Ir para conteúdo
Marcel.Bighetti

PERU - BOLÍVIA - CHILE - 21 DIAS (JAN/2014)

Posts Recomendados

Galera, fiz um roteiro para meu primeiro mochilão, com informações e valores aproximados pelo relato do pessoal daqui. Se alguém for fazer um parecido neste período e precisar de companhia é só falar. Se alguém tb tiver informações que agregue ou dicas, ficarei muito grato.

 

Valeu!!!!

 

saída chegada

2/1/2013 qui 5h10 SP 7h15 Lima

qui 9h10 Lima 10h30 Cuzco

3/1/2013 sex Cuzco/City tour

4/1/2013 sab Cuzco/Vale Sagrado

5/1/2013 dom Aguás Calientes

6/1/2013 seg Machu Picchu

7/1/2013 ter Cuzco Puno

8/1/2013 qua Puno/Ilhas de los Uros Copacabana

9/1/2013 qui Copacana/Ilha do Sol Copacabana/La Paz

10/1/2013 sex La Paz/ monte calcataya

11/1/2013 sab La Paz/ tiwanaka Salar de Uyuni

12/1/2013 dom Uyuni/cemitério trens

13/1/2013 seg Uyuni/laguna

14/1/2013 ter Uyuni/Geisers

15/1/2013 qua San Pedro do Atacama El Tátio

16/1/2013 qui Lagunas antiplanicas

17/1/2013 sex Ojos del salar

18/1/2013 sab 8h55 Calama 11h00 Santiago

19/1/2013 dom Vale nevado

20/1/2013 seg Val paraiso/vila del mar

21/1/2013 ter 12h40 Santiago 17h40 SP

 

PERU

Novo peso peruano – S/. 1.10 = R$ 1 (USD 1 = 2,70)

 

Embaixada – Lima – av. José Pardo n.º 850, Miraflares, fone 51 (1) 512-0830, e-mail [email protected]

 

CUSCO

(1º dia) Adaptação livre/Plaza de armas/Plaza São Francisco/Pacotes das agências.

 

Obs: O táxi sai de 15 para 5 soles, tem que negociar. Até 3 dá pra conseguir.

Obs: Os efeitos da altitude começam de 3 a 4 horas após a chegada, tomar chá de Coca assim que chegarmos.

Obs: Roupas para comprar caso de necessidade.

Obs: Trocar dólar na av. El Sol, na mesma avenida comprar os boletos turísticos.

Obs: Comprar água e comida em Cusco para fazer os passeios para Águas Calientes e Macchu Picchu, porque lá é absurdamente caro. Mercado em frente ao mercado São Pedro.

Obs: Ir no Coca Shop, em San Blás, na rua da igrejinha (de frente para a igreja, seguir a esquerda). É uma delícia, o cara dá tudo para provar e adora praticar o português. Além de ter um preço interessante.

 

Restaurantes:

Plaza de Armas

- MC Donald's e

- Starbucks

- KFC

- Chica,

- Na Praça de San Blas está um dos melhores restaurantes da cidade,o Pacha Papa. Ideal para quem quer provar um dos pratos típicos do Peru, como o Cuy ao forno (espécie de porco da índia), a carne de alpaca ou o lomo saltado.

- El Encuentro (ótimo custo x beneficio)

- Pizzaria Chez Maggy que fica na Calle Plateros (Pizza com Pisco)

- Haylly – Entrada, sopa, prato principal e bebida por S/. 7

- Sabores del Inca e fica na Calle Santa Catalina Ancha, bem pertinho da Plaza de Armas. O menu custa 12 soles, incluindo sobremesa. Comida boa e bem servida recomendada.

 

Hospedagem:

- Wild Rover – (Reservado)

– Pariwana (dá pra reservar por e-mail) 39 soles quatro coletivo para 4-6 pessoas. Mas muito bom segundo muitos relatos. Fica no Centro de Cuzco, duas quadras da Plaza de Armas, av. Mesón de la Estrella, 136.

- Pirwa Backpackers Colonial, fica na Plaza San Francisco, 360, 2 quadras da Praça das Armas = 75 soles por noite - http://www.pirwahostelscusco.com/backpackersperu.html.

- Tambo de Monteiro – Calle Tambo de Monteiro (duas quadras da Praça das Armas) = diária 45 soles (doble – quarto com duas camas), sem desayuno. (http://www.hoteltambo.com/)

- Hotel Andes, em San Blas, quarto com banho privado, café da manhã e internet, 30 soles por pessoa - Hostal Acosta’s, calle Choquechaca nº 124 – Próximo a Pedra de 12 ângulos (3 quadras da Praça das Armas) Telefone: 245289 e Cel 984-751399 = diária 40 soles (doble - quarto com um cama de casal), com desayuno.

 

Agência de turismo:

- Qori Inka Travel

- http://www.reserv-cusco-peru.com/index.php

- Andina Travel - http://www.andinatravel.com

- Paccarectambo – rua chihuampata n.º 564 San Blas. Cel. 953767860 Eugenio.

- Puma’s Trek, Cuzco e Macchu Picchu

- Caski – furada.

 

Boleto Turístico de Cusco: Adquirir o boleto na Prefeitura, com mais de 10 atrações (130 soles full – 3 circuitos e para estudantes, com até 25 anos, 70 soles também 1 circuito). Também é vendido no escritório da Cosituc (http://cosituc.gob.pe/) fica na primeira quadra da Av. El Sol número 103 (perto da Plaza de Armas)

- Museo Inka: 10Sol

Para os passeios ao Valle Sagrado e para o City Tour você vai precisar do “Boleto Turístico del Cusco”. Não é obrigado, mas caso não tenha o boleto terá que pagar individualmente a entrada em cada local (não vale a pena).

O boleto completo dá direito aos 3 circuitos. Se você quiser (ou não tiver tempo pra ir nos 3) os circuitos podem ser comprados separadamente.

