Ir para conteúdo

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''ecuador''.

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Faça perguntas
    • Perguntas Rápidas
    • Perguntas e Respostas & Roteiros
  • Encontre Companhia para Viajar
    • Companhia para Viajar
  • Envie e leia Relatos de Viagem
    • Relatos de Viagem
  • Encontre companhia, faça perguntas e relate experiências em Trilhas e Travessias
    • Trilhas e Travessias
  • Tire dúvidas e avalie Equipamentos
    • Equipamentos
  • Outros Fóruns
    • Demais Fóruns
    • Saúde do Viajante
    • Notícias e Eventos

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que contenham...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Sobre mim


Ocupação


Próximo Destino

Encontrado 2 registros

  1. Vou contar um pouco da viagem que fiz sozinha no Equador. Meu roteiro foi baseado no post do Gabriel Damasio: https://www.mochileiros.com/topic/92762-equador-11-dias-sozinho-pela-avenida-dos-vulcões-quito-latacunga-baños-riobamba-e-cuenca-janeiro2020/ (obrigada Gabriel :)) Não anotei valores, então a maioria das coisas não lembro quanto custaram (vou colocar os valores que eu lembro), mas de uma forma geral achei os passeios mais baratos que os passeios no Brasil (opinião minha). Dia 01- 19/03/2022 Cheguei em Quito por volta de 15 horas e resolvi ir para o teleférico, fui de Uber até lá e para entrar na época estavam solicitando a carteira de vacinação. Chegando lá em cima, descobri que tinha uma trilha para fazer que chegava mais em cima ainda, mas como estava cansada, resolvi não fazer (fiz outro dia). Achei um passeio bem legal que valeu a pena. Hospedagem: Terra Premium Hostal Dia 02 – 20/03/2022 Fui andando até o centro histórico de Quito, que é considerado um dos centros históricos mais bem conservado da américa latina. Como era domingo, estava bem movimentado. Subi a catedral, fui na calle la Ronda e fiquei andando pelo centro. Dia 03 – 21/-3/2022 Fui de ônibus circular até a Mitad del Mundo,é só avisar ao cobrador que você quer descer lá que não tem erro. Achei bem tranquilo andar de ônibus em Quito. Tive a sorte de estar ali no solstício, então estava tendo um evento em comemoração (apesar de eu achar que todo dia na linha do equador o dia e a noite tivessem a mesma duração..rsrs). Mital del Mundo é um complexo bem grande, mas quando inventaram o GPS viram que a linha do Equador não era bem ali, então fui andando até o Museu Intinan, onde está a linha de verdade. Logo que cheguei já me colocaram em um grupo para uma visita guiada que foi bem bacana. É bem mais simples que o Mitad del Mundo, mas particularmente gostei mais desse. Dia 04 – 22/-3/2022 Acordei e tava um dia bonito, então resolvi voltar no teleférico para tentar fazer a trilha. Não sei onde essa trilha ia levar, mas começou a ameaçar chover, então resolvi voltar, mas tinha subido 300m de desnível considerando o teleférico. Cheguei no hostel, peguei minhas coisas e fui para o terminal terrestre de Quitumbe para pegar o ônibus para Latacunga. Chegando em Latacunga fui para o Hostel La posada Del Viajero, nessa pousada o dono, Victor Hugo, junta todo mundo na entrada do hostel, por volta de 20 horas e explica a melhor forma de fazer os passeios pela região, e é onde você pode conhecer pessoas que vão fazer o mesmo passeio que vc e ir junto, no meu caso ninguém ia. Eu tinha ido com a intenção de subir o Cotopaxi, mas depois da explicação dele desisti, vi que tinha outros locais legais e bem mais baratos para ir, então mudei meus planos. Para subir o Cotopaxi, vc precisa de dois dias e custa em torno de 250 dólares. O Victor disse que poderia indicar uma agência que eu pudesse ir, e ainda a época que eu estava lá não era das melhores, ou eu poderia usar esses dois dias para fazer o que ele chamou de loop de Quilotoa que é o seguinte: sai de Sigchos à Isinllivi à Chugchilan à Quilotoa, como eu só tinha dois dias fiz Sigchos à Chugchilan à Quilotoa que vou contar a seguir. Dia 05 – 23/-3/2022 Já que não ia fazer o cume do Cotopaxi, queria chegar pelo menos até o Refúgio. Então fui até a rodoviária de Latacunga, peguei um ônibus em direção a Quito e pedi para o cobrador me avisar quando chegasse no Parque Nacional. O Victor disse que fica bem mais em conta se você vai até a portaria do parque e encontra um pessoal subindo e você se junta, e foi o que eu fiz, chegando lá tinha 4 equatorianos e eu me enfiei no