Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
vcircelli

Ajuda com roteiro para o Kruger

Posts Recomendados

Bom dia Vcircelli.

 

Muito obrigada pelo retorno e pelas dicas...

Adoro trilhas e concerteza vou pesquisar essas do Tsitsikamma e table mountain

 

Em Oudtshoorn eu vou sim na Cango Caves e tbm adoro vinhos então vou incluir um dia em Stellenbosch.

Onde dormiram la?

Sobre o Kruger, to pensando em entrar pelo Numbi, dormir a primeira noite em Skukuza (não sei se chegaria até o  Lower Sabie antes das 16h) e no segundo dia ir até Satara ou arredores (ainda não reservei) e permanecer la no 3 dia tbm...Mas vou considerar ir para um terceiro rest camp.

Adorei a dica de dormir em algum lugar próximo ao parque...to pensando em sair por Phalaborwa e dormir por ali e dps ir para a three rondavels...

Qual foi o gasto médio da viagem?

To pensando em levar de 12 a 15 mil rands.

Pq o carro e Kruger vou ter pago por aqui... O que acha?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, AmandaCapellari disse:

Bom dia Vcircelli.

 

Muito obrigada pelo retorno e pelas dicas...

Adoro trilhas e concerteza vou pesquisar essas do Tsitsikamma e table mountain

 

Em Oudtshoorn eu vou sim na Cango Caves e tbm adoro vinhos então vou incluir um dia em Stellenbosch.

Onde dormiram la?

Sobre o Kruger, to pensando em entrar pelo Numbi, dormir a primeira noite em Skukuza (não sei se chegaria até o  Lower Sabie antes das 16h) e no segundo dia ir até Satara ou arredores (ainda não reservei) e permanecer la no 3 dia tbm...Mas vou considerar ir para um terceiro rest camp.

Adorei a dica de dormir em algum lugar próximo ao parque...to pensando em sair por Phalaborwa e dormir por ali e dps ir para a three rondavels...

Qual foi o gasto médio da viagem?

To pensando em levar de 12 a 15 mil rands.

Pq o carro e Kruger vou ter pago por aqui... O que acha?

Em Stellenbosch nós dormimos em um Airbnb por duas noites. Foi ótimo, sem nenhum problema.

Já que pena em dormir em Phalaborwa, nós ficamos no Normann Safari Lodge reservado pelo Booking, gostamos muito

Nós (eu e minha esposa) levamos 1500 dólares e nos últimos quatro ou cinco dias da viagem começamos a usar cartão de crédito pra não ter que trocar mais e correr o risco de ficar com rand sobrando. Fomos com carro, Kruger e Airbnb pagos, mas o restante foi todo no dinheiro (combustível, restaurantes e hotéis). Se você vai sozinha (não lembro se comentou algo) acho que está bom sim, nós fomos em dois e ficamos 21 dias.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 25/06/2018 em 16:56, vcircelli disse:

Olá Isabela, eu e minha esposa voltamos semana passada da nossa viagem.

Enquanto não escrevo o roteiro completo aqui no Mochileiros, coloco um resumo aqui embaixo e tento responder algumas de suas perguntas. Nosso roteiro foi o seguinte: 

JNB (1 noite)
Phalaborwa (1 noite) - antes da entrada no Kruger
Kruger (4 noites) - divididas entre 3 camps diferentes
Nelspruit (1 noite) - entre último dia de Kruger e volta para JNB
JNB (1 noite) - antes da ida para CPT/Garden Route
Cape Agulhas (1 noite)
Plettenberg Bay (1 noite)
Jeffrey's Bay (1 noite)
Mossel Bay (1 noite)
Stellenbosh (2 noites)
Cape Town (6 noites)
JNB (1 noite) - antes da volta para Brasil

Alugamos um carro logo na chegada em JNB e devolvemos ele na segunda passagem por JNB, antes de pegar o vôo para Cape Town. Com esse carro dirigimos até Phalaborwa (portão que escolhemos para entrar no Kruger), rodamos por todo o Kruger e voltamos de Nelspruit (saímos pelo portão Malelane) para JNB.

