Como vestir-se em Locais Frios - Sistema de Camadas (Anorak - Fleece - Underwear)

Parkas, anoraks, calças e tudo mais sobre as melhores opções de roupas e tecidos


Como vestir-se em Locais Frios - Sistema de Camadas (Anorak - Fleece - Underwear)

Mensagem não lidapor LeoRJ » 23 Mai 2009, 02:32

TUTORIAL SOBRE COMO VESTIR-SE EM LOCAIS FRIOS

Para as atividades de montanha e esportes ao ar livre, o ideal é vestir-se de maneira correta e mais versátil possível.

Em climas frios, necessitamos proteger o corpo contra o frio, vento, umidade e outras intemperes.

A melhor maneira de se vestir para atividades ao ar livre é o sistema de camadas.

A arte é o de encontrar uma boa mistura entre as diferentes camadas que compõem este tipo conjunto protetor.

Basicamente, existem três principais camadas, mas poderá aumentar para cinco ou até seis, dependendo do tipo de atividade e ou clima de onde será utilizada.

Com o grande avanço tecnológico dos tecidos, existe no mercado uma grande gama de produtos, mas tentaremos simplificar ao máximo as possíveis combinações.


1ª CAMADA - ROUPA INTERIOR (SEGUNDA PELE) - UNDERWEAR E BASE LAYER

ScreenHunter_01 Mar. 21 16.11.jpg
ScreenHunter_01 Mar. 21 16.11.jpg (18.38 KiB) Exibido 40815 vezes


É a camada que estará em contato com a pele, cuja função é transferir a umidade do suor pra fora, mantendo o corpo o mais seco possível.
Esta capa deve ser de tecido de rápida secagem. Os materiais mais utilizados são o polipropileno e poliéster.

Os mais avançados utilizam o sistema e Power Dry® (Polartec).

Muitas pessoas confunde Underwear Polar com Base Layer.

Existe uma grande diferença:

Base Layer - Tem a função principal de drenar o suor pra longe, deixando a pele o mais seca possível. Seu maior diferencial é que ele não é feito pra aquecer, e sim pra regular e manter a temperatura corporal. Um bom exemplo seria um tecido em poliéster com sistema Coolmax® e o Power Dry® da Polartec .

Underwear Polar - Tem a mesma função de drenar o suor pra longe do corpo, mas diferente do Base Layer, ele possui características térmicas e ajuda a aquecer o corpo. Um bom exemplo seria o Power Stretch® da Polartec.


2ª CAMADA - ROUPA INTERMEDIÁRIA - POLAR

ScreenHunter_03 Mar. 21 16.57.jpg
ScreenHunter_03 Mar. 21 16.57.jpg (20.86 KiB) Exibido 40805 vezes


Esta segunda camada é a responsável de manter o calor corporal. Existem vários tipos de tecido. O mais comum é o fleece, que também é chamado de pile.

Atualmente é possível encontrar uma grande variedade de tecidos e composições, que entre si, são altamente diferentes no quesito aquecimento e resistência a vento.

Os melhores são:

POLARTEC® Classic - Composição em 100% poliéster que cria bolsões de armadilha para o ar e conserva assim o calor do corpo. Ao contrário do fleece comum, os produtos POLARTEC® Classic mantêm a sua capacidade isolante e Anti-Bolis (não cria bolinhas na parte externa do tecido) após múltiplas lavagens. Esses tecidos são disponíveis em diferentes pesos, para proporcionar o bom nível de isolamento na maior parte das atividades ao ar livre.

POLARTEC® Classic 100 - Tecido leve e excelente para o primeiro casaco ou agasalho quente.

POLARTEC® Classic 300 - Tecido mais pesado e proporciona uma calorosa camada térmica para qualquer atividade ao ar livre em temperaturas muito baixas. Meio caminho entre os dois são os POLARTEC® Classic 200, o que proporciona uma excepcional versatilidade e calor.

POLARTEC® Thermal Pro® - Tecido altamente tecnológico, que proporciona avançada capacidade de isolamento térmico. Mas, sua capacidade de transpiração é bem reduzida, se comparado ao Classic.

O tratamento hidrorepelente DWR aplicado na superfície externa, faz com que a chuva e a neve deslizem antes de serem absorvidas.

Sistema Hidrorepelente DWR (Não é Impermeável):

ScreenHunter_18 Mar. 21 19.39.jpg
ScreenHunter_18 Mar. 21 19.39.jpg (25.38 KiB) Exibido 40670 vezes


OBS: Existem outras variações de tecidos Polartec®, como: Wind Pro®, Windbloc®, Windbloc-ACT e Power Shield®, mas não entraremos no mérito deles, pois eles são mais utilizados como última camada (corta-vento). Como estamos estudando o sistema de camadas, melhor deixarmos essas variações de fora, para não complicar muito.

GORE® - WINDSTOPPER®

O tecido WINDSTOPPER® oferece uma ótima proteção contra vento e frio e seu tecido é extremamente versátil e durável. Graças à sua resistência ao vento e total transpirabilidade, esse vestuário dará conforto para um vasto leque de atividades e as condições meteorológicas.

Muitos montanhistas e atletas estão dando preferencia a esse tecido ao Polartec.

O Windstopper não é fabricado em camada única de tecido como o Palartec, sua composição é composta de três camadas, dando assim o grande diferencial de qualidade. Além de ter tratamento hidrorepelente, ele possui membrana resistente a água também.

Essa membrana (não existente no Polartec), dá ao Windstopper uma melhor proteção contra neve e água, mas não o torna realmente impermeável.

Composição de Camadas do Windstopper:

ScreenHunter_05 Mar. 21 17.00.jpg
ScreenHunter_05 Mar. 21 17.00.jpg (24.13 KiB) Exibido 40727 vezes


Sistema Hidrorepelente com Membrana (Não é Impermeável):

ScreenHunter_06 Mar. 22 14.27.jpg
ScreenHunter_06 Mar. 22 14.27.jpg (32.28 KiB) Exibido 40568 vezes



3ª CAMADA - CAPA EXTERNA IMPERMEÁVEL - ANORAK

ScreenHunter_06 Mar. 21 17.07.jpg
ScreenHunter_06 Mar. 21 17.07.jpg (21.96 KiB) Exibido 40726 vezes


A terceira camada impermeável ou camada externa, serve para proteger contra o vento e água.

Exitem vários tipos de materiais, composições e tipos de shell (composição da camada externa de tecido do conjunto do anorak).

A composição dessa tão importante peça, é bem parecida com o sistema de camadas do Windstopper mostrado acima.

O anorak é a peça chave de todo conjunto. Não adianta economizar na compra. É muito importante ficar atento a qual tipo de membrana é utilizado no modelo escolhido.

As mais conhecidas membranas são:

Gore-Tex®, Triplepiont®, Hyvent™, Simpatex®, Conduit®, Ultrex® e outros...

Devido a gigante variações de membranas, somente iremos abordar a mais conhecida. O Gore-Tex®.

Para entendermos mais sobre o funcionamento dessa membrana, vamos visualizar o gráfico abaixo:

ScreenHunter_14 Mar. 21 17.27.jpg
ScreenHunter_14 Mar. 21 17.27.jpg (23.83 KiB) Exibido 40686 vezes


Cada centímetro quadrado dela contém bilhões de microporos, cada um deles é 20 mil vezes menor que uma gotícula de água e 700 vezes maior que uma molécula de vapor. Ou seja, a membrana fornece total impermeabilidade, ao mesmo tempo que permite que o excesso de calor e o vapor da transpiração saiam com facilidade.

Funcionamento do GORE-TEX®:

ScreenHunter_01 Mar. 22 13.29.jpg
ScreenHunter_01 Mar. 22 13.29.jpg (31.24 KiB) Exibido 40549 vezes



TIPOS DE GORE-TEX:


GORE-TEX® Performance Shell

Principais benefícios: Proporciona una proteção comoda e transpirável, e uma proteção impermeável e cortavento.

Vantagens:
- Comodidade, permite a transpiração e proporciona uma proteção impermeável duradoura
- Suficientemente versátil para uma ampla variedade de atividades ao ar livre


GORE-TEX® Paclite® Shell

Principais benefícios: Combina uma capacidade de transpiração extrema, uma grande resistência ao vento e impermeabilidade com um peso e volume mínimos.

Vantagens:
- Como não necessita nenhum forro complementar, as roupas em GORE-TEX® PACLITE® são mais leves e menos volumosas que qualquer outra em GORE-TEX®
- Impermeabilidade duradoura e extremadamente transpirável
- Roupas leves, pouco volumosas e versáteis

OBS: Particularmente, não gosto nem um pouco do Paclite, pois é muito frágil e fino, possibilitando rasgos com muita facilidade.


GORE-TEX® Soft Shell

Principais benefícios: Combina uma proteção ótima contra as intempéries do tempo, com a máxima comodidade. Impermeabilidade duradoura, cortavento e transpirável.

Vantagens:
- Menos capas, mais finas, que permitem uma maior liberdade de movimento
- Proteção duradoura, muito transpirável e impermeável
- Mantem o calor em condições frias e úmidas


GORE-TEX® Pro Shell

Principais benefícios: Foi concebido com os tecidos mais resistentes, transpiráveis, duradouros, impermeáveis e cortavento.

Vantagens:
- Satisfaz as necessidades dos profissionais e amantes das atividades ao ar livre
- Desenhada para condições extremas prolongadas
- Oferece uma proteção muito duradoura, resistente, impermeável, transpirável e cortavento


OBS: Existem outras variações de GORE-TEX®, como o GORE-TEX® XCR®, GORE-TEX® GORE™ 2 in 1 e GORE-TEX® X-TRAFIT™, mas não vamos abordar todos deles, pois são mais utilizados em luvas. Iremos focar somente no XCR®, que é o mais utilizado nessa categoria.

O GORE-TEX® XCR®, que é muito utilizado em luvas e calçados, pois sua capacidade de transpirabilidade é muito superior as outras variações.
Comprando luvas ou botas, de preferencia ao XCR®.

