Relatos de Viagens por 2 ou mais países da América do Sul
#1211318 por aline.oliveira
18 Ago 2016, 20:41
Aqui segue o link para a planilha prometida:

https://www.dropbox.com/s/ejv8e2dg4evokug/Planejamento%20Chile-Bolivia-Peru%20%28vers%C3%A3o%20final%29.xls?dl=0

Basta baixar para consultar ou usar como modelo para fazer seu próprio orçamento. Pra meu humilde gosto está bem organizada e simples! ENJOY ::otemo::
Editado pela última vez por aline.oliveira em 07 Out 2016, 23:16, em um total de 5 vezes.

#1214502 por aline.oliveira
01 Set 2016, 11:02
11º Dia - Salar de Uyuni??

No domingo acordamos bem cedinho, por volta das 5h, a senhorinha não havia passado no hostel pra nos instruir em nada. Logo, não sabíamos nem ao menos que horas a van nos apanharia. Mais uma vez nos fantasiamos de bola, com várias camadas de roupa pra tentar partir rolando até o Uyuni. Então deu 6h, deu 7h, deu 8h e nada. Lá pelas 9h chegou a van ufaaaaaa :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: . Passamos num lugar pra tomar café da manhã (já por conta do pacote).
Esse tipo de pacote pro Uyuni já inclui as principais refeições, transporte, hospedagem. Não inclui banho ( qm quiser ficar cheiroso vai ter que coçar o bolso kkkk), banheiro, taxas de visitação e água (levar 6 litros).
Ahh já ia me esquecendo do câmbio, recomendo fazer já em Santiago, com 19000 COP comprei 200 BOB na AFEX. Lá no Atacama fiquei com tanta raiva do preço que nem me recordo quanto paguei. Compre em Santiago e cerca de 600 BOB ou mais. Do café da manhã fomos atravessar a fronteira, todos aqueles tramites de documento, passaporte, carimbo... tem fila nessa hora, tanto pra sair do Chile quanto pra entrar na Bolívia. Trocamos de carro, vão 7 pessoas por carro contando com o motorista, o fundo é meio apertado e as malas vão encima enroladas numa lona, não deixe de por sua capa de chuva na mochila. Por algum motivo entrou água nessa lona e o saco de dormir de Tai molhou todo no momento mais crítico da viagem.

Momento mais top do dia, o pôr do Sol. Inacreditável, mas essa foto foi de celular e sem edição!
Imagem

Vicunhas selvagens saltitando pelo caminho
Imagem

Dormimos em um abrigo, cobertas um pouco fedidas e sem calefação ou água quente. Essa noite foi pura tortura! Juro que não foi frescura ::Cold:: ::Cold:: ::Cold:: ::Cold:: . Lá estava eu com 5 camadas de roupa, sendo uma delas roupa de esquiar, 4 cobertas grossas e morrendo de frio. Durante a madrugada achei que não fosse suportar o frio e quase levanto pra escrever meu testamento. Primeiro erro cometido foi não levar saco de dormir, subestimei o frio, confesso! Pois então, sobrevivi a pior noite da minha vida e aqui estou ::hahaha:: .

Lá mesmo SPA, percebi que minhas meias e luvas não suportariam o frio do Uyuni, então comprei 1 par de cada.


Alguns custos:
Entradas e taxas: 200 BOB
1 par de meias + 1 par de luvas: 30.000 CLP
#1214554 por aline.oliveira
01 Set 2016, 15:05
12º Dia - Morte no Salar de Uyuni

