A plataforma possui vários filtros pra ajudar a encontrar a vaga mais adequada pra você.

Assim que encontrar os lugares e vagas que te interessam, você envia a mensagem para o anfitrião, que irá recebe-la através da plataforma.

A minha dica de ouro é que você seja o mais detalhista possível, tanto na criação do seu perfil, quanto no momento de enviar cada mensagem de candidatura. Jamais use textos padronizados na base do copiar e colar!  Seja você mesmo!

Você pode e deve se candidatar a todas as vagas que se interessar e o ideal é fazer isso com um bom tempo de antecedência da data que pretende viajar.

Se a data da sua viagem está próxima ou você quer aproveitar vagas de ocasião, utilize o filtro de vagas de “última hora” e escolha na listagem os projetos que estão com status de “Precisa de Alguém Agora!” e “Maior Chance de Aprovação”.

Outra coisa super importante é que tanto viajantes quanto anfitriões se avaliam entre si, então a cada projeto que você ajudar, terá seu perfil avaliado e também poderá avaliá-lo.

Preciso ter alguma experiência para conseguir vagas?

Você não precisa ter experiência pra começar, a experiência você irá conquistando com o tempo e com os projetos que ajudar.

O importante é procurar por vagas que realmente se encaixem no seu perfil e que façam total sentido pra você.

Dentro das centenas de vagas oferecidas as atividades são diversas e os tipos de anfitriões também. Dentro de cada tipo de atividade você irá encontrar uma variedade de oportunidades e com certeza encontrará algo que se encaixe em seu perfil.

É claro que se você possui habilidades que agregam ao projeto escolhido, isso será um grande diferencial pra conseguir a vaga.

Preciso falar outra língua?

Não necessariamente, pois há muitas vagas no Brasil e também em Portugal (e outros países lusófonos), mas é claro que para dar aulas ou trabalhar na recepção de um hostel em um país de língua estrangeira, por exemplo, falar a língua local será importante.

Quais as habilidades mais procuradas/aceitas na Worldpackers?

Recepção e administração
Muitos hostels procuram voluntários para ajudar em diferentes turnos na recepção e administração. O trabalho é simples: fazer o check in e o check out, atender telefonemas, gerenciar reservas nos sites, manter a organização do ambiente e estar disponível para ajudar hóspedes com eventuais problemas.

Ajuda na limpeza e tarefas domésticas
Manter uma limpeza impecável é muito importante para um hostel, e às vezes é difícil manter tudo organizado quando há uma grande circulação de pessoas. Por isso, os anfitriões da Worldpackers procuram voluntários para ajudar na limpeza geral do hostel e nas tarefas gerais de organização, como trocar os lençóis, lavar a louça, tirar o lixo e manter tudo arrumadinho.

Bartender e ajudante de cozinha
Com o crescimento das opções de hostels no Brasil e no exterior, as estruturas deles começaram a crescer e oferecer mais coisas. Atualmente é muito comum encontrar hostels que também têm bar e/ou restaurante. Dos maiores aos menores bares, uma ajuda para preparar os drinks e as refeições sempre é bem vinda!

Consertos gerais, pintura e decoração
Essa é para quem gosta de botar a mão na massa, arrumar tudo. Gosta de pintar parede, arrumar lustre, lixar porta, trocar chuveiros e tudo que precisa para manter uma casa funcionando bem e bonita? Então perfeito! Dá para viajar por aí trocando essas habilidades por acomodação e conhecendo muito lugar bacana.

Organizar eventos e guia local
Alguns hostels incentivam a interação dos hóspedes entre si e com o pessoal do staff, então é comum ter um voluntário responsável por agitar a galera e depois levar todo mundo pra balada. Também é comum os próprios hostels organizarem tours em que os guias são voluntários. Essa habilidade é ideal para quem curte interagir com pessoas.

Ensinar idiomas e esportes
Essa é uma habilidade que serve para quem está interessado em voluntariar em hostels ou projetos sociais. Alguns hostels oferecem aula de surf, yoga e alguns outros esportes, assim como muitos projetos sociais procuram voluntários para ensinar inglês ou algum outro idioma para crianças e adultos do mundo todo.

Mídias sociais, fotografia e produção de vídeo
Com a importância de manter as redes sociais, site, perfil da Worldpackers e página em sites de reserva com boas fotos, vídeos e textos, muitos anfitriões têm procurado voluntários para darem um “up” em tudo isso. Se você entende de mídias sociais, boas fotos e produção de vídeo, também dá pra viajar trocando essas habilidades.

Ajuda em cultivos, colheitas e manejo
Para quem quer passar um tempo em uma imersão com a natureza ou vivenciando a vida no campo, há fazendas orgânicas e projetos ecológicos que procuram por voluntários para ajudar em cultivos, colheitas e manejo.

