Ir para conteúdo

Posts Recomendados

  • Membros

Tenho o sonho de conhecer Cuba, meu interesse (diferente de muitos que eu li) não é de conhecer as praias, minha curiosidade se baseia na cultura, de saber como o povo vive, sua rotina. Quero conhecer os lugares historicos e quem sabe ver fidel, rs. Como vou sozinha para lá, preferia ficar em casa particular ou de familia, gostaria de saber como eu faço pra arrumar uma familia, como entro em contato com eles, o gasto (mais ou menos) diario, em um ou dois meses qual seria meu gasto? Obrigada.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 2 semanas depois...
  • Membros de Honra

em nosso relato tem muitas informações, sobre hospedagens, gastos e demais dúvidas...

quero muito voltar pra cuba e fazer algo além do turismo, que em si, acho uma boa ajuda pra eles.fizemos muitos contatos, conhecemos muita gente legal e locais incríveis!!!!

qq coisa mais só perguntar lá e boas viagens !!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Eu também tenho o mesmo interesse

Você terá boas informações com os relatos aqui do fórum e afins.

Uma dica é ir no final de Abril e no começo de Maio. Assim, você pegará um Abril de pouca chuva (comparado aos outros meses do ano, pois em Cuba chove sempre) e poderá passar o 1º DE MAIO, DIA DO TRABALHADOR em Havana, onde há um bonito ato todos os anos.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 1 mês depois...
  • Membros

Cuba

Roteiro: Havana- Cienfuegos- Trinidad-Camaguey-Santiago de Cuba- Cayo Coco

Geral:

Cada viagem desperta em você um sentimento diferente. Tem algumas que são divertidas e ponto (o que já para algumas horas já é o bastante). Cuba não foi um lugar assim. Essa viagem mexeu comigo bastante, é uma viagem no túnel de tempo. Lógico que é um país lindo com prais incríveis e mar azul. Mas, é muito mais que isso.

Quando começamos a montar o roteiro eu tinha achado que 20 dias podia ser tempo demais. Afinal, a maior parte das pessoas fica uma semana, dez dias. No fim das contas, descobri que dava pra ter passado muito mais tempo.

Não é um país como os países da Europa que tem um checklist de coisas a serem visitadas. É um país que para entender você tem que vivido, ou seja, você precisa ir com calma, caminhar bastante, conversar bastante com pessoas, etc. Fico morrendo de pena pra pessoas que vão pra lá e só conhecem o roteiro básico havana-varadero. Tem muito mais coisa pra se conhecer além disso e cuba fora desse roteiro é bem diferente. E não no estilo aventureiro/perregue. Tem muita coisa legal, com conforto fora desse roteiro.

Eu fui escrever esse relato de viagem infelizmente muito tempo depois de ir, portanto, a memória fica um pouco comprometida. No entanto, tinha anotado várias coisas que podem ajudar.

Esqueça as baladas

A não ser que você vá para resorts, você não vai encontrar uma vida noturna ativa. Você até encontra música em vários lugares, mas, mas do estilo bares com música. Eu não acho que é um país para ir (fora os resorts, claro) muito em amigos. É bem mais uma viagem de casal.

Dinheiro/Cartão:

Leve dinheiro. Em quase nenhum que fomos aceitava cartão em 23 dias achamos uns 4. Tem esquemas lá que você consegue tirar pelo cartão,mas, tem bastante taxa.

Guias:

O melhor guia de cuba (fomos com 5!) é o Lonely Planet.Não vá pra cuba sem guia. Você vai ver que os lugares que tem gente são muito dos lugares que estão no lonely planet. Se você pensar que as pessoas de lá não tem acesso a restaurantes, bares, etc , não existem lugares que não são turísticos quase. Uns são menos, outros são mais, mas, todos são.

Cuidado pra não cair em roubadas porque lá é muito turístico, té é amuito irritante várias horas. As pessoas ficam em cima de você o tempo todo oferecendo coisas. NÃO fique dando bola pra essas pessoas na rua e nem aceite o que eles estão oferecendo, tem muita roubada. No começo você até quer ser educado. No final, você quer matar eles.

