Área paradisíaca do litoral da Itália é interditada


Um dos mais belos pontos do litoral italiano, a “Scala dei Turchi” (Escada dos Turcos, em tradução livre) foi interditada pela Guarda Costeira no último dia 27. As informações são da Agência Italiana de Notícias (ANSA).
Não, não foi por conta do Coronavírus. O conjunto de falésias rochosas brancas que fica na cidade de Realmonte, na província de Agrigento, região da Sicília é foco de uma disputa “Propriedade pública versus Propriedade privada”.

scaladeiturchi davide ragusa unsplash
Monumento natural é um dos atrativos no litoral da região | Foto: Davide Ragusa/Unsplash.

Segundo a ANSA, o Ministério Público (MP) pediu investigação contra o proprietário de grande parte da área, para apurar uma suposta ocupação de propriedade pública. De acordo com a publicação, citando o MP, “o local é reivindicado como de propriedade do investigado, que detém a posse de fato. O investigado, por sua vez, sem nunca ter feito qualquer obra de proteção do local, tanto do ponto de vista paisagístico quanto da segurança, fez reivindicações de caráter econômico sobre a exploração da zona e quis fazer obras para cercar o local”.
O prefeito de Realmonte, Lillo Zicari, comentou à ANSA sobre o inquérito que foi aberto em dezembro de 2019. “Pelo que entendi, se vai na direçao desejada pela prefeitura: confirmar que a Scala dei Turchi é pública, e não privada”. Em dezembro, alguns fragmentos de rocha caíram do monumento natural que é um dos importantes atrativos turísticos da região.

scaladeiturchi peter boccia unsplash
Local atrai milhares de turistas anualmente | Foto: Peter Boccia/Unsplash.

 


Deixe um comentário