Devo ter criado algum bloqueio para esse dia, não me lembro de muita coisa dele, e só percebi isso de fato agora ao tentar escrever algo sobre.
Só sei que aconteceu na Laguna Negra. Deixamos os carros e começamos a curta caminhada de uns 10 minutos, eram 5 carros em comboio. Após a caminhada partimos para a subida, creio que algo em tono de 20 metros, pois a vista da Laguna se dá de cima pra baixo. Topo! Nossa que linda! Após um tempo apreciando a vista e tentando encontrar o melhor ângulo para as fotos, vejo a cena mais triste que já presenciei. Um brasileiro pisou numa pedra e não sei por qual motivo a pedra partiu fazendo um estrondo, não era pedrinha, era pedregulho ::ahhhh:: . Acompanhei por intermináveis milésimos de segundo o rapaz desabando, a pedra primeiro no solo se espatifando e logo em seguida ele. Infelizmente ele bateu a cabeça em outra pedra, ficando imóvel por um tempo pra logo em seguida convulsionar. Cerca de 20 pessoas olhando incrédulas o que acontecera. Amigos correndo para tentar ajudar, até se arriscando para isso. Todos os guias foram correndo socorrer e pediram que a gente retornasse para os veículos.
A excursão para o Uyuni é praticamente sem contato com o resto da humanidade. Não temos sinal de internet e são raras a vezes que o sinal de telefone aparece. Então já perceberam a gravidade da situação sim?? No deserto, num país pouco desenvolvido, sem contato algum... Quando os nossos guias perceberam que nada podia ser feito, voltaram pros carros para tentar procurar um sinal na estrada mais a frente. E acreditem, eles nem tinham o número da emergência. Após algumas tentativas descobriram que a ambulância da cidade não estava disponível... O garoto faleceu.

De nada mais lembro, só de chegar ao hotel de Sal, e ter uma noite menos torturante que a anterior. Com uma comida maravilhosa regada a vinho. Diferente da noite anterior foi possível tomar um banho controlado de 5 minutos com direito a um carinha com cronômetro regulando a galera.

Essa foto foi tirada antes do ocorrido (nem fudendo teria chegado até aí se fosse após)... Não lembro o nome do lugar. Diria que subir até aí foi 100 vezes mais perigoso que lá na Laguna Negra, uma espécie de escalaminhada (escalada + caminhada), vai entender né??
Imagem
Imagem
Alguns custos:
Banho: 10 BOB
#1214568 por Leonardodsr
01 Set 2016, 16:23
Nossa, que tenso isso! Vou fazer esse roteiro mês que vem, já vi que em vários lugares os riscos de acidentes são reais. Já pensei em cancelar o down hill na estrada da morte, na Bolívia, depois que li sobre acidentes com turistas lá. Mas o medo já passou! :P
#1214571 por aline.oliveira
01 Set 2016, 16:31
Leonardodsr, fiz várias coisas mais perigosas durante essa viagem do que visitar a laguna. E msm assim aconteceu! Logo não deixe de fazer o que tiver vontade por conta de acidentes. Claro que recomendo sempre procurar fazer com a maior segurança possível, com profissionais experientes e tal. Conheci várias pessoas que fizeram o downhill e a opinião da galera é unanime: Vale a pena demais! E olha que uma dessas pessoas quebrou o braço.
#1215935 por aline.oliveira
08 Set 2016, 10:14
13º Dia - Adeus Salar de Uyuni

Muita expectativa pra esse dia... pq de fato eu pisaria no famoso salar, aquela imensidão branca e sem fim. Saímos bem cedinho pra pegar o nascer do Sol. Era o momento de deixar a imaginação rolar solta para tentar tirar as fotos dos sonhos no lugar dos sonhos ::hãã:: !
Imagem
Imagem
Imagem

Me surpreendi com a ilha de cactos gigantes, muito lindo, me senti a Gulliver.
Imagem

Saindo do Salar fomos para o cemitério de trens
Imagem

Chegamos cedo na cidade de Uyuni umas 14h, deixamos as mochilas na agência e fomos caçar um lugar para banhar. Tarefa difícil! Batemos de porta em porta parecendo sem teto, pedindo só um banho digno msm que pago. Nessa altura a pele já estava acabada, pior que das tartarugas do Projeto Tamar. Mas somos brasileiros e não desistimos, conseguimos uma pousada que pela bagatela de 10 BOB cada nos deixou tomar um banho quente num banheiro recém lavado ::Ksimno::. Ufa 3 quilos a menos!

