Casal nômade digital vive há 7 anos numa van


Lauren Smith e Calum Creasey decidiram correr atrás do sonho de conhecer o mundo e desde 2010 o fazem em uma Volkswagen T4. Nela, com um pequeno orçamento e grande imaginação o casal conseguiu construir sua casa dos sonhos e um pequeno estúdio criativo especializado em produção cinematográfica.
De lá para cá foram quase 130.000Km rodados pela Europa. O casal diz que estes foram os anos mais felizes de suas vidas, mas devido ao trabalho em tempo integral de Lauren eles passaram a viajar somente em períodos curtos, mas a ideia é seguir viajando.
Numa tentativa de manter a vigem, o casal documentou a jornada em vídeos, fotos e recentemente lançou um livro, o The Rolling Home. Com a venda dele (aqui) e de outros produtos como camisetas, adesivos, chaveiros, utensílios para uma viagem de van eles pretendem gerar o dinheiro para manter sua casa na estrada por pelo menos mais 5 anos.

TRH00
Livro traz imagens e textos sobre a vida on the road | Foto: Reprodução.

O casal se conheceu na escola e está junto a 8 anos. “Nós raramente temos muito dinheiro para gastar em nossas aventuras, mas enquanto tivermos comida, diesel e um ao outro então sabemos que isso funcionará perfeitamente”.

TRH03
Lauren e Calum | Foto: Reprodução Facebook.

Nômades digitais

No passado Lauren e Calum tiveram trabalhos temporários em escritórios e turnos noturnos em armazéns, por exemplo, “trabalhos terríveis”, segundo Lauren escreve em seu blog. Hoje tudo mudou. “É incrível viajar com nosso trabalho, conhecer novas pessoas e ver como elas vivem suas vidas”, acrescenta. A van, mais o pequeno estúdio, mais a estrada e o mundo são ingredientes de um trabalho perfeito.

Abaixo algumas fotos do trio:

TRH04
Foto: Reprodução.
TRH06
“Dream on” | Foto: Reprodução.
TRH05
Detalhes da casa/estúdio/van | Foto: Reprodução.
TRH09
Foto: Reprodução.
TRH011
Dica de ouro (risos) | Foto: Reprodução.
TRH07
Foto: Reprodução.
TRH08
Foto: Reprodução.
TRH010
Muitos felizes aniversários na van | Foto: Reprodução.

Para saber mais sobre esta história acesso o blog, a página deles no Facebook e o Instagram.


Deixe um comentário