(2º dia) Circuito 1: City Tour (locais) 15 sol: Sítios arqueológicos de Saqsayhuaman, Qenqo, Tambomachay, Pukapukara e (Qorikancha 10Sol) obs: sempre ficar do lado direito do ônibus a vista é melhor.

Circuito 2: Atrações dentro da cidade. Museus, monumentos e apresentação de dança no Centro Qosqo de Arte Nativa.

(3º dia) Circuito 3: Valle Sagrado: Pisac, Ollantaytambo, Moray, Maras, Templo do sol e Chinchero.

O City Tour de Cusco é bem diferente de outras cidades em que esse termo normalmente traduz um passeio chato. Na verdade, é o passeio que te leva para visitar as ruínas incas que estão no entorno da cidade. Inclui no geral (pode mudar, a depender da sua agência).

 

- Vale a pena também conhecer o Mercado Municipal de San Pedro (os valores para presentes são melhores).

 

- Pachakuteo na Av. El sol no final dela.

 

- Ir na pedra de 12 ângulos.

 

- A famosa pedra dos 12 ângulos fica na Calle Hathunrumiyok, e a pedra do puma fica na Inka Roq‘a, uma ruela de pedestres onde de um lado há o muro e do outro algumas lojas de artesanatos.

 

 

(4º dia) Vale Sagrado dos Incas / Águas Calientes

 

Obs: agência oficial que sai um pouco mais barato para comprar entrada para Macchu Picchu.

Obs: Não levar muita bagagem porque senão tem que deixar no guarda volumes, e tb o peso da mochila pode atrapalhar a subida.

Obs: Machu Picchu por US$100,00 com a entrada, hospedagem, transporte, guia, refeições... tudo incluso.

Obs: Levar comida e água de Cusco, porque Machu Picchu é absurdamente caro, tipo R$ 40,00 um lanche meia boca.

Obs: bus de águas calientes para MP U$6,00

 

Hospedagem:

- Las Rocas - 7,3 USD - 23 soles - banho privado - O melhor em toda a viagem!!! Limpo, sem mofo, com toalha e sabonete! O café é incluso, suco de laranja, cafe com leite, chá, pão, manteiga, geleia, servido cedinho, a partir das 5 horas para dar tempo de pegar o trem o subir para MP cedo.

- Hostel La Fortaleza, pagamos 10 soles, com banho privado e água quente.- Pousada SuperTramp – Machu Picchu

- Yacumana - duas quadras acima da praça - 10 soles (o preço caiu 25 soles em dois minutos de negociação)- Hospedagem em Águas Calientes

- Hospedaje "Los Caminantes" ubicado al ingreso del pueblo por la zona de los rieles, En habitación triple S/.15 soles (US$5) por persona.

- Hotel: Pirwa Posada del Corregidor – Plaza de Armas: U$46,00 (quarto triplo). Ótima localização e bom preço, mas o café da manhã e os quartos são bem simples (estes últimos sem muito conforto). Pra mochileiro atende bem.

 

Agéncia de Turismo: 150Sol (pechinchado, o total dava 157Sol)

MachuPicchu Viajes Peru – Plaza de Armas de Cusco. Recomendado.

Transporte City Tour e guia: 15Sol

Transporte Vale Sagrado e guia: 50Sol

Transporte Ollantaytambo para Cusco de Van: 20Sol.

Ticket do ônibos que leva a Machu Picchu: 52Sol (ida e volta). Se você quiser, pode comprar em Águas Calientes por U$18,50 no próprio ponto do ônibos.

Guia para Machu Picchu: 20Sol

Trem para Aguas Calientes: U$108,00 (U$ 52,00 ida e U$ 56,00 volta). Saindo e chegando por Ollantaytambo pela Perurail. A outra empresa de trem é a IncaRail. Independente da empresa, como já foi dito, compre antecipadamente pela Internet no site das empresas.

Boleto Turístico de Cuzco (http://www.boletoturisticocusco.com) que permite visitar 16 atrações entre museus e centros arqueológicos, valendo por dez dias.

 

(5º dia) - Machu Picchu e Wayna Pichu. Ir com Guia (das 5h as 17h) – (1 dia) US$ 199,00 Wayna Picchu + US$ 40,00.

Trem – Cusco  Água Caliente (Peru Pail). 18h

Trem + ônibus Cusco  Ollantaytambo (ônibus) e Ollantaytambo  Águas Calientes (trem).

Trem de Cuzo até Águas Calientes aproximadamente 3 horas, o trem é muito desconfortável e velho, a empresa chama-se Peru Rail (http://www.perurail.com). Claro que tem vagões de luxo, mais eu fui no basicão. Se optar pela passagem de trem compre com antecedência pois costuma esgotar, outro ponto importantíssimo é ir com carteira de Estudante, pois tudo! Absolutamente tudo tem desconto com a carteirinha.

Bus/ Trem: É a opção mais complexa, mas ao mesmo tempo é a mais indicada para mochileiros de orçamento apertado que queiram aproveitar mais Machu Picchu. Essa opção pode ser feita por conta e também por agência, mas ambas ficam no mesmo valor, devido aos benefícios das agências perante o INC. O lance é pegar um ônibus até Ollantaytambo e de lá pegar o trem (PeruRail) para Águas Calientes (no horário em que o trem está vazio, indo buscar os turistas, por isso preço mais barato). Dormir em Águas Calientes, visitar Machu Picchu, dormir de novo em Águas Calientes e só no outro dia, pela manhã, voltar a Cusco, pegando o trem até Ollantaytambo (quando o trem esta retornando vazio, pois acabara de deixar turistas em Águas Calientes). Nesse caso, o preço sairá por volta de US$120,00, incluindo tudo, até a hospedagem em Aguas Calientes, entrada p/ MP, trem, ônibus e/ou van, etc. A grande vantagem nessa opção é que você poderá acordar cedo em Águas Calientes, aproveitar o dia inteiro em MP, e retornar a Águas Calientes só no final da tarde.