Aluguel de Carro:

O aluguel de carro é provavelmente uma das partes mais caras da viagem ,mas,com certeza uma das que mais valeram a pena. Uma das principais características da revolução podem ser sentidas nas estradas. Depois do embargo, o sistema de transporte público virou um caos. Para sanar este problema, o governo obrigou a todos os cubanos a darem carona. É super seguro e comum. Demos muitas caronas na estrada e essa foi uma oportunidade única para conhecer e conversar (gracas a deus eles adoram falar) com muitas pessoas de todas as regiões com historias impressionantes. Eu escrevi várias delas para não esquecer, eventualmente eu coloco aqui. As estradas em geral estão em bom estado.

Cidade:Havana

Viemos de: Havana

Tempo: 2 noites

Hospedagem:

Casa Fefita y Luis- Ficamos em duas casas em Havana. Aqui tivemos o mesmo problema que em outras, de você reservar um lugar e ficar em outro. Ficamos alguns dias no lugar certo e outro dia na casa de uma amiga deles. O quarto é bom e a vista é bem bonita, porque fica na beira do mar.

http://www.tripadvisor.com.br/Hotel_Review-g147271-d734747-Reviews-Casa_Particular_Casa_Fefita_y_Luis-Havana_Cuba.html

Roteiros:

Havana é uma cidade muito bonita. Assim como em todas as outras, uma das melhores coisas a fazer foi simplesmente andar.

Paladar La Guarida: Foi neste restaurante onde filmaram Fresa com Chocolate. Como a maioria só aceita dinheiro e neste caso específico, é uma excelente idéia fazer reserva. Eu AMEI esse restaurante, vale imensamente a pena!

Faculdade de Havana: É um prédio bem bonito para conhecer.

 

 

Cidade:Cienfuegos

Viemos de: Havana

Tempo: 2 noites

Hospedagem:

Casa Jorge pinero- quarto amplo,excelente comida e ambiente. Com certeza a melhor casa que ficamos lá pelo ambiente em geral. O quarto é simples, mas, com um banheiro grande e bem limpo.

O que chama a atenção nessa casa são os donos. O Jorge é demais! Um excelente cozinheiro que AMA receber pessoas. O fillho dele faz um dos melhores mojitos que tomamos lá.Ele gosta bastante de cachaça,vale trazer pra ele. Hospedagem 35 cc, jantar 10 cc,mojito 3cc,café da manha 4cc.

Roteiros:

Chegamos em Cienfuegos em um sábado a noite e passamos um domingo lá. Começo por esta constatação porque isso pode ter influenciado toda a nossa percepção do lugar. Eu achei uma cidade linda com um ar mais “aristocrata”. Quem tinha dinheiro em Cuba, tinha casa lá. Hoje muitos estrangeiros ricos com fobia de resorts passaram as férias lá.

Primeiro fomos ate o artes,que nos disseram que tinha música ao vivo. Mas, talvez pela hora (9) estava vazio. Fomos então ao Clube Cienfuegos,só tem um restaurante lá. Pedimos camarões ao ajillo (10 CC), mojito( 3 CC). O lugar é bem bonito,com uma vista pra um píer, tipo um iate clube. No outro dia pela manha, fomos ao delfinário.

Essa experiência, apesar de cara (50 CC), valeu MUITO a pena. Segundo o Lonely Planet, e o melhor delfinário de cuba (dizem que nos EUA e literalmente so passar a mao enquanto la você chega a subir no golfinho).

Nos disseram que tem dois shows,um que começa a tarde e o outro às 10 da manhã. A praia perto do delfinário é bem bonita. Não ficamos lá pra conhecer a cidade, mas, paramos várias vezes para tirar fotos incríveis e ver um pouco do visual ! É muito engraçada a sensação de estar praticamente sozinho na estrada. Voltamos para casa e depois fomos almoçar no palácio de Valle. É um casarão com decoração moura que foi construído e nunca habitado. É realmente bem bonito, mas, a média de idade (como em MUITOS lugares em cuba é de tipo 50 anos, rs). A comida estava bem gostosa (camarão 15 CC,mojito 4 CC).

Depois ao almoço caminhamos bastante pela cidade e depois voltamos pra jantar na casa particular que ficamos. O Jorge Fez um jantar maravilhoso e contou várias histórias super interessantes.

Cidade:Santa Clara

Viemos de: Cienfuegos

Tempo:

Hospedagem:

Ficamos na casa da Zaida, uma senhora um tanto carente, mas, amorosa. A casa era bem arrumadinha e mais charmosa. Quarto com frigobar,ar condicionado, televisão, banheiro privativo, chave da casa. [email protected] 25 cc, café da manha 4cc.