grupo e foi super divertido e custou 10 dólares para cada um. Subimos um pouco além do refúgio. O motorista nos deixou na entrada do parque, voltei pra estrada e peguei o ônibus em direção a Latacunga. Dia 06 – 24/-3/2022 Deixei a mochila no hostel do Victor, peguei o ônibus na rodoviária de Latacunga para Sigchos, e de lá peguei a trilha para Chugchilan. Uso o Wikiloc para seguir as trilhas. Esse dia foi um pouco desconfortável, pq sempre acho que vai ter mais pessoas fazendo a trilha e essa tinha super pouco no começo e do meio para frente menos ainda e estava chovendo muito, várias partes da trilha desbarrancada, o que me fazia perguntar o que eu estava fazendo ali sozinha, mas fui mesmo assim. Chegando em Chugchilan fui para o hostel Cloud Forest. Achei muito legal, que a maioria da sinalização existente na trilha é feita pelo José, o dono do hostel. O tempo não ajudou muito esse dia, mas o visual da trilha é lindo. Foram 19 km, com um desnível de 746 metros. Nesse hostel acho que tinha umas 20 pessoas de várias nacionalidades, e a maioria ia para Quilotoa no dia seguinte, então foi mais tranquilo arrumar companhia para a trilha do dia seguinte. O valor desse hostel foi 20 dólares com jantar e café da manhã em quarto individual. Dia 07 – 24/03/2022 Acordamos com o tempo um pouco melhor que o dia anterior e fomos para a trilha rumo a lagoa Quilotoa- esse dia foram 13 km com um desnível de 1000 metros, mas foi menos difícil que o dia anterior que estava chovendo. O visual desse dia é lindo demais também. Fiquei muito feliz com minha escolha de fazer esse roteiro e não o de subir o Cotopaxi. Chegando em Quilotoa fui para o Hostel Runa Wasi, também 20 dólares, quarto individual com jantar e café da manhã. Dia 08 – 26/03/2022 Com o mesmo pessoal da trilha do dia anterior, fomos para a parte baixa da cratera, dá pra fazer a volta completa, mas acho que fizemos metade nesse dia. Fomos até o mirador Shalala e de lá descemos até a lagoa e depois subimos pelo caminho convencional que todo mundo faz. Depois que subimos o ônibus para Latacunga já tinha saído então eu e uma das meninas que estava comigo pegamos um transfer por 3 dólares que nos deixou na cidade de Zumbahua e de lá pegamos o ônibus para Latacunga. Fui ao hostel pegar a mochila e de lá ia para Baños, mas não tem ônibus direto, então fui para Ambato, chegando no terminal terrestre descobri que não saia dali o ônibus, então peguei um taxi que me deixou em um posto de gasolina e de lá peguei o ônibus para Baños. Em Baños fiquei no Hostel La casa Amarilla. Dia 09 – 27/03/2022 Esse dia fiquei tranquila na cidade pq acordei um pouco mal, comi algo que não caiu bem e tava estragada, então fiquei de boas na cidade de Baños, até tinhas as termas para ir, mas não animei. Dia 10 – 28/03/2022 O próprio hostel alugava bicicleta ($7) para o passeio das Ruta de las Cascadas. É bem tranquilo de fazer, pq é praticamente só descida. Ai cada cascata tem um teleférico, uma tirolesa, alguma coisa artificial pra fazer ali (eu não curto mto e ainda acho que interfere na paisagem, mas é questão de gosto). O auge do passeio é a cascata Pailon del Diablo, que é no final da rota. Para voltar sempre tem umas caminhonetes que trazem você e as bicicletas de volta. Chegando fui na tal da casa de arbol que é onde tem uns balanços e tals, também não é do tipo de passeio que eu curto e depois fui num outro balanço que é enorme e já que tava lá resolvi ir tb, mas enfim, fui pq tava lá...rsrs acho que o balanço foi $25 Dia 11 – 29/03/2022 Peguei o ônibus de Baños para Riobamba – chegando em Riobamba dei uma volta da cidade e fiquei procurando agência que fizesse o vulcão Cotopaxi. Vi que daria para fazer por conta, mas esse resolvi fazer com guia, pq o tempo não estava dos melhores. Achei a agência Chimborazo Tours que me passou para a Ecuador Adventures Trip (tem instagram) e o passeio custou $70, com transporte, ingresso, almoço e guia. Perguntei se não tinha um grupo fazendo o passeio, mas não tinha, então fiz esse sozinha. Dia 12 – 30/03/2022 O guia, Paul, passou no hostel bem cedinho e fomos rumo ao Chimborazo. O dia estava nublado o que dificultava a vista do Vulcão, na subida peguei chuva, um tiquinho de neve e quando cheguei no lago que fica a 5000m até abriu um solzinho. Na volta o guia passou num lugar onde a galera faz bungee jump, mas nesse dia não tinha. Um visual bem bonito. Na volta o guia já me deixou na rodoviária