Brasileiro conhece 196 países e entra para o livro dos recordes


Quase um ano após deixar sua casa, em Recife (PE), Anderson Dias alcançou, em 22 de novembro, seu objetivo de entrar para o livro dos recordes, se tornando o primeiro brasileiro a conhecer todos os países do mundo e também o ser humano mais rápido a ter executado esse feito.

O digital influencer brasileiro é dono do perfil 196 Sonhos no Instagram, no qual ele divide seu dia a dia com os seguidores. “Não tenho filtro no que eu falo. Falo como se estivesse conversando com meus amigos, não me censuro, não me obrigo a falar as coisinhas corretas. Algo que prezo é não falar muito palavrão”, conta.

Foto: @196sonhos

Como o viajante se mantém

Essa é a pergunta de muitos e, assim como muitos digitais influencers, Anderson garante seu salário fazendo publicidade, dando cursos online e outros meios. “No Instagram dá pra fazer o ‘publi post’, que é cobrar das empresas para fazer publicidade falando de algo, não necessariamente sobre turismo”. Essa é apenas uma das formas de ganhar dinheiro. “Na Internet tem várias possibilidades de fonte de renda. A questão é que as pessoas não querem sair da zona de conforto, largar o certo para tentar o duvidoso”, explica.
Anderson começou a contar, no segundo semestre deste ano, com os serviços de uma empresa para ajudá-lo no lado comercial.

Foto: @196sonhos
Foto: @196sonhos

Como tudo começou?

Essa trajetória começou lá em 2015, quando Anderson vendia capinhas de celular pelo Brasil e partiu para a Irlanda para fazer intercâmbio. Essa viagem abriu caminho para que o brasileiro fizesse a sua volta ao mundo sozinho. “É um privilégio viajar sozinho da mesma forma que é um grande desafio sair da sua zona de conforto, buscar novas experiências e enfrentar seus medos. Posso dizer que é um grande desafio que no final tem um presente”.

Depois que o digital influencer viu o mundo, ele só pensava em voltar a vivê-lo e foi exatamente isso o que aconteceu. Ele refez as malas e saiu rumo a conhecer os 196 países da Terra e bater recordes do Guiness, além de ser o brasileiro com mais países visitados na história e o brasileiro mais jovem a visitar 100 países. “Tem sido uma experiência incrível! Por ser jovem, consigo me adaptar aos lugares, aprender rápido, fazer amizade logo, tenho bom-humor… O fato de viajar jovem me ajudou bastante. Consigo levar mais ‘porrada’ e me manter de pé”, analisa ele que sempre contata pessoas que postam fotos na localidade que está e pergunta se querem mostrar pra ele o país. Na África, foi onde foi mais bem recebido. Por estar sempre aberto para as pessoas e pegar transporte público acaba se aproximando dos nativos de cada destino.


1 comentário em “Brasileiro conhece 196 países e entra para o livro dos recordes”

  1. Cara/o redatora/o,

    Seria bom deixar o título do artigo de acordo com a realidade. Acompanhei a jornada do Anderson e ele não “conheceu” 196 países, e sim, “esteve” em 196 países, o que é muito diferente de conhecer, visto que em alguns desses países ele apenas “pisou” no aeroporto/fronteira e saiu para outro país , já que o Guinness não exige tempo mínimo de permanência e ele não achou o país atrativo ou era perigoso demais.

    De qualquer forma, não desmereço a grande conquista do Anderson. Parabéns para ele e para quem acompanhou sua jornada que pode ver de forma próxima um pouco do mundo que ele mostrou!

    Somente faço esta observação no título/matéria para não passar informação errada a quem acompanha o blog.

    Responder

Deixe um comentário