Agora era só trocar dinheiro já que La Paz seria só trampolim pra pra Copacabana (retiramos ela dos planos pelo que ocorreu em SPA). Me perdoe mas já não lembro a cotação, aqui a mente corpo e alma já estavam começando a ficar esgotados rs. Viajar cansa galera! Não trocamos muita grana pq o plano era ficar 2 dias em Copacabana e seguir pra Puno já no Peru. Indico trocar alguma grana já em Soles peruanos, pq em Puno a cotação não é boa.

Encontramos uma rua com dois bons restaurantes, e tiramos na moeda pra saber em ql entrar. Mente cansada pra decidir. Eu diria que a moeda acertou! Voltamos pra agência que fecharia às 19h e seguimos para o ponto de ônibus marcado para as 20:30. Ônibus semi-leito e com promessa de acesso a internet.

*Combinamos com o motorista da empresa para reservar a passagem de ônibus para La Paz, mas indico não fazer isso. A passagem sai muito mais cara, acho que o dobro. Descobrimos isso quando fomos para o ponto por volta das 19h e lá tinha várias empresas oferecendo passagens com ótimos ônibus por um preço menor, inclusive a nossa.

Alguns custos:
Passagem Uyuni x La Paz: 180 BOB (consegue-se até por 100 BOB tranquilamente)
Banho: 10 BOB
Janta: 40 BOB
#1216014 por aline.oliveira
08 Set 2016, 14:33
14º Dia - Copacabana

Chegamos em La Paz às 5:30. Conseguimos um ônibus pra Copacabana às 6:30. Nada de hostel reservado. Andamos um pouquinhos e achamos o Copacabana Centro, onde reservamos apenas uma diária já que os planos ainda não estavam definidos. Hora de ostentar ::otemo:: sentando no restaurante mais lindo e com a melhor vista que encontramos defronte ao Lago Titicaca.
Imagem

Comida em Copacabana é muito barato e o prato típico é truta. Com 20 BOB vc faz um refeição completa com entrada, prato principal e sobremesa. Os passeios tb são super em conta, fechamos um pacote pra fazer a Isla del Sol, o passeio das Ilhas Flutuantes de Puno e o transporte de Copacabana para Puno por 100 BOB, lá tem várias agências nem preciso citar nomes (desculpa de qm não lembra rs).


Alguns valores:

Ônibus La Paz x Copacabana: 35 BOB
Hotel: 40 BOB
Almoço com bebidas: 80 BOB
Janta: 25 BOB
Pacote passeios e transporte: 100 BOB
Lavagem de roupa (Kg): 10 BOB
Travessia de balsa (La Paz x COPA): 2 BOB
Taxa rodoviária La Paz: 2 BOB

15º Dia - Isla de Sol

Daquele jeito msm, nas pressas, sem tomar café fomos ao cais do Titicaca pegar o barco para fazer o passeio na Isla del Sol. O barulho é chato e a viagem demorada, um pouco mais de 2 horas. Chegamos na parte norte primeiro, onde é cobrada uma taxa de manutenção da ilha. Lá um senhorzinho desdentado nos recebeu e se apresentou como guia (Imaginando eu que já estava incluso na tal taxa). Daí foi só andar por umas 2h sem ter tomado café da manhã debaixo de um Sol que fazia jus ao nome da ilha.

Para chegar a parte Sul da ilha vc tem duas opções:
1º) Retornar ao barco até o horário indicado, e ir de boa turistando, nenhum valor adicional é cobrado.
2º) Fazer uma caminhada de cerca de 3 horas. Cuidado! Aqui alguns "pedágios" são cobrados, ouvi dizer que até 3.

Decidimos pela fraqueza e cansaço que retornaríamos ao barco!

Bem... o senhorzinho tempo todo dizendo que daria tempo e tal. Só que quando chegamos ao fim do passeio só restavam 30 minutos pra fazer o msm percurso que fizemos em 2h. Foi um correr corre ::hahaha:: . Chegamos a tempo mas sofremos pra isso rs. E ele no final tb explicou que era um valor pago a parte e não nos acompanhou no retorno.