Funcionamento do GORE-TEX® XCR® em luvas:

ScreenHunter_04 Mar. 22 14.01.jpg
ScreenHunter_04 Mar. 22 14.01.jpg (26.7 KiB) Exibido 40548 vezes



GORE-TEX® XCR®

Principais benefícios: As luvas e botas com tecnologia XCR®, proporcionam uma comodidade máxima para um gama maior de temperaturas e níveis de atividades, graças a sua transpirabilidade melhorada.

Vantagens:
- Perfeitos para um maior nível de atividades em condições de frio
- Proporcionam uma proteção cortavento e impermeável, e una transpirabilidade extrema
- Optimizam a comodidade e mantem as mãos secas e quentes durante mais tempo



EM CASOS DE FRIO EXTREMO

Em casos excepcionais de frio extremo (-10ºc pra baixo) pode-se utilizar um casaco com isolamento de fibra ou pluma de ganso.

ScreenHunter_15 Mar. 21 18.28.jpg
ScreenHunter_15 Mar. 21 18.28.jpg (10.86 KiB) Exibido 40655 vezes


PLUMA DE GANSO - É o melhor isolamento conhecido, mais leve e compressível que se pode encontrar no mercado. É ideal para todo tipo de atividades de inverno com baixa umidade ambiental, já que ao existir demasiada umidade, a pluma perde sua capacidade de isolamento térmico, como por exemplo em travessias sobre lagos ou oceanos congelados, onde a umidade é muito alta.

Vantagens:
- Muito compressível
- Leve
- Pouco volume
- Muita capacidade de retenção de calor

Desvantagens:
- Molhado perde sua capacidade de isolamento térmico.
- Quando molhado custa muito a secar
- É necessário lavar com produtos especiais
- Custa bem mais caro


FIBRA SINTÉTICA - Necessita de mais volume que a pluma para conseguir um bom isolamento, sua espessura irá variar segundo o fabricante da fibra utilizada no enchimento. É um isolante de fácil cuidado e uso. A fibra sintética se diferencia da pluma por não perder suas propriedades de isolamento em condições de alta umidade e possuir secagem bem mais rápida. As fibras mais utilizadas são: Polarward 3D®, Hollowfill®, Thinsulate®, PrimaLoft®, ThermaTek®, IT Synthetic® etc.

Vantagens:
- Seca mais rápido que a pluma
- Não necessitam maiores cuidados ao lavar
- Menor preço
- Não perder sua capacidade de isolamento térmico em condições de alta umidade

Desvantagens:
- Volume consideravelmente maior que a pluma
- Maior peso
- Menor capacidade de isolamento térmico

Destaque ao PrimaLoft® que é a fibra que mais retém calor de todas e sendo assim, não é preciso utilizar largas camadas para criar um ótimo isolamento, conseguindo assim, fabricar uma peça muito mais leve e compacta.


Em general pode-se dizer que um casaco de pluma é mais conveniente para expedições de inverno a locais muito frios e secos, mas para uso geral, é mais recomendável um casaco de fibra sintética.


OBS: As vantagens e desvantagens da pluma e da fibra sintética, podem ser plenamente utilizadas na escolha de sacos de dormir.



Considerações finais:

• As peças acima citadas, não são somente para a parte superior do corpo (tórax), o sistema de combinação de camadas para as pernas é o mesmo sistema utilizado no tórax.

• Em atividade física, o indivíduo poderá alternar e retirar ou não alguma das camadas, pois quando estamos em atividade, o corpo pode sobreaquecer e será preciso maior eliminação de vapor de suor. Então... Se começar a suar muito, melhor ir retirando as camadas superiores até regular melhor a temperatura corporal.

• A tecnologia dos tecidos deve ser levada em conta pra escolha de gorros, cachecóis e luvas, mas não necessariamente será preciso a combinação de camadas para essas peças, tendo em vista que muitos desses equipamentos, são vendidos completamente prontos para uso solo (sem necessidade de complementos).


ATENÇÃO: O SISTEMA DE TRÊS CAMADAS, RARAMENTE SERÁ UTILIZADO NO BRASIL, TENDO EM VISTA QUE ELE É IDEAL PARA CLIMAS DE 5ºC PRA BAIXO.

NADA IMPEDE A UTILIZAÇÃO INDIVIDUAL DAS PEÇAS EM OCASIÕES OPORTUNAS.


OBS: Não vale a pena onerar ou diminuir sua viagem, para investir em equipamentos caros, a não ser que sejam realmente indispensáveis.


Espero que esse tutorial ajude na escolha correta dos equipamentos.

Abraço a todos,
Leo


Ressuscitado pela última vez por LeoRJ em 23 Mai 2009, 02:32.
Avatar do usuário
LeoRJ
Editor Mochileiros.com
Editor Mochileiros.com
 
Mensagens: 4052
Desde: 16 Abr 2007, 09:58
Localização: Pucón - Chile

Voltar para Roupas



Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 0 visitantes