 

Comentários: As passagens de trem têm que ser compradas com antecedência. Não deixe para comprar muito em cima da hora porque você muito provavelmente não irá encontrar bilhetes (não dependa da sorte). Sugiro comprar no mínimo 15 dias antes pela Internet (pra poder pegar bons preços e horários).

 

 

(6º dia) Cusco  Puno(390km)

50 soles – 11h de viagem – na rodoviária às 22h tem ônibus para Puno. Valor 25 soles, pelas agências 50 soles. Taxi da Plaza de armas para a rodoviária sai 5 soles. Comprar na hora, o ônibus é semi cama, e as pessoas ficam vendendo na rodoviária as passagens, gritando Puno... Puno...!!!

Andahuanlillas, Raqchi, La Raya.

 

 

PUNO

(7º dia).

 

Hospedagem:

- Pousada Puno – Quedira Backpackers

- Hotel Qorikancha, com Águas Calientes = 60 soles por um quarto de casal.

- Hostel Imperial, Calle Teodoro Varcacel, 145 – a 1 quadra das estação de trem, em frente ao Hostel Italia.

- Hostel AMERICA INN PUNO - http://www.americainnpuno.com - Jirón el Puerto nº320 - US$ 10,00 Matrimonial com WC privativo – Wifi e café da manhã - Hotel bem limpo e arrumado, ótimo atendimento.

 

Agência de turismo:

- Inka Travel e Julsa (recomendada) pelo custo/benefício.

- Oltursa, Ormeno e Cruz del Sur - as melhores empresas porém vc deve pagar pelo menos o dobro na passagem.

De qualquer forma pesquise os preços no terminal rodoviário, pois é comum achar promoções nestas empresas.

 

- Islas Flotoantes de los Uros, Amartaní e Isla Titicaca.(1 dia) Tour Uros, Amantarí e Taquile – US$ 50,00

Islas de los Uros (3h): 25Sol. O valor inclui: translado de barco, ingressos de entradas nas ilhas e guia. Às 9h00 com retorno às 12h00.

 

Puno  Copacabana (143km)

Ônibus para Copacabana (3h): 20Bol - empresa Titicaca. Ônibus turístico novo. Recomendado.

Passagem pra Copacabana só 2 horários às 8h30 e às 14h00 25 soles ir do lado do motorista (esquerda) a paisagem é melhor.

 

 

BOLÍVIA

 

Boliviano – 1 B$ = R$ 0,40 (USD 1 = 6,90)

 

Embaixada – La Paz – Ed. Multicentro, torre B, Piso M, Av. Arce esq. Rosendo Gutierrez, fone 591 – 2 – 216-6400, e-mail [email protected] – embaixador Marcel Fortuna Biato

 

COPACABANA

(8º dia) – Manhã  Isla del sol – volta às 18h  La Paz (2h de viagem)

 

Obs: Não ficar tirando dinheiro na frente dos policiais da imigração. Não trocar nada na fronteira.

Obs: Não dá pra confiar em ninguém tem muito ladrão de mala, tem que ficar grudado com as malas.

Obs: Troca de dinheiro na Plaza 2 de febrero, só o necessário o restante em La Paz.

Obs: Levar para a Ilha do Sol apenas uma mochila com as necessidade imediatas e deixar o restante da bagagem em Copacabana.

Obs: Na Ilha é melhor chegar pelo Norte (mais preservado), fazer a trilha e dormir no Sul (mais comercial).

Obs: Leve muita água, pelo menos uma garrafa de 2 litros por pessoa. Leve comida, pois na baixa temporada não há onde comprar pelo caminho.

Obs: não tem caixa eletrônico. Melhor levar em espécie para trocar por BOBs. Na Ilha do Sol, os restaurantes fecham muito cedo ou acabam as refeições. Se for fazer a trilha toda, tem que ficar esperto com o horário. Vale dormir lá, de frente para o lago. Acorde no meio da noite com uma lua incrível e assisti um nascer do sol maravilhoso.

 

Restaurantes:

- Coffe shop Copacabana restaurante.

- Restaurante Brisas del Titicaca, em frente à praia.

- Pizzaria La Posta, rua principal – Recomendada.

- Restaurante Galeria Av. 6 de Agosto, almoço e jantar em ambiente agradável. Prato do dia por 10 Bs.

- Café Restaurante Pacha Aransaya av. 6 de agosto 121, junto ao hotel do mesmo nome; pratos por 15Bs. Serve também café continental por 5Bs. (bastante frequentado por turistas e com ambiente agradável).

- Pizzaria Restaurante Itália av. Jauregui 140, pizza no forno a lenha, ao lado do Residencial Solar.

 

 

Hospedagem:

- Hotel, Glória, US$ 4 por pessoa num quarto para 4. Hotel legal, na beira do lago, com uma puta ducha quente, TV no quarto e o caramba.

- Hotel Utama (calle Michel Perez, esquina com San Antonio), 20 bolivianos (5 dólares), com banheiro privado e café da manhã.

- Hostal 6 de Agosto - Plaza Sucre - B$ 25 - R$ 8,00.

- La Cupula (Recomendado)

- Hostel Brisas del Titicaca

- Hotel Palacio del Inca

- Hostel las kantutas

- Hotel Paris 40 bs

- Hotel Loki

- Hotel Ambassador – C. Jauregui, fone 8622.216, 1p U$6,90, 2p U$13,85, café incluído, TV no 2º andar, banheiros privativos, quartos simples, limpos; bem localizado e satisfatório.

- Hotel Colonial: De frente a Plaza Sucre – Bs90

- El Mirador – não ficar neste hotel é uma merda. Falaram bem dele tb.

- Residencial Rosário, Plaza 2 de Febrero, fone 8622.010, 1p U$ 2,30/3,85 (sem/com banheiro), café da manha entre U$0,75 (continental) e U$2,30 (completo), almoço ou jantar por U$1,55. Tem sala com TV e vídeo. Confortável, com preços melhores para grupos.

- Hostal Center, rua Principal, em frente a praça, Iorran pagou U$ 4,5 (35 Bol) para duas pessoas com quarto duplo e banheiro privativo).

