Como é conhecer o Glaciar Perito Moreno


Antes de tudo, vamos entender um pouco sobre este incrível glacial…

Não é atoa que o Perito Moreno é um dos patrimônios naturais da humanidade reconhecido pela UNESCO desde 1981, e também já foi apelidado de a oitava maravilha do mundo.

Este belo monumento natural, localizado em uma área protegida pelo Parque Nacional los Glaciares, é de uma beleza e dimensões impressionantes: são 5 quilômetros de largura e 60 metros de altura, que se estendem desde o campo de gelo Patagônico Sul, na fronteira entre Argentina e Chile, até o braço sul do lago Argentino. Para se ter uma ideia, sua área corresponde ao tamanho de Buenos Aires.

Este imenso “bloco de gelo” é também uma das reservas de água doce mais importantes do mundo. Você sabia, que os glaciais patagônicos só perdem para Antártida e Groenlândia, quando o assunto é água potável congelada? Pois é…  e tem mais, diferente de outros glaciares ao redor do mundo que estão derretendo por causa do aquecimento global, o Perito Moreno se mantém estável.

Seu nome foi em homenagem a um renomado pesquisador da região austral da patagônia, chamado Francisco Pascasio Moreno, pessoa influente e importante na preservação dos glaciares, e também o criador da Sociedade Científica Argentina.

Ele é a atração principal de El Calafate e o motivo de 100% dos turísticas procurarem a cidade.

Este artigo é parte do texto original do Quero Mochilar, onde há vários roteiros completos pela Argentina.

Foto: Glacial Perito Moreno visto das passarelas.

FORMAS DE CONHECER O PERITO MORENO.

Há diversas formas de conhecer e explorar este incrível glacial, e a melhor vai depender do quanto você pode investir e também da sua disposição para aventura.

1- Passarelas: Se você desejar conhecer o glacial sem aventura e gastando pouco, você pode ir somente às passarelas.

São 5 trilhas, todas suspensas e bem estruturadas, com acesso até para cadeirantes. Você não caminha em pedras. Super tranqüilo e o visual é incrível. Detalho melhor no final do post, onde conto minha experiência.

Foto: Caminhos pelas passarelas para ver o Glacial Perito Moreno.

Para conhecer as passarelas você pode ir:

Por conta própria: Recomendado sair em torno das 9h00 e voltar entre às 14h00 e 16h00. Partindo do terminal rodoviário da cidade, caso vá de ônibus, pois é possível também ir de carro.

Valor: $ 600 ARS / pessoa (R$ 70,58) + Entrada do parque $ 600 ARS / pessoa (R$ 70,58) + Deslocamento até terminal rodoviário (valor vai depender da sua localização, mas é o menor dos custos).

Ir com agência: Te pegam e deixam no final do passeio na porta do hostel.

Geralmente oferecem o passeio da passarela, com a navegação.

2- Passarelas + Navegação (Safári náutico): Além das passarelas, quem quer ter uma experiência mais próxima ao glacial pode fazer uma navegação no lago argentino. Penso que não vale a pena para quem já vai fazer o rios de hielo, outro passeio pelo lago argentino para ver outros glaciares. Se for seu caso, converse para fazer só as passarelas.

Valor pago em dinheiro (pesos): $  1.650 ARS / pessoa (R$ 194,12) – para pagar no cartão cobram: $ 1.800 ARS.

Foto: Navegação pelo lago argentino para observar o Glacial Perito Moreno.

Para quem quer um contato maior e mais aventura, tem a opção de caminhar sobre o Glacial Perito Moreno, que mesmo sendo opções caras, acho que vale juntar um dinheirinho para pagar esta experiência, pois é ímpar, ainda mais para nós brasileiros que mal sabemos o que é frio e gelo.

Há duas formas para explorar o glacial no modo aventura, e ambas só são possíveis com as agências.

3- Minitrekking:  Consiste em uma caminhada de 1 hora e meia sobre o glacial, onde fornecem os grampones (equipamento para colocar nos pés e andar sobre o gelo) e dois guias para acompanhar o grupo.

Duração do passeio: Partem às 8h30 – retornam: 19 horas.

Incluem:

  • Transfer ida e volta até o parque (80 km): Buscam e deixam na porta do seu hostel (opcional).
  • 1 hora para caminhar nas passarelas.
  • Equipamentos como grampones.
  • Barco até inicio do trekking.

Não inclui: Alimentação.

Valor pago em dinheiro (pesos): $  5.250 ARS / pessoa (R$617,65) – valor no cartão $ 5.500 ARS.

Big Ice:  É uma caminhada mais longa sobre o glacial, em torno de 4 horas, que passa por bem mais lugares. Neste passeio você não chega a ir nas passarelas, pois não há tempo. Aqui só maiores de 18 anos para poder participar.

Duração: Partem às 8h30 – retornam: 19h00.

Valor pago em dinheiro (pesos): $  7.900 ARS / pessoa (R$ 929,41) – É isso mesmo!! Caríssimo…

Foto: Caminhar 4 horas por aqui requer preparo e grana $$$!!!

A opção  que escolhi foi o minitrekking, primeiro pelo preço e segundo, para ir uma vez só ao parque, para pagar somente uma entrada.

Observação: Há a possibilidade de fechar estes passeios sem translado, e você ir de carro ou de ônibus até a entrada do parque, combinando local de encontro e horário com a agência. Essa opção diminui em torno de 1.000 ARS o valor do tour.

Este texto é parte do post do quero mochilar.

Quer Saber mais?

Saiba como é o Minitrekking no Perito Moreno.
Roteiro para  El Calatate.


6 comentários em “Como é conhecer o Glaciar Perito Moreno”

  1. Excelente relato.
    Aproveitando, vocês saberiam informar se há a possibilidade de fazer o Big Ice sozinho? A minha pergunta não tem intenção de entrar na parte técnica necessaria para atravessar glaciares, na realidade gostaria de saber se há impeditivo do parque ou obrigação da contratação de guia.
    Desde já, obrigado. 😄

  2. Oi! Eu fiz o Big Ice agora em fevereiro e gostaria de comentar que no Big Ice vai nas passarelas sim!
    São 1h nas passarelas, depois 1 hora e meia subindo de trilha pelo morro até alcançar o gelo já por cima, então são 3 horas e meia caminhando sobre o gelo com os grampones (é numa área menos na beirada do glaciar que o minitrekking) e por fim mais 1 hora e meia de descida do morro de volta ao porto para pegar o barco.
    Além da restrição de idade (entre 18-50 anos), eles enviam um questionário médico e tem restrições a várias doenças.
    O Big Ice é pesado e cansativo, mas na minha opinião é inesquecível!

Deixe um comentário