 

Roteiro:

Cienfuegos-santa clara 1:30 de viagem.

Santa Clara é uma cidade histórica, onde muita coisa da revolução aconteceu. Infelizmente o principal museu estava fechado, o museu do Che, então não deu pra conhecer a principal atração.

Fomos visitar uma fábrica de charutos lá, que você compra em diversas agências e caminhamos bastante pela cidade.

Gostamos tanto de um restaurante que fomos que resolvemos ir duas vezes, no almoço e no jantar. O lugar é hiper simples até meio brega mas a comida é excelente , um incrível custo/benefício. Só não coma a pizza que é ruim, coma o almoço em si que é mais gosto.

A única coisa histórica que conseguimos ver foi o trem blindando.

Cidade:Trinidad

Viemos de: Santa Clara

Hospedagem:

Casa particular trinidad- sol e mar. Banheiro compartilhado, ar condicionado, 25 cc. Fica na praia de lá boca, bem tranqüilo e na beira do mar. O dono da casa é bem simpático e faz uma comida gostosinha. Refeições 8 cc, café da manha 4cc, estacionamento de graça.

Roteiro:

Quando perguntamos se poderíamos ir pelo meio da Sierra Maestra, onde o Fidel ficou por tempos escondido, nos disseram que era ok (existe outro caminho). O ok é sempre relativo e apesar de ter sido uma experiência incrível, não recomendo porque foi como andar numa montanha russa por horas. A estrada estava em péssimas, repito, péssimas condições. O que dá mais medo é que você está no meio do nada, ou seja, se alguma coisa acontecer com seu carro não tem o que fazer!

Enfim, peguem o caminho que não passa por lá. Viajar pra lá você entende muito de Cuba. Tem cidades no meio DO NADA, onde não faria menor sentido ter uma cidade. O motivo é porquê a ocupação das cidades não é natural. O governo decide onde vai ter uma cidade (pra manter o país habitado). O mais impressionante é que no meio do nada, toda cidade tem uma boa escola (todas sempre com o o mesmo uniforme) e um hospital que dizem que é bem decente. Demos carona para um médico que trabalhava no meio da Sierra Canastra e morava embaixo. Em dias que não passava ninguém e ele não conseguia carona, ele demorava até 12 horas pra voltar pra casa!

Enfim, de volta a Santa Clara. Almoçamos no plaza mayor,um restaurante que vários guias recomendam. Achei uma porcaria. Super barulhento e turístico, desesperador. A comida estava horrível tb. 10 cc bufet.

Passeamos pela cidade,entramos em em igrejas e prédios. Um dos lugares que mais gostei foram os miradores (2cc pra entrar), que tem uma bela vista da cidade. É bem legal.

No fim da tarde fomos à famosa praça (que fica em frente da música) ver o pôr do sol. Tinha música ao vivo bem gostosa, acompanhado sempre de um mojito. Resolvemos voltar e comer na casa particular... afinal, estávamos em plena beira mar! Jantamos na casa particular, a comida estava ok, nada demais mas nada ruim.

No outro dia fizemos um passeio que recomendo MUITO, MUITO mesmo. Alugamos uma bicleta ( 3 cc) f mos atá a praia de ancon, que fica assim que acaba a estrada de terra. No caminho você já consegue ver pequenos fragmentos do mar azul turquesa, é emocionante.

Ficamos na praia do rancho sur, hotel amigo alguma coisa. Essa praia é bem menor que as outras perto e por isso achamos uma das mais gostosas, porque não tem quase ninguém. Foi uma experiência surreal!

No meio do nada veio um pescador perguntando se queríamos almoçar. Ele pescou o peixe na na hora e serviu em uma folha de bananeira (ivan el pescador. Tel 01 53 56188). A bebida tinha um pessoal do hotel que trazia. Eu peguei o contato do pescador, Ivan el pescador. tel 01 53 56188. Ele disse que faz janatares se quiser em casas particulares e leva para passeios de barco, eu fiquei morrendo de vontade de ir.

Fomos ver o pôr do sol na famosa playa de ancon, onde ficam todos os resorts. É realmente bem bonito, mas, eu gostei bem mais da praia que achamos de bicleta.

Entramos pelo hotel (tem que pagar algo, mas é pouco) e podemos aproveitar o pôr do sol. Te, uma barraca que serve bebidas e comidas para pessoas fora do hotel.

Cidade:Camaguey

Viemos de:

Hospedagem:

Casa camaguey- [email protected], ar condicionado,frigobar,banheiro privativo, casa bem real (o cara não tinha nem autorização pra nos receber). A decoração é hiper brega, mas, quer conhecer um pouco da vida real, ali está . Ficamos lá pq a casa original que tínhamos reservado não estava livre mais. Isso acontece MUITO lá. Fique tranquilo que eles te encaminham pra outra. Casa original: Alfredo e castillo,boa ampla.

Roteiro:

Camaguey foi uma das cidades mais surreais que já vi. É INTEIRA cheia de ruelas, impossível se achar lá. Dizem que foi feita assim para que eles pudessem se proteger de ataques, qualquer um se perde lá.

Não é uma cidade imperdível se você tiver sem tempo. Se você tiver com tempo, vale a pena., tem várias surpresinhas gostosas .Almoçamos no Campaña de Toledo, um restaurante que dizem que é muito tradicional lá. O ambiente é lindo e a comida estava uma delícia (12 cc tudo (entrada, prato principal, etc).

A noite aproveitamos para fazer algo bem diferente. Fomos a um espetáculo de dança internacional que estava tendo lá teatro (ballet tradicional ) 5 cc. Perdemos a hora do jantar e comemos um sanduíche perto da casa de lá trova (3 cc com direito a um mojito), onde fomos escutar uma banda ao vivo.

A música estava uma delícia. Nenhum lugar lá é balada, mas, estava bem gostoso escutar uma música ao vivo. De novo, a idade média das pessoas lá era de tipo 40,50 anos.

Cidade:Santiago de Cuba

Viemos de:

Tempo:

Hospedagem:

El maruchi. Refeição 14 cc, café da manha 4cc, frigobar,banheiro privativo. Essa foi a melhor casa que ficamos! É demais e bem concorrida então reserve antes. O quarto é lindo, a casa é super charmosa, a comida deliciosa! Vale MUITO apena!

Roteiro:

Essa foi uma das cidades que mais amei em cuba. A cidade é famosa por ser musical e por hospedar o carnaval de cuba. Você realmente sente a cidade vibrar.Em todos os lugares tem música, pessoas dançando, é bem animada e super bonita.

Sanatiago de Cuba- 3 cc pra ir e 3 pra voltar.prato 4 cc cada prato!

Caminhamos bastante pela Calle Heresia, que tem várias lojas e museus. Achamos uma Loja onde comprei um LP bem legal. Entramos no museo do carnaval pequeno mas bem legal . O museu do diego velasquez é bem pequeno, não gostei.

Demos sorte que no dia estava acontecendo festival de documentário, sempre tem alguns festivais acontecendo na cidade. Foi bem interessante. Fizemos também uma visita guiada 56 cc para 2 pessoa, city tour completo de 3 horas e Meia. Gostei de entender a cidade porque os museus em si não valem nem um pouco a pena.

Achamos os restaurante nessa cidade bem ruins, demos azar. É lógico se você tiver dinheiro, você sempre vai encontrar coisas legais. Mas, por um preço médio, que em outros lugares comemos super bem nessa cidade comemos mal. Comemos no 1900,lugar bonito mas comida horrorosa!

Depois do jantar, passamos por uma rua super lotada de gente dançando e bebendo, é bem legal pra conhecer. Se chama victoriano garzon. Fomos para o patio de los 2 abuelos primeiro onde tem música. Foi bom mas bem tranquilo. No final da noite descobrimos a Casa de Las Tradiciones, onde até conhecemos uns brasileiros que estavam apresentando um documentário em cuba. Adoramos o lugar e queríamos ter ido mais cedo porque chegamos e já estava quase fechando, tudo lá acaba relativamente cedo.

No outro dia , fomos jantar salon tropical. Vista bonita.

Cidade:Cayo Coco

Viemos de:

Transporte: avião

No final da viagem, nada melhor do que uns dias no resort pra viver a vida bem turistona e não fazer nada.

O resort que ficamos tem bem cara de resort (danças na piscina, etc). Portanto, saiba o que esperar. A praia do hotel é bonita, porque nada fica feio com aquele mar turquesa incrível.

Mas, as melhores praias ficam mais afastadas. Tem um ônibus que te leva de manhã para conhecê-las.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...