- Hotel Emperador – 10 Bls (2,5 U$)

- Hotel Wendy Mar – 20 Bol Hotel Wendy Mar. Foi um dos melhores que fiquei. Paguei 13 Bol por um quarto com cama box e banheiro privado.. alguns ainda tinham vista pro Titicaca. O hotel é novo e muito bom. (Os 13 Bol pagamos depois de muita pechincha. O valor normal era 40 Bol.).

 

Agência de turismo:

- Milton tour Bs30.

- Diana – Bs 20 + 1,50

- Titicaca Tours – escritório embaixo do Hostal Colonial, na rua principal.

 

Copacabana - é a principal cidade do entorno do Lago Titicaca na Bolívia, de onde saem os barcos que fazem a visita à Ilha do Sol, uma ilha sagrada dos Incas. Tem que subir o Cerro Calvário: não paga. Lá se vê o pôr do Sol mais bonito da sua vida. É difícil subir por causa da altitude, mas não deixe de ir! Lago Titicaca – Peru / Bolivia - com cerca de 8300 km² e situando-se a 3821m acima do nível do mar, é o lago comercialmente navegável mais alto do mundo e o segundo em extensão da América Latina, superado apenas pelo Lago de Maracaibo, na Venezuela.

 

Isla del Sol – 8h30 sai o barco. É uma ilha no lago Titicaca, pertencente à Bolívia. O acesso é feito pela cidade de Copacabana. Tem área de 14,3 km² e é a maior ilha do lago. Tinha o nome de Isla Titicaca. Passagem parte norte Isla de Sol - B$ 30 - R$ 8 Isla del Sol : barco 35Bol (20 de ida para a parte norte e 15 de volta pela parte sul). A Isla aparece dividida entre Norte e Sul. No Norte estão as ruínas dos templos usados para cerimônias e a sul inicia o escadário Inca bem ladeado por duas estátuas dos dois filhos do "deus sol" com as suas coloridas vestes. A caminhada (11km) entre o Norte e o Sul demora em média umas duas horas e meia mas é o principal atractivo da ilha porque as paisagens a que temos acesso durante o treking são simplesmente fantásticas. Comentários: Essas taxas são cobradas pq na ilha existem 3 povoados. Cada uma recebe uma pequena contribuição pela exploração turística do lugar. A preservação do lugar depende delas. Não se preocupe com elas...

Trekking na Isla del Sol (média 3h): 10Bol (início da trilha, ruínas de Chinkana e Museo de Oro); 15Bol (taxa no meio da trilha); 5Bol (taxa parte sul)

 

- Subir no Mirante para ver a vista e comer uma truta (trucha) por Bs.15,00 (menos de R$5,00) assistindo ao pôr do sol no lago Titicaca

- Catedral.

- Cerro Calvário (pôr do sol)

- Museu del Poncho.

- Playa Blanca (dá pra ver as Islas Flutuantes e o lago Titicaca).

- Horca del Inca (observatório astronômico antigo).

- Intikala (Tribunal del Inca).

- Isla del Sol/Isla de la Luna: tentar fazer a Isla de La Luna e a parte sul da Isla del Sol na parte da manhã, depois fazer a trilha até a parte norte da ilha e dormir por lá. Fazer a trilha da parte norte e voltar pra Copacabana.

- Igreja N. Senhora de Copacabana.

 

Copacabana  La Paz (142 km)

Ônibus turismo (3h): 25Bol. (pechinchado, era 30) Obs: contratar na agência Xtreme mas o serviço é de terceiro. Vá de turismo porque além de ser muito mais confortável ele vai direto pra Copacabana sem ficar parando em tudo quanto é ponto (caso das Vans que vc pega em frente ao cemitério de La Paz).

 

 

LA PAZ

(9º dia).

 

Obs: Avenida Illampu vende roupas para o frio. Em La Paz sai mais barato do que no Brasil, roupa é muito barato. comprar meias e cachecol de Lã para o deserto.

Obs: Câmbio no hotel glória (calle Potosi) – boa cotação. Câmbio nas Av. 16 de Julio e Av. Ballivián centro.

 

Obs: Loja Tatto (Illampu): variedade de roupas e acessórios esportivos, bons preços.

Obs: Taxi do terminal ao centro no máximo bs10.

Obs: Levar água e comida para Uyuni.

Obs: O mercado das bruxas na Calle Linares é fascinante e Calle Sta Cruz.

 

Restaurante:

- Café - Alexander Coffee (dizem que é famoso) - Potosi #1091; Av. 20 de Octubre #2463; Av. 16 de Julio #1832.

- Pizzaria Napole – rua de cima da Plaza Murillo, 66 bs a pizza família.

- El montanhês – em frente ao sagarnaga.

- Café Banais - Hostel Naira, Calle sagarnaga.

- Tradicional – Calle Illampu.

- Lunas Café – Calle sagarnaga.

 

Hospedagem:

- Wild Rover: Calle Comercio, 1476 – Bs150

- Hostal Copacabana – av. Illampu #734. – R$ 52,32

- Loki – bol 30 (indicado principalmente se gostar de festa)

- Hotel Milton - Calle Illampu n 1126 esq. Calderon - Centro: diária U$ 36,00 quarto triplo. Um bom hotel para mochileiros. Excelente localização, há 2 quarteirões das principais ruas do Centro, onde têm as inúmeras agências de turismo e lojas de roupa, etc. http://www.hotelmiltonbolivia.com/

- Hotel Torino – BS 140,00, privativo/matrimonial (recomendado) http://www.hoteltorino.com.br

- Hostel Sagarnaga, na calle sagarnaga, 165bs (recomendado)

- Hotel Condeza (recomendado) http://www.hotelcondeza.com

- Hotel Select Confort - Calle Jose Maria Serrano N17, entre Av. Montes (TAM) y Plaza Alonso de Mendoza, a una quadra de la Pasarela Perez - Email: [email protected]

- Residencial Latino. http://www.residenciallatino.com/servicio.php - R$ 40,00 a diária.

