Troca de informações e relatos de trilhas e travessias na região sudeste do Brasil. Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.
#353645 por LÉO SJC
11 Mar 2009, 15:25
Olá Augusto!
Bom... a dupla que o Marcelo Baptista encontrou na trilha, um deles era eu..rsrs..
Acho q o Marcelo descreveu bem a trilha, a única diferença foi que na bifurcação que existe lá, ao invés de seguir a trilha da direita, é seguir reto subindo a montanha para se chegar a pedra da onça. (da bifurcação até o cume são aproximadamente 30 min de subida). Não tem como se perder pois a partir da birfurcação só existe essa trilha e é bem demarcada.

OBS: Ao chegar no topo, recomendo acampar ao lado de uma "gruta" que existe lá, pois é o lugar que menos venta la em cima.

Abraço a todos, e qualquer duvida estou a disposição.

#353737 por Augusto
12 Mar 2009, 06:17
O Marcelo disse lá no relato que vcs (vc e o Anderson) conhecem bem a região.
Tá aí outro motivo p/ vc criar um relato aqui no Fórum. :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

É bom porque ajuda a galera e incentiva outros a conhecerem mais a região.

Estamos no aguardo hein :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:


Abcs
#354103 por LÉO SJC
13 Mar 2009, 21:46
Olá galera.. voltei...
Bom vou contar um pouquinho sobre a trilha de SFX a Monte Verde!

Bom... saindo de São José as 8 hs da plataforma 16 da rodoviária, tem +- 1 e 40 hs até a praça central de SFX, eu estava acompanhado do meu amigo Anderson ( Aliás a trilha do Mirante ele não conhecia).
Arrumamos as mochilas que por sinal estavam bem pesadas, pois as barracas eram um pouco grandes, pois tinha-mos programado a trip para ficar 3 dias acampado lá, então levamos muita comida.(estavamos cada um com+- 30 Kg na mochila).
Entramos na estrada que liga São Francisco até Joanópolis e andamos uns 2 Km até chegar a ponte sobre o rio Santa Cruz (acho q é isso mesmo o nome do rio), então tomamos a nossa direita e seguimos pela estrada do bairro dos Ferreiras, para chegarmos até a fazenda Monte Verde ( Fazenda do Jorge).
Ao longo da estrada existem apenas 2 pontos de água, um logo no começo e o outro no meio do percurso onde tem uma "gruta" de Nossa Senhora Aparecida.
Nesse dia o sol pegou forte e desgastou muito na subida até a fazenda, pois são 5 Km da cidade até la.
Por volta das 11 hs, eu e Anderson paramos para descançar e nos encontramos com o Marcelo na última subida antes de chegar a fazenda, essa é a pior de todas....
Então como os nossos ritmos estavam bem parecidos o Marcelo se juntou a nós e começamos a caminhada, mas o destino dele era Monte Verde.
Pois bem, após umas 2 horas de caminhada seguindo montanha acima, o Marcelo como estava mais leve se distanciou da gente e nos esperou na bifurcação. Após uns 15 minutos chegamos a bifurcação e aproveitamos para descançar e eu mostrei a eles o marco da divisa de estados.
Após a despedida do companheiro de trilha, seguimos trilha acima, onde a mata se fecha mais e onde começam as piores subidas.A trilha nesse ponto esta um pouco fechada, mais pelo uso frequente e algumas erosões por causa das chuvas, não tem como se perder.
Após +- 30 min de subida a partir da bifurcação chegamos ao mirante ou pedra da onça, armamos acampamento e aproveitamos um pouco da vista la de cima que é incrível, isso ja era por volta de 15 h.
Com o fôlego recuperado e estômago cheio, sentamos na pedra para apreciar a paisagem quando avistei de longe uma nuvem não muito legal.... era chuva forte chegando.
Eu e o Anderson reforçamos a barraca e por coisa de 20 min a chuva forte chegou.
Era por volta de 22 hs a temperatura la em cima estava próxima aos 6 graus e a chuva ja tinha parado. Eu para ajudar ainda, comi algo que não caiu bem e fiquei mal a noite toda. Decidimos mudar o nosso destino e iriamos sair no outro dia bem cedo e seguir para Monte verde para nos encotrarmos com o Marcelo, para tentar chegar ao Pico do Selado, mas eu já estava sem forças para caminhar, então achei que era melhor voltar para casa.
Esse é um breve relato da nossa trip a SFX, que alias fazia um bom tempo que eu não fazia mais nenhuma trip.

