Brasil restringe entrada via aeroportos


O governo brasileiro editou portaria proibindo a entrada de estrangeiros vindos de 12 blocos e países, incluindo toda a União Europeia, exceto pessoas vindo dos Estados Unidos. As informações são do UOL, citando a agência de notícias Reuters e Estadão Conteúdo.
A medida é válida por 30 dias e vale para a entrada de estrangeiros vindos da China e de toda a União Europeia e Islândia, Noruega, Suíça Reino Unido, Irlanda do Norte, Austrália, Japão, Malásia e Coreia do Sul. Brasileiros que estejam nestes países ou estrangeiros com residência fixa no Brasil poderão voltar ao país. Ainda de acordo com o UOL, também está autorizada a entrada de pessoas em missão de organismos internacionais e diplomatas e estrangeiro que esteja vindo ao Brasil para se reunir com sua família e pessoas cuja entrada seja do interesse do governo brasileiro. O transporte de cargas segue liberado.
A portaria foi publicada na noite de ontem (19) em Edição Extra do Diário Oficial.
Segundo o UOL, o Ministério da Justiça foi questionado pela reportagem sobre o que motivou a escolha dos países. A pasta alegou “maior risco de contágio”, mas não explicou porque os Estados Unidos estariam fora da lista de países com restrição de entrada já que ele ultrapassou 14 mil casos, com mais de 5 mil novos casos registrados somente ontem (19) – números levantados pela reportagem em um site que faz um acompanhamento em tempo real dos novos casos no mundo.

Foto: 贝莉儿 DANIST/Unsplash.

Deixe um comentário