Dicas de como se proteger do extravio e violação de bagagem


Olá Desbravadores!

Com os preparativos da próxima viagem se aproximando, inicio a parte prática do planejamento.

Em minhas viagens, a minha segurança e dos meus pertences têm prioridade máxima, pois nada me aborrece mais do que saber que minha bagagem foi extraviada ou violada.

Infelizmente nos aeroportos nacionais e internacionais o extravio e violação de bagagem é atividade mais comum do que parece, o prejudicado com esse tipo de golpe tem consciência do que aconteceu quando é tarde demais: ao chegar em casa ou no hotel.

 

Prevenindo o extravio e violação de bagagem

Aeroporto

Existem algumas medidas de segurança que dificultam a violação da mala e dores de cabeça em suas viagens. Vou citar a seguir as principais.

 

Leve com você

Como primeira medida, NUNCA DESPACHE os seguinte itens:

  • Documentos e altas quantias em dinheiro;
  • Sapatos ou bolsas de grife;
  • Relógios;
  • Notebook e Tablets;
  • Celulares
  • IPads e IPods;
  • Câmeras fotográficas;
  • Joias;
  • Videogames;
  • HD externo;
  • GPS.

Golpe da cesária

O golpe da cesária é muito comum nos aeroportos e demonstra como viajar apenas com um cadeado não é sinônimo de segurança. O vídeo do Viagem Ninja ilustra como ele é feito de forma rápida e simples.

 

Prevenindo o golpe da cesária

Existem algumas estratégias antes do embarque que ajudam a inibir os espertinhos a mexerem em sua bagagem, ou servem para comprovar que sua mala foi violada

  • Tire fotos: do conteúdo interno, da mala por fora e do lacre numerado, tudo para diminuir as dores de cabaça;
  • Plastificar a bagagem: em casa ou no aeroporto, plastificar sua mala cria dificuldade para quem deseja aplicar o golpe da cesária, diminuindo as possibilidades que esse aconteça;
  • Capas de mala: exerce o mesmo efeito que a plastificação, com o diferencial de auxiliar na identificação da mala;
  • Cadeado de código: não evita o golpe mas auxilia com outros itens na segurança.
  • Lacres numerados: por terem um número de série diferenciado para cada lacre, inibem o golpe da cesária, tornando-se um item a mais de segurança.

 

Plastificar a bagagem

Senti na pele os problemas de uma mala não plastificada:

Durante o retorno da última viagem, um dos passageiro transportou em sua bagagem AZEITES. Adivinhem o que aconteceu? Os vidros estouraram sujando TODAS as malas próximas. A tristeza de ver a mala pingando, junto com o cansaço do voo e o trabalho de limpar toda a sujeira me fizeram tomar uma decisão: nas próximas só embarco com a mala plastificada.

Você não precisa necessariamente de uma empresa especializada para tal tarefa, basta comprar o plástico envolver a mala antes do despacho.

 

Lacres numerados

Conheci os lacres numerados através da Helô do blog Onde Cê Vai Loko, e pretendo utilizá-los em todas as minhas viagens. Os benefícios são inúmeros e efetivamente o custo-benefício (este mês o kit com 10 lacres custa R$20,00 na promoção) ajuda muito para prevenir as dores de cabeça trazidas pela violação de bagagem.

Mas por que usar?

  • Fácil colocação;
  • Inibe o golpe da cesária;
  • Número de série;
  • Pode ser utilizado junto com o cadeado;
  • Pode ser utilizado em mochilas, malas e capas de equipamentos.

 

Unindo todas essas medidas de segurança você evita surpresas durante a viagem.

Espero que tenham gostado das dicas!

Au Revoir, Ciao, Hasta Luego, See you later, Até logo!

Michellândia

Nas redes

Blog: Michellândia
Facebook: @blogmichellândia
Instagram: @blog_michellandia

Capa: Creative Commons

 

 


Deixe um comentário

Log in

Esqueceu a senha?

Forgot your password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Fechar
de

Enviando Arquivo…