Carnaval nos Andes: as maiores festas em Bolívia e Peru


Se você está de viagem marcada para Bolívia e ou Peru durante o Carnaval, prepare-se para encontrar grandes festas. Se você não vai passear nos vizinhos e vai curtir (ou não) a folia por outras bandas, vale conferir as imagens e informações para, quem sabe, inserir as festas no seu próximo Carnaval.
(A Cordilheira dos Andes se estende desde a Venezuela até o Chile, passando por Colômbia, Equador, Peru, Bolívia e Argentina. Neste post destacaremos os carnavais boliviano e peruano).

Na Bolívia

A Diablada ou Danza de Diablos é uma dança tradicional de Oruro, presente no Carnaval | Foto: Ivan Milo.

A Diablada ou Danza de Diablos é uma tradição em Oruro | Foto: Ivan Milo.

A cidade de Oruro abriga o maior evento cultural periódico do país, o Carnaval – que marca o Festival Ito: festa de origem indígena, baseada nos costumes andinos tradicionais, com invocações à Pacha Mama e ao Tio Supay, entre outros ritos. Estas celebrações foram interrompidas pelos espanhóis em meados do século XVII, porém mais adiante ganharam caráter cristão, tendo a virgem Maria como figura principal da comemoração.
Milhares de dançarinos (incluindo músicos) com diversas fantasias percorrem mais de 5 quilômetros das ruas da cidade até chegarem ao Santuário del Socavón. Ali, diante da imagem da Virgen del Socavón (uma invocação à Virgem Maria), os ‘brincantes/devotos' passam de joelhos em frente a santa que é considerada padroeira dos mineiros e do folclore nacional boliviano.

Devotos no Santuário del Socavón | Foto: Attraction Voyages Pérou & Bolivie.

Devotos no Santuário del Socavón | Foto: Attraction Voyages Pérou & Bolivie.

Uma das elaboradas máscaras orureñas | Foto: Yann Verbeke (http://yannverbeke.com/)

Uma das elaboradas máscaras orureñas | Foto: Yann Verbeke

Se você tem interesse em acompanhar parte da festa numa arquibancada, o departamento de turismo local disponibilizou informações e acesso à compra dos ingressos em uma página no Facebook: https://www.facebook.com/events/597238067075397/
O Carnaval de Oruro foi declarado Patrimônio Oral e Imaterial da Humanidade em 2001, pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). A cidade é considerada capital folclórica do país.

Os tradicionais chapéus utilizados pelas cholas também aparecem no Carnaval | Foto: bjaglin.

Os tradicionais chapéus utilizados pelas cholas também aparecem no Carnaval | Foto: bjaglin.

Tradições indígenas resistem no Carnaval orureño | Foto: Arnaud_z_Voyage.

Tradições indígenas resistem no Carnaval orureño | Foto: Arnaud_z_Voyage.

As cidades de Santa Cruz de La Sierra e de Tarija (nos departamentos Santa Cruz e Tarija, respectivamente) são algumas das que também celebram animadamente o Carnaval na Bolívia.

No Peru

Mulheres dançam nas ruas de Cajamarca | Foto: Mike Martos.

Mulheres dançam nas ruas de Cajamarca | Foto: Mike Martos.

Diversas partes do país celebram o Carnaval, mas as festas em Cajamarca (cidade ao norte do país) são as maiores e mais importantes. A cidade é considerada a Capital do Carnaval Peruano.
Por lá, assim como ocorre em algumas cidades do Brasil, grupos saem às ruas (formando ‘blocos') dançando, cantando e tocando instrumentos musicais. Dentre os bairros mais tradicionais estão os San Sebastián, Cumbemayo, La Merced, Dos de mayo, Santa Elena, San José e Pueblo Nuevo.

Grupo caminha pelas ruas de Cajamarca | Foto: Jorge Custodio B.

Grupo caminha pelas ruas de Cajamarca | Foto: Jorge Custodio B.

São comuns as brincadeiras com água (em balões/bexigas ou pistolas), tinta, talco etc durante o Carnaval em várias cidades peruanas.

‘Bônus track': Carnaval em Cusco – Peru

Em Cusco a festa principal ocorre na Plaza de Armas, onde há apresentações de dança e música, além de um festival gastronômico com comidas e bebidas típicas.

Festa em Cusco | Foto: Daitshon Emerson Atala Ramos.

Festa em Cusco | Foto: Daitshon Emerson Atala Ramos.

Em outras áreas da província de Cusco como no Vale Sagrado dos Incas (Pisac, Qoya, Urubamba etc) e Vale Sul (San Jerónimo, Oropesa e Canchis) também há várias festas.

Foto: DrCarlosAMG.

Foto: DrCarlosAMG.

Assim como na Bolívia, a cultura dos povos originários também se faz presente no Carnaval peruano. Bolivianos e peruanos mesclaram a tradição andina às celebrações cristãs vindas com os colonizadores dando vida às suas próprias expressões de alegria, de fé, de resistência.


Claudia Severo de Almeida

Jornalista, há 20 anos escreve sobre Turismo Backpacker/Mochileiro e viagens independentes. Participou do corpo de júri especializado do Prêmio 'O Melhor de Viagem e Turismo' (categoria Hospedagem - Hostel). Cocriadora do site Mochileiros.com.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

      Deixe uma Comentário

      Mochileiros.com
      Logo