e peguei um ônibus para Cuenca, esse foi o ônibus mais caro e a viagem mais longa, se não me engano foi $9, 6 horas de viagem, mas a maioria dos ônibus que tinha pego até então era em torno de $2 a $3. Dia 13 – 31/03/2022 Em Cuenca fiquei no Wild Incas Hostel. Nesse dia fiquei passeando no centro, aproveitei para lavar umas roupas, e conhecer a cidade e tava chovendo bastante, então foi um dia mais de descanso. Dia 14 – 01/04/2022 Fui a Cuenca pensando em ir no Parque Nacional de Cajas, tudo inspirada no post do Guilherme. Acordei bem cedo e fui para a rodoviária, chegando lá descobri que a estrada para chegar no parque estava fechada, pois devido as chuvas teve um deslizamento de terra que fechou a passagem. Fiquei bem triste pq queria muito ir no parque. Então tentai ir no mirador de Turi. Fui andando, subi uma escadaria e chegando lá ele estava em obras e não dava passagem. Tinham me falado tão bem de Cuenca que tinha reservado 4 dias, mas como o parque estava fechado não tinha muito o que fazer, já tinha passeado na cidade no primeiro dia, então comprei uma passagem com milhas (6000 milhas pela LATAM) para o dia seguinte para Quito com a intenção de ir a Otavalo, outra escolha maravilhosa que fiz no caminho. Dia 15 – 02/04/2022 Meu voo era só a tarde, então peguei aqueles ônibus de tour e me surpreendi, foi bem legal. A tarde peguei o voo para Quito e do aeroporto sai ônibus para os principais terminais terrestres de Quito: Quitumbe e Carcelén, custam acho que uns 4 dólares, compensa muito, pq ele faz poucas paradas. Dessa vez fui ao terminar Carcelén que fica mais ao norte e chegando lá peguei um ônibus para Otavalo – sempre pergunte se o ônibus vai até o terminal da cidade, não fiz isso e o ônibus me largou na estrada, mas ficava a 1 km do hostel que eu ia ficar em Otavalo. El Andariejo, muito bem localizado. Cheguei na cidade era umas 22h, mas em nenhum momento me senti insegura. Dia 16 – 03/04/2022 Logo na frente tinha um lugar para tomar café da manhã maravilhoso, pão, suco, ovos, manteiga e geleia, café por $3. Semillas Coffee o nome do local. Tomei café e fui andando para o a Cascada Peguche e depois para a Laguna San Pablo e El Lechero (mirante), fiz esse roteiro com auxílio do Wikiloc, foi um trajeto de 18 km, passando por lindas paisagens e pela cidade como ela é também, saindo um pouco dos centros. Dia 17 – 04/04/2022 No terminal de Otavalo peguei um ônibus em direção a Quiroga e logo quando desci um taxista me ofereceu para levar até a Laguna Cuicocha, ele cobrou $5 e eu fui pq senão seria uns 7 km andando. Cheguei lá, não lembro se paga para entrar, mas acredito que não. Fiz a volta na lagoa, são quase 13 km, com um visual incrível, vale muito a pena. Combinei a volta com o taxista e ele foi me buscar e me deixou na Cotacaxi, um pouco para frente de Quiroga, onde almocei e fiquei ali pelo centrinho da cidade. Para voltar só procurar um ponto de ônibus e ir de volta a Otavalo. Dia 18 – 05/04/2022 Reservei esse dia para ir na feira de Otavalo e aproveitei e fui no Pueblo São Paulo que fica na beira da Lagoa de San Pablo que fui no primeiro dia. Desci errado do ônibus e parei no Pueblo San Rafael, mas peguei o próximo ônibus e fui para o San Pablo. Dia 19 – 06/04/2022 Logo cedo peguei um ônibus para o Terminal Cárcelen e de lá para ao Aeroporto e fui de Quito a Panamá City onde fiquei uma noite e depois fui para San Blás, mas ai é assunto para outro post. Observações: - Pesquise a melhor época para ir, eu não pesquisei e peguei muita chuva na viagem. Os visuais são lindos demais, mas imagino que com dia de sol fiquem ainda mais bonitos. - Só reservei as primeiras 3 noites em quito e o restante fui reservando ao longo da viagem e foi muito bom fazer isso, pq se não curtia muito, ia para outro lugar, tanto que Otavalo não estava nos meus planos, mas me surpreendeu, gostei bem mais que Cuenca, por exemplo, mas pq não consegui fazer o planejado em Cuenca. - Fui sozinha e alguns passeios conheci mais gente, mas fiz bastante coisa sozinha e não me senti insegura em nenhum momento. - Ter as trilhas salvas no Wikiloc me ajudou muito a ir aos lugares. - Me arrependi de não ter ficado um dia a mais na Lagoa Quilotoa.
  2. FALA GALERA! ESTOU INDO AO EQUADOR NO FINAL DE SETEMBRO 2019 COM RETORNO EM OUTUBRO 2019. ESTOU INDO SOZINHO. TENHO A INTENÇÃO DE SUBIR O MÁXIMO POSSÍVEL DE MONTANHAS E VULCÕES. GASTANDO O MÍNIMO !!
×
×
  • Criar Novo...