Aéreas de baixo custo já cobram até por bagagem de mão


Algumas companhias aéreas low cost (de baixo custo) operando no Brasil, além de cobrarem por serviços adicionais estão cobrando pelo espaço no bagageiro, aquele acima dos assentos. A informação é do blog ‘Todos a bordo', do UOL.
Segundo a publicação, a Norwegian por exemplo, cobra R$ 42,95; na JetSmart o preço pode passar dos R$ 140 já que a empresa faz a cobrança de acordo com o momento da compra, data, rota e horários do voo e disponibilidade.
Se você não pagar a taxa extra, poderá levar como bagagem apenas uma bolsa, mala ou mochila que caiba embaixo do assento.
A justificativa da Norwegian é que a mudança seria uma forma de agiliza o embarque dos passageiros e evitar o atraso dos voos, como comenta no vídeo abaixo:

O ‘Todos a bordo' questionou a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) quanto à legalidade da cobrança que afirmou que sim, a cobrança é legal e está de acordo com a resolução 400 que trata dos direitos e deveres dos passageiros.
A matéria publicada pelo blog (aqui) traz mais detalhes.

A foto (da home e) que traz até este post é de Kit Suman/Unsplash.


Deixe um comentário