- Hostel Provenzal tem um bom custo-benefício (gastamos USD 120 por 4 dias de hospedagem, quarto matrimonial com banheiro e café da manhã).

- Hotel Nuevo Sol: Calle Linares/Juan XXIII - U$30,00

 

Agência de Turismo:

- Agências Explore Bolívia, C, Sagarnaga 339, fone 2391.810; Transturin , uma das melhores e mais conceituadas do país; Alberth Tour, em frente ao Hostal Copacabana, boa.

- Av. Uruguay # 102, Building Paola. Site: http://www.todoturismo.bo/index.php - R$ 70,00

- Xtreme (Calle Sagárnaga 392 - Centro).

- Rodoviária empresa de ônibus TODO TURISMO (de frente a rodoviária estabelecimento de vidro), ida de La paz para o vilarejo de Uyuni. - Av. Uruguay # 102, Building Paola. Site: http://www.todoturismo.bo/index.php.

- Passeios para Tiwanaku: Agência Alberth Tours (Calle Illampu)

- Madness

 

- Monte Chacaltaya (5.380m) e Vale de la Luna (08:00 aś 16:30h) : 50Bol a 100Bol. O Chacaltaya é uma montanha de 5.380 metros nas proximidades de La Paz. Lá já houve uma pista de esqui, mas com o derretimento da neve esta não funciona mais, mas continua sendo visitada devido à bela vista do local. A visita ao Chacaltaya costuma ser combinada com ao do Valle de la Luna, situado na zona sul de La Paz. O vale tem esse nome pois suas formações rochosas lembram a superfície lunar. Meus comentários: Difícil de chegar no cume do Chacaltaya mas a vista é INCRÍVEL!!! Vale a pena demais este programa. O Vale de la Luna não é nada demais não. Vale pq tá no pacote e vc conhece a parte sul de La Paz. Taxa 15bol

 

(10º dia) - Sítio Arqueológico de Tiwanaku (08:00 aś 15:00h) - 50Bol (transporte e guia); 80Bol (ingresso p/ estrangeiros); 20Bol (almoço). O ingresso e o almoço são pagos separados e no local. A cidade de Tiwanaku foi a capital de um poderoso império pré-colombiano que ocupou a região entre 500 e 900 DC. Suas ruínas são evidência da importância cultural e política desta civilização. Estudiosos das culturas andinas classificam esta civilização como os mais importantes precursores do império Inca, florescendo como a capital administrativa e ritualística de um grande poder regional por mais de cinco séculos.

 

- Praça Murillo - é o principal espaço público da cidade de La Paz, capital da Bolívia. Seu nome é uma homenagem a Pedro Domingo Murillo, patriota boliviano e precursor da independência do país.

 

- Iglesia de San Francisco

 

- Calle Jaen – vilarejo colorido

 

- Calle Jose Maria Linares (rua das artesanias)

 

- Calle Jaen, é uma ruazinha linda, em estilo colonial (a mais conservada da cidade) onde se pode visitar 04 museus!!! Para visitá-los basta comprar um boleto de 04 bolivianos e ir destacando na entrada de cada um deles!!

 

 

Comentários:

- Muitos falam sobre eles não aceitarem cartão. O que percebi foi que nas lojinhas de artesanato, alguns restaurantes mais humildes, o nosso hostel e o comércio "25" de eletrônicos não... mas depois vi que havia tantos outros que aceitavam, então acredito que é questão de tempo todos começarem a ter (com exceção das lojinhas/mercado de bruxas...). Já caixas eletrônicos... eu não lembro de ter visto;

- Realmente, o melhor lugar para compras de toda a viagem. Os artesanatos são igualmente belos aos do Peru, existem algumas coisas bem semelhantes e outras bem diferentes. Há lojas que vendem artigos de couro, inclusive bolsas (eu não vi nada parecido no Peru) de couro, bem artesanais e preços baixíssimos; Não esqueçam que os caras, além de excelentes costureiros, são ótimos falsificadores... roupas de frio é o melhor lugar (olhem e pesquisem bem antes de comprar) e artigos para esporte também... mas tem que pesquisar e ter bons olhos, para não ser enganado

- Os táxis são mega baratos, mais do que no Peru e não tem taxímetro... negocie antes de entrar. Mas os taxistas peruanos são mais simpáticos e falantes;

- No caso da compra de eletrônicos (máquina fotográfica) os preços são super baixos e eles tem coisas verdadeiras sim. Mas atenção na negociação e na hora em que levar pra casa/hotel/hostel.

 

 

La Paz  Potosí Salar Uyuni (535km)

Agência de viagem: Colque tours e ***Cordillera ([email protected] e c [email protected]) US$ 85 à 100.

 

Oruro – uyuni  noite?

 

 

SALAR DE UYUNI (ORURO)

Salar de Uyuni – 535km de La Paz - é o maior deserto de sal do mundo. Está localizado no departamento de Potosí e no departamento de Oruro, no sudoeste da Bolívia, no altiplano andino, a 3.650m de altitude.

*Óculos de sol são indispensáveis.

 

Obs: levar bolivianos como moeda, pelo menos uns 60bs. Para nós dois, travessia para o Chile.

Obs: Levar água para Uyuni.

Obs; Levar toda roupa, pois vai fazer muito frio, colocar saco plástico nos pés e mãos para segurar o calor.

 

 

Hospedagem:

- Hostel El cactus

- Tonito Hotel

- Hotel Avenida – av. Ferroviária, 11 Frente Estacion de Trenes Us$ 8.

- Hotel Palace Uyuni – Av. Arce 7 (Plaza Principal) Us$ 6,20

- Maria Victória (Calle Chuquisaca, 148) é bom, recomendo 30bs por noite

 

 

Agência de turismo:

- Agência Cordilheira - Av. Ferroviaria. Site: http://cordilleratraveller.com/ - 3 dias e 2 noites com direito a: Salar de Uyuni & Lagunas Altiplânicas, duas noites em hotel e alimentação. Para o terceiro dia de tour, o trajeto seria Geysers à Lagunas Verde à Laguna Blanca à San Pedro de Atacama (CHI). R$ 281.81 - Passeio Salar de Uyuni 4 dias/3 noites Cordillera Traveller: CLP 110.000

- World White travel.