Essas são apenas algumas das principais habilidades que os anfitriões da Worldpackers procuram nos voluntários, mas ainda há outras opções, como cuidar de crianças, desenvolver sites, fazer apresentações de música ou pintar um mural bem lindo. Com certeza vai achar algum lugar procurando por aquela habilidade que você quer oferecer!

Como foi a minha experiência com a Worldpackers?

Eu não consigo colocar em palavras o quanto a worldpackers me ajudou.  Eu fui voluntária em três países diferentes, em atividades diferentes.

Na cidade de Córdoba, na Espanha, ajudei na recepção de um hostel. O meu trabalho ali era receber os hóspedes que chegavam no horário noturno. Foi ótimo, além de ter o dia livre, fiz muitas amizades com hóspedes e com os donos e funcionários do hostel. Meu espanhol melhorou muito.

Happy hour da equipe do hostel e hóspedes em Córdoba, Espanha onde fui voluntária através da Worldpackers | Foto: Arquivo pessoal.
Happy hour da equipe do hostel e hóspedes em Córdoba, Espanha onde fui voluntária através da Worldpackers | Foto: Arquivo pessoal.

Minha segunda experiência com a Worldpackers foi em uma ONG com crianças no Nepal. A atividade principal era com as crianças, desde brincadeiras até ajudar a estudar para as provas. Foi incrível passar um tempo na casa de uma família nepalesa e entender melhor sobre a cultura local.

Eu e as crianças da ONG onde fui voluntária no Nepal através da plataforma Worldpackers | Foto: Arquivo pessoal
Eu e as crianças da ONG onde fui voluntária no Nepal através da plataforma Worldpackers | Foto: Arquivo pessoal

Outra experiência cultural bem interessante foi quando ajudei a transformar parte de um hotel em hostel, na cidade de Jaisalmer, na Índia. Morar no meio do deserto de Thar, por si só, já é uma experiência transformadora. Fora isso, eu trabalhava com oito homens muçulmanos, tive a oportunidade de entender de forma mais profunda a cultura do país, em especial daquela região.

Além da hospedagem, ganhei alguns passeios e até fui convidada para um casamento indiano.

Casamento Indiano durante meu voluntariado na Índia pela Worldpackers
Casamento Indiano durante meu voluntariado na Índia pela Worldpackers | Foto: Arquivo pessoal

Worldpackers tem limite de idade?

Não, pra se tornar membro você só precisa ter 18 anos ou mais. Caso o projeto tenha algum impeditivo de idade, o anfitrião colocará essa limitação na descrição da vaga.

Worldpackers é confiável?

Com base na minha experiência pessoal e na experiência de amigos que usam a plataforma, posso dizer que é totalmente confiável.

A Worldpackers é uma comunidade consolidada com mais de 1.500.000 de membros em todo o mundo.

Worldpackers é seguro?

Segurança é tudo, principalmente pra quem viaja solo, por isso é importante ter uma plataforma com todas as ferramentas que a Worldpackers oferece, principalmente a ferramenta de avaliação. Antes de se candidatar pra determinada vaga leia com atenção as avaliações deixadas por outros viajantes.

É importante também ler com atenção todos os detalhes descritos na vaga. Tudo que ali está escrito será como uma espécie de “contrato” entre você e o anfitrião e a Worldpackers tomará as providências caso algo não saia como o esperado.

Quando você se torna membro verificado, tem direito a uma espécie de seguro que oferece 3 dias de hospedagem em hostel caso o anfitrião desrespeite o que foi combinado previamente.

Worldpackers é pago?

Sim, é um serviço de assinatura anual que além de valer muito a pena é mais barato que a assinatura da Netflix.

O meu plano é o de viajantes solo. Eu pago US$ 49 por ano e posso me candidatar a quantas vagas quiser. Isso dá menos que US$ 5 /mês.

Para novos assinantes esse valor cai pra US$ 39 usando o cupom de desconto aqui do Mochileiros.com.

Pra quem quer viajar em dupla /casal sai mais barato ainda, fica US$ 59 dividido pra 2 pessoas e também dá pra usar o cupom. Dá menos de US$ 2,5 / mês pra cada.

Dá pra ganhar dinheiro com a Worldpackers?

Além de economizar com estadia e eventualmente com alimento e passeios, você ainda pode ganhar um extra.

Se você é ou pretende se tornar criador de conteúdo, pode participar do Worldpackers Programs.

Quem gosta de escrever pode se transformar em um blogger da comunidade e receber por artigos aprovados. Se faz vídeos, também pode oferecer vídeos exclusivos para a plataforma.

Outra maneira de participar do programa é se tornando um “scout” apresentando novos projetos e anfitriões para a plataforma.

Se você possui alguma experiência, habilidade ou conhecimento especial em um determinado assunto que possa ajudar outros viajantes, pode também transformar esse conhecimento em um curso para a plataforma e ser remunerado por isso.

Conclusão

Como você deve ter percebido, a Worldpackers é sobretudo uma comunidade que une viajantes e anfitriões em uma rede de ajuda mútua. 

É uma ferramenta extremamente barata por tudo que oferece e te abre um mundo de oportunidades para você viajar economizando e vivenciando experiências únicas.

Bem, acho que você já entendeu como funciona a Worldpackers, mas eu recomendo assistir esse vídeo abaixo que mostra um resumo de como funciona a plataforma:


Código Promocional Worldpackers

Use a palavra “mochileiros” ou clique aqui para ativar o código promocional e ganhar o desconto de US$10 (dez dólares).

Dica importante: Mesmo que você não vá se tornar membro verificado agora, você pode fazer seu cadastro grátis e já aplicar o cupom.

Outra dica: Se você já tem o cadastro gratuito na Worldpackers e só decidiu agora se tornar membro verificado, basta incluir a palavra “mochileiros” no campo código promocional e resgatar o desconto! 😉

Cupom de Desconto Worldpackers

Use a palavra “mochileiros” para ativar o cupom de desconto Worldpackers ou clique aqui e depois no botão “Ativar Código Promocional”  como no exemplo da figura abaixo.

Cupom de desconto Worldpackers

A imagem destacada do post é do fotógrafo Olimpo Avila Salazar / Unsplash.

34 comentários em “Worldpackers: Tudo aquilo que ainda não te contaram!”

  1. Olá, adorei o post.
    Me cadastrei há alguns dias no Worldpackers e já tenho meu primeiro voluntariado agendado, estou super ansiosa.
    Me diz uma coisa, em relação a criação de conteúdo para ganhar uma renda extra, vc tem ideia de valores?
    Obrigada.

    Responder
  2. Fiquei viúva faz um mês. Quero muito viajar e ajudar pessoas. Já faço trabalho social voluntário. Como posso participar

    Responder
    • Oi Fátima. Sinto muito.
      Que bacana que você já tem alguma experiência em trabalho voluntário. Para acessar as vagas disponíveis na Worldpackers você precisa se tornar ‘membro verificado’ da plataforma e ‘aplicar’ (contatar) os anfitriões que estão oferecendo as vagas que lhe despertaram interesse. Eles lhe retornarão e você pode decidir se irá ou não participar do voluntariado em questão. Você estará em contato com eles e pode ‘aplicar’ quantas vezes quiser durante o período de validade do plano (que é de 12 meses).
      Abraço!

      Responder
  3. Gostaria de saber se as passagens para o local são pagas pelos mochileiros ou anfitriões?
    E como posso me candidatar para ser produtora de conteúdo para a mochileiros.com?

    Responder
    • Oi Mariana! As passagens até o local e deslocamentos na região (você estará livre para passear, fora do horário em que se comprometeu com o voluntariado) são pagas por você. Isso tanto no Brasil, quanto no exterior. E no caso do exterior, SE o país para o qual você vai exigir visto, teste com resultado negativo para a Covid-19 etc, você mesma deve providenciar os documentos/comprovantes e pagar por eles.
      Quanto à produção de conteúdo, por favor envie um e-mail para [email protected] falando um pouco da sua experiência nesse trabalho. Se já tem textos publicados, por favor envie também os links.
      Abraço!

      Responder
  4. Bom dia. Fiquei viúva recente, e gostaria de vivenciar trocas de experiências. Gosto de trabalhos voluntários, pois meu perfil sempre foi de ajudar o próximo. E se isso puder ser feito em um lugar que ainda não conheço pode ser gratificante.

    Responder
  5. O que não ficou claro nas respostas é se de fato há oportunidade para pessoas mais velhas… Tenho quase 60 anos… Poderia por gentileza responder se tem conhecimento de pessoas com essa idade q participaram dos programas?

    Responder
    • Eu gostaria de saber, por parte de wuemnremmuna casinha rústica vomo cadastrar para coloca6_la nesse circuito. No caso seria para quem gosta de coisa muito simples, de natureza e do semiárido nordestino
      Local próximo a duas cidades turisticasm

      Responder
    • Para se cadastrar na plataforma é necessário ser maior de idade. Mas é preciso ficar atento, pois cada anfitrião coloca na oportunidade qual a idade que ele deseja para a vaga.
      Informações completas podem ser encontradas diretamente no site da worldpackers.com.br

      Responder

Deixe um comentário