Alguns toques sobre a trilha para quem vai para o mirante:
- Se for acampar la em cima, a última bica é uma que fica numa parte descampada da trilha, você verá que na saída da bica existem algumas manilhas (pois antigamente passava por ali uma estrada) antes de chegar a bifurcação, se tiver chovido um dia antes, ao longo de toda a trilha tem bicas.
- La em cima no mirante, tem uma outra "trilhazinha" que dá para uma pedra (alías cuidado la pois venta muito), essa trilha está bem fechada, ela começa um pouco antes da entrada do mirante a esquerda.
- Tem uma coisa bem legal, se você der sorte, ao longo de toda essa trilha pode ver o macaco Muriqui, o maior macaco da américa. Eu particularmente só vi ele 1 vez, durante esses 5 anos de trip.

Valew galera, espero ter ajudado em alguma coisa, se precisarem eu estou a disposição.

Abraço!
#455590 por davicaetano
15 Mar 2010, 19:20
Olá Augusto,

Nesse final de semana que passou fui fazer a travessia em Monte Verde. Usei como guia o seu relato, inclusive fiz o mesmo caminho, só não fui até SFX porque deixei a moto na frente do Bradesco. Muito obrigado pelas informações relatadas e pela experiência compartilhada. Foi minha primeira travessia e logo vou postar o relato dela. Ler os relatos aqui deixa as coisas mais fáceis, tanto pela parte técnica, como locais de fontes de água, quanto pela parte psicológica.

Só uma pergunta: A pedra em que voce acampou no Pico do Selado é aquela que fica à esquerda do Pico olhando logo que se escala? Eu montei a barraca ali e no meio da noite o vento estava muito forte mesmo. Estava tão forte que não me assustaria se de repente acordasse no Platô por conta do vento ::lol4::

Obrigado.
Davi.
#455914 por Luis Arau
16 Mar 2010, 20:42
Esta trilha é muito legal mesmo. Eu e minha mulher já fizemos várias vêzes. Tanto de Monte Verde para São Francisco, como o contrário. Para aqueles que tem um bom preparo, dá pra fazer um bate e volta de São Francisco até o Pico Selado com uma mochila leve com água e lanche de trilha. Água somente para quem não costuma beber das trilhas, pois a subida de SFX até a porteira, tem muita água boa. Em São Francisco, deixe o carro na Fazenda e suba. Subindo em silêncio, no meio da trilha onde vc vai começar a ver grandes arvores e vegetação de mata atlântica com bromélias enormes, bem antes da porteira(base da trilha para o Selado, platô, pp), com sorte, costuma aparecer macacos Muriquis. Vá até o Selado e depois volte até a Fazenda. Muito boa caminhada. Dá pra fazer num bate volta legal. O mais interessante nesta trip é que quando chegamos em um café na praça de SFX, contamos a trilha para a proprietária do local. Para nossa surpresa ela nos falou que foi a primeira vez que alguém conseguiu fazer da Fazenda ao Selado e voltou. Segundo ela, alguma coisa sempre dava errado e as pessoas nunca conseguiam chegar ao Selado. Bom, esta é a história que ela nos contou. Será verdade ? Não acredito.
Editado pela última vez por Luis Arau em 20 Mar 2010, 19:35, em um total de 4 vezes.
#456069 por Augusto
17 Mar 2010, 11:04
Blz Davi.

Legal que tudo deu certo na travessia e as infos te ajudaram. Esse é o espirito.

A pedra que eu montei a barraca é a ultima seguindo em frente, passando o acesso ao topo do pico.
Foi bem no platô mesmo.
Como tinha chovido muito e os lugares planos estavam todos alagados, não restou outra opção. Ficamos bem a esquerda e só tivemos que ancorar um pouco a barraca, mas durante a noite nem ventou tanto assim.
Poderiamos ter voltado um pouco na trilha e montar a barraca em outros pontos, mas percebemos que o platô era seguro.
Como no seu caso o vento tava muito forte, com certeza o platô não era uma boa opção.

E quem sabe da próxima vez vc tendo mais 1 dia, até dê p/ descer em direção a SFX pela Fazenda Santa Cruz.

E só uma pergunta: vc não chegou a acampar na Pedra Partida né?
Só foi e voltou?


Abcs


davicaetano escreveu:Olá Augusto,

Nesse final de semana que passou fui fazer a travessia em Monte Verde. Usei como guia o seu relato, inclusive fiz o mesmo caminho, só não fui até SFX porque deixei a moto na frente do Bradesco. Muito obrigado pelas informações relatadas e pela experiência compartilhada. Foi minha primeira travessia e logo vou postar o relato dela. Ler os relatos aqui deixa as coisas mais fáceis, tanto pela parte técnica, como locais de fontes de água, quanto pela parte psicológica.

Só uma pergunta: A pedra em que voce acampou no Pico do Selado é aquela que fica à esquerda do Pico olhando logo que se escala? Eu montei a barraca ali e no meio da noite o vento estava muito forte mesmo. Estava tão forte que não me assustaria se de repente acordasse no Platô por conta do vento ::lol4::

Obrigado.
Davi.
#764976 por nelmarpg
03 Out 2012, 14:15
Augusto,

Ótimo relato. Vou para Monte Verde no início de novembro próximo e pretendo fazer ao menos um trecho desta travessia.

Suas informações aqui serão muito relevantes para o planejamento e para a travessia em si.

Valeu.
#765406 por nelmarpg
04 Out 2012, 13:05
Augusto,

pretendo fazer a crista e no outro dia fazer a trilha até SFX, uma vez que estarei com minha esposa e ela não gosta muito de caminhar, então a noite ficarei com ela e vou tentar convencê-la a acamparmos no Pico do Selado,l para vermos o por-do-sol, nascer do sol.

Att.
#765826 por Augusto
05 Out 2012, 12:53
Blz Nelmar.

Acampar no Pico do Selado é tranquilo.
Tem a opção de vc montar a barraca quase na base do Pico ou no platô, um pouco à frente, onde a gente montou a nossa barraca.

Qto a descer pela trilha da Fazenda Sta Cruz, tive retorno de pessoas que passaram recentemente por lá e disseram que em alguns trechos da trilha, o mato tá tomando conta, mas nada muito difícil.
A trilha, na verdade é uma antiga estrada, então dá p/ passar.
E um outro problema é que o dono da Fazenda tá criando caso com os mochileiros que passam por lá.
Quem desce pela trilha tá evitando passar pela sede da Fazenda p/ evitar esses problemas.

Um pessoal que pode te dar informações mais atuais é a agencia CAT de SF Xavier.
O Miragaia, que é um dos guias da agencia, ou quem te atender lá, pode lhe ajudar com essas infos.
Ou o Centro de Infos Turisticas de SFX.
No google é facil conseguir o telefone deles.



Abcs
#767138 por nelmarpg
09 Out 2012, 14:22
Valeu Augusto.

Vou entrar em contato com eles. Como vamos ficar uns 2 dias apenas em Monte Verde e acampados no Camping que existe lá, vou ter que planejar bem o que fazer lá, pelo menos os cumes quero fazer.

Depois de lá vamos para Campos do Jordão, daí serão 3 dias e já via alguns relatos seus aqui bem interessantes. Teria mais algumas dicas?

E fechando vamos descer para Trindade-RJ, onde pretendo fazer a travessia até a praia de Camburi e acampar lá a noite. Sabe me dizer se é tranquilo? quanto tempo mais ou menos de Trindade a Camburi? Tem algum mapa ou tracklog desta trilha? Por onde saio de Trindade para pegar esta trilha?

Desculpe pelas iumeras perguntas, mas como você tem muita experiência e produz ótimos relatos, estou pedindo-lhe uma ajuda.

Grande abraço.

Nelmar
#767626 por Augusto
10 Out 2012, 15:59
Blz Nelmar.

Fique atento que o único camping de Monte Verde (Recanto dos Bambus) tá um pouco longe da cidade hein. São uns 4 Km do camping até o portal de MV.
Como é baixa temporada, com certeza vc consegue pousada com preços baixos.
Eu recomendo vc fazer isso.
Próximo do bairro Operário, que fica no outro extremo do portal, existem algumas pousadas que são bem legais e com valores não tão altos.

Estando em SFX, a logistica p/ chegar em Campos do Jordão é um pouco complicada.
Em Monteiro Lobato passa uma rodovia que segue até Sto Antonio do Pinhal e se vc conseguir uma carona ali, seria perfeito, porque aí já vai estar ao lado de CJ.
Se for de onibus, não tem opção. Vai ter de ir até S.J. Campos e de lá pegar um outro p/ CJ.
Em Campos do Jordão é quase obrigatório estar de carro p/ conhecer os melhores lugares.
E se vcs não estiverem, só resta mesmo o Horto Florestal, onde dá p/ ficar 1 dia inteiro fazendo trilhas e conhecendo algumas cachoeiras.
P/ chegar lá tem um circular que sai do centro.
Outra opção é alugar bikes.

Em Trindade, que fica em Paraty dá p/ ficar 1 dia inteiro aproveitando o Caxadaço, cachoeiras e as praias.
Sobre a trilha até a Praia de Camburi, na minha assinatura existem links de 2 relatos sobre essa travessia Trindade-Camburi.
P/ não ter de repetir tudo de novo, muitas das respostas às suas duvidas estão todas lá.

Aproveite bem as Praias de Camburi e Brava do Camburi. Uma é bem tranquila e a outra é quase que deserta.
Valem a pena.


Abcs
#767965 por nelmarpg
11 Out 2012, 15:37
Augusto,

Obrigado pelas dicas.

Nós iremos de carro, e levaremos as bicicletas. A idéia é fazer de Monte Verde a Campos do Jordão de bike por estrada de terra, enquanto minha mulher vai de carro por asfalto.

Quanto a Campos do Jordão, faremos alguns passeios de carro, e como minha esposa não é muito de pedalar pretendo fazer algumas trilhas por lá de bike, será que é perigoso ir sozinho?

E nas praias seguirei suas dicas, vou reler os relatos.

Grande abraço.
#768892 por Augusto
15 Out 2012, 14:11
Fala Nelmar, blz?

Vai dar p/ aproveitar bem os dias que vcs ficarão em CJ.
A cidade é bem segura. Pode ir tranquilo.
O que vc tem que ficar atento são os motoristas que não respeitam as bikes.
Muito cuidado.

O ideal é fazer os passeios bem longe do centro.
Poucos mts antes de chegar no Horto Florestal tem uma estrada de terra à direita, que leva ao Bairro do Gomeral, que fica na crista da serra.
É um dos melhores visuais da região. Até lá é uma subida e tanto, mas compensa.
Outra boa opção é na região das Fonte de Agua Minalba.

Mas a cidade possui dezenas de opções p/ bikes.
Tem p/ escolher.


Abcs
#777829 por nelmarpg
12 Nov 2012, 11:45
E aí galera.

Fui para Monte Verde-MG na semana passada. O lugar é incrível. ::otemo:: ::otemo:: ::otemo::
As dicas do Augusto e da galera aqui do Mochileiros ajudaram bastante.
Fomos de carro, pegamos uma forte chuva entre Camanducaia e Monte Verde, mas chegando lá fomos brindados com o sol no fim da tarde.
O lugar é muito bonito e agradável, e as trilhas também são show de bola.
Fizemos eu e minha mulher a do Chapéu do Bispo e o Platô subindo a partir do portal do Parque, onde deixamos o carro, no início da trilha da Pedra Redonda/Pedra Partida e retornamos à cidade pela rua do Bradesco. Daí a minha esposa cansada, resolveu ir para pousada e eu peguei carona de moto com o dono da pousada onde estávamos, que me deixou no lugar onde estava o carro. Mas como já estava lá decidi então fazer as trilhas da Pedra Redonda e da Pedra Partida, foram demais, a Pedra Redonda é bem fácil tem até escada de madeira para chegar ao pico, já a Pedra Partida essa sim foi difícil ::mmm: ::mmm: , mas cheguei lá no pico também.
Com a sensação do dever cumprido, apesar que faltou o Pico do Selado, este fica para a próxima vez, voltei à Monte Verde, almoçamos um dos pratos típicos da região, truta grelhada e depois de algumas fotos fomos para Campos do Jordão, desta vez por estrada de terra, sentido a Gonçalves-MG.
Assim que sobrar um tempinho, posto algumas fotos desta aventura e o relato do restante da viagem coloco em tópicos sobre Campos do Jordão e Trindade-RJ.

::cool:: ::cool::

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 5 visitantes