- DISSERAM QUE ACHA ATÉ POR US$ 75.

- Roteiro do passeio pela empresa Colque Tur:

 

Uyuni: Potosi av. 54, Ph. 2693-3031,Ph./Fax: 2693-2199

San Pedro de At.-Chile: Caracoles corner Calama st., Ph.+5655-851109

E-mail: [email protected] Web site: http://www.colquetours.com

 

DÍA 1

Salida de Uyuni aproximadamente a hrs. 10:30 rumbo a Colchani (22Km. norte de Uyuni) un pueblo pequeño dónde los comunarios realizan la explotación y refinación de la sal.

Ingreso al Salar realizando una caminata por los montones de sal y observando la demostración de la extracción de bloques de sal.

Visita a las tiendas de artesanías, hotel de sal y la Isla Lomo Pescado donde se aprecia enormes cactus y una vista panorámica espléndida desde el Mirador.

Box lunch en la Isla para luego continuar rumbo a Chuvica donde se pasa la noche en un hostal. (Almuerzo, cena y hospedaje)

DÍA 2

Salida a hrs. 08:30 a.m. después del desayuno para visitar las lagunas altiplánicas: Cañapa, Hedionda y Ramadita, continuando por el desierto de Siloli, para ver el árbol de piedra.

Visita a Laguna Colorada, donde se aprecian los flamencos rozados y fauna andina de gran importancia como la vicuña, suri o ñandú andino y otros.

En este lugar se pasa la noche en un refugio básico. (desayuno, almuerzo, cena y hospedaje)

DÍA 3

Salida muy temprano por la mañana al promediar las 05:30 a.m. para poder apreciar los Geysers (fumarolas volcánicas) y visitar los baños termales.

Continuando el recorrido se ven extrañas formaciones rocosas producto de la erosión y se llega a Laguna Verde, que es muy peculiar en esta zona por su cambio de color de sus aguas.

Visita a Laguna Blanca, para luego pasar el control de Migración boliviana y Aduana. (desayuno)

Transporte por más o menos una hora hasta San Pedro de Atacama (2da. Región de Chile), control de migración, aduana y SAC (Control de Alimentos), llegando a la Agencia alrededor de las 13:30 p.m. FIN DEL SERVICIO.

INCLUYE: Transporte turístico, chofer-guía (español), alimentación y hospedaje (dos noches) los hospedajes son básicos. La primera noche cada dormitorio es de 6 camas y tiene baño privado pero la segunda noche el baño es común, no hay ducha

NO INCLUYE: Bebidas, entrada a la Isla Lomo de Pescado Bs.20,00, y la entrada a la Reserva Avaroa Bs.30, 00.

RECOMENDACIONES: Llevar protector solar, gafas, bolsa de dormir y ropa abrigada para época de invierno.

 

 

(11º dia) - Cemitério de Trens  Calchani  Hotel del Sal  Isla del Pescado – dorme em San Juan.

 

(12º dia) – Laguna Honda  Laguna Hedionda  Laguna Charcota  Deserto de Siloli  Laguna Colorada – dorme neste último.

 

(13º dia) – Laguna Colorada  Gleisers  Banhos Termais  Deserto Salvador Dali  Laguna Verde  Laguna Bianca  San Pedro do Atacama.

 

 

 

CHILE

 

Peso chileno – $ 200 = R$ 1 (USD 1 = 490)

 

Embaixada – Santiago – Calle Padre Alonso de Ovalle, n.º 1665, Centro, fone 562 – 876-3400, e-mail [email protected]

 

SAN PEDRO DE ATACAMA

 

Obs: Roupas – Leve roupas leves e grossas, pois durante o dia faz 30ºC e de noite 3°C, assim sendo nos passeios leve muita roupa de frio principalmente nos Gêiseres e algumas de calor. Levar um boné, óculos escuros, toalha e garrafas de água muitas, cremes hidratantes. Também é imprensidivel: protetor labial, protetor solar e colírio de olhos.

Obs: Os preços na Caracolles (principal rua) são mais caros, afastando-se consegue coisas muito boas a preços melhores.

Obs: Calle Caracoles, onde ficam a maioria das agências, bares e restaurantes.

Obs: Comprar café da manhã/lanches nos mercados, é bem mais barato. - Alimentação - para comprar alimentos para o café da manhã e água, refrigerantes, fuja do centro da cidade. Caminhe pela rua principal - Caracoles - até o fim. Vc vai encontrar uma vendinha (mercadinho, boteco, quitanda, armazém) onde tudo é mais barato.

Obs: Comida boa e barata ao lado do campinho.

Obs: No restaurante La Plaza (praça central), beber chop (pitcher) que é bem mais barato que outras bebidas.

Obs: Alugar bike para fazer alguns passeios.

Obs: - Transfer Licancabur Calama – San Pedro – Calama: CLP 24.000

 

Hospedagem:

- Hostel Campo Base – bem indicado – Calle Caracoles – CLP 72.500 (R$ 315,00 não sei quantos dias contabilizaram, pelas minhas contas foram 6 dias)

- Vilacoyo $6.000 por um quarto privativo

- Hostal Florida – Calle Tocopilla #406 US$ 35,00

- Hostel La Ruca

- Hostel San Pedro de Atacama

- Hostel Casa del Sol Nascimento (barato)

- Hostal Laska – Fica próximo ao cemitério da cidade. R$ 120,00 vale a pena.

- Hostel Juriques: Calle Toconao, no final – U$20,00

- Hostel Soncheck: Calle Calama – U$20,00

- Hostel Towanda: Calle Ignacio Carrera Pinto – U$20,00

Hostal Sonchek: C. Calama, fone 851.112; cama em dormitório U$9,5, tem restaurante anexo, recomendado.