Na ida para Phalaborwa passamos pela chamada Panorama Route, que é a basicamente um trecho da R532 e a R534. É realmente uma estrada muito bonita, nós paramos na God's Window, The Pinnacle e Bourke's Luck Potholes. Todos eles cobram uma pequena entrada. Atente-se ao horário, já que é um bom caminho ainda mais com essas paradas.

Nós gostamos muito de sermos independentes nas nossas viagens e não depender de guia/passeios contratados que tiram um pouco nossa liberdade e privacidade, no entanto antes da viagem estava com medo de não conseguir ver muitos animais e cogitamos fazer vários dos passeios que o próprio Kruger (e não as reservas privadas) oferece através do www.sanparks.org, mesmo site onde fazemos a reserva dos camps para dormir. Acabou que decidimos dirigir por conta própria e foi uma ótima decisão! É muito fácil ver os animais, logo no primeiro dia vimos a maioria deles (elefantes, girafas, búfalos, zebras, impalas, gnus, kudus, hipopótamos).
As diferenças que vejo em passar o dia com passeio contratado é que você não vai precisar dirigir (e a gente não acha isso nem um pouco ruim) e os guias se comunicam via rádio então você tem chances de ver os animais mais "raros" (felinos no geral, rinoceronte, etc).
Dos passeios oferecidos fizemos um night drive em Skukuza, já que é a única maneira de sair pelo parque a noite. Foi muito legal, vimos dois leopardos, hiena com filhotes, zebra e um raríssimo pangolin que nem a nossa guia acreditava ter visto. Tenha em mente que não é garantia de ver nada. A própria guia/motorista antes de sairmos disse que tem dia que veem todos os Big 5 no night drive e tem dia que voltam sem ver nem mesmo uma impala (o que mais tem por lá). Eles não tem rota pré-estabelecida, não sabem onde os animais estão, simplesmente saem dirigindo. 

Como pegamos um voo de JNB para CPT e vice-versa, nosso início e término da Garden Route foi em Cape Town. No primeiro dia saímos de CPT, passamos pela Boulders Beach, Chapman's Peak Drive (estrada linda!) e dormimos em Cape Agulhas porque eu fazia questão de passar no ponto mais ao sul da África (Cabo das Agulhas). Só vá para lá se também quiser ver esse ponto, a cidade é minúscula e não tem nada para fazer.

Na segunda noite dormimos em Plettenberg Bay. Gostamos muito da pousada que ficamos mas também não vimos nenhum atrativo na cidade. Tenha em mente que na época estava muito frio e chuva então isso nos limitou um pouco.

Na terceira noite dormimos em Jeffrey's Bay, que também não vimos muitas atrações, mas enfim... precisávamos dormir em algumas cidades ao longo do percurso. Neste dia paramos no Garden Route National Park, seção Tsitsikamma onde fica a Suspension Bridge. O valor pra entrar é um pouco salgado para passar o dia mas gostamos muito, o parque tem trilhas gostosas (fizemos duas de 1km, 1h/1h30min).

Na quarta noite dormimos em Mossel Bay. Adoramos a pousada também, e assim como as outras a cidade não tem grandes atrativos. Fomos no Museu do Bartolomeu Dias mas foi uma grande decepção. 

Na quinta e sexta noite dormimos em Stellenbosch, já que nossa intenção era visitar vinícolas. Fizemos uma degustação de 6 vinhos na Jordan Estate Wine e gostamos muito, tanto é que trouxemos 8 garrafas deles para casa. Entre Mossel Bay e Stellenbosh passamos na Cango Caves em Oudtshoorn e adoramos, veja na internet.

Quando estávamos em Joanesburgo uma pessoa nos disse que se íamos para o Kruger via Panorama Route, a Garden Route não seria grande coisa... e ele estava certo. Claro, é um passeio gostoso, conhecendo novas pessoas, pousadas, estradas e cidades mas não achamos nada muito especial.

Qualquer dúvida com JNB, Kruger, Garden Route ou CPT é só dizer que tento ajudar de acordo com nossa experiência

Olá Victor!

 

Muito obrigada pelas informações, já me ajudou muito!

Ainda estou decidindo o roteiro final e compartilho por aqui quando fechar.

  • Curti 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×