Argentina e Chile são os preferidos das brasileiras que viajam sozinhas pela América Latina


Uma recente pesquisa* da Booking.com, um dos sistemas de reserva mais confiáveis e utilizados no mundo, tentou entender para onde vão as turistas latino-americanas que decidem viajar sem companhia e o resultado revelou que os destinos fora da América Latina são os preferidos das brasileiras (32%) e mexicanas (28%) que viajam por conta própria, enquanto argentinas (36%) e colombianas (35%) viajam mais para países da América Latina. Fazendo um recorte dentro do continente, Argentina (62%), Chile (54%) e Uruguai (41%) são os países preferidos das mulheres brasileiras que viajam sozinhas.

Para essas brasileiras que já viajaram para fora do país por conta própria, o principal motivo listado é a liberdade para fazer o que quiser (35%). Em seguida, elas citam a falta de companhia (22%) e oportunidades de conexão interior (18%). Para elas, viajar sozinha é um momento de superação, uma oportunidade de fazer um sabático e de buscar sua espiritualidade.

Viajante no Valle de la luna – Deserto do Atacama, Chile | Foto: João Pedro Vergara/Unsplash.

Além disso, conhecer gente e fazer novos amigos também é uma das razões para 12% das brasileiras adeptas da viagem em sua própria companhia.

Para viajar mais tranquila

Não é obrigatório fazer um Seguro Viagem para viajar pelos países da América do Sul, apenas a Venezuela exige a contratação. Brasil, Argentina e Paraguai oferecem atendimento médico público e gratuito à estrangeiros não residentes. Já o Chile garante atendimento em casos de urgência e risco de morte somente até a estabilização do paciente.
Para viajar com mais tranquilidade e garantir que você tenha gastos com eventuais despesas médicas de urgência e emergência cobertos é bom contratar um seguro. É mais barato do que se imagina e pode evitar problemas. Temos um post com informações completas falando sobre Seguro Viagem América do Sul, confira aqui.

*A pesquisa foi feita em março de 2019 com 4 mil respondentes de Brasil, México, Colômbia e Argentina, sendo mil por país, com homens e mulheres de 18 a +60 anos que já realizaram pelo menos duas viagens internacionais.


Deixe um comentário