40% dos destinos já reduziram as restrições de viagem, diz OMT

A Organização Mundial do Turismo (OMT) vem monitorando as respostas globais à pandemia desde o começo da crise e na última edição de seu ‘Relatório de restrições à viagem’ concluiu que “40% de todos os destinos em todo mundo diminuíram as restrições impostas ao turismo internacional em resposta à Covid-19”, informa comunicado publicado no último dia 30, no site da agência especializada das Nações Unidas para o Turismo, a UNWTO.
O levantamento também mostrou que 115 destinos (53% de todos os destinos em todo o mundo) continuam mantendo suas fronteiras completamente fechadas para o Turismo. O relatório diz que “é mais provável que os destinos com maior dependência do turismo estejam diminuindo as restrições de viagens”, acrescentando que de 87 destinos que reduziram as restrições recentemente, 20 são pequenos Estados insulares em desenvolvimento, muitos dos quais dependem do turismo, “um pilar central do emprego, crescimento econômico e desenvolvimento”, frisa a publicação.
O relatório mostra também que metade de todos os destinos que abrandaram as restrições estão na Europa e que 88 dos 115 destinos que continuam com suas fronteiras completamente fechadas para o Turismo internacional, deverá mantê-las assim por pelo menos mais 12 semanas.

Em verde, os destinos que diminuíram as restrições de viagem; em azul os que não tiveram as restrições diminuídas até a conclusão do relatório da OMT | Foto: Reprodução/"Covid-19 related travel restrictions a global review for tourism" - OMT.
Em verde, os destinos que diminuíram as restrições de viagem; em azul os que não tiveram as restrições diminuídas até a conclusão do relatório da OMT | Foto: Reprodução/”Covid-19 related travel restrictions a global review for tourism” – OMT.

Retomada com responsabilidade

O secretário-geral da OMT, Zurab Pololikashvili, disse: “O reinício do turismo pode ser realizado de forma responsável e de maneira a salvaguardar a saúde pública e, ao mesmo tempo, apoiar as empresas e os meios de subsistência. Como os destinos continuam a diminuir as restrições de viagens, a cooperação internacional é de suma importância. Dessa forma, o turismo global pode ganhar a confiança e a confiança das pessoas, fundamentos essenciais à medida que trabalhamos juntos para nos adaptarmos à nova realidade que enfrentamos agora.”

O mais recente relatório feito pela OMT foi publicado em 30 de julho de 2020 e pode ser conferido na íntegra (em inglês) aqui e o comunicado, aqui.

Você também pode querer conhecer um mapa interativo que mostra as restrições de viagem durante a pandemia, aqui.

A foto (da home e) que traz até este post é de Chris Holgersson/Unsplash.

Deixe um comentário