Ir para conteúdo
Marciachi

Relato de viagem - 2009 Bangalore, sul da Índia

Posts Recomendados

Esse dia merece um relato especial e mais minucioso. No primeiro sábado, fomos fazer um tour a pé (traditional walking tour) oferecido por uma agência local. Foi divertido desde o princípio, pq saímos do hotel as 6h30 am e tomamos um táxi, já que um amigo não nos aconselhou sair assim tão cedo num sábado usando um Tuk tuk. Ele não disse nada na ocasião, apenas sugeriu o risco de assaltos. Mas depois que voltamos ele disse que na verdade o que ele mais temia, era o risco de seqüestros de turistas com mulheres para crimes mais sérios, tipo estupro. Arebaba!!!!

 

Enfim depois de chegarmos ao ponto de referência que seria o Mac Donald´s em uma pracinha, seguimos no caminho errado...rsrss.... A guia havia instruído a, estando em frente a porta do MD, seguir até o fim da rua onde encontraríamos o tal parque que está nestas fotos e o grupo ali se reuniria para iniciar a caminhada.

 

Ocorre que o maldito MD tinha DUAS PORTAS principais!!! E obviamente para tornar a viagem mais emocionante, pegamos a rua errada. E anda que anda e nada de achar o fim da rua, muito menos um parque. Abordei uma criatura de estatura mediana, q certamente não entendia inglês (nem o meu maravilhoso!!! Rsrs). Mostrei o endereço impresso no papel e o indianinho, no melhor estilo “balançando a cabecinha para os lados” só faltou me dizer TIK TIK para me convencer que eu estava no caminho certo! Minutos depois saquei que o cidadão não entendera patavina e quando eu perguntara “is it correct? I may GO straight ahead to the end of this street? “ o seu “cacoete” indiano crônico, deveria ter sido traduzido por mim como: “FALE COM OUTRO PORQUE EU NÃO TE ENTENDO!!!” hahaa.

 

O que fazer então? Claro! Ligar para a guia! Sim...eu tinha todos os celulares importantes da Índia gravados no meu celular!!! Falei com a moça explicando que eu estava perdidinha da silva e que necessitava ajuda, mas que parecia que naquela rua especificamente, ninguém falava inglês!!! Ela falou falou e eu também não entendi direito. Eita sotaque miserável!!! Se ao vivo, olhando na cara e nos lábios do seu interlocutor já não é fácil, imagina por telefone!!!! A essa altura eu já estava com lágrimas nos olhos de tanta raiva! Faltavam 3 minutos para o início da caminhada e nós lá, sabe Deus quão longe do local correto! Por Lord Ganesha!!!! Socorrrrooooooooooo ........

 

Decidimos então que eu abordaria um “tuktuk driver” e voltaria a ligar para que ela mesma falasse para o cidadão aonde ele nos deveria levar. Depois de quase desistir do primeiro motorista que ficou “também” olhando prá mim com cara de paisagem, voltei e insisti!: YOU PLEASE TALK TO THE GUIDE AND ASK HER WHERE YOU SHALL DRIVE US, ok? Juro que estava a ponto de sentar na calçada e chorar de raiva!!! Dá uma sensação de impotência!!! Enfim, pagamos certamente mais do que seria justo pela “corrida” e finalmente chegamos ao encontro do grupo, onde após desculpar-me pelo atraso, um indiano alto que acompanhava uma amiga francesa virou-se prá mim e disse: YOU ARE NOT ENGLISH, ARE YOU? Kkkkkkkkkk. Ai que vontade de matar esse neguinho..... grrrrr !!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×