Hostal Florida - Tel: 851021 End: Tocopilla 406 – Bacana, boa localização, e tem tudo o que vc precisa – 6000 pesos

Hostel El Monte – Todos os brasileiros vão pra lá é bem bacana mas um pouco afastado – 8000 pesos.

Hostel Alana – Calle Licancabur – bem simples só tem 3 dormitórios mais um ambiente bem familiar, tem um restaurante anexo que serve café da manha, almoço e jantar. 5000 pesos. Gostei muito principalmente dos donos.

 

 

Restaurante:

- Torres del Paine!

- La Estaka - Calle Caracoles #211 - R$ 28,00

- Grado 6 - Calle Gustavo Le Paige com Calle Tocopilla - R$ 20,00

- Restaurant Sol Inti: CLP 6.100 R$ 27,00

 

Agência de turismo:

- Maxim Experience para os passeios pelo Salar de Tara, Salar de Atacama e Lagunas Altiplânicas Chilenas. Maxim Experience - Calle Caracoles #174. Site: http://www.maximexperience.cl/ R$ 180,00

- Ecoandino - Caracoles #317, locas 13, Galeria El Peral – laguna Cejar, Ojos de salar e Laguna Tebinquinche - R$ 60.

- Deltoro/Del Dio

- Lickau Antary

- Atacama Connection – $55.000

Valle de la Luna: $8.000

Geyser del Tatio: $16.000

Valle del Arco-íris: $35.000

Salar de Tara: $44.000

Lagunas Cejas, Ojos del Salar e Laguna de Tebinquinche: $15.000

Lagunas Altiplanicas e Salar de Atacama: $28.000

Geysers del Tatio e Pueblos Andinos: $40.000

 

- Desert Adventures – $65.000 (um dos mais caros) – mas tem que pesquisar e chorar desconto que eles baixam.

Valle de la Luna: $8.000

Geyser del Tatio: $18.000

Salar de Tara: $40.000

Lagunas Cejas, Ojos del Salar e Laguna de Tebinquinche: $15.000

Lagunas Altiplanicas e Salar de Atacama: $28.000

Geysers del Tatio e Pueblos Andinos: $45.000

Tour arqueológico (Tulor e Pukara de Quitor): $15.000

Termas de Puritama: $15.000

 

- Cumbres 6000, preço mais barato. programação:

Sábado:

M – livre/descanso

T – Termas de Puritama – CLP 12.000 (mais ou menos)

N – Tour Astronômico – CLP 15.000 (não fazer)

Domingo:

M – Salar de Atacama e Lagunas Altiplânicas (miscanti e Miñiques reserva de los flamencos) – CLP 28.000

T – Valle de la Luna – CLP 10.000

Segunda:

M – Geisers del Tatio – CLP 22.000

T – Laguna Cejar – CLP 12.000

Terça:

M e T – Salar de Tara – CLP 45.000

Quarta a Sábado – Salar de Uyuni com a Cordillera Traveller

Domingo: M e T – Trekking Cerro Torre – CLP 60.000

Total dos passeios com a Cumbres ficou CLP 200.000.

 

 

(14º dia) El Tátio – te que sair do hotel às 3 da manhã, 100km de SPA - São mais de 60 fissuras - campo de gêiseres mais alto do mundo, a mais de 4.300m de altura onde fica as piscinas termal natural - os primeiros raios de sol começam a bater no campo de gêiseres. É um lindo espetáculo de luzes e fumaça que não dura nem cinco minutos. US$ 30 + US$ 7 da entrada.

Valles, Lagunas e Geysers (Tierra Atacama): $35.000

 

De tarde Valle de la Luna 17km SPA e Valle da Muerte 16h – 3km SPA – US$ 10 + US$ 4 entrada - é um paraíso natural, localizado em pleno Deserto do Atacama. Possui uma grande quantidade de iguanas de origem africana trazidas pelos escravos na época em que os espanhóis os traziam para o Chile. 15 minutos de ônibus. Da pra ver os vulcões, como o Licancabur, na fronteira com a Bolívia. Levar água e protetor solar. O passeio termina com um bonito pôr-do-sol no vale. O deserto do Atacama está localizado na região norte do Chile até a fronteira com o Peru. Com cerca de 1000 km de extensão, é considerado o deserto mais alto e mais árido do mundo

 

(15º dia) Lagunas Altiplánicas – (Bolívia / Chile)que ficam a mais de 4.300m de altitude – são as lagoas mais altas do mundo – e ao Salar de Atacama. O salar é uma gigantesca planície de sal formada pelas águas dos Andes que evaporam no deserto e deixam seus minérios na terra. É sal até onde a vista alcança. Dentro do salar, visitamos a Laguna Chaxa onde a maior atração é observar os belos flamingos chilenos e andinos que por lá habitam.

Laguna Colorada - é um lago salgado,localizado no sudoeste do altiplano da Bolívia, dentro da Reserva nacional de fauna andina Eduardo Avaroa e perto da fronteira com o Chile. $ 180

Socaire - Quebrada de Jerez, um oásis no meio do deserto. É surreal um lugar. A quebrada é como um cânion no deserto e, no meio dele, um rio muito estreito e raso – tem horas que vira um filete – e esse é um importante rio da região. Loucura! Laguna Miscanti. Ela fica localizada aos pés do vulcão Minique e tem uma cor azul escura com uma barreira negra de macroalgas. Nesta laguna vimos (claro) muitos flamingos e vicunhas! Laguna Minique e Laguna Chaxa não é interessante. (tudo US$ 54 + US$ 4 salar + 4 Altiplânicas)

 

(16º dia) - Laguna Cejar – US$ 20 + US$ 4 entrada. Este é o segundo corpo d’água mais salgado do mundo (perde só para o Mar Morto) e por conta disso, é possível boiar! levar muita água para tirar o sal do corpo! - Ojos del salar - São dois olhos de água no meio do deserto. Um é destinado para mergulho e outro para fotos. - Laguna Tebinquinche - De lá iríamos ver o por do sol. É sem duvida o top 3 de lugares incríveis da viagem! Uma mistura de cores com o vulcão Lincancabur ao fundo. Tudo muito surreal!

 

- Vulcão Lascar - é um vulcão activo localizado no Deserto do Atacama, no Chile, com 5.592 m de altitude o trajeto dura 3horas entre subida parada e descida. R$ 320,00

 

- Salar de Tara – 140km de SPA, 8h dia inteiro – reserva nacional dos flamingos – US$ 70

 

San Pedro de Atacama  Calama (1h) US$ 18, agência Licanbur tour. CLP 24.000 - Avião, Calama – Santiago.

 

 

SANTIAGO

 

(17º dia).

Obs: Bairro Bellavista – artesanato e lojinhas.

- Fazer tudo de metrô é mais barato e funciona. Dá para ir ao shopping de metrô, é só descer na estação Escuela Militar e andar cerca de 15 minutos.

- Transfer VIP fica dentro do aeroporto e cobra 5.500 (US$ 11,00) p/p. Funciona 24h e deixa na porta do hotel.

- TurBus (das 5h30 às 0h) 1.700 (US$ 3,50). Pontos de paradas: Moneda Esquina San Martín, Metrô Estación Los Héroes, Metrô Estación Universidad de Santiago, Metrô Las Rejas, Metrô Estación Pajaritos.

- Centropuerto (das 6h às 23h30). 1.400 (US$ 3,00)Centro, Metrô Estación Los Héroes, Metrô Estación Universidad de Santiago, Metrô Las Rejas, Metrô Estación Pajaritos.

- Traz reais e aqui vc troca por pesos chilenos (troque no centro da cidade no aeroporto nao compensa) no centro procura a rua (calle) Agustinas com rua (calle) Ahumada ai estao todas as casas de cambio (pelo menos a maioria) va por mim troque aqui os reais, eu moro no chile já faz 11 anos e trabalho com turistas. Troca uns 70 USD no Brasil por pesos chilenos(para pagar o taxi ou outra coisa) mais o resto traza em reais mesmo.

 

 

Restaurante:

Sorvetira Chilena – Bravissimo a mais conhecida.

 

Hospedagem:

- Hostel a partir de US$ 12,00 compartilhado, procurar no centro da cidade.

- Apart-hotel Vegas (US$ 61,00) pelo menos 3 noites (US$ 183,00) quarto ótimo para o casal com banheiro privativo.

- Che Lagarto - e achei excelente! US$ 11 x 5 noites, um total de + -R$ 137,50O ambiente é limpo, as pessoas são legais, a localização é muito boa, o atendimento é bom e eu fiz muitas amizades.

 

Agência de turismo:

- Em frente ao mercado central eles tem tours e cobram barato para Valparaíso e Viña del Mar. +/- $ 60 USD por pessoa (todos cobram quase o mesmo valor ).

- CHILEXTREMO.COM; não contratar é ruim.

- Sky total - não contratar é ruim.

 

(18º dia) - Valle Nevado - é um centro de esqui chileno situado na Cordilheira dos Andes, a 46 km da cidade de Santiago. Foi criado em 1988 por empresários franceses, seguindo o padrão dos melhores resorts de esportes de inverno existentes na Europa. O que fazer? Esquiar. Levar água porque lá é US$ 5,00. Perto de Santiago ir de Micro ônibus. Aluguel de esquis e roupas + transfer para Valle Nevado: $30.000. Aula de esqui + ticket de um dia em Valle Nevado: $41.000.

 

(19º dia) - Valparaíso e Viña del Mar: $10.000 - Playa de Acapulco, Museo Francisco Fonk, onde está um dos dois únicos Moais fora da Ilha de Páscoa Ônibus (TurBus), Santiago - Viña del Mar - Santiago: $6.500

 

- Free tour - que começa às 10hrs da manhã com duração de 4hrs. Achei bem interessante pra conhecer a cidade de uma forma rápida e prática. Provavelmente, eu voltarei depois desse tour para os lugares que gostei mais e pra poder conhecer melhor. http://freetoursantiago.cl/tour.html.

- Vinícula del toro - Os vinhos nas vinícolas são bem caros, melhor preços estão nos supermercados

- Centro - casa do Governo (e-mail para vc agendar visita guiada), depois ai mesmo (no subterrâneo) tem o centro cultural La Moneda, ai exposição de artes, museus e etc se vc vai antes do 12:00 (meio dia) è tudo grátis),

- Plaza de Armas - visitar a Catedral de Santiago, pertinho esta o Museu de Historia (o valor $ 1, 20 USD).

- Rua San Francisco - visitar a Igreja San Francisco e ao ladinho esta o museu San Francisco que datam de 1665 por ai, também do lado desta Igreja esta o bairro Londres (ideal para tirar fotos).

- Cerro Santa Lucía - é um monte situado no centro de Santiago de Chile. Delimitado a sul pela Avenida Libertador General Bernardo O'Higgins, a oeste da Rua Santa Lucia, ao norte da Rua Merced e a leste da rua Victoria Subercaseaux. Cerro Santa Lucia O Cerro de Santa Lucia possui 69 metros sobre a cidade e 629 metros ao nivel do mar. Tem uma área de 65.300 metros quadrados. Dizem que é possivel ver a cidade inteira lá de cima.

- Bairro Lastarria - bairro bohemio cheinho de turistas, seguindo ao lado também esta o Parque metropolitano.

- Bairro Bellavista (o mais famoso), pois ai esta o Cerro San Cristobal que vc pode subir de funicular (vale $ 4 USD) subida e descida. Ai mesmo esta o zoológico metropolitano e pertinho da ai esta a Casa Museu de Pablo Neruda (para visita guiada tem áudio em Português) e também ai esta pertinho do Pátio Bellavista que esta cheinho de Restaurantes com cardápio em Português.

- Parque de las esculturas (é grátis) muito bonito ...cheinho de esculturas gigantes.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×