Imagem

Na parte sul mal deu tempo de comer!

Retorno ao hotel, pegar as malas e partir para o ponto esperar de novo o bus. Dormir duas vezes no mesmo lugar estava impossível, e isso faz muita falta rs!

Mais uma vez sem plano de hospedagem, por sorte o nosso guia do ônibus nos indicou um. O hotel Europa, localizado tão no centro de Puno que o barulho de trânsito era constante. Caçamos um telefone pra pedir comida e não encontramos nada. O jeito foi dormir pra esconder a fome. Me pergunto pq não emagreci nessa viagem rsrs, pq o tanto que eu passei de fome ::lol4::

* Super indico o Hotel Europa, atenção igual não encontramos em lugar algum. O responsável é um senhor cujo nome esqueci, mas de uma educação e gentileza inesquecível.

Alguns custos:
Taxa Norte: 10 BOB
Guia: 10 BOB
Taxa Sul: 5 BOB
Almoço: 15 BOB
Hotel Puno: 40 SOL
Táxi Puno: 5 SOL
#1216211 por aline.oliveira
09 Set 2016, 09:34
16º Dia - Puno

Não ouçam ninguém além de mim, não pulem Puno. É uma opinião, depois vcs podem me xingar e até bater ::toma:: caso não gostem. Achei interessante a forma que os habitantes das Ilhas Flutuantes de Urus vivem. São ilhas flutuantes artificiais. Na minha fértil imaginação acreditava que as ilhas saiam boiando pelo lago Titicaca ::lol4:: , mas são ancoradas ::putz:: . Vou logo avisando, preparem-se para ser extorquidos. Sério! Me senti uma refém de um sequestrador, onde só seria liberada após comprar uma artesanato.
Deixamos a bagagem na recepção do hotel, passamos no mercado pra comprar algumas coisas (fica em frente ao hotel) e aguardamos o "transporte" chegar. Da van pegamos uma lancha e seguimos pelo lago.
Durante o caminhos vamos cruzando por essas incríveis embarcações.
Imagem

Chegamos as ilhas e fomos recepcionados pelo prefeito Marcos. Que nos mostrou como são construídas, seu funcionamento, manutenção, fonte de renda e etc... Em cada ilha moram cerca de 7 famílias. Depois nos tomaram pelas mãos e fomos levados para conhecer as cabanas. No meu caso fui escolhida pela prefeito, que parece que queria me tornar a primeira dama da ilha ::otemo::. Coisa que fiquei tentada rsrs... aqui eu não sou ninguém hahahahaha. Por sorte meus amiguinhos de viagem foram nos seguindo e o casamento não foi consumado.
Lá cada um foi caracterizados como os habitantes da ilha. Acho que postar essa foto pode ser perigoso, mas vou correr o risco. Te amo Tai ::love:: não me mate!
Imagem
Imagem

Voltamos pro hotel, pegamos as malas e mais uma vez rodoviária. A passagem foi comprada na mão do msm homem que nos indicou o hotel Europa. Não sei dizer se comprar direto na rodoviária sairia mais barato, mas creio que sim.

Viagem longa, principalmente pro ter sido feita durante o dia. O ônibus vai socado de muambeiro, creio que erámos os únicos turistas. No meio do caminho fomos parados pela polícia. Umas das passageiras colocou uma sacola duvidosa debaixo da poltrona de Deco que só percebeu quando a polícia parou. Rapidamente ele saiu empurrando a sacola pro lado da mulher ::lol4:: . A polícia entrou vistoriando tudo só encontrando algo de suspeito no bagageiro do bus onde olhando pela janela vi uma senhora fazer um cabo de guerra com um soldado, cada um puxando a sacola de um lado.
Já na rodoviária de Cusco, a ideia agora era pegar um táxi. Já com a ideia na mente de recusar o primeiro preço e topar o segundo. Mas podem pechinchar que o preço cai muito.

Chegamos ao Hotel Panorama, localizado no topo de uma grande ladeira que dá no centro de Cusco. Só tínhamos reserva pro dia seguinte, mas por sorte conseguimos um quartinho, nada ideal mas que serviu bastante. Mais uma vez tentamos pedir comida sem sucesso, já era tarde da noite e entregas já haviam sido encerradas. Dormir pra esquecer a fome de novo!

Alguns custos:
Travessia de barco estranho: 10 SOL
Passagem Puno x Cusco: 100 BOB (isso mesmo, foi comprado na mão de um boliviano)
Táxi: 20 SOL
#1216816 por aline.oliveira
12 Set 2016, 10:41
17º Dia - Finalmente Cusco

Na noite anterior fiquei sondando com a recepcionista da pousada a possibilidade de fazer Machu Picchu pela hidrelétrica. Ela me explicou que seria cerca de 7 horas numa van depois mais 4 horas de caminhada. E o custo seria menos que a metade da alternativa de ir de trem. Fiquei tentada!
Saímos cedo da pousada para verificar se ainda tinha vaga nos trens da PeruRail e/ou IncaRail. Na Incarail os ingressos já estavam esgotados. Na Perurail havia pra um horário que não condizia com o desejado, mas ficamos com eles msm assim. Passagens compradas ::otemo:: . Resto do dia tirado pra boemizar, passear por Cusco, tomar aquela cerveja, comer bem...
Imagem

Dicas da Aline:
- Compre com antecedência as passagens de Trem.
- Compre com antecedência o ingresso para Machu Picchu.
- Se tiver bem fisicamente, vá pela hidrelétrica. Muito mais barato!
- Se for subir o Haynapicchu compre os ingressos com maior antecedência ainda.
- Se for de trem, compre as passagens partindo e chegando da estação de Ollantaytambo. Economizar é preciso!

No fim da tarde desse dia tb tiramos pra fechar todos os passeio de Cusco com a Backpacker (translado Cusco x Ollantaytambo, Rafting, Cerro Colorado e quadriciclo).

Alguns custos:

Trem Ollantaytambo x Águas Calientes: 67 USD
Trem Águas Calientes x Cusco: 100 USD
Cerveja: 7 SOL
Almoço: 38 SOL
Translado Cusco x Ollantaytambo: 20 SOL
Rafting e tirolesa com sauna: 105 SOL
Cerro Colorado: 90 SOL
Quadriciclo duplo: 150 SOL
#1216832 por aline.oliveira
12 Set 2016, 11:14
18º Dia - Águas Calientes

Acho que nossas passagens de trem estavam marcadas para às 13h. O translado nos apanhou por volta das 10:30. Tempo suficiente pra chegar, almoçar, resenhar... Embarcamos no trem, muito chique por sinal rs. Lá eles servem uma mini refeição, a paisagem é bonita, bla bla bla.
Vualá chegamos! Procurar a pousada Caolla Raymi que já tinha sido reservada. Saí pra comer ceviche, beber uma cerveja bem gelada, enfim, aquela vida difícil de sempre rs.

Essa foto tá errada, era pra ser Bienvenidos a Águas Calientes, mas tudo bem :roll:
Imagem

Alguns custos:
Pousada: 45 SOL
Translado Águas Caliente x Machu Picchu: 40 SOL
Translado Machu Picchu x Águas Calientes: 40 SOL
Almoço: 40 SOL
#1217087 por aline.oliveira
13 Set 2016, 09:30
19º Dia - MachuPichhu

Cidade perdida dos Incas, se prepare que eu vou lhe usar ::tchann:: .
O plano era pegar o Pôr do sol em Machu Picchu. O ônibus começava a sair de Águas Calientes as 5:30. Então tomamos café da manhã bem cedinho e as 5h fomos pro ponto. Surpresa a nossa ao tentar encontrar o fim da maldita fila do busão. Era enorme, grande, imensa. Parece que todas as pessoas tiveram a mesma ideia que a gente. Acho que gastamos quase 2h na fila até entrar no ônibus. Resultado?? Chegamos às 8h na entrada de Picchuzinho (já ficamos íntimos rs). Não sei pq motivo não me deixaram entrar com meu bastão de caminhada, sendo que vi várias pessoas pelo caminho usando, tive que contratar um locker. Não contratamos um guia, nessa altura dinheiro já era artigo de luxo.
Me desculpem os amantes dessa cidade mas... Foi legal?? foi. É incrível? muito. Mas o preço que se paga não vale. Vale sim se vc quiser fazer parte da história assim como eu queria. Pra mim uma hora, uma hora e meia é mais que suficiente pra conhecer a cidade toda. Então pensem comigo: vc gasta 2 dias pra ir e voltar de lá, gasta com hospedagem, ingresso, ônibus e passagem de trem cara pra caralho, isso tudo fica por volta de mil suados reais. E depois de uma hora conclui que já deu. Tem mais nada pra ver?? Então use motivos extremamente pessoais pra concluir se vale a visita de trem. Por trilha de 4 dias acho que é outra coisa, faria dessa forma se pudesse voltar no tempo. A aventura e o prazer da trilha :D , faz mais meu perfil.
Como havia dito, chegamos às 8h e começamos rodando por Machu Picchu, sabíamos que nosso horário pra o Haynapicchu era às 8:30. Não nos importamos muito com isso, achando que uma vez dentro da cidade era só começar a subir o Haynapicchu a qualquer hora. Engano nosso! É preciso passar por uma nova portaria de controle e se vc não estiver por lá na hora exata não sobe mais ::hein: . Regras são regras! Nos fud...
Sabe aquela famosa foto?? Pois bem rs é um inferno conseguir tirar, tem gente tentando e fazendo pose em todo lugar. Quando vc acha que conseguiu tirar, olha o braço de alguém atrapalhando, olha alguém saindo na sua foto tentando tirar uma selfie kkkkk ::lol4:: .
Imagem

Já em Águas Calientes aconteceu um fato engraçado. Entrei num restaurante pra acessar o wi-fi e tomar um suco. Como gosto de experimentar, escolhi o com nome mais esquisito da lista, um tal de plátano. Pra minha surpresa era suco de banana. Eca ::xiu::, pense em banana batida apenas com água.

Pegamos o trem que nos deixou próximos a Cusco, pegamos um táxi até o hotel Panorama e pronto, enfim dormiríamos 3 noites seguidas num mesmo lugar.

obs1: Nosso mochilão ficou no hotel em Cusco. Só levamos o extremamente necessário pra Águas Calientes.
obs2: O hotel Panorama tinha sérios problemas, o quarto que ficamos fedia pra caralho. O Wifi não funcionava no andar de cima. O café da manhã era muito fraco, as vezes só consistia em pão com margarina e um pequeno copo de suco, apenas 1 mesmo, não ouse pedir mais. Sem contar na imensa escadaria q dá acesso ao centro.


Dicas da Aline:

- Chegue com muita antecedência na fila pra pegar o bus até Machu Pichu, a fila é quilométrica, madrugue msm!
- Se for subir o Haynapicchu pegue o segundo horário. Para não correr o risco de perder a hora, eles são muito rigorosos com isso!
- Compre as passagens do ônibus de Águas Caliente x Machu Picchu no dia anterior.

Alguns custos:
Locker: 3 SOL
Táxi: 20 SOL
Custo de deixar a mochila no hotel em Cusco: 5 SOL
#1217094 por aline.oliveira
13 Set 2016, 09:53
20º Dia - Rafting

Curti muito essa atividade. Meio que desempolguei no inicio pq começamos bem light. Mas depois a coisa começou a ficar radical msm ::otemo:: . Ao começar a molhadeira percebi pq a sauna, não era um plus e sim uma necessidade básica, a temperatura da água era por volta de 2°C e nosso pé permaneceu por todo esse tempo em contato direto com a água que invade o bote. Está incluso roupa de neopreme, corta-vento, colete, almoço, tirolesa e sauna. No final é possível comprar um CD com as fotos. Ele pegam no hotel e no retorno ficamos na praça principal.
A paisagem é perfeita!
Imagem

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes