Ir para conteúdo

Ibama desinterditou 12 cavernas no Vale do Ribeira-SP


Augusto

Posts Recomendados

  • Membros de Honra

Ibama desinterdita 12 cavernas na região do PETAR, em SP

 

Doze cavernas do Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira (Petar), no Vale do Ribeira, em São Paulo, poderão voltar a receber visitantes a partir do dia 19/04. O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) anunciou a desinterdição hoje, após a formalização de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre o órgão, o Centro Nacional de Estudo, Proteção e Manejo de Cavernas (Cecav) e a Fundação Florestal, órgão da Secretaria de Meio Ambiente paulista.

 

Segundo o Ibama, no TAC, a Fundação Florestal comprometeu-se a efetuar, em dois anos, os estudos de manejo espeleológicos, necessários para exploração turística das cavernas. Em 20 de fevereiro, o instituto interditou os locais por conta da inexistência dos planos, da deterioração de algumas cavidades e do risco à vida dos visitantes. "Os planos de manejo vão garantir ganhos ambientais e sociais para todo o Vale do Ribeira, mas é fundamental que a comunidade ajude na fiscalização e acompanhamento dessas medidas", disse a superintendente do Ibama em São Paulo, Analice de Novais Pereira, em nota.

 

A Fundação terá ainda de adotar Planos de Ação Emergencial, que estabelecem condições mínimas para proteger as cavidades e os turistas. O TAC limitou o número de visitantes por dia e prevê que eles sejam orientados acerca da vestimenta adequada e do uso de lanterna própria. A venda de bebida alcoólicas e consumo de lanches nas cavidades estão proibidos.

 

Todos os percursos deverão ser acompanhados por um monitor capacitado e os sistemas de comunicação para casos de emergências terão de funcionar adequadamente. O descumprimento dessas regras implicará novas interdições e multas.

 

Foram liberadas as cavernas: Núcleo Santana - Santana, Morro Preto, Couto, Água Suja e Cafezal; Núcleo Ouro Grosso - Ouro Grosso e Alambari de Baixo; Núcleo Caboclos - Chapéu, Chapéu Mirim I, Chapéu Mirim II, Aranhas e Temimina II. A Casa da Caverna foi incluída no TAC, mas continuará fechada para visitantes. Outras cavernas dos Parques Intervales e Jacupiranga, entre elas a do Diabo, seguirão interditadas até a elaboração de um novo TAC, com a participação do Ministério Público Federal (MPF).

 

 

Fonte: Agestado

Link para o comentário

Arquivado

Este tópico foi arquivado e está fechado para novas respostas.

Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.
×
×
  • Criar Novo...