Além de uma viagem para Machu Picchu: conheça as ‘Rotas Ancestrais de Qhapaq Ñan’

O Caminho Inca está no imaginário de boa parte dos viajantes e poder fazer uma viagem para Machu Picchu é sonho de muitos. A cidadela inca que é somente um dos (e o principal) atrativos do Caminho reabriu no início do mês e logo no primeiro dia recebeu 675 visitantes, cidadãos do Peru, Chile, Venezuela, Colômbia e França.
Para incrementar as rotas e sonhos, o Ministério de Cultura do Peru lançou o livro “Rutas Ancestrales de Qhapaq Ñan”, uma edição digital que “conduz o viajante a uma viagem fotográfica pelos principais trechos do Grande Caminho Inca no Peru”.
A publicação é um convite ao viajante percorrer os Qhapaq Ñan (Caminhos Incas) peruanos de norte a sul através de imagens. Traz também informações sobre os melhores trechos para caminhar, os principais sítios arqueológicos, as paisagens e a cultura viva de suas comunidades ancestrais.
A edição contém informação histórica e arqueológica de cada um dos trechos, as rotas de acesso, distâncias entre os lugares e serviços disponíveis em alguns dos principais pontos do percurso. “O livro tem um grande valor já que cada rota selecionada inclui também um resumo dos estudos que o Projeto Qhapaq Ñan vem realizado ao longo de 20 anos, fomentando assim o conhecimento sobre o Caminho Inca”, ressalta comunicado publicado pelo Ministério de Cultura peruano.
Você pode fazer o download do livro em arquivo .pdf gratuitamente através do https://bit.ly/2IU91Lh

Foto: Reprodução/Ministerio de Cultura Peru.

O Qhapaq Ñan é formado por um complexo sistema de caminhos pré-incaicos e incaicos que uniram mais de 30.000 quilômetros de vias que conectavam todo o Tawantinsuyu (Império Inca). Esta rede considerada Patrimônio Mundial pela Unesco integrou os atuais territórios de Argentina, Bolívia, Colômbia, Chile, Equador e Peru.
Mais sobre o Qhapaq Ñan também pode ser conferido no site da Unesco: https://whc.unesco.org/en/list/